Ferramentas para marcenaria: conheça as 14 principais na hora do trabalho

Por - Atualizado em:

Seja você um marceneiro profissional ou marceneiro de fim de semana, uma coisa é certa: as ferramentas para marcenaria são indispensáveis para um trabalho bem feito e de qualidade.Isso sem contar que as ferramentas certas facilitam e muito o trabalho. Mas você quais são as ferramentas para marcenaria que não podem faltar na sua oficina? Então está na hora de descobrir. A gente te conta nesse post, confira:

14 ferramentas básicas para marcenaria

As ferramentas listadas a seguir são ideais para quem está começando agora ou utiliza a marcenaria apenas como hobbie. Confira:

Trenas e réguas

Para qualquer trabalho de marcenaria você vai precisar de instrumentos de medição. E para isso nada melhor do que trenas e réguas.

Essas ferramentas simples te ajudam a marcar o tamanho das peças, além de medir a distância entre furos.

No mercado existem diversos tipos de trenas, as menores, com três metros, por exemplo, são indicadas para os principiantes em marcenaria. Mas se você já realiza trabalhos maiores, pode investir em uma trena de dez metros.

O mesmo vale para as réguas. Compre uma que esteja de acordo com o tamanho das peças que você irá fabricar.

Além das trenas e réguas invista também em esquadros e compassos. Essas ferramentas garantem a transferência precisa para a madeira e, com isso, você consegue realizar os cortes com maior facilidade.

Chaves de fenda

eAs chaves de fenda são de grande utilidade na vida dos marceneiros. Disponíveis em tamanhos variados, elas possuem uma função importante: apertar e desapertar parafusos. Inclua nessa lista também as chaves Philips.

A diferença entre esses dois tipos de chaves é o formato da ponta. Enquanto as chaves de fenda possuem uma ponta reta, as chaves Philips possuem uma ponta em formato de cruz.

Alicates

Os alicates não são exatamente uma ferramenta para marcenaria, mas eles quebram vários galhos.

Com eles você pode flexionar, endireitar e apertar diferentes tipos de materiais. Os alicates também são úteis para auxiliar no aperto de porcas e parafusos.

Martelo

O martelo dispensa maiores apresentações. Essa ferramenta é indispensável no trabalho de marcenaria e, como você já deve imaginar, ela serve para pregar e soltar pregos. Mas também ajuda em outras tarefas que demanda força e pressão.

Pincel

A função principal do pincel é pintar. Acontece que na marcenaria essa ferramenta também é útil para espanar o pó, principalmente em pequenas frestas.

A limpeza do pó é super importante na hora de fazer o acabamento, em especial nas peças mais delicadas.

Escolha um pincel de cerdas macias em pelo menos três tamanhos: pequeno, médio e grande.

Lápis para marceneiro

O lápis de marceneiro é uma ferramenta interessante, apesar de não ser indispensável.

Isso porque os lápis comuns até podem fazer esse serviço de marcar e riscar a madeira, mas o lápis de marceneiro possui uma ponta mais grossa conferindo um traçado mais firme e visível.

Sem contar que essa característica do lápis faz com que ele dure mais e você não precise parar o que está fazendo para procurar um apontador.

Furadeira

Furadeira

A furadeira é uma ferramenta básica para diversos serviços, não só a marcenaria. Ela serve para fazer furos precisos em diversos materiais, incluindo a madeira.

Outra função importante da furadeira para o marceneiro é que a ferramenta auxilia na instalação dos móveis, especialmente quando é necessário fixar estruturas na parede ou no piso.

Existem diversos modelos de furadeira à venda, desde as mais simples, com menor potência, até as mais potentes e com resistência a impactos.

Parafusadeira

A parafusadeira é outro quebra galho na vida do marceneiro. Ela serve exclusivamente para apertar e desapertar parafusos, mas tudo isso com muita rapidez.

No entanto, vale lembrar que a parafusadeira não faz furos, esse trabalho é da furadeira. Por isso, essas duas ferramentas andam sempre juntas e se você quiser facilitar seu trabalho opte por um modelo que traga as duas funções.

Serra tico tico

A serra tico tico é um dos melhores investimentos que você pode fazer assim que começar a trabalhar com marcenaria.

Isso porque essa serra funciona muito bem para diversos tipos de madeira, desde as maciças até placas de MDF. Sem contar que a serra tico tico ainda traz a opção de cortes retos, inclinados e circulares, garantindo uma grande variedade de trabalhos.

Existem dois modelos básicos de serra tico tico: a de mão e a de bancada. Ambas trabalham praticamente da mesma maneira, a diferença entre elas está na precisão do corte e na delicadeza do acabamento que é muito maior na serra tico tico de bancada.

Mas se você é marceneiro por hobbie, uma serra tico tico de mão já é suficiente.

Serrote

Mesmo com a grande variedade de serras elétricas disponíveis no mercado, o bom e velho serrote nunca sai de cena.

E para que você precisa de um? Para cortar madeiras brutas, rústicas e de maior espessura. Dependendo do acabamento que você deseja dar o serrote é perfeito.

Plaina

Outra ferramenta que precisa entrar na sua oficina é a plaina. Essa ferramenta serve, basicamente, para alisar, nivelar e remover marcas de serras e serrote.

Existem dois tipos de plaina: a elétrica e a manual. Para os marceneiros iniciantes, a plaina de mão já resolve muita coisa. Mas se você é um marceneiro experiente deve saber que a plaina elétrica faz diferença. Isso porque ela agiliza e facilita muito o trabalho.

Serra de arco

Não só de madeira vive o marceneiro, concorda? Muitas vezes o trabalho exige realizar cortes em outros materiais como PVC, alumínio e aço. E é justamente nessa hora que você lança mão da serra de arco.

Essa serra é de uso manual e com o tempo de uso acaba exigindo a substituição da lâmina.

Graminho

Pode ser que você use muito, pode ser que você use pouco. Mas uma coisa é fato: o graminho sempre será útil.

Essa ferramenta serve para fazer marcações na madeira antes do corte e, com isso, garantir cortes precisos.

Outro uso do graminho é para quando você precisa fazer uma série de marcações na madeira. Ele facilita e agiliza esse trabalho.

Nível

Nível

O nível é outra ferramenta usada por diversos tipos de profissionais. Ele é extremamente importante para determinar se as superfícies estão retas e niveladas.

Para isso, essa ferramenta conta com um tubo de água colorida com marcações que permitem visualizar com clareza a necessidade de ajustes.

Ferramentas para marcenaria: outros itens importantes

Agora que você já sabe quais ferramentas são indispensáveis para o trabalho de marcenaria, vale conhecer também quais ferramentas podem ser incluídas na lista.

Lembrando que caso não possa comprá-las nesse momento é possível esperar. Esse tipo de ferramenta é indicada para grandes projetos, quando você precisa cumprir prazos e, com isso, realizar as atividades de modo mais rápido e eficiente. Confira a seguir:

Lixadeira elétrica orbital

Todo marceneiro usa lixas de mão. Mas se a ideia é agilizar o processo, então sua melhor opção é usar uma lixadeira elétrica. Em pouco tempo essa ferramenta lixa e confere acabamento em madeiras de todos os tipos, apesar de ser mais indicada para o trabalho final das peças. 

Grampos

Os grampos de marceneiro são utilizados para prender as placas de madeira sobre as bancadas de trabalho e evitar que elas “escapem” danificando o trabalho que já foi realizado. 

Formão

O formão é uma ferramenta muito popular na marcenaria, mas não é necessário para todos os trabalhos.

Para que ele serve então? O formão é utilizado para realizar entalhes na madeira e criar pequenas fendas, cortes e detalhes.

Semelhante a uma chave de fenda, o formão possui uma ponta afiada que permite realizar essas aberturas com muita facilidade e precisão.

Para quem deseja realizar trabalhos de entalhe na madeira, então é necessário contar com um jogo de formões com diferentes tamanhos de ponteiras.

Serra circular de bancada

A serra circular de bancada funciona de modo semelhante a serra tico tico. A diferença está no acabamento, uma vez que a serra circular entrega um trabalho mais delicado e preciso.

A serra circular é especialmente indicada para uso em placas de MDF.

Lixadeira de cinta

A lixadeira de cinta é usada logo no inicio do trabalho para aparar e regularizar desníveis grosseiros da madeira.

Ou seja, essa é uma ferramenta muito recomendada para quem utiliza peças brutas e rústicas de madeira e precisa tratá-la desde o inicio.

Tupia

A tupia é uma ferramenta utilizada por marceneiros experientes e que realizam trabalhos que envolvem muitos detalhes e acabamentos finos.

Isso porque a tupia permite fazer furos, ranhuras e decorações dos mais variados tipos na madeira.

Dicas para montar um kit marcenaria

  • Analise o tipo de trabalho que você pretende realizar ou já realiza. Isso porque existem ferramentas especificas para trabalho com madeira bruta e maciça e outras próprias para trabalho com MDF, por exemplo.
  • Você não precisa de todas essas ferramentas de uma vez. Vá comprando aos poucos, conforme notar suas necessidades.
  • Ferramentas de pintura são importantes apenas se você deseja entregar as peças com acabamento completo. Não se empolgue comprando mais coisas do que realmente necessita.

Já fez sua lista? Então, mãos a obra!