Como limpar tapete: veja o passo a passo para cada material

Por -

Tapetes são muito úteis para dar um toque diferente a decoração da casa, além de deixar o ambiente mais quentinho e confortável. Porém, sejam fixos ao chão ou não, precisam ser limpos com certa frequência.

O motivo está ligado não apenas com o fato de manter o ambiente livre de sujeira, mas também a sua saúde, afinal, tapetes tendem a acumular ácaros, um prato cheio para as alergias respiratórias. Sem contar que realizar a limpeza frequente garante que o tapete dure por mais tempo.

Saiba agora como limpar tapete, incluindo dicas de preparação, cuidados e formas de limpeza:

Como limpar tapete: preparação

Antes de começar a limpar os tapetes, prepare o ambiente. Abra bem as janelas e junte qualquer coisa que esteja largada pelo chão. Vá também separando os materiais que vai utilizar e o próprio aspirador de pó.

Em todo e qualquer tapete, antes de fazer outro tipo de remoção de sujeira, você pode passar uma vassoura ou passar o aspirador de pó. Ou ambos.

Maneiras

Limpeza à seco

Alguns tipos de tapete só podem ser limpos à seco, sem utilizar nenhum tipo de produto químico. É o caso dos de pele, couro, fibra, estampados e acetinados. Como são tecidos mais delicados ou que apodrecem quando expostos à água, o melhor é apostar na lavagem seca.

Você pode usar o aspirador de pó, uma vassoura e jogar um pouco de amido de milho e bicarbonato de sódio para remover qualquer umidade e manchas, além das sujeiras que tenham se prendidos as fibras do tapete. Deixe agir por alguns minutos e então aspire.

No caso dos modelos de fibra, lembre-se de aspirar dos dois lados e manter um EVA por baixo, em contato com o chão, para evitar a que o tapete mofe.

Enquanto estiver passando o aspirador no tapete, não se esqueça de fazer movimentos verticais e horizontais, para garantir que vai remover qualquer sujeira que esteja presa ali.

Tapetes de crochê

Como são feitos à mão, não devem ser colocados na máquina para lavar, porém podem receber água e sabão de coco. Molhe o tapete e esfregue o sabão, deixe agir por alguns minutos e então enxague. Pode colocar para secar à sombra.

Se o tapete estiver muito sujo, prepare uma bacia com uma mistura de 500 ml de água morna, duas colheres de bicarbonato de sódio e 100 ml de água oxigenada. Mergulhe o tapete de crochê ali e deixe agir por meia hora. Em seguida é só enxaguar e deixar secar à sombra, de preferência sem pendurar.

Tapetes de vinil

Tapetes de vinil não são tão flexíveis quanto os de borracha, por isso o recomendado é lavá-los à mão. Use água em temperatura ambiente, no máximo morna, para tirar qualquer tipo de sujeira. Para finalizar pode passar um pano umedecido em detergente e água.

Carpete

Carpetes devem ser limpos uma vez ao mês. O ideal é apostar apenas no aspirador, principalmente se não há nenhuma mancha no carpete. No máximo, um pano levemente umedecido em água e vinagre, mas lembre-se de manter o espaço bem arejado, para que o carpete seque e não acabe mofado.

Tapete de borracha

Os tapetes de borracha são os mais fáceis de limpar. Os menores podem ser colocados na máquina de lavar, já os maiores devem receber uma boa varrida ou aspiração e em seguida um pano molhado em água e detergente.

Se quiser fazer sua própria mistura caseira, pegue um balde e coloque ¼ de xícara de álcool, meio litro de água, 1 colher de sopa de bicarbonato e outra de vinagre branco. Misture, molhe seu pano e passe sobre o tapete. O efeito é o mesmo do detergente e desengordurante.

Sintético

Tapetes sintéticos, feitos de poliéster ou náilon são fáceis de limpar, porém, se não secarem corretamente vão ficar com cheiro ruim. Pode lavar com água e sabão – de preferência neutro – e deixar secar no sol forte.

Para evitar o cheiro desagradável, borrife um pouco de vinagre, pois a substância vai neutralizar odores e até combater micro-organismos que sobreviveram após a lavagem.

Felpudo

Os modelos felpudos precisam ser limpos duas vezes por ano, uma vez a cada seis meses. O aspirador de pó deve ser passado por primeiro, caso prefira pode varrer o tapete com uma vassoura de cerdas macias. Não é preciso lavar, a não ser que você note que o tapete está muito sujo.

Um pano úmido com amaciante já é suficiente para tirar as manchas. Outra dica é usar uma mistura de água e detergente neutro, você deve apenas umedecer a peça e escová-la em seguida, em ambos os casos. Se for preciso lavar, água e sabão neutro cumprem bem a função, deixe secar à sombra.   

Como fazer a remoção de manchas

Para remover manchas é indicado preparar uma mistura de partes iguais de água e vinagre. Se o tapete pode ser molhado, aplique parte da mistura nele, esfregue com um pano ou esponja macios e finalize passando um pano seco.

Caso se trate de um dos modelos que não podem ser lavados, o melhor é usar um borrifador e evitar esfregar a mancha. Borrife a mistura água e vinagre, deixe agir rapidamente e pressione um papel toalha sobre o tapete.

De qualquer forma, evite que manchas sequem nas peças que não podem ser lavadas com água. Derrubou algo? Limpe o mais rápido possível.

Como neutralizar odores

Para neutralizar odores existem duas técnicas, a primeira é borrifar um pouco de vinagre pelo tapete, deixando-o em um local bem ventilado.

A segunda dica, útil para os modelos que devem ser limpos apenas à seco é usando bicarbonato de sódio. Aplique um pouco sobre o tapete e deixe agir por cerca de meia hora. Em seguida é só usar o aspirador de pó para remover o produto.

Outra dica é colocar um pouco de talco suave ou de bebê nos tapetes, assim pode remover o cheiro de animais de estimação que se deitam na peça ou qualquer outro cheiro ruim, como o do cigarro.

Cuidados e manutenção na limpeza de tapetes

Agora que você já sabe como limpar um tapete, veja algumas dicas de cuidados e manutenção, para garantir que a peça dure por muito mais tempo:

Evite produtos químicos

Produtos químicos, principalmente aqueles mais fortes, não são uma boa escolha para limpar tapetes. O ideal é apostar no sabão de coco, no detergente e sabão neutro e em misturas caseiras que usam água, vinagre e bicarbonato de sódio.

Se você usar produtos mais fortes para limpar o tapete, mesmo que seja com a intensão de remover manchas, corre o risco de estragar a peça. Água sanitária, por exemplo, nunca deve ser usada, mesmo que envolva um tapete branco.

Cuidado ao comer e beber

Tapetes mais difíceis de limpar não devem ficar em ambientes em que você se alimenta, como a cozinha e a sala de jantar. Nestes espaços, os modelos de borracha ou vinil são a melhor alternativa.

Caso não tenha como mudar o tipo de tapete do local, evite derrubar restos de alimentos ou bebidas. Se isso acontecer, limpe imediatamente.

Limpeza imediata em caso de acidentes

Acidentes acontecem e você sabe disso. Ao invés de ignorar aquele pingo de molho, aquele refrigerante ou os pedaços de comida que caíram no tapete, limpe imediatamente. Caso se trate de líquidos coloridos, prefira usar um pano branco, para que você consiga identificar se removeu completamente.

Evite também esfregar, pois pode acabar fazendo ainda mais sujeira, principalmente no caso dos líquidos e molhos.

Mantenha uma periodicidade

Tenha uma periodicidade para a limpeza dos tapetes, por mais que alguns modelos não exijam limpeza frequente, considere passar o aspirador de pó ao menos uma vez por semana nas peças da casa.

Tire os sapatos antes de entrar em casa

Adote o hábito de tirar os sapatos antes de entrar em casa. Pode deixar uma pantufa, um chinelo ou outro calçado “para usar em casa” do lado da porta, lhe esperando. O calçado que você usou na rua pode ser levado até o local em que vai ser guardado, só não deve estar nos seus pés.

Assim você evita levar sujeiras de fora de casa para dentro e suja menos os tapetes.

Treine animais de estimação

Animais de estimação podem desenvolver o péssimo hábito de fazer suas necessidades nos tapetes da casa. Treine-os para que saibam o local certo para isso. Em ambos os casos, deixe o “banheiro” do pet em um piso de cerâmica, mais fácil de limpar.

Agora, se toda a casa contém carpetes, prefira deixar o cantinho do animal na lavanderia, mas rodeado de tapetes de borracha, que são mais práticos de lavar.

Aconteceu do cão ou gato urinar no tapete? Lave imediatamente e use um produto para eliminar o odor, como o bicarbonato e o vinagre.

Agora você já sabe como limpar tapete. Inclusive viu dicas para os mais variados modelos. Deu para perceber que a limpeza à seco deve ser feita com maior frequência e inclusive é útil para evitar sujeiras mais difíceis de remover.

Tem mais alguma dica que gostaria de compartilhar? Conte nos comentários!