Como escolher o tapete da sala

Veja nossa seleção com 70 fotos e exemplos de tapetes em salas para ajudar a escolher o seu.

Por -

O tapete é um acessório indispensável para quem pretende incrementar a decoração de casa. Além de deixar o ambiente mais confortável, ele leva alegria e personalidade sem precisar de muitos recursos. Por isso, dedicamos esse post com dicas de como escolher o tapete ideal para a sala, em harmonia com a decoração do ambiente.

Vale lembrar que a escolha do tapete é um dos últimos itens em um projeto de sala, já que os móveis são as peças essenciais para a compra do tapete. Caso você já possua um tapete em especial, procure começar a partir dele através de cartela de cores. Os tapetes vão bem em qualquer piso podendo ser frio ou de madeira. E hoje com as salas integradas podemos utilizar mais de um tapete no mesmo espaço, lembrando de procurar escolher a mesma tonalidade de cores ou algo que remete a combinação entre eles.

Existem 4 pontos que merecem atenção no momento de escolher o tapete ideal para a sala, confira todos eles abaixo:

Tamanho da sala de estar

Primeiramente é indispensável verificar o tamanho do cômodo para a partir disso observar como a peça se encaixa no local. O tapete geralmente fica na parte central da sala, por isso procure sempre um tamanho maior para que ele fique preso embaixo do sofá, evitando acidentes. Esta também é uma forma de integrar com os outros itens: mesa central, mesa lateral, abajur com pé, poltronas, vasos e outros itens.

Depois de analisar o formato da sua sala e a proposta que pretende seguir, você pode escolher o formato dele: pode ser retangular, redondo ou quadrado. Qualquer um dos três possui um resultado final incrível. Os tapetes redondos são ideais para destacar um objeto, podendo ser até a mesa central ou uma luminária de chão.

Estilo da decoração

Definido o estilo de sua sala, é possível escolher infinitos modelos e estampas. Para quem possui um estilo moderno e jovial, o ideal é ousar com a escolha de tapetes geométricos com cores ou tonalidades inversas (preto e branco, vermelho e azul, amarelo e rosa…). Já no estilo clássico, o ideal é escolher um tapete de lã de algodão e se for uma sala formal, os tapetes persas não saem da moda. Se não quiser errar, invista em um tapete felpudo, ele pode se adaptar bem em qualquer sala, deixando o visual bonito.

Cores

As cores podem depender do tamanho da sala. Como falamos em outros posts, os tons escuros sempre diminuem o ambiente, invista neles caso tenha uma sala ampla e moderna. Os coloridos ficam bem para quem possui um sofá neutro no qual o tapete não destoe muito na composição, lembrando que sempre um toque de cor leva vida ao ambiente. As cores neutras como: bege, branco e cinza fazem o trio perfeito para qualquer tipo de sala de estar.

Material

Os tapetes podem ser feitos de lã, acrílico, poliéster, couro ou fibra sintética. Os tapetes de lã são mais duráveis e macios, costumam ser de alta qualidade e consequentemente mais caros. Possuem ainda uma grande variedade de cores pois a lã aceita bem a tintura, largamente utilizada na tapeçaria. Se quiser uma opção mais barata, o acrílico imita muito bem a textura, porem sua durabilidade é inferior. Já os tapetes de poliéster são os famosos felpudos e brilhantes, muito utilizados em salas de TV. Para quem possui algum tipo de alergia, o recomendado é optar pelo couro ou fibras sintéticas, que são mais em conta que a primeira opção.

A última dica para deixar o tapete funcional no dia a dia é colocar uma fita adesiva antiderrapante embaixo dele. Isso faz com que ele se fixe no chão, além de mantê-lo na posição correta evitando o seu reposicionamento no dia a dia.

70 ideias de como escolher o tapete para a sala

Para facilitar a sua visualização, separamos 70 inspirações de como escolher o tapete da sala com propriedade e estilo. Não deixe de seguir essas dicas — confira agora alguns modelos de tapetes para utilizar como referência para o projeto de sua sala de estar:

Imagem 1 – Opte por uma tapete em cores fortes se quiser destacá-lo no ambiente.

Foto: Reprodução

Essa ideia fica bacana para uma sala com uma decoração predominantemente neutra. No caso acima, as tonalidades de cinza se espalham por todo ambiente, deixando espaço para um tapete mais rico de cor.

Imagem 2 – As estampas geométricas reforçam o estilo jovial da sala.

Foto: Reprodução

Imagem 3 – O tapete em sisal deixa as sujeiras mais imperceptíveis.

Foto: Reprodução

Devido as tramas do sisal, a sujeira se camufla com o passar do uso, evitando a limpeza contínua do tapete. Além de ser uma opção neutra que harmoniza tanto em pisos claros como escuros, eles aparecem bem mais na decoração devido ao seu acabamento texturizado.

Imagem 4 – A nova tendência de 2018 é a sobreposição de tapetes.

Foto: Reprodução

Visto nas mostras de decoração, a sobreposição deve harmonizar com o estilo da sala de estar. A escolha dos tapetes devem combinar entre si, não só pela cor, mas pela composição completa da sala.

Imagem 5 – A escolha do tapete bege com textura leva a sensação de conforto e amplitude.

Foto: Reprodução

O bege ainda é a cor queridinha para os amantes de uma sala clean e moderna. Mas para dar um toque de personalidade, é bom brincar com as texturas dos elementos. Como por exemplo, a madeira mais rugosa, o estofado do sofá, o voal das cortinas, o laqueamento do aparador e a maciez do tapete. Utilizando essa técnica de texturas, o projeto sai um pouco do tradicional e vai para um olhar mais profissional, deixando seu ambiente muito mais bonito.

Imagem 6 – A escolha do tapete priorizou os tons terrosos do ambiente.

Foto: Reprodução

A madeira predominante no piso, no aparador e na esquadria foi o ponto de partida para a escolha da cor do tapete de sisal. Em pisos de madeira, procure sempre optar por um tom mais claro para que a peça apareça no ambiente. Afinal, o objetivo do tapete é complementar a decoração e não escondê-la!

Imagem 7 – Os tapetes animal print levam personalidade e saem do comum.

Foto: Reprodução

Apesar do receio de muitos, esse é um dos nossos tapetes preferidos! Eles conseguem se destacar no ambiente, sem precisar ornar muito com o estilo, pois geralmente eles combinam com a maioria deles. A grande maioria desses tapetes possuem cores neutras, o que facilita na composição de qualquer sala.

Imagem 8 – Devido ao estilo decorativo do loft, o tapete seguiu a cartela de cores da proposta industrial.

Foto: Reprodução

Imagem 9 – Deixe o cantinho mais acolhedor!

Foto: Reprodução

Imagem 10 – Com o estilo definido, fica mais fácil escolher os itens da ambientação.

Foto: Reprodução

Aqui podemos observar o ar boêmio espalhado por toda a sala! Os itens são os que definem a identidade do ambiente. A composição com tapetes de algodão não poderia ser diferente, o mix and match é uma característica forte no estilo boho, e por isso não poderia faltar!

Imagem 11 – Deixe a decoração alegre e divertida!

Foto: Reprodução

Muitos possuem a dúvida de como deixar a decoração divertida sem deixar o ambiente muito jovial. O grande truque é ousar nas pequenas coisas que compõem esse espaço. O tapete é um deles, qualquer estampa ou desenho que a peça recebe, deixará o ambiente menos sério e mais convidativo.

Imagem 12 – Mais uma vez o animal print demonstra como é possível misturar os itens decorativos sem destoar no visual.

Foto: Reprodução

Imagem 13 – A sala com proposta contemporânea pede cores neutras, porém, a textura do tapete pode ser trabalhada.

Foto: Reprodução

Imagem 14 – Quando as cores conversam entre si, a composição fica bem mais coerente.

Foto: Reprodução

O azul turquesa foi a cor que ressaltou em cima da decoração neutra. Você pode optar por uma cor de sua preferência e fazer o mesmo. Escolher tapetes, vasos, quadros e até um detalhe da marcenaria com base nessa cor. Fica elegante e não tem como errar!

Imagem 15 – A composição dos tapetes deixam a sala delicada e feminina.

Foto: Reprodução

Imagem 16 – Um pouco de dinâmica no piso.

Foto: Reprodução

Imagem 17 – A estampa Chevron é atual e neutra ao mesmo tempo.

Foto: Reprodução

Imagem 18 – Utilize as listras a seu favor no ambiente!

Foto: Reprodução

As listras podem alongar o ambiente, levando a sensação de continuidade e amplitude. E foi isso que ocorreu na sala acima, o tapete valorizou a área central entre o sofá e o aparador, deixando o espaço mais convidativo.

Imagem 19 – A sala de jantar com mesa redonda fica ótima com um tapete do mesmo formato.

Foto: Reprodução

Imagem 20 – O tapete consegue definir a área da sala de estar.

Foto: Reprodução

Imagem 21 – Para quem procura uma sala mais clean, trabalhe com cores neutras, e se possível no tom sobre tom.

Foto: Reprodução

O tom sobre tom é a melhor forma de decorar um ambiente! Principalmente para aqueles que sentem dificuldade em combinar cores e texturas. No projeto acima, a proposta é de uma sala clean, por isso foram trabalhadas as tonalidades do cinza em suas variadas intensidades e texturas.

Imagem 22 – Para quebrar a seriedade da sala, experimente os tapetes estampados.

Foto: Reprodução

Imagem 23 – As passadeiras alongam ainda mais a circulação.

Foto: Reprodução

Imagem 24 – Observe que os móveis devem estar presentes sobre o tapete.

Foto: Reprodução

A posição correta do tapete deve contornar por todo o layout da sala, ou seja, em torno de uns 20 cm a mais nas bordas, para que todos os móveis fiquem sobre a peça. No caso de um aparador ou bancada, o tapete deve estar rente ao móvel e não abaixo.

Imagem 25 – Opte por um tapete com alguma interferência de cor presente na decoração.

Foto: Reprodução

A sala por ser carregada de informações, não precisa de mais um item pesado. A ideia é pegar uma cor que apareça nos acessórios ou no revestimento e inserir o tom para o tapete.

Imagem 26 – O tapete P&B consegue equilibrar com os itens rosa da sala de estar.

Foto: Reprodução

Imagem 27 – Os felpudos conseguem levar mais conforto a sala de estar.

Foto: Reprodução

Os tapetes de seda são um sucesso nas salas de TV! Mas podem ser colocados também na sala de estar, e ainda compor com algumas almofadas para servir de assento quando for receber visitas. Para quem tem criança em casa é uma ótima pedida, pois assim deixa o chão confortável e elas podem brincar e deitar sobre ele á vontade!

Imagem 28 – Quando o objetivo é destacar os itens decorativos, opte por um tapete neutro.

Foto: Reprodução

Imagem 29 – O bacana do sisal é o efeito das tramas feita por duas cores.

Foto: Reprodução

O mesmo pode ocorrer com os tapetes felpudos também, porém, o sisal deixa o ambiente mais clean e higiênico.

Imagem 30 – O tapete mais fofinho é opção certeira para quem preza o conforto.

Foto: Reprodução

Imagem 31 – A linguagem do tapete deve remeter ao estilo da decoração.

Foto: Reprodução

Imagem 32 – Para um piso mais claro, escolha um tom mais escuro do que o porcelanato.

Foto: Reprodução

Esse contraste deve ocorrer entre o piso e o tapete. Seja qual for a tonalidade do piso, o tapete sempre deve se destacar sobre a cor do piso. O tapete é um acessório decorativo, que leva conforto, divide os espaços, mas também deve aparecer!

Imagem 33 – Como compor com um tapete redondo e retangular.

Foto: Reprodução

Fazer uma composição de tapetes em formatos diferentes pede um cuidado especial. Além do tamanho, as estampas e cores contam muito para que o visual fique harmônico. O bacana é fazer quando se tem uma sala grande, assim eles aparecem mais. Procure sempre colocar um liso e o outro com textura. E assim ocorre mesmo com a cor, um mais colorido e o outro mais neutro (bege, cinza, preto e branco).

Imagem 34 – O tapete redondo promove um ar mais contemporâneo para a sala.

Foto: Reprodução

Imagem 35 – O uso da textura é elegante e sofisticado!

Foto: Reprodução

Imagem 36 – Se a intenção é ampliar o ambiente, utilize um tapete com a mesma cor do piso.

Foto: Reprodução

Esse truque é ideal para salas pequenas, mas também pode ser aplicado em ambientes maiores como ocorre no projeto acima. O ideal é que todo o restante colabore para esse efeito de amplitude, como as cores brancas, os itens espelhados, as peças de vidro e as amplas janelas para a incidência de luz natural.

Imagem 37 – As estampas onduladas levam movimento a essa área de estar.

Foto: Reprodução

Imagem 38 – Uma dica para quem possui piso amadeirado é optar por um tom mais claro que o acabamento.

Foto: Reprodução

Imagem 39 – Os tapetes redondos ficam ótimos em uma sala ampla.

Foto: Reprodução

Eles se destacam ainda mais em ambientes grandes, pois seu formato não prejudica tanto na distribuição dos móveis. Isso pode interferir um pouco em salas pequenas, o que acaba diminuindo o espaço de circulação criando a sensação de um ambiente menor. No exemplo acima, podemos observar que o tapete criou uma sala intimista, com um layout original e um tratamento diferente do que uma sala retangular.

Imagem 40 – Quando quiser ressaltar uma outra cor no ambiente, escolha um tapete simples e neutro.

Foto: Reprodução

A cor que caracteriza esse projeto é o azul! E para isso acontecer em sua sala de forma harmônica e clean, opte por uma base neutra para inserir alguns detalhes da cor desejada. O tapete pode ser uma peça de destaque que ocupa uma boa área do piso da sala, seguindo as tonalidades neutras.

Imagem 41 – Neutralidade nas cores demonstram uma sala clássica e moderna.

Foto: Reprodução

Imagem 42 – O tapete é o ponto de foco desse ambiente.

Foto: Reprodução

Imagem 43 – A mesma paleta de cores do tapete pode aparecer em alguns objetos da sala.

Foto: Reprodução

Imagem 44 – No momento da composição, procure um equilíbrio entre as peças.

Foto: Reprodução

Imagem 45 – A cartela de cores foi o ponto de partida desse projeto!

Foto: Reprodução

A escolha das cores pode ser o início de qualquer projeto e isso vai depender muito dos moradores. Algo que reflita a personalidade deles é essencial no ambiente! Se você possui algumas cores que deja inserir na ambientação, procure combiná-las com a mesma intensidade (exemplo: laranja e azul claro, vermelho e laranja vibrante) e com alguns outros detalhes nas cores neutras para que não fique tudo um carnaval.

Imagem 46 – Cinza e azul formam uma dupla incrível para quem quer uma sala neutra sem deixá-la muito séria.

Foto: Reprodução

Imagem 47 – Esse modelo de tapete é ideal para uma sala mais funny e jovial!

Foto: Reprodução

Os listrados P&B são bonitos e versáteis em qualquer estilo de decoração. Para quem não sabe qual modelo investir, aposte na tendência das listras nesse duo de cores que ressalta tanto em ambientes clean como em uma sala cheia de cores!

Imagem 48 – Faça um mix de estampas na sala integrada.

Foto: Reprodução

Imagem 49 – Os tapetes listrados em P&B podem ser uma solução para decorar sem carregar em diferentes estampas.

Foto: Reprodução

Imagem 50 – O tom sobre tom na decoração é uma solução simples para quem não quer errar!

Foto: Reprodução

Imagem 51 – Para um home office na sala, não pode faltar um pequeno tapete entre a mesa e a cadeira.

Foto: Reprodução

O tapete evita o barulho da cadeira arrastando e deixa o cantinho de trabalho mais aconchegante. Ele deve ser posicionado sobre a mesa para não escapar e ainda deixar um espacinho de sobra para o movimento da cadeira.

Imagem 52 – É possível combinar diferentes estampas em um mesmo espaço.

Foto: Reprodução

Observe que as estampas P&B aparecem no tapete e nas capas de almofadas. Brinque com essa técnica para deixar sua sala mais divertida e alegre sem precisar de muitas cores!

Imagem 53 – Contraste de estilos para uma sala grande.

Foto: Reprodução

Imagem 54 – Deixe o espaço mais confortável e seguro!

Foto: Reprodução

Por ser tratar de uma área próxima ao guarda-corpo, o tapete demonstra segurança reforçando até onde é possível usufruir desse espaço.

Imagem 55 – O tapete e o sofá podem combinar facilmente em uma decoração neutra.

Foto: Reprodução

Imagem 56 – O preto pode aparecer sem deixar a sala pesada.

Foto: Reprodução

E é isso que ocorre no projeto acima, o preto consegue equilibrar com o restante dos elementos do ambiente. Por isso o equilíbrio é fundamental em todo o projeto!

Imagem 57 – Sala bege com tapete claro.

Foto: Reprodução

Imagem 58 – Os tapetes redondos remetem ao estilo escandinavo.

Foto: Reprodução

Imagem 59 – Tapete persa em meio a decoração descolada.

Foto: Reprodução

Imagem 60 – Tapete para uma sala masculina.

Foto: Reprodução

Imagem 61 – A geometria da estampa deixa a sala dinâmica e moderna.

Foto: Reprodução

Imagem 62 – O efeito do espelho ajudou a destacar esse tapete preto.

Foto: Reprodução

Imagem 63 – Para espaços integrados, os tapetes são uma mão na roda!

Foto: Reprodução

Apartamentos pequenos com espaços abertos pedem soluções para dividir as áreas sem utilizar as paredes. Os tapetes ajudam muito nessa hora! Na sala, ele pode delimitar o espaço, reforçando até onde ela ocorre. No projeto acima, podemos observar que o tapete ajuda a complementar esse limite junto com a bancada e o painel de TV.

Imagem 64 – Os tapetes podem delimitar os espaços.

Foto: Reprodução

Observe que o tapete demarcou ainda mais o corredor que leva para o quarto, desenhando de forma espontânea essa circulação sem precisar de outro recurso.

Imagem 65 – No estilo industrial, a pegada rústica/aventureira também ajuda a decorar o ambiente.

Foto: Reprodução

Imagem 66 – Tapete para casa de praia.

Foto: Reprodução

Imagem 67 – Funções das passadeiras no corredor.

Foto: Reprodução

Colocar esse tipo de tapete no corredor ajuda a não estragar o piso e também evita o barulho do sapato (principalmente saltos) direto no piso.

Imagem 68 – O tapete com estampa triangular deixa a sala um pouco mais arrojada.

Foto: Reprodução

Imagem 69 – O destaque desse projeto está nos móveis.

Foto: Reprodução

Como os móveis ja são coloridos, a sala pediu um tapete liso e com cores neutras.

Imagem 70 – Faça uma composição de tapetes.

Foto: Reprodução

A composição dos tapetes quis ressaltar a borda P&B sobre o tapete rosa. A combinação ficou harmônica com o restante do ambiente, que conta com o uso de estampas e toques femininos. O mesmo pode ocorrer com a sua sala, caso sua intenção seja criar essa borda, mas lembre-se do equilíbrio que falamos anteriormente.