Quadros clássicos: como usar na decoração, dicas e fotos incríveis

Por - Atualizado em:

Os quadros clássicos são como vinho: ficam melhores com o passar do tempo.  Não é a toa que obras como “Monalisa”, de Leonardo da Vinci, e “A Noite Estrelada” de Van Gogh, estão sempre por aí, seja em suas formas originais, seja em releituras modernas e pitorescas.

O fato é que os quadros clássicos sempre inspiram nobreza, sofisticação e refinamento. Eles ainda trazem estilo e personalidade, especialmente quando são parte de uma decoração contemporânea.

E no post de hoje vamos te dar dicas e ideias de como decorar usando quadros clássicos. A boa noticia é que você nem precisa participar de um leilão milionário para isso, confira.

Quadros clássicos: características e referências

Existem algumas características que ajudam a definir um quadro como clássico ou não.

Uma das maiores características é a moldura. Esse tipo de quadro quase sempre vem acompanhado de molduras rebuscadas.

Feitas em madeira nobre, como jacarandá e nogueira, as molduras clássicas ainda são largas e geralmente pintadas em tons metalizados como dourado ou cobre.

Já a arte que acompanha os quadros clássicos são reproduções fiéis de pinturas famosas da história da arte, especialmente aquelas do estilo renascentista, datado entre os séculos XIV e XVII, cujo principal nome é nada mais, nada menos, do que Leonardo da Vinci.

Portanto, é comum que esse tipo de quadro traga figuras humanas anatomicamente perfeitas.

Um pouco mais adiante na linha do tempo, começam a surgir quadros clássicos inspirados em paisagens e natureza morta. Os impressionistas Monet e Van Gogh estão aí para provar.

Já na era moderna, os quadros clássicos que mais se destacam são aqueles que retratam formas e figuras abstratas. É o caso, por exemplo, das obras de Pollock e Kandinsky.

Mas para quem prefere quadros clássicos ainda mais expressivos e visualmente poderosos, pode se inspirar na famosa artista mexicana Frida Kahlo ou no surrealismo de Salvador Dalí.

Entre os artistas brasileiros para quadros clássicos não podem ficar de fora a modernista Tarsila do Amaral, Anita Mafaltti e Cândido Portinari.

Como usar quadros clássicos na decoração

Os quadros clássicos sempre roubam a cena em qualquer ambiente. Por isso, a dica é deixá-los aparecer.

Evite colocá-los junto de outros elementos, seja de outros quadros ou objetos decorativos.

Os quadros clássicos nem sempre tem a ver com a estética clássica, aquela lá da antiguidade. O clássico, nesse contexto, diz respeito as obras imortais de artistas que contribuíram com a evolução da arte na humanidade, independentemente da época em que viveram.

Por isso mesmo, os quadros clássicos conseguem transitar livremente por qualquer estilo decorativo, desde que eles sejam protagonistas do projeto.

Mas se tem um estilo perfeito para os quadros decorativos clássicos, esse estilo é o contemporâneo.

Em ambientes desse tipo, os quadros clássicos formam um belíssimo contra ponto com os elementos mais modernos, geralmente marcados por linhas retas e cores neutras.

O melhor lugar para pendurar um quadro clássico é na parede de maior destaque do ambiente. Na sala de estar, pode ser a parede atrás do sofá ou a de entrada.

Na sala de jantar, escolha a parede de frente com a mesa. No hall de entrada, por sua vez, o quadro clássico pode ficar sobre o aparador.

O lavabo também é um ótimo lugar para os quadros decorativos clássicos. Aproveite esse espaço que permite uma dose extra de personalidade e estilo para exibir suas artes favoritas.

E, finalmente, no quarto o quadro clássico fecha a decoração na parede da cabeceira da cama.

Onde comprar quadros clássicos

O melhor lugar hoje para comprar quadros clássicos é a internet, a não ser que você busque por um original.

Nesse caso, participe de um leilão de artes ou vá até alguma galeria.

A possibilidade de reprodução em massa das obras de arte fez com que todo mundo pudesse ter, por exemplo, um Cézzane ou Picasso em casa pela bagatela de R$ 150.

Confira agora 50 ideias de decoração com quadros clássicos e inspire-se:

Imagem 1 – Quadro decorativo clássico compondo a parede de boiserie.

Quadro decorativo clássico compondo a parede de boiserie

Imagem 2 – Composição de quadros clássicos renascentistas para a decoração rústica.

Composição de quadros clássicos renascentistas para a decoração rústica

Imagem 3 – Quadro clássico para sala de estar: o único do ambiente.

Quadro clássico para sala de estar: o único do ambiente

Imagem 4 – Destaque da sala: o quadro clássico.

Destaque da sala: o quadro clássico

Imagem 5 – Quadros clássicos para sala de jantar.

Quadros clássicos para sala de jantar

Imagem 6 – Já aqui, o quadro clássico completou a decoração do mesmo estilo.

Já aqui, o quadro clássico completou a decoração do mesmo estilo

Imagem 7 – Quadro clássico na parede cinza: ambiente contemporâneo e cheio de personalidade.

Quadro clássico na parede cinza: ambiente contemporâneo e cheio de personalidade

Imagem 8 – A moldura dourada do quadro clássico conversa com os abajures.

A moldura dourada do quadro clássico conversa com os abajures

Imagem 9 – Agregue estilo a decoração com o uso de quadros decorativos clássicos.

Agregue estilo a decoração com o uso de quadros decorativos clássicos

Imagem 10 – Quadros clássicos para te acompanhar na subida da escada.

Quadros clássicos para te acompanhar na subida da escada

Imagem 11 – Deixe o lugar de maior destaque para colocar o quadro clássico.

Deixe o lugar de maior destaque para colocar o quadro clássico

Imagem 12 – Uma intervenção moderna sobre os quadros clássicos na parede.

Uma intervenção moderna sobre os quadros clássicos na parede

Imagem 13 – Quadros clássicos para uma decoração minimalista.

Quadros clássicos para uma decoração minimalista

Imagem 14 – O quarto de estilo retrô apostou na elegância dos quadros clássicos na parede.

O quarto de estilo retrô apostou na elegância dos quadros clássicos na parede

Imagem 15 – Os quadros clássicos de natureza morta são perfeitos para cozinhas.

Os quadros clássicos de natureza morta são perfeitos para cozinhas

Imagem 16 – A parede branca ajuda a dar destaque a dupla de quadros clássicos para sala.

A parede branca ajuda a dar destaque a dupla de quadros clássicos para sala

Imagem 17 – Uma composição ousada de quadros clássicos na sala de jantar.

Uma composição ousada de quadros clássicos na sala de jantar

Imagem 18 – Quanto mais moderno o ambiente, mais o quadro clássico se destaca.

Quanto mais moderno o ambiente, mais o quadro clássico se destaca

Imagem 19 – As releituras de quadros clássicos também estão liberadas!

As releituras de quadros clássicos também estão liberadas!

Imagem 20 – Que tal uma parede vermelha para exibir os quadros clássicos de moldura dourada?

Que tal uma parede vermelha para exibir os quadros clássicos de moldura dourada?

Imagem 21 – Que tal uma parede vermelha para exibir os quadros clássicos de moldura dourada?

Que tal uma parede vermelha para exibir os quadros clássicos de moldura dourada?

Imagem 22 – E por falar em paisagem, aqui, foram os quadros clássicos com tema mar que chamam atenção.

E por falar em paisagem, aqui, foram os quadros clássicos com tema mar que chamam atenção

Imagem 23 – Mas, se preferir, pode apostar em uma coleção de quadros clássicos na parede com rostos humanos.

Mas, se preferir, pode apostar em uma coleção de quadros clássicos na parede com rostos humanos

Imagem 24 – Quadros clássicos para agregar estilo na decoração da sala de estar.

Quadros clássicos para agregar estilo na decoração da sala de estar

Imagem 25 – Quadro clássico na cozinha: simples, mas com forte apelo visual.

Quadro clássico na cozinha: simples, mas com forte apelo visual

Imagem 26 – Quadro clássico de fotografia para a sala de jantar.

Quadro clássico de fotografia para a sala de jantar

Imagem 27 – Uma composição de quadros clássicos e famosos para sala de estar.

Uma composição de quadros clássicos e famosos para sala de estar

Imagem 28 – A moldura é parte fundamental da decoração com quadros clássicos.

A moldura é parte fundamental da decoração com quadros clássicos

Imagem 29 – Molduras douradas para trazer equilíbrio ao conjunto de quadros clássicos.

Molduras douradas para trazer equilíbrio ao conjunto de quadros clássicos

Imagem 30 – As molduras redondas são ainda mais clássicas!

As molduras redondas são ainda mais clássicas!

Imagem 31 – Mais uma intervenção para “modernizar” o quadro clássico na parede.

Mais uma intervenção para “modernizar” o quadro clássico na parede

Imagem 32 – Quadro clássico na cozinha: contemplação e relaxamento.

Quadro clássico na cozinha: contemplação e relaxamento

Imagem 33 – Quadro clássico para quarto combinando com a paleta de cores do ambiente.

Quadro clássico para quarto combinando com a paleta de cores do ambiente

Imagem 34 – Já aqui, os quadros clássicos para sala trazem o abstracionismo como destaque.

Já aqui, os quadros clássicos para sala trazem o abstracionismo como destaque

Imagem 35 – Pequenos notáveis.

Pequenos notáveis

Imagem 36 – Transforme a parede do corredor com os quadros clássicos.

Transforme a parede do corredor com os quadros clássicos

Imagem 37 – Quadros clássicos e fotografias antigas: ótima composição.

Quadros clássicos e fotografias antigas: ótima composição

Imagem 38 – Quadros clássicos de fundo branco para se integrar a paleta de cores da decoração.

Quadros clássicos de fundo branco para se integrar a paleta de cores da decoração

Imagem 39 – Isso não é um cachimbo! É só um quadro clássico para banheiro.

Isso não é um cachimbo! É só um quadro clássico para banheiro

Imagem 40 – Exponha os quadros clássicos na parede e forme uma galeria de artes em casa.

Exponha os quadros clássicos na parede e forme uma galeria de artes em casa

Imagem 41 – Uma composição para quem tem muita personalidade e nenhum medo de errar.

Uma composição para quem tem muita personalidade e nenhum medo de errar

Imagem 42 – Quadro clássico na sala de jantar. Dessa vez para trazer um toque de descontração ao ambiente.

Quadro clássico na sala de jantar. Dessa vez para trazer um toque de descontração ao ambiente

Imagem 43 – Uma prova de que os quadros clássicos vão bem em qualquer tipo de decoração.

Uma prova de que os quadros clássicos vão bem em qualquer tipo de decoração

Imagem 44 – Quadros clássicos para sala de estar: a parede do sofá é sempre uma boa escolha para eles.

Quadros clássicos para sala de estar: a parede do sofá é sempre uma boa escolha para eles

Imagem 45 – O corredor da escada em branco virou a instalação perfeita para os quadros decorativos clássicos.

O corredor da escada em branco virou a instalação perfeita para os quadros decorativos clássicos

Imagem 46 – O quarto infantil também pode ter um quadro clássico na decoração.

O quarto infantil também pode ter um quadro clássico na decoração

Imagem 47 – A boa e velha composição que nunca falha: buffet e quadro clássico na parede.

A boa e velha composição que nunca falha: buffet e quadro clássico na parede

Imagem 48 – Quadros clássicos no escritório. Repare que todos trazem o mesmo tipo de moldura.

Quadros clássicos no escritório. Repare que todos trazem o mesmo tipo de moldura

Imagem 49 – Já aqui, os quadros clássicos para sala formam uma paleta de cores que inclui branco, cinza e tons terrosos.

Já aqui, os quadros clássicos para sala formam uma paleta de cores que inclui branco, cinza e tons terrosos

Imagem 50 – Quadro clássico na parede do quarto infantil, afinal, arte não tem idade.

Quadro clássico na parede do quarto infantil, afinal, arte não tem idade