Como plantar pitaya: 4 diferentes formas para você fazer em casa

Por - Atualizado em:

Originária da América Latina, mais precisamente de vegetação tropical, a pitaya, conhecida também como fruta-do-dragão, não é muito popular no Brasil. Apesar disso, ela é rica em vitaminas, minerais e, especialmente, em fibras. 

Apesar do seu aspecto exótico, sua polpa é ótima para ser consumida fresca ou em doces, sucos ou, até mesmo, em saladas. Os tipos mais cultivados no Brasil são as pitayas vermelha, amarela e branca. São ótimas escolhas para plantio, caso tenham sua manutenção adequada, pela perenidade e pela produtividade de até 15 anos.  

A fruta também possuí uma qualidade única: versatilidade, já que pode ser cultivada em temperaturas de 4°C a 38° C. O único senão é sobre a quantidade de luz solar, já que em regiões muito quentes deve ser bem administrada. Infelizmente, caso receba muito sol, o caule queimará e impedirá o crescimento saudável do fruto.

Caso você queira saber como plantar pitaya para ter essa fruta de aparência tão bela e diferenciada e ainda aproveitar todos os benefícios desse vegetal, continue com a gente. Saiba mais, apenas continuando essa leitura! 

Como plantar pitaya em casa 

Como plantar pitaya em casa 

Essa é uma excelente escolha para quem mora em apartamentos ou em casas que não possuem quintal. Mas você precisará de vasos grandes.  Já para deixar o vaso com a pitaya, opte por um local que tenha boa ventilação, além de luz natural para os momentos mais frescos do dia, seja logo cedo ou no final da tarde.

Para plantar a pitaya em casa, precisamos dos seguintes utensílios:

  • Uma pitaya madura;
  • Uma faca própria para frutas;
  • Um vaso grande (o tamanho deve ser pelo menos de 40 cm para cima);
  • Areia esterilizada;
  • Argila com manta bidim;
  • Substrato rico em matéria orgânica;
  • Terra para plantar a pitaya.

Agora vamos ao passo ao passo? Siga com atenção para aprender direitinho como plantar pitaya em casa!

  1. Antes de qualquer coisa, tire as sementes de uma pitaya madura. Elas devem estar lavadas e secas;
  2. O vaso a ser escolhido deve ter furos em seu fundo;
  3. Faça uma camada de drenagem: essa pode ser feita com areia esterilizada ou argila expandida com manta bidim;
  4. Logo em seguida, adicione o substrato rico em matéria orgânica. Nesse caso, deve ser usado o composto orgânico ou a terra vegetal;
  5. Agora, coloque as sementes no substrato e cubra-as com terra;
  6. A germinação acontece, aproximadamente, entre oito a doze dias;
  7. Procure deixar as sementes espaçadas, já que a planta acostuma acumular água em seus tecidos. Sendo assim, o substrato deve estar seco para que possa ser feito uma nova rega;
  8. Prontinho: sua pitaya está plantada e já pode produzir frutos!

Como plantar pitaya no chão

Como plantar pitaya no chão

Você precisará de:

  • Uma pitaya madura;
  • Uma faca própria para frutas;
  • Um solo que tenha boa iluminação, boa drenagem e substrato fértil;
  • Pedaços de madeira;
  • Mourões de concreto;
  • Pneus reutilizáveis;
  • Pedaços de ferro.

Modo de preparo:

Caso você queira optar por plantar a pitaya no chão, você deve seguir os mesmos processos realizados no tutorial acima. Você irá transpor do vaso para o solo. 

O importante é escolher um local bem iluminado, com boa drenagem e que tenha um substrato fértil. Pela planta da pitaya ser do tipo de um cacto trepador, talvez precise usar pedaços de madeira para ajudar no suporte e na sustentação da planta. Uma outra sugestão é obter esse suporte com mourões de concreto, pneus velhos e que dê para reutilização ou, ainda, pedaços de ferro.

O momento mais fácil de achar a pitaya tanto para consumo como para obter as sementes são entre os meses de novembro a maio, período que o país esquenta. Outra informação bacana é que elas costumam estar mais suculentas nesse período e são mais frequentes em feiras e supermercados.

Como plantar pitaya através de mudas

Como plantar pitaya através de mudas

Segundo grande parte de pesquisadores, uma das melhores formas de como plantar pitaya é por estaquias, já que a planta produz frutos mais uniformes do que em comparação a plantação por sementes. 

Informação extra: a estaquia são as mudas de pitaya.

Vamos ao passo a passo de como plantar pitaya através de mudas?  

  1. Primeiro, você deverá remover uma estaca da planta-mãe;
  2. Essa estaquia deve ter preferencialmente 25 cm de comprimento (são orientações científicas);
  3. Deve aguardar 48 horas em um local ventilado para que a muda passe pelo processo de cicatrização;
  4. Você pode depois plantá-la em um solo com um substrato fértil ou optar por um vaso grande;
  5. Depois disso, procure regar diariamente o solo, deixando sempre úmido;
  6. O local em que a pitaya ficará deve ter uma excelente iluminação solar, já que são necessárias 10 horas por dia da luz do sol;
  7. Após algum tempo, surgirão os primeiros brotos;
  8. Caso você prefira, há possibilidade de transplantá-las para outros vasos ou até mesmo para o solo.

Como plantar pitaya orgânica

Como plantar pitaya orgânica

Caso você seja a favor de plantas orgânicas, sem agrotóxicos ou outros tipos de venenos, esse tutorial de como plantar pitaya é para você. Você precisará ter em mãos:

  • Várias pitayas maduras;
  • Uma faca para frutas;
  • Areia lavada ou substrato próprio para mudas;
  • Um regador;
  • Utensílios diversos para fazer a transplantação de mudas;
  • Vários vasos grandes com furos e com 40 cm de profundidade, no mínimo;
  • Várias sementeiras.

Modo de plantar:

  1. Retire as sementes das pitayas maduras, separe-as e lave-as em água corrente;
  2. Pegue sementeiras, coloque areia lavada ou substrato específico para produção e propagação de mudas;
  3. Após o plantio, as sementes começam a germinar de 8 a 12 dias;
  4. Para ter sucesso na germinação, a rega deve ser feita dia a dia, mas sem que encharque o substrato;
  5. Quando começarem a surgir as primeiras mudas, o intervalo de rega deve aumentar, já que elas costumam apodrecer com facilidade;
  6. Depois de cinco meses do plantio, as mudas devem ser transplantadas;
  7. Procure selecionar as plantas mais vistosas, com 15 a 20 cm de altura;
  8. Plante-as em vasos com uma profundidade de 40 cm;
  9. O solo do plantio deve estar bem drenado para o sucesso total.

Dicas importantes para plantar pitaya e ter sucesso

Além de todas as dicas acima e dos cuidados básicos que você deve ter com a sua pitaya, existem outras medidas que são necessárias e importantes de como plantar pitaya. Confira: 

  • O ideal para ter uma fertilização de sucesso é usar adubo orgânico: casca de ovo moída – que deve ser colocada em torno do broto principal – e adubos ricos em magnésio;
  • Já nessa etapa, você pode optar em plantá-la em forma de samambaia ou, então, fazer uso de estacas e amarras como apoio. A pitaya costuma crescer de forma que suas folhas fiquem despencadas;
  • Escolha um local para deixá-la bem alta para que suas folhas não caiam no chão ou procure usar uma estaca e amarras;
  • Se por um acaso, você optar pelas estacas, a nossa sugestão é optar pelo bambu. Ele deve ser inserido bem próximo a planta, quando a pitaya já atingir uns 15 cm de altura; 
  • Você pode fazer as amarras com barbante, de preferência grosso, além disso, elas devem ficar frouxas para não machucar a planta;
  • Conforme a pitaya for crescendo, faça novas amarras. Saiba que a planta pode alcançar uma altura de até 6 metros, por isso mesmo que você queira mantê-la em um vaso pequeno, o recomendável é realizar um transplante para o solo do quintal, uma hora ou outra.

O tempo que vale a pena esperar

O cacto da pitaya costuma demorar de 3 a 5 anos para produzir seus frutos, por isso é importante ter mais de uma planta em casa para uma maior produção. Já quando ela começar a produzir a fruta, um cacto poderá ser suficiente para abastecer todos em sua casa com essa vegetal tão suculento e exótica!