Piso flutuante: o que é? características e 60 fotos para se inspirar

Por -

Piso flutuante: você já ouviu falar? Se deparar com um termo como esse soa esquisito e deixa muita gente confusa, afinal, que negócio é esse de piso flutuar? Você pode até duvidar, mas com certeza já viu muito piso flutuante por aí. Isso porque esse tipo de piso nada mais é do que os revestimentos laminados e vinilicos, tão comuns hoje em dia.

Mas por que eles ganharam esse nome? Os pisos flutuantes, como esses citados acima, são aqueles que não necessitam de cola ou argamassa para serem instalados. A colocação é feita apenas por um sistema de encaixe deixando o piso solto, ou melhor dizendo, flutuando sobre o contrapiso ou piso anterior.

Ou seja, o piso flutuante é a melhor opção para quem está em busca de um piso bonito, fácil de ser aplicado e que não gera sujeira ou entulho durante a instalação. Confira abaixo algumas outras vantagens do piso flutuante:

Conforto térmico e acústico

Uma grande vantagem do piso flutuante, seja ele laminado ou vinilico, é a sua capacidade de gerar conforto térmico no ambiente, algo muito bem vindo especialmente para quem mora em regiões frias.

Outra característica positiva desse piso é o isolamento acústico que ele proporciona. Como a instalação é feita com o uso de uma manta sob o piso, os ruídos e demais barulhos tendem a diminuir bastante, e isso é ótimo para quem mora em apartamento e não deseja incomodar o vizinho de baixo com o som das crianças ou do salto alto.

Instalação descomplicada

Como já citamos anteriormente, o piso flutuante é muito fácil e rápido de ser instalado, além de não produzir sujeira, pó ou entulho. Contudo é importante contar com um profissional qualificado para garantir a colocação e encaixe perfeito das peças.

Resistência e durabilidade

Pode não parecer, mas o piso flutuante possui alta resistência e durabilidade, desde que seja instalado de modo correto e que as instruções de limpeza e manutenção sejam seguidas a risca. O piso vinilico, por exemplo, chega a ser indicado para uso comercial em locais de grande fluxo de pessoas, tamanho seu grau de resistência e durabilidade.

Imita madeira

A maior parte dos pisos laminados e vinilicos apresentam cor e textura muito semelhante a madeira, o que é outra imensa vantagem, já que esse material é um dos grandes responsáveis por deixar a casa mais acolhedora e confortável.

Você ainda pode escolher uma entre centenas de tonalidades diferentes, indo das mais claras, quase branco, até as mais escuras, chegando a um tom próximo do preto.

Preço

O preço varia dependendo do material e do fabricante do piso flutuante. De modo geral, os modelos laminados são mais em conta do que os vinilicos. Para você ter uma ideia o preço do metro quadrado instalado de um piso laminado gira em torno de R$ 60, já o piso vinilico custa, em média, R$ 80 o metro quadrado colocado.

Apesar de todas as vantagens, o piso flutuante possui algumas características que podem torná-lo inviável dependendo do seu projeto. Por isso vale a pena conferir as desvantagens desse tipo de piso:

Baixa resistência a umidade

Um dos principais pontos negativos do piso flutuante é a baixa resistência a umidade. Portanto, o ideal é que ele seja instalado em locais e ambientes secos, ou seja, longe de banheiros, cozinha ou áreas externas.

Barulho interno

Mesmo sendo considerado um piso de ótima acústica, o piso flutuante acaba não sendo muito bom quando o assunto é isolar os sons de dentro do ambiente. Se um molho de chaves cair no chão seus vizinhos não escutaram nada, mas você saberá exatamente em qual cômodo da casa ele caiu no exato momento em que as chaves tocarem no chão.
Apesar de possuir algumas desvantagens, o piso flutuante não deixa de ser uma excelente opção para deixar a casa mais bonita e aconchegante. Se você ainda não tem muita certeza disso confira as imagens de ambientes que apostaram no uso do piso flutuante, há uma grande chance de você mudar de ideia. Olha lá:

Piso flutuante: dicas e 60 inspirações para decorar

Imagem 1 – Piso flutuante para o escritório: o tom amadeirado escuro deixa o ambiente sóbrio e elegante.

Piso flutuante para o escritório: o tom amadeirado escuro deixa o ambiente sóbrio e elegante

Imagem 2 – Para driblar o problema da umidade, a solução aqui foi usar o piso flutuante no centro e percorrer as laterais da cozinha com piso cerâmico.

Para driblar o problema da umidade, a solução aqui foi usar o piso flutuante no centro e percorrer as laterais da cozinha com piso cerâmico

Imagem 3 – No chão, nas paredes e no teto, mas em cada lugar um tom diferente.

No chão, nas paredes e no teto, mas em cada lugar um tom diferente

Imagem 4 – A casa moderna com influência no estilo industrial apostou em um tom claro para o piso flutuante.

A casa moderna com influência no estilo industrial apostou em um tom claro para o piso flutuante

Imagem 5 – O piso flutuante “aquece” o quarto do casal e o deixa ainda mais acolhedor.

O piso flutuante “aquece” o quarto do casal e o deixa ainda mais acolhedor

Imagem 6 – Os pisos laminados e vinilicos atuais possuem cor e textura idênticas a madeira natural.

Os pisos laminados e vinilicos atuais possuem cor e textura idênticas a madeira natural

Imagem 7 – A direção do piso ajuda a ampliar o ambiente, como nessa cozinha em que o piso na vertical causa sensação de prolongamento do cômodo.

A direção do piso ajuda a ampliar o ambiente, como nessa cozinha em que o piso na vertical causa sensação de prolongamento do cômodo

Imagem 8 – Piso flutuante combina com qualquer estilo de decoração, já que a madeira é um elemento neutro.

Piso flutuante combina com qualquer estilo de decoração, já que a madeira é um elemento neutro

Imagem 9 – O rodapé alto dá continuidade ao piso flutuante do chão.

O rodapé alto dá continuidade ao piso flutuante do chão

Imagem 10 – Ambientes integrados pelo mesmo piso.

Ambientes integrados pelo mesmo piso

Imagem 11 – No quarto infantil o piso flutuante funciona como um toque a mais de acolhimento e conforto.

No quarto infantil o piso flutuante funciona como um toque a mais de acolhimento e conforto

Imagem 12 – Que tal unir a cor do piso com a cor dos móveis?

Que tal unir a cor do piso com a cor dos móveis?

Imagem 13 – O piso flutuante é a melhor opção para quem deseja mudar o revestimento da casa sem fazer sujeira e quebra quebra.

O piso flutuante é a melhor opção para quem deseja mudar o revestimento da casa sem fazer sujeira e quebra quebra

Imagem 14 – Entre os tons amadeirados dessa cozinha eis que surge um armário branco.

Entre os tons amadeirados dessa cozinha eis que surge um armário branco

Imagem 15 – Na varanda envidraçada o piso flutuante está liberado.

Na varanda envidraçada o piso flutuante está liberado

Imagem 16 – Um tapetinho para completar a decoração e o conforto do quarto de bebê.

Um tapetinho para completar a decoração e o conforto do quarto de bebê

Imagem 17 – Pisos de madeira sofrem dilatação, por isso o espaçamento entre as réguas é importante.

Pisos de madeira sofrem dilatação, por isso o espaçamento entre as réguas é importante

Imagem 18 – No piso, na escada, por toda a casa.

No piso, na escada, por toda a casa

Imagem 19 – A iluminação sob o piso flutuante garantiu o toque moderno e jovial para decoração, sem falar que a luz amarela deixa o ambiente mais aconchegante.

Imagem 20 – A instalação do piso flutuante é rápida, o que evita transtornos ainda maiores com uma obra dentro de casa.

A instalação do piso flutuante é rápida, o que evita transtornos ainda maiores com uma obra dentro de casa

Imagem 21 – A área de serviço escondida também tirou proveito da beleza e praticidade do piso flutuante.

A área de serviço escondida também tirou proveito da beleza e praticidade do piso flutuante

Imagem 22 – Um tom coringa para o piso flutuante.

Um tom coringa para o piso flutuante

Imagem 23 – Deixe o ambiente com piso flutuante ainda mais clean usando uma decoração de base branca.

Deixe o ambiente com piso flutuante ainda mais clean usando uma decoração de base branca

Imagem 24 – A instalação na diagonal é outra opção interessante, mas leve em conta que esse formato gasta mais piso do que as demais.

Imagem 25 – Um piso flutuante claro para iluminar a decoração industrial dessa sala.

Um piso flutuante claro para iluminar a decoração industrial dessa sala

Imagem 26 – Vai usar piso flutuante na cozinha? Muito cuidado então com respingos de água sobre ele.

Imagem 27 – Mesmo grande e espaçoso esse ambiente não ficou impessoal; o piso flutuante tem tudo a ver com isso.

Mesmo grande e espaçoso esse ambiente não ficou impessoal; o piso flutuante tem tudo a ver com isso

Imagem 28 – Para limpar o piso flutuante basta uma vassoura de cerdas macias e um pano umedecido com água e sabão neutro.

Para limpar o piso flutuante basta uma vassoura de cerdas macias e um pano umedecido com água e sabão neutro

Imagem 29 – Junção de elementos: pisos cerâmicos hexagonais com piso flutuante.

Junção de elementos: pisos cerâmicos hexagonais com piso flutuante

Imagem 30 – Tons bem diferentes marcam o chão dessa cozinha revestida com piso flutuante.

Tons bem diferentes marcam o chão dessa cozinha revestida com piso flutuante

Imagem 31 – Para que parede e teto se destaquem o piso precisa ser claro e neutro.

Para que parede e teto se destaquem o piso precisa ser claro e neutro

Imagem 32 – Para deixar o ambiente mais amplo visualmente opte por usar o mesmo piso em toda a área.

Imagem 33 – O piso flutuante é ideal para ser usado em apartamentos, já que uma de suas principais características é o isolamento acústico.

O piso flutuante é ideal para ser usado em apartamentos, já que uma de suas principais características é o isolamento acústico

Imagem 34 – Poltronas seguindo o tom do piso flutuante.

Poltronas seguindo o tom do piso flutuante

Imagem 35 – Uma sala de jantar ousada, mas ao mesmo tempo acolhedora e confortável.

Uma sala de jantar ousada, mas ao mesmo tempo acolhedora e confortável

Imagem 36 – A decoração clean dessa casa é contrastada suavemente pela mobília preta.

A decoração clean dessa casa é contrastada suavemente pela mobília preta

Imagem 37 – Tons amadeirados dominam a decoração dessa cozinha.

Tons amadeirados dominam a decoração dessa cozinha

Imagem 38 – Se o piso une, os nichos dividem.

Se o piso une, os nichos dividem

Imagem 39 – Dúvidas de como combinar o tom do piso com a mobília? Então se inspire nessa imagem, ela vai te ajudar.

Dúvidas de como combinar o tom do piso com a mobília? Então se inspire nessa imagem, ela vai te ajudar

Imagem 40 – Réguas largas deixam o ambiente mais rústico e despojado.

Réguas largas deixam o ambiente mais rústico e despojado

Imagem 41 – Um piso onde praticamente não se enxerga as emendas.

Um piso onde praticamente não se enxerga as emendas

Imagem 42 – O tom irregular é o que deixa o piso flutuante com a cara da madeira.

O tom irregular é o que deixa o piso flutuante com a cara da madeira

Imagem 43 – Repare agora como o piso flutuante claro deixa o ambiente mais suave.

Repare agora como o piso flutuante claro deixa o ambiente mais suave

Imagem 44 – Um pouco rústica, um tanto moderna e um quanto descolada…seja como for a decoração, o piso flutuante segue firme fazendo o seu trabalho.

Um pouco rústica, um tanto moderna e um quanto descolada...seja como for a decoração, o piso flutuante segue firme fazendo o seu trabalho

Imagem 45 – Para cada ambiente um piso diferente.

Para cada ambiente um piso diferente

Imagem 46 – “Aqueça” o quarto das crianças com o piso flutuante.

Aqueça o quarto das crianças com o piso flutuante

Imagem 47 – Para diferenciar a área de jantar, um tapete redondo sobre o piso flutuante.

Para diferenciar a área de jantar, um tapete redondo sobre o piso flutuante

Imagem 48 – Quer mais uma vantagem dos pisos flutuantes? Eles não riscam.

Quer mais uma vantagem dos pisos flutuantes? Eles não riscam

Imagem 49 – Crie uma iluminação especial para valorizar a sala – e o piso.

Crie uma iluminação especial para valorizar a sala – e o piso

Imagem 50 – Piso flutuante em uma versão bem “dark”.

Piso flutuante em uma versão bem dark

Imagem 51 – Piso flutuante claro para destacar o armário preto da cozinha.

Piso flutuante claro para destacar o armário preto da cozinha

Imagem 52 – De um cômodo para outro, passando sempre pelo piso flutuante.

De um cômodo para outro, passando sempre pelo piso flutuante

Imagem 53 – Aqui, a porta de correr divide o piso e os ambientes.

Aqui, a porta de correr divide o piso e os ambientes

Imagem 54 – Os tons terrosos se harmonizam perfeitamente com a cor do piso.

Os tons terrosos se harmonizam perfeitamente com a cor do piso

Imagem 55 – Antes de fazer a instalação do piso flutuante é necessário eliminar os desníveis do chão.

Antes de fazer a instalação do piso flutuante é necessário eliminar os desníveis do chão

Imagem 56 – Luz na medida certa para não perder o encanto acolhedor do piso flutuante.

Luz na medida certa para não perder o encanto acolhedor do piso flutuante

Imagem 57 – Azul marinho e madeira: uma combinação elegante e refinada.

Azul marinho e madeira: uma combinação elegante e refinada

Imagem 58 – Piso flutuante é sinônimo de conforto para os pés.

Piso flutuante é sinônimo de conforto para os pés

Imagem 59 – Uma sala de jantar como essa merecia um piso a altura.

Uma sala de jantar como essa merecia um piso a altura

Imagem 60 – Mesmo os ambientes menores também se beneficiam muito da beleza e conforto do piso flutuante.

Mesmo os ambientes menores também se beneficiam muito da beleza e conforto do piso flutuante