Cadeira de escritório: 60 ideias e dicas para fazer a escolha certa

Quer escolher o melhor modelo de cadeira de escritório? Confira estas dicas:

Por -

Um projeto corporativo ou um home office deve atender a muitos detalhes — tanto a estética, a ergonomia, o conforto e a iluminação. Por isso um item importante que deve-se levar em consideração é a cadeira, afinal é nela em que o profissional vai passar boa parte do dia para exercer suas atividades.

No momento da compra é ideal que um profissional da área esteja presente para auxiliar o comprador a encontrar o produto ideal, que caiba no seu orçamento e que se adeque ao projeto.

Estude os modelos, acabamentos e os diferentes sistemas que as cadeiras possuem. Trata-se de uma parte fundamental para fazer a escolha certa. Se precisar, visite lojas especializadas e experimente as cadeiras.

Normas de fabricação para cadeiras de escritório

A fabricação das cadeiras para escritório devem atender algumas normas para que elas não prejudiquem a saúde e a coluna de seus usuários.

A norma específica para o escritório coloca como padrão o uso diário de 8 horas, com o peso máximo de 110kg e uma altura média de 1,70m. Nela podemos destacar o item sobre as cadeiras clássicas (conhecidas como operacionais) — trata-se do o modelo mais comum encontrado em estações de trabalho, onde é essencial ter a regulagem de altura e de apoio lombar. Leia mais sobre a NBR 13962 que trata das cadeiras de escritório.

Diante destes requisitos, devemos levar em consideração a altura da mesa, pois há um padrão de altura de 80 cm para que as pernas fiquem confortáveis. O pé deve estar encostado no chão, formando 90 graus com os joelhos, por isso a regulagem de altura da cadeira é fundamental.

Os ombros e a coluna devem permanecer eretos, encostados no espaldar, cotovelos próximos ao corpo, formando também 90 graus com os braços e o campo visual deve estar reto com uma distância entre 45 e 70 cm da tela do computador.

De início é importante analisar o perfil do usuário e o ambiente. Há modelos para todos os tipos de setor e cada uma delas com suas particularidades, por isso veja alguns modelos mais usados em escritórios:

7 tipos de cadeiras para escritórios e ambientes comerciais

Cadeira longa

Conhecida também como longarina — trata-se das cadeiras unidas uma a uma, formando uma peça só. Geralmente vem em módulos de no mínimo 3 assentos, onde pode ser distribuída de acordo com o tamanho do espaço. É muito comum encontrarmos em recepções de escritórios, repartições públicas, teatros, aeroportos e outros locais.

Cadeira para recepção

São as cadeiras clássicas, onde o tempo de uso é muito curto, por isso o indicado é optar pelos modelos que transmitem a imagem da empresa e que harmonize com a proposta do escritório. Por ser um modelo mais simples, você pode economizar nessa etapa e dar prioridade para outros setores onde as cadeiras possuem um valor um pouco mais alto.

Cadeira de design

Com o design assinado e, portanto, diferenciado, essas são as preferidas para quem deseja decorar o ambiente. Elas podem ser colocadas na recepção, na sala do presidente ou diretor como objeto de destaque ou em projetos corporativos em áreas de descompressão.

Cadeira para secretaria

É a cadeira mais simples no setor organizacional de uma empresa. Ela deve ter um ajuste de altura, sistema de rodizio para fácil locomoção e apoio para os braços.

Cadeira para caixa

É semelhante a cadeira anterior, só com uma altura maior para se adaptar ao balcão. Seu assento chega a ter 72cm de altura, com a base fixa no chão e uma estrutura para o descanso de pés que fica preso na cadeira.

Cadeira executiva

É a cadeira tradicional para escritório que possui as mesmas funcionalidades da cadeira secretária, mas com um design mais sofisticado e com mais funcionalidades. Ela deve respeitar a a ordem de grandeza de cada funcionário, pode ser por cor ou pela altura do encosto.

Cadeira presidente

É a cadeira mais ergonômica para fechar esse ciclo organizacional. Ela é destinada para uso prolongado, por isso oferece vários mecanismos optativos para cada gosto de usuário. Seu design é tão imponente que uma das características mais visíveis nessas cadeiras é o seu espaldar mais alto, já que elas representam a importância de quem utiliza.

Outros fatores a serem analisados é a espuma da cadeira e o tipo de tecido.

Existem dois tipos de espuma que podem ser trabalhadas para as cadeiras de trabalho. A primeira é a laminada, que são camadas de espumas sobrepostas uma sobre a outra, porém com o tempo ela costuma a deformar e criando aquele assento fundo e não muito confortável.

A segunda é a espuma injetada, que é o mais indicado, já que ela é personalizada para cada formato de assento ou encosto, garantindo maior durabilidade que o modelo anterior.

Há diversos tipos de tecidos, cores e texturas. As principais são o couro, os sintéticos como o nylon, couríssimo, mesh, lycra, gobelen, camurça e por último as telas. Cada uma possui suas características que se adaptam ao projeto e o quanto se pode investir neste quesito.

Mecanismos das cadeiras de escritório

Existem vários sistemas e mecanismos diferentes para essas cadeiras de escritório. Os mais indicados são aqueles que trabalham a ergonomia de acordo com o perfil do usuário, pois elas evitam os problemas de dores nas costas e musculares. Veja alguns deles:

Sistema pneumático a gás: sua função é alterar a altura do assento através de uma alavanca localizado no lado direito da cadeira.

L sanfonado: com formato de sanfona, é uma peça fixa que liga o encosto do assento.

Syncron: é o mecanismo que permite movimentar o assento e o encosto

A-Syncron: segue a mesma proposta do Sycron, mas com um movimento independentemente do assento e do encosto.

Back system: ela permite o ajuste de altura e inclinação do encosto da cadeira.

60 ambientes com diferentes cadeiras de escritório

Seja para um home office ou para um escritório corporativo, os conceitos são os mesmos. Para facilitar a sua visualização, separamos alguns ambientes corporativos onde a cadeira influência na decoração:

Imagem 1 – Cadeiras para estação de trabalho.


Para essa proposta as cadeiras podem ser operacionais que possui um uso diário longo e necessitam de movimentação, por isso, possuem rodízios.

Imagem 2 – Cadeiras para clínicas e consultórios.


Uma sala tradicional é composta pela mesa e pelas cadeiras. O primeiro modelo é a do profissional, geralmente usando uma cadeira executiva, com formato mais robusto. As outras são chamadas de cadeiras de diálogo, possuem a base a fixa e são indicadas para um uso menor de tempo.

Imagem 3 – Cadeira com espaldar alto, usado em ambientes de gerência e diretoria.


A altura do encosto da cadeira influencia no preço, no conforto e no visual. Quanto maior for o encosto, mais caro tende a ser o modelo, no entanto, ele é mais confortável e imponente. Se a prioridade esta, prioze esse tipo de espaldar.

Imagem 4 – Os braços da cadeira tem uma função importante para quem usa o computador todos os dias.

O posicionamento dos braços devem estar alinhados com a mesa, com antebraços na horizontal. Escolha uma mesa que tenha a altura certa para o ambiente de trabalho. Ter uma cadeira com um sistema que regula a altura é fundamental para se adaptar a cada pessoa.

Imagem 5 – A cadeira sem rodízio também possui suas vantagens.


Além de ser mais econômica, ela deve atender ao layout do projeto. Para estações de trabalho grandes, com circulação de sobra, a cadeira sem rodízio pode ser utilizada. O fato de ser giratória ajuda na circulação sem a necessidade de afastar a cadeira quando for sair ou interagir com os outros colegas e profissionais.

Imagem 6 – Cadeiras para escritório pequeno.


Quem está iniciando a carreira, geralmente opta por uma sala pequena para montar seu consultório ou escritório. Muitas vezes o investimento que podemos fazer no começo é limitado, por isso as cadeiras acabam afetando no orçamento da montagem do espaço. A dica é priorizar pela cadeira do profissional, ela deve ser imponente, bonita e confortável. As cadeiras dedicadas aos clientes podem ser um pouco mais econômicas, mantendo a harmonia com o restante da decoração.

Imagem 7 – Cadeiras com espaldar mais baixo.


Os modelos mais baixos são ideais para um ambiente de trabalho mais leve e descontraído.

Imagem 8 – Neste projeto o destaque são as cadeiras Eiffel com braço.


O design e as cores criaram uma harmonia na decoração da sala de reunião.

Imagem 9 – Um mimo para um home office feminino.


A cadeira é um dos elementos decorativos mais importantes no ambiente de trabalho. O projeto acima mostra como o estofado reforçou a personalidade da moradora e contrasta com a decoração escandinava, criando uma composição interessante com o restante do ambiente.

Imagem 10 – O rodízio com silicone é indicado para pisos frios, como é o caso desse projeto em cimento queimado.


Um detalhe importante é escolher cadeiras giratórias com os rodízios certos para o tipo de piso do ambiente. Os rodízios em silicone evitam riscos e são mais silenciosos.

Imagem 11 – Já para pisos com tapetes ou carpetes, o rodizio duro tipo H é o ideal.


Salas com carpete ou tapete precisam de rodízios em nylon, onde as cadeiras deslizam melhor e não travam quando forem afastadas.

Imagem 12 – O sistema com regulagem de altura é importante para a ergonomia.


Opte por cadeiras que possuem reguladores de altura, que adequam o usuário à altura da mesa e do computador. A alavanca de altura da cadeira deve deixar os pés encostados no chão e os olhos posicionados de frente para o monitor.

Imagem 13 – Cadeiras para sala de reunião.


A sala de reunião pode ou não ter uma hierarquia com o uso das cadeiras. No projeto acima, podemos observar que a cadeira com espaldar mais alto, posicionada na ponta da mesa é dedicada a um líder ou quem comanda uma determinada reunião, os outros modelos são iguais para não interferir no nível organizacional.

Imagem 14 – Cadeiras altas são indicáveis para pessoas com estatura elevada, pois permitem o encosto completo.

Imagem 15 – Neste projeto, as cadeiras seguem as cores da marcenaria e o estilo do escritório.

Imagem 16 – A cadeira do profissional e do cliente pode seguir o mesmo modelo.

Imagem 17 – A cadeira deve ter um design confortável para a coluna, por isso ela vem com uma pequena inclinação para o encaixe da lombar.

Imagem 18 – Para o escritório com esse padrão de layout, utilize modelos diferentes em cada extremidade da mesa.

Imagem 19 – As cadeiras em pé palito são clássicas e versáteis em qualquer decoração.

Imagem 20 – Esse modelo de cadeira é ótimo para quem utiliza mais de um monitor no trabalho.


Se o espaço for em L opte por uma cadeira giratória e com rodízios, dessa forma as coisas ficam todas à mão além da mobilidade.

Imagem 21 – Para deixar o visual harmônico, o mesmo material foi utilizado nas cadeiras.

Imagem 22 – O coworking se tornou um espaço procurado para profissionais autônomos.


Esse modelo de trabalho compartilhado prioriza um ambiente criativo e confortável. Existem diversos espaços que podem ser utilizados de acordo com o tempo que o profissional permanece no local. Os tipos de assentos vão desde as cadeiras corporativas até os sofás longos.

Imagem 23 – Cadeiras com rodízio para sala de reunião.


Muitas pessoas ficam em dúvida se é bom ter uma cadeira com rodinhas na sala de reunião — ela facilita bastante para que a cadeira saia com mais agilidade. Dessa forma, não é necessário atrapalhar a pessoa ao lado para se movimentar.

Imagem 24 – Modelo de cadeira em tecido e estrutura metálica.

Imagem 25 – Cadeira de escritório com tecido sintético.


O material que reveste a cadeira é um item importante, principalmente em relação a praticidade do dia a dia, pois cada tipo necessita de uma limpeza específica. No caso do escritório acima, as cadeiras são estofadas com tecido, bem confortáveis, mas com limpeza mais trabalhosa.

Imagem 26 – Decoração com cadeiras coloridas.


Por ser uma sala pequena e uma empresa de pequeno porte, o espaço de reunião e as estações de trabalho ficam no mesmo ambiente. Aqui temos o uso do laranja nas cadeiras e outros objetos decorativos para deixar o local mais descontraído.

Imagem 27 – As cadeiras devem estar em harmonia com o estilo de decoração.


Além de possuir modelos diferentes para cada função, elas devem combinar com o restante da ambientação. Como o escritório possui uma cartela de cores neutras, o clássico P&B foi a escolha certa para esse espaço.

Imagem 28 – Combine a ergonomia e a decoração na escolha da cadeira.

Imagem 29 – Utilize as técnicas de ergonomia para um home office.

Imagem 30 – Por se tratar de uma sala de reunião com ampla circulação, as cadeiras podem ser fixas e giratórias, garantindo a mobilidade necessária.

Imagem 31 – Cadeiras para sala de espera.


Os modelos das cadeiras da recepção dependem da proposta do escritório. Se for um ambiente mais requintado, opte por modelos mais robustos como os estofados da foto.

Imagem 32 – Cadeira de couro para escritório.


O couro, seja sintético ou natural, não permite uma boa ventilação, mas oferece conforto e beleza ao espaço. Eles são resistentes e sua limpeza pode ser feita com um pano umedecido.

Imagem 33 – O sistema giratório permite flexibilidade para mesas grandes.

Imagem 34 – Em salas de diretoria compartilhadas, as cadeiras devem seguir o mesmo modelo.

Imagem 35 – Não importa o tamanho do espaço de trabalho, a cadeira deve ser confortável e fazer seu estilo!

Imagem 36 – Cadeiras de tela para escritório.

Imagem 37 – A cor influencia na imagem da empresa.


Um dos quesitos analisados para a decoração corporativa é trabalhar com as cores da marca. Geralmente as cadeiras possuem um papel importante, pois elas se destacam no ambiente sem interferir na produção das atividades.

Imagem 38 – Os modelos demonstram níveis diferentes nessa estação de trabalho.


Para diferenciar cada cargo desse escritório, o projeto priorizou modelos de cadeira diferentes. É uma alternativa para aqueles que gostam de dar um contraste no ambiente e deixar o visual mais arrojado.

Imagem 39 – Modelos de cadeiras para cada função.

Imagem 40 – Cadeiras para consultório médico.

Imagem 41 – Esse modelo com frestas permite uma ventilação e uma limpeza mais prática.

Imagem 42 – Nesta mesa de reunião informal, as cadeiras com estilo caixa foram as escolhidas.

Imagem 43 – Cadeira com braços estofados.


A cadeira com braços é ideal para oferecer o descanso e a melhor postura. Você pode optar pelos modelos estofados com o mesmo acabamento do assento, elas deixam a cadeira mais confortável para o uso no dia a dia.

Imagem 44 – Cadeira diretor ou presidente com mecanismo relax.


As cadeiras com o sistema “relax” permitem o alongamento das costas sem a necessidade de levantar, além de possuírem um balanço para alongar os músculos e relaxar as costas. Essa função da cadeira permite que o encosto recline de acordo com a necessidade do usuário. Dessa forma ela pode ser ajustada com o peso da pessoa, que pode deixar o movimento mais suave ou mais firme.

Imagem 45 – Apenas o estofado é colorido para seguir o padrão de decoração.

Imagem 46 – Cadeiras combinando com as cores do escritório.

Imagem 47 – Opte por um tecido mais leve como as telas e as malhas.

Imagem 48 – As cadeiras com cores diferentes determinam as funções dos funcionários.

Imagem 49 – O design priorizou as frestas para a circulação de ar.

Imagem 50 – Cadeiras simples para estações de trabalho.

Imagem 51 – Mesmo utilizando de modelos de cadeiras simples, elas devem combinar.

Imagem 52 – Dê preferencia aos modelos com apoio lombar.


Além de serem mais confortáveis e saudáveis para as colunas, analise as normas de ergonomia que permitem a adaptação aos usuários com diferentes estaturas.

Imagem 53 – As cadeiras coloridas quebram a neutralidade das estações de trabalho.

Imagem 54 – Sala de reunião com cadeiras de design assinado.


Essa sala de reunião é para aqueles que tem como prioridade receber clientes no escritório. Por isso elas devem ser bonitas e confortáveis.

Imagem 55 – Sala de espera com longarina de madeira.

Imagem 56 – O layout e os móveis são fundamentais no projeto corporativo.


Esta referência exemplifica claramente como deve funcionar o ambiente corporativo.

Imagem 57 – A altura do espaldar influencia na qualidade do trabalho e na saúde.


O espaldar médio é utilizado geralmente em cadeiras para ambientes de trabalho com computadores desktop.

Imagem 58 – Cadeira para secretária.

Imagem 59 – Cadeira com regulagem de altura dos braços.

Mais uma vez a ergonomia trabalhando a seu favor! A cadeira necessita ter uma regulagem de altura para exercer melhor o afastamento lateral e longitudinal no espaço de trabalho.

Imagem 60 – Cadeira para sala de espera.

Onde comprar cadeiras de escritório na internet

Agora que você ja viu vários modelos de cadeiras para decorar o seu escritório, separamos alguns produtos para você pesquisar e comprar pela internet:

  • Cadeira de escritório giratória Marylin no Extra.
  • Cadeira de escritório Sigma no Extra.
  • Cadeira presidente office plus no Extra.
  • Diversas cadeiras no site da Oppa.
  • Cadeira presidente branca no site da Mobly
  • Cadeira secretária com braços Canadá preta na Mobly
  • Cadeira de escritório Grant Azul na Mobly.
  • Vários modelos de cadeiras para escritório na E-cadeiras.