Brinquedoteca: o que é, como montar, dicas e fotos

Por - Atualizado em:

Pular, correr, subir, pintar… Haja energia quando se é criança! Mas em tempos onde a ordem é ficar em casa, como é possível oferecer tudo isso às crianças? Com uma brinquedoteca!

Esse é o espaço perfeito para as crianças se divertirem com segurança e liberdade dentro de casa.

E se você quer saber como montar uma brinquedoteca, a gente te conta nesse post. Vem ver.

O que é uma brinquedoteca?

A brinquedoteca é um espaço dedicado ao brincar e ao aprendizado lúdico. Nesse ambiente, as crianças tem acesso livre a brinquedos, livros, jogos e materiais educativos.

Existem diversos modelos de brinquedotecas, indo desde aquelas montadas dentro de casa até as públicas, localizadas geralmente em escolas, centros educacionais e hospitais

Qual a importância de uma brinquedoteca?

A pandemia de Covid-19 obrigou as crianças a permanecerem mais tempo dentro de casa, afastada dos locais de recreação e dos amiguinhos.

Dentro desse cenário, a brinquedoteca ganha muita importância, já que a criança pode contar com uma estrutura recreativa e educacional montada exclusivamente para ela dentro de casa.

Isso faz com que as crianças sejam estimuladas a brincar, especialmente nessa era moderna, onde as telas (de celulares, tabletes e televisores) dominam o universo infantil.

Nesse sentindo, a brinquedoteca é extremamente necessária para um melhor desenvolvimento emocional, cognitivo, motor e psicológico. Isso sem contar que esse espaço também é uma ótima oportunidade de interação entre a criança e os pais, já que ali podem ser desenvolvidas atividades em conjunto.

A brinquedoteca também é importante do ponto de vista da segurança do brincar, uma vez que nesse espaço a criança não encontra obstáculos perigosos para as brincadeiras.

Quer mais um incentivo para adotar a brinquedoteca? Então anota: esse espaço reduz consideravelmente a bagunça de brinquedos pela casa, já que tudo estará reunido em um mesmo lugar.

Como montar uma brinquedoteca em 13 passos

Defina o local

A primeira coisa que você precisa fazer é definir o local onde a brinquedoteca será montada. O ideal é destinar um cômodo da casa só para esse espaço. Sabe aquele ambiente vago ou mal aproveitado? Então, esse pode ser o local perfeito.

Mas se você não tiver um espaço sobrando em casa, tudo bem também. A brinquedoteca pode ser montada dentro do quarto da criança.

E caso você tenha dois ou mais filhos, considere montar um quarto só de dormir e transformar o outro na brinquedoteca.

Idade das crianças

A idade das crianças vai conduzir o planejamento da brinquedoteca. De modo geral, quanto menor a criança mais estímulos visuais e sensoriais ela precisa. Já as crianças maiores precisam de um espaço para desenvolver atividades motoras finas, como pintar, desenhar e fazer artesanato, além de espaço para gastar energia.

Caso a brinquedoteca que você está planejando montar seja destinada para mais de uma criança, procure contemplar todas as faixas etárias e, se possível, invista até em uma suave setorização entre os espaços a partir das idades das crianças.

Segurança

Todo espaço voltado para crianças precisa ser seguro. Por isso, invista em telas de proteção na janela e coloque um portãozinho com trava, caso a brinquedoteca esteja localizada em um piso superior perto da escada.

Para evitar quedas e escorregões, use tapetes emborrachados no piso. Evite móveis com quinas ou que possam ser escalados. E nada de objetos pontiagudos ou perfurantes.

Acessibilidade

A brinquedoteca precisa ser acessível para a criança. Por isso, o ideal é instalar nichos, prateleiras e armários na altura dos pequenos. Além de trazer mais segurança, já que as crianças não vão precisar escalar os móveis, essa acessibilidade traz autonomia, liberdade e independência para os pequenos.

Organizadores

Você vai precisar de muitos organizadores para a brinquedoteca. Eles são importantes para recolher os brinquedos ao final do dia.

Use caixas, caixotes, cestos de pano ou aramados para auxiliar nessa organização.

Uma dica: os organizadores transparentes ou vazados são mais indicados porque as crianças podem visualizar o conteúdo das caixas, evitando aquela típica cena de derrubar tudo no chão só para pegar um bonequinho.

Espaço livre

Resista a tentação de encher a brinquedoteca de móveis e objetos decorativos. As crianças precisam de espaço para brincar e se divertir. Portanto, a dica aqui é menos é mais.

Conforto

Conforto é outro item essencial na brinquedoteca. Nesse sentido, tapetes, almofadas, colchonetes e cortinas são essenciais.

Os tapetes garantem conforto térmico, especialmente no caso de pisos cerâmicos que são mais frios. As almofadas e colchonetes são perfeitos para equipar o cantinho de leitura, já as cortinas ajudam a bloquear o excesso de luminosidade da janela.

Aproveite as paredes

A brinquedoteca precisa ter espaço e para isso a melhor coisa a se fazer é aproveitar o espaço vertical das paredes.

Nelas devem ser instalados os nichos e prateleiras (sempre na altura da criança).

Aproveite a parede também para criar um quadro lousa.

Cantinho de leitura

Não perca a oportunidade de montar um cantinho de leitura para as crianças. Pode ser algo bem simples, o importante é que funcione. Coloque algumas almofadas no chão e um nicho na parede para organizar os livros e pronto.

Se quiser dar um toque a mais para esse espaço, considere montar uma cabaninha e instalar uma luminária.

Painel de atividades

Com tanto espaço, as crianças vão esbanjar criatividade. Mas o que fazer com todos os desenhos e criações inventadas por elas? Monte um painel ou mural.

Além de fazer parte da decoração do espaço, esse painel ainda traz auto estima para as crianças.

Luz natural

A iluminação natural é sempre a melhor fonte de luz para a brinquedoteca. Abra as janelas e permita que o sol entre.

Limpeza

Criança que brinca faz bagunça e quase sempre sujeira, especialmente se ela estiver manuseando tintas e massinhas.

Por isso, prefira sempre móveis e objetos fáceis de limpar.

Personalize e decore

Por fim, pense na decoração desse espaço. Aproveite os próprios brinquedos para compor a decoração e evite o excesso de itens sem funcionalidade.

Para garantir um toque de personalidade ao ambiente, instale papel de parede com algum tema que a criança goste ou pinte as paredes com cores divertidas.

Aposte no uso de nichos e prateleiras com detalhes lúdicos. Faça o mesmo na escolha dos tapetes.

Móveis para brinquedoteca

Mesa de atividades

A brinquedoteca não precisa de muitos móveis, apenas o necessário para organizar os brinquedos e oferecer apoio para as atividades, como é o caso da mesa.

Opte por um modelo com cadeiras e preste atenção no material. Ele precisa ser resistente e confortável. A madeira é sempre uma boa opção.

Estantes, prateleiras e nichos

Além da mesa, vale a pena investir em estantes, prateleiras e nichos. Não precisa de todos, opte por um ou outro. Lembrando apenas que esses móveis devem estar na altura das crianças.

Brinquedos para brinquedoteca por faixa etária

Até 1 ano

Nessa idade, as crianças são muito estimuladas pelos sons, cores e texturas. Por isso, aposte em brinquedos sensoriais. Não deixe no local peças pequenas que possam ser levadas a boca.

  • Móbiles
  • Chocalhos
  • Instrumentos musicais de brinquedo
  • Blocos de montar
  • Brinquedos de pano

1 a 2 anos

Entre 1 e 2 anos as crianças começam a andar e descobrir mais movimentos e possibilidades. Para essa faixa etária o ideal são:

  • Blocos de montar
  • Giz de cera
  • Piscina de bolinhas
  • Livros coloridos

2 a 6 anos

Nessa faixa etária, as crianças já começam a rotina escolar e podem se beneficiar de brinquedos como:

  • Massinha de modelar
  • Giz de cera
  • Tinta guache
  • Quebra cabeças grandes
  • Brinquedos de montar
  • Livros ilustrados

A partir dos 6 anos

Aqui, as crianças já tem mais autonomia e sabem o que querem. Estimule o desenvolvimento com:

  • Jogos de tabuleiro
  • Desenhos para colorir
  • Jogos de memória
  • Atividades motoras, como pula corda e amarelinha
  • Objetos recicláveis para produção de artesanatos

Quer mais dicas para montar uma brinquedoteca em casa? Então confira as 50 imagens que separamos a seguir:

Imagem 1 – Brinquedoteca em casa: muito espaço livre para brincar.

Brinquedoteca em casa: muito espaço livre para brincar

Imagem 2 – Um pouco de tudo para a criança se divertir.

Um pouco de tudo para a criança se divertir

Imagem 3 – Cores e formas lúdicas são sempre bem vindas na brinquedoteca.

Cores e formas lúdicas são sempre bem vindas na brinquedoteca

Imagem 4 – E quem não quer uma piscina de bolinhas?

E quem não quer uma piscina de bolinhas?

Imagem 5 – Brinquedoteca no quarto: espaço para dormir e brincar.

Brinquedoteca no quarto: espaço para dormir e brincar

Imagem 6 – Construa jogos e atividades no espaço da parede.

Imagem 7 – O papel de parede decora e não ocupa espaço.

O papel de parede decora e não ocupa espaço

Imagem 8 – Cabaninha para o cantinho de leitura da brinquedoteca.

Cabaninha para o cantinho de leitura da brinquedoteca

Imagem 9 – Amarelo para aquecer o cantinho de brincar.

Amarelo para aquecer o cantinho de brincar

Imagem 10 – Uma mini escalada para gastar energia!

Uma mini escalada para gastar energia!

Imagem 11 – Cores vivas e alegres são a cara da brinquedoteca.

Cores vivas e alegres são a cara da brinquedoteca

Imagem 12 – Poucos móveis, muito espaço.

Poucos móveis, muito espaço

Imagem 13 – Crie um mundo cheio de possibilidades para as crianças na brinquedoteca.

Crie um mundo cheio de possibilidades para as crianças na brinquedoteca

Imagem 14 – Brinquedoteca minimalista.

Brinquedoteca minimalista

Imagem 15 – Para as crianças maiores, ofereça atividades educativas

Para as crianças maiores, ofereça atividades educativas

Imagem 16 – Uma brinquedoteca radical.

Uma brinquedoteca radical

Imagem 17 – Já essa aqui é perfeita para bebês e crianças menores.

Já essa aqui é perfeita para bebês e crianças menores

Imagem 18 – Conforto é fundamental na brinquedoteca.

Conforto é fundamental na brinquedoteca

Imagem 19 – Brinquedoteca com tema do fundo do mar.

Brinquedoteca com tema do fundo do mar

Imagem 20 – Concentre os móveis da brinquedoteca em uma só parede para otimizar o espaço

Imagem 21 – Faça um mural com os desenhos das crianças.

Faça um mural com os desenhos das crianças

Imagem 22 – Quanto mais luz natural, mais saudável fica a brinquedoteca.

Quanto mais luz natural, mais saudável fica a brinquedoteca

Imagem 23 – Decore e organize ao mesmo tempo.

Decore e organize ao mesmo tempo

Imagem 24 – Decore e organize ao mesmo tempo.

Decore e organize ao mesmo tempo

Imagem 25 – Que tal peças gigantes de Lego?

Que tal peças gigantes de Lego?

Imagem 26 – Um tapete macio e aconchegante para trazer conforto e segurança para as crianças.

Um tapete macio e aconchegante para trazer conforto e segurança para as crianças

Imagem 27 – Um quarto na brinquedoteca ou uma brinquedoteca no quarto?

Um quarto na brinquedoteca ou uma brinquedoteca no quarto?

Imagem 28 – Brinquedoteca pequena, simples, mas funcional.

Brinquedoteca pequena, simples, mas funcional

Imagem 29 – Livros sempre à mão.

Livros sempre à mão

Imagem 30 – Brinquedoteca com direito à mezanino.

Brinquedoteca com direito à mezanino

Imagem 31 – Rede e parede de escalada!

Rede e parede de escalada!

Imagem 32 – Quadro lousa para soltar a imaginação.

Quadro lousa para soltar a imaginação

Imagem 33 – O que acha de simular grama com o tapete?

O que acha de simular grama com o tapete?

Imagem 34 – Uma brinquedoteca sob medida para as crianças pequenas.

Uma brinquedoteca sob medida para as crianças pequenas

Imagem 35 – Já nessa outra, as atividades educativas e radicais são ideias para as crianças maiores.

Já nessa outra, as atividades educativas e radicais são ideias para as crianças maiores

Imagem 36 – Diversão garantida com a cabaninha.

Diversão garantida com a cabaninha

Imagem 37 – Uma estrutura multifuncional para a brinquedoteca.

Uma estrutura multifuncional para a brinquedoteca

Imagem 38 – Aqui, a dica é etiquetar as caixas para saber o que tem lá dentro.

Aqui, a dica é etiquetar as caixas para saber o que tem lá dentro

Imagem 39 – Amarelo: a cor da criatividade e da alegria.

Amarelo: a cor da criatividade e da alegria

Imagem 40 – O tapete também entra na brincadeira.

O tapete também entra na brincadeira

Imagem 41 – Caixas acessíveis para as crianças.

Caixas acessíveis para as crianças

Imagem 42 – Que tal alguns balanços? As crianças adoram!

Que tal alguns balanços? As crianças adoram!

Imagem 43 – Pé direito alto? Aproveite para criar atividades aéreas radicais.

Pé direito alto? Aproveite para criar atividades aéreas radicais

Imagem 44 – Caixas transparentes facilitam o acesso das crianças.

Caixas transparentes facilitam o acesso das crianças

Imagem 45 – Pode chamar os amiguinhos porque tem espaço para todo mundo.

Pode chamar os amiguinhos porque tem espaço para todo mundo

Imagem 46 – Pula, sobe, escorrega, pendura…

Pula, sobe, escorrega, pendura...

Imagem 47 – Um mini castelo direto para piscina de bolinhas.

Um mini castelo direto para piscina de bolinhas

Imagem 48 – Brinquedoteca pequena e simples para valorizar o lúdico.

Brinquedoteca pequena e simples para valorizar o lúdico

Imagem 49 – Um toque de rusticidade nesse outro modelo de brinquedoteca.

Um toque de rusticidade nesse outro modelo de brinquedoteca

Imagem 50 – Brinquedoteca organizada e fácil de limpar.

Brinquedoteca organizada e fácil de limpar