Ácaros: o que são, tipos e como acabar com eles na sua casa

Por -

Ácaros são um problema comum em todas as residências. Esses pequenos animais são associados a diversos sintomas alérgicos que prejudicam a saúde e a qualidade de vida de muita gente. Tosse, espirros, coceira, nariz entupido, todos esses sintomas podem estar relacionados à presença de ácaros no ambiente.

Para as pessoas que sofrem com asma e rinite alérgica, os ácaros são ainda mais danosos. Saber como minimizar os efeitos desses animais dentro de casa não é somente uma simples questão de limpeza, algumas medidas devem ser tomadas especificamente para combater os ácaros.

Você sabe o que deve fazer para evitar que os ácaros prejudiquem a sua saúde e a sua qualidade de vida? Não deixe de conferir esse artigo para aprender todas as medidas necessárias e informações valiosas sobre como eliminar os ácaros da sua casa!

O que são os ácaros? Conheça mais sobre esses animais microscópicos e saiba como evitá-los!

O que são os ácaros? Conheça mais sobre esses animais microscópicos e saiba como evitá-los!

Pode parecer estranho que os ácaros sejam considerados animais e não insetos, mas eles são! Segundo os critérios definidos pelas regras da biologia, os ácaros se encaixam na classe dos aracnídeos, que são animais. Esses pequenos animais do filo dos artrópodes medem entre 0,2 e 0,33 milímetros. Assim, só é possível vê-los com a ajuda de um microscópio.

Por não conseguirmos visualizar os ácaros, muitas vezes, não imaginamos que eles estão ali! Porém, é importante saber que eles são encontrados em colchões, sofás, travesseiros, almofadas, tapetes e cortinas de qualquer local. Como são muito pequenos, a disseminação dos ácaros pelo ar ocorre de forma muito fácil e é por isso que a sua presença nos ambientes causa tantos problemas respiratórios.

Os ácaros têm uma aparência semelhante aos carrapatos, porém são menores. Existe uma estimativa que aponta que somente 1 metro quadrado pode abrigar até 100 mil ácaros! Eles se reproduzem em uma velocidade enorme e se concentram em ambientes úmidos, sobrevivendo no interior de estofados e tecidos diversos.

Esses animais se alimentam de resíduos vindos da descamação da pele humana ou de animais, por isso sua preferência por habitar colchões e travesseiros.

Quais são os tipos existentes de ácaros?

Existe uma enorme diversidade de espécies de ácaros, cada uma vive em um habitat e se comporta de uma maneira. Cientistas estimam que há mais de 50 mil espécies desse aracnídeo!

Porém, destacamos aqui as espécies mais comuns de ácaros e que apresentam maior relevância para a saúde humana. Confira a seguir!

  • Dermatophagoides farinae: essa espécie de ácaros é a maior responsável por causar asma e dermatite, doenças muito comuns em nosso meio. Os ácaros dessa espécie vivem nas roupas de cama, travesseiros, colchões, pelúcias, carpetes e cortinas.
  • Dermatophagoides pteronyssinus: de forma semelhante à espécie anterior, esses ácaros habitam estofados e roupas de cama e também podem causar doenças respiratórias e doenças de pele.
  • Sarcoptes scabiei: as fêmeas dessa espécie de ácaros são responsáveis por causar escabiose em seres humanos e sarna nos animais. Ambas são doenças de pele.

Quais são os principais danos que os ácaros trazem para a saúde humana?

Como saber que os ácaros estão causando mal à sua saúde, se você não pode vê-los para identificar a sua presença? Bem, é seguro dizer que todo ambiente contém ácaros. Por mais limpo que um local seja, é impossível eliminar a presença desses animais completamente.

Entretanto, ácaros somente causam sintomas quando estão presentes em grande quantidade. Por isso, a melhor forma de evitar prejuízos é tomar as medidas periódicas de prevenção contra os ácaros que te ensinaremos mais abaixo nesse artigo.

Os ácaros são maléficos à saúde humana, pois têm a capacidade de estimular uma resposta alérgica em nosso corpo. Quando os animais microscópicos entram em contato com a cavidade nasal, oral, olhos ou pele, eles estimulam a liberação de substâncias características de reações de alergia.

Assim, o contato com os ácaros causa sintomas clássicos como espirros, coriza, coceira, tosse e dermatite alérgica, que é a manifestação de alergia na pele.

As doenças mais comuns desencadeadas pelo contato com os ácaros são:

  • Asma alérgica: a asma é uma doença que acomete o pulmão e tem como sintomas principais a tosse, a dificuldade de respirar e um chiado pulmonar. Quando desencadeada pelo contato com os ácaros, o processo inflamatório da asma é causado pela resposta alérgica que esses animais induzem no corpo.
  • Rinite: a rinite alérgica é caracterizada por um quadro de coceira nasal, espirros, coriza e obstrução nasal e irritação nos olhos. Esses sintomas comprometem a qualidade de vida de uma pessoa, pois tornam o ato de respirar muito mais difícil. Os ácaros, por induzirem a liberação de substâncias alérgicas, pioram ainda mais o quadro de rinite.
  • Conjuntivite: essa doença acomete os olhos e causa inchaço nas pálpebras, coceira nos olhos, sensação de queimação e sensibilidade à luz. Além disso, os olhos ficam vermelhos e sensíveis.
  • Dermatite atópica: coceira, lesões e vermelhidão na pele são os sintomas típicos da dermatite. A palavra “atópica” está relacionada ao componente alérgico dessa doença.
  • Escabiose: essa doença é causada pelas fêmeas da espécie de ácaro que vimos anteriormente: Sarcoptes scabiei. Nessa doença, os ovos botados pelos ácaros induzem coceira intensa e lesões na pele. Embora essa espécie de ácaro cause sarna em animais, essa doença não é transmitida para humanos! O nosso contágio é feito através do contato com outros humanos e objetos contaminados por eles.

Como acabar com os ácaros?

Como acabar com os ácaros?

Para que você evite ao máximo os efeitos prejudiciais dos ácaros em sua saúde e de sua família, separamos algumas dicas muito eficazes de como reduzir o número desses pequenos aracnídeos significativamente. Basicamente, as dicas giram em torno de otimizar a limpeza e tomar um cuidado especial com estofados. Confira a seguir!

1. Como acabar com os ácaros no quarto?

A principal dica para ficar livre dos sintomas desagradáveis causados pelos ácaros presentes nos colchões, roupas de cama, travesseiros, tapetes e cortinas dos quartos é a lavagem e troca regular desses itens.

É indicado que você troque de travesseiro, no mínimo, a cada 2 anos. Assim, evita a proliferação dos ácaros a um nível muito elevado. Nunca coloque o travesseiro para lavar, pois a umidade ficará retida em seu interior e aumentará a chance de ácaros se reproduzirem ainda mais rápido.

Aspire o colchão regularmente e busque sempre colocá-lo no sol junto com o travesseiro. A redução da umidade é excelente para prevenir ácaros. Evite se alimentar na cama, qualquer sujeira pode servir de alimento para os ácaros.

Troque a roupa de cama com frequência, o ideal é que você lave lençóis e fronhas ao menos uma vez por semana. O mesmo serve para tapetes e cortinas! A frequência de lavagem pode ser menor para esses últimos, mas é importante lavá-los.

Uma dica interessante é usar capas antiácaro nos colchões e travesseiros. Atente-se, também, para as pelúcias presentes no quarto das crianças. Pode parecer estranho, mas uma forma excelente de se livrar dos aracnídeos nos bichinhos de pelúcia é colocá-los dentro de um saco plástico e, então, deixá-los dentro do congelador por 8 horas.

2. Como acabar com os ácaros na sala?

Busque sempre aspirar o pó do chão, dos sofás da sala e almofadas da sala. Se você tiver tapetes e cortinas, lave tudo regularmente.

Se possível, coloque almofadas e estofados dos sofás no sol com frequência. Assim, você reduz a umidade e previne que os ácaros encontrem seu ambiente favorito para viverem. Outra dica muito eficaz é realizar tratamentos de impermeabilização e limpeza nos sofás. Essas medidas auxiliam muito a reduzir a carga de ácaro nesses itens que não podem ser lavados.

3. Como acabar com os ácaros na cozinha e banheiro?

Nesses dois cômodos, as principais fontes de ácaro são as toalhas e panos. Troque toalhas de banho a cada três usos e nunca as deixe jogadas por aí. O ideal é que você estenda as toalhas em local arejado e iluminado após cada uso.

As toalhas de mesa e panos de prato devem ser lavados semanalmente para evitar a proliferação exagerada de ácaros. Outra medida fundamental é a troca da esponja da pia uma vez por semana, ela é um ambiente muito propício à proliferação desses animais.

4. Como acabar com os ácaros nos enfeites de Natal?

Com a chegada do Natal, devemos tomar muito cuidado na hora de decorar a nossa casa. O motivo? Ácarosamam as caixas fechadas cheias de enfeites e que passam o ano inteiro estocadas em algum canto esquecido de nossas casas.

Assim, para evitar que os enfeites de Natal causem alergias e sintomas desconfortáveis nos moradores da sua casa, faça uma limpeza de todos eles antes de decorar a casa para o Natal! Coloque no sol aqueles itens que não podem ser lavados ou limpos.

Agora você já sabe as principais medidas para acabar com os ácaros! Deixe nos comentários dúvidas e sugestões de outros hábitos de limpeza contra ácaros que você tem em sua casa!