Gesso acartonado: o que é, tipos, vantagens e fotos

Por -

O gesso acartonado é um sucesso. Ele está tão na moda e é tão versátil que se encaixa em praticamente todo tipo de obra, seja ela um projeto do zero ou uma simples reforma.

Mas será que essa é mesmo a melhor opção para você e sua casa? Se você está na dúvida entre usar ou não usar o gesso acartonado, esse post vai esclarecer tudo para você, confira:

O que é o gesso acartonado?

O gesso acartonado, também conhecido como drywall, é um tipo de placa formada por gesso e papel cartão, sustentada por perfis estruturais fabricados, em sua grande maioria, em madeira ou aço.

No caso da utilização do gesso acartonado para paredes, esses perfis estruturais podem ter até três medidas diferentes: 40 mm (para paredes estreitas e / ou divisórias), 70 mm (para paredes comuns) e 90 mm quando há necessidade de incluir material isolante.

O gesso acartonado também apresenta uma variedade muito grande de tamanhos e formatos que devem ser escolhidos a partir do tipo de obra e do resultado final esperado.

Onde o gesso acartonado é utilizado?

Uma das grandes vantagens do gesso acartonado é que ele pode ser usado de inúmeras formas, das paredes ao teto.

Nos ambientes internos, o gesso acartonado pode formar sancas e tetos rebaixados favorecendo projetos de iluminação em diversos espaços.

Outra opção de uso do gesso acartonado é como parede, substituindo as de alvenaria tradicional.

Ainda é possível criar painéis e divisórias com o gesso acartonado. Mas o que você talvez nem imagine é que o material também pode ser usado para fabricar móveis. Ficou chocado? Mas é isso mesmo. Com o gesso acartonado é possível criar guarda-roupas, no estilo closet, estantes, nichos, prateleiras, cabeceiras e armários embutidos.

E quem acha que os ambientes externos estão de fora dessa lista, se enganou. O gesso acartonado ganhou novas versões que o permite ser utilizado em ambientes úmidos e expostos ao sol e ao calor.

Tipos de gesso acartonado

Para cada aplicação existe um tipo de gesso acartonado diferente e é muito importante conhecer cada um deles, confira:

  • Standart – A placa Standart (ST), conhecida também como placa cinza, é indicada para uso interno em paredes, tetos e outras estruturas. Esse tipo de gesso acartonado deve ser usado apenas em áreas secas, sem contato algum com umidade. O preço médio da placa Standart na medida de 120 cm por 240 cm é de R$ 34,90, a mais barata de todas.
  • Resistente à umidade: como o próprio nome sugere, a placa de gesso acartonado com resistência à umidade (chamada também de chapa verde) deve ser usada em ambientes úmidos e áreas molhadas, como é o caso de banheiros, cozinhas e áreas de serviço. No entanto, ela não deve entrar em contato direto com a água sobre o risco de ser danificada. O preço médio dessa placa é de R$ 45,90 na medida de 120 cm por 240 cm.
  • Resistente ao fogo: a chapa com resistência ao fogo, conhecida também como chapa rosa (RF), deve ser usada em saídas de emergência e áreas fechadas, como escadas e corredores. O preço médio desse tipo de placa é de R$ 43,90.
  • Áreas externas: para áreas externas é importante utilizar a placa de drywall especifica, mesmo assim não é aconselhável que o material fique ao relento.
  • Chapa flexível: tipo de gesso acartonado usado para fazer acabamento em áreas curvas.
  • Chapa perfurada: usada especialmente para melhorar a absorção acústica.

Vantagens e desvantagens do gesso acartonado

Vantagens

  • Custos: o custo final da obra pode ser reduzido consideravelmente com o uso do gesso acartonado, quando comparado a uma obra tradicional de alvenaria.
  • Praticidade e rapidez: A instalação do gesso acartonado é rápida, prática, não gera desperdício e quase não produz sujeira ou resíduos.
  • Leveza: o gesso acartonado é um material muito leve, o que o torna ideal para quem deseja reduzir o peso estrutural das fundações.
  • Adaptável a outros materiais: gesso acartonado se adapta muito bem a diferentes estruturas, especialmente as de madeira, aço e concreto.
  • Inúmeras possibilidades de acabamento: uma outra grande vantagem do gesso acartonado é a infinidade de acabamentos que podem ser utilizados, como cerâmica, pastilhas, papel de parede, tinta, tecidos, entre outros materiais.
  • Instalações embutidas: o gesso acartonado também permite que todas as instalações – elétricas, hidráulicas e de telefone – sejam embutidas em seu interior, contribuindo para uma estética clean e organizada.
  • Isolamento térmico e acústico: também é possível obter um bom nível de isolamento térmico e acústico com o gesso acartonado.
  • Fixação de objetos em sua superfície: ao contrário do que se imagina, dá sim para instalar televisores, prateleiras e outros objetos na superfície de uma parede de gesso, por exemplo. Desde que sejam respeitadas o limite máximo de peso.
  • Resistência ao fogo: o gesso, por si só, é um material resistente ao fogo, por isso se você deseja investir ainda mais em segurança essa é uma opção perfeita.

Desvantagens

  • Limite de peso: apesar de suportar uma certa carga de peso, o gesso acartonado possui limitações e dependendo do seu projeto pode ser que ele não dê conta. Avalie essa necessidade antes de apostar no material.
  • Umidade zero: e, por fim, você já deve saber que o gesso é reconhecido mundialmente como um material que tem total aversão à agua. Mesmo as placas resistentes à umidade não podem ser colocadas diretamente sobre a água. Por isso, todo o cuidado é pouco quando o assunto é gesso e umidade.

Convencido de que o gesso acartonado é a melhor opção para a sua casa? Então não deixe de conferir a seleção de imagens abaixo. São 60 ambientes onde o gesso acartonado é destaque, vem ver:

Imagem 1 – Sanca de gesso acartonado para favorecer o projeto de iluminação da sala de jantar.

Sanca de gesso acartonado para favorecer o projeto de iluminação da sala de jantar

Imagem 2 – O gesso acartonado no teto também permite a instalação do cortineiro.

O gesso acartonado no teto também permite a instalação do cortineiro

Imagem 3 – Aqui, o teto de cimento queimado ganhou uma moldura de gesso acartonado que “abraça” as luminárias.

Aqui, o teto de cimento queimado ganhou uma moldura de gesso acartonado que “abraça” as luminárias

Imagem 4 – Parede e teto de gesso acartonado com destaque para a faixa vazada e iluminada.

Parede e teto de gesso acartonado com destaque para a faixa vazada e iluminada

Imagem 5 – Sala de estar moderna com teto rebaixado de drywall.

Sala de estar moderna com teto rebaixado de drywall

Imagem 6 – O gesso acartonado instalado no teto favorece a integração visual entre os ambientes.

O gesso acartonado instalado no teto favorece a integração visual entre os ambientes

Imagem 7 – Ambientes com pé-direito alto ficam mais bonitos e elegantes com o teto rebaixado de gesso.

Ambientes com pé direito alto ficam mais bonitos e elegantes com o teto rebaixado de gesso

Imagem 8 – Modelo moderno de teto de gesso rebaixado. Repare no contraste entre o rústico do cimento queimado com a leveza e homogeneidade do gesso.

Modelo moderno de teto de gesso rebaixado. Repare no contraste entre o rústico do cimento queimado com a leveza e homogeneidade do gesso

Imagem 9 – Sanca de gesso acartonado em estilo clássico para a sala de jantar elegante.

Imagem 10 – Parede de gesso com prateleiras: o limite de peso deve ser sempre respeitado.

Parede de gesso com prateleiras: o limite de peso deve ser sempre respeitado

Imagem 11 – O gesso acartonado no teto permite uma série de intervenções, especialmente de luz.

O gesso acartonado no teto permite uma série de intervenções, especialmente de luz

Imagem 12 – A faixa que acompanha o teto rebaixado de gesso provoca um efeito visual de continuidade muito interessante para o ambiente.

A faixa que acompanha o teto rebaixado de gesso provoca um efeito visual de continuidade muito interessante para o ambiente

Imagem 13 – Parede de gesso entre a sala de estar e o quarto do casal.

Parede de gesso entre a sala de estar e o quarto do casal

Imagem 14 – Com a sanca de gesso é possível fazer intervenções de luz como essa da imagem.

Com a sanca de gesso é possível fazer intervenções de luz como essa da imagem

Imagem 15 – As paredes de gesso barateiam o custo da obra e ainda reduzem o peso estrutural da construção.

As paredes de gesso barateiam o custo da obra e ainda reduzem o peso estrutural da construção

Imagem 16 – Sanca de gesso acartonado para valorizar o visual dos ambientes integrados.

Sanca de gesso acartonado para valorizar o visual dos ambientes integrados

Imagem 17 – Os spots direcionáveis complementam o charme da sanca de gesso.

Os spots direcionáveis complementam o charme da sanca de gesso

Imagem 18 – Gesso não precisa ser branco, pelo contrário, uma boa dose de cor vai muito bem.

Gesso não precisa ser branco, pelo contrário, uma boa dose de cor vai muito bem

Imagem 19 – Diferentes recortes marcam essa estrutura de gesso acartonado no teto.

Diferentes recortes marcam essa estrutura de gesso acartonado no teto

Imagem 20 – Pode não parecer, mas a cabeceira dessa cama foi feita com gesso acartonado.

Pode não parecer, mas a cabeceira dessa cama foi feita com gesso acartonado

Imagem 21 – Divisória de gesso entre a cozinha e a sala de estar: opção prática, rápida e barata para mudar a cara do ambiente.

Divisória de gesso entre a cozinha e a sala de estar: opção prática, rápida e barata para mudar a cara do ambiente

Imagem 22 – O gesso sempre imprime uma atmosfera elegante para os ambientes, graças ao seu acabamento impecável.

O gesso sempre imprime uma atmosfera elegante para os ambientes, graças ao seu acabamento impecável

Imagem 23 – E o que acha dessa ideia de combinar gesso acartonado com madeira no teto?

Imagem 24 – Um sistema de iluminação completo nesse quarto que só foi possível com o teto rebaixado de gesso.

Um sistema de iluminação completo nesse quarto que só foi possível com o teto rebaixado de gesso

Imagem 25 – A brancura do gesso se confunde com os demais elementos do ambiente.

A brancura do gesso se confunde com os demais elementos do ambiente

Imagem 26 – Para os mais clássicos, vale apostar em uma moldura de gesso tradicional para finalizar a sanca do teto.

Para os mais clássicos, vale apostar em uma moldura de gesso tradicional para finalizar a sanca do teto

Imagem 27 – Se você tem um projeto arrojado de iluminação para sua casa pode ter certeza: o gesso acartonado vai estar presente.

Se você tem um projeto arrojado de iluminação para sua casa pode ter certeza: o gesso acartonado vai estar presente

Imagem 28 – Simples ou com acabamento diferenciado, o gesso acartonado sempre faz uma bela diferença nos ambientes.

Simples ou com acabamento diferenciado, o gesso acartonado sempre faz uma bela diferença nos ambientes

Imagem 29 – Nesse quarto, a divisória de gesso foi usada para fixar a TV.

Imagem 30 – Vai negar a beleza de um teto rebaixado com luz embutida? Impossível!

Vai negar a beleza de um teto rebaixado com luz embutida? Impossível!

Imagem 31 – Aposte na parede de gesso para delimitar os ambientes da casa.

Aposte na parede de gesso para delimitar os ambientes da casa

Imagem 32 – Para esconder o closet desse quarto a opção foi construir uma parede de gesso.

Para esconder o closet desse quarto a opção foi construir uma parede de gesso

Imagem 33 – Teto e paredes de gesso nesse projeto moderno e super sofisticado.

Teto e paredes de gesso nesse projeto moderno e super sofisticado

Imagem 34 – Inspire-se nessa clássica sanca de gesso com iluminação embutida na sala de estar.

Inspire-se nessa clássica sanca de gesso com iluminação embutida na sala de estar

Imagem 35 – Mas se você é dos times dos moderninhos, aproveite esse modelo de teto rebaixado para guardar como referência.

Mas se você é dos times dos moderninhos, aproveite esse modelo de teto rebaixado para guardar como referência

Imagem 36 – Teto rebaixado de gesso para o quarto do casal.

Imagem 37 – Entre a sala de estar e a sala de jantar uma divisória de gesso finalizada pelas ripas de madeira.

Entre a sala de estar e a sala de jantar uma divisória de gesso finalizada pelas ripas de madeira

Imagem 38 – Que lindo contraste entre a elegância do gesso com a rusticidade da parede de tijolinhos.

Que lindo contraste entre a elegância do gesso com a rusticidade da parede de tijolinhos

Imagem 39 – Com o teto de gesso é assim: spots para todos os lados.

Com o teto de gesso é assim: spots para todos os lados

Imagem 40 – Gesso e madeira: uma combinação que vale a pena!

Gesso e madeira: uma combinação que vale a pena!

Imagem 41 – Precisando de uma parede? Invista em uma de gesso!

Precisando de uma parede? Invista em uma de gesso!

Imagem 42 – Aplique a cor e a textura que desejar na sua parede de gesso.

Aplique a cor e a textura que desejar na sua parede de gesso

Imagem 43 – Escolha luminárias e pendentes leves para fixar no teto de gesso.

Escolha luminárias e pendentes leves para fixar no teto de gesso

Imagem 44 – A sala de estar minimalista não poderia ter escolhido melhor o tipo de teto de gesso.

A sala de estar minimalista não poderia ter escolhido melhor o tipo de teto de gesso

Imagem 45 – A iluminação vinda do teto de gesso favorece a integração entre os ambientes.

A iluminação vinda do teto de gesso favorece a integração entre os ambientes

Imagem 46 – Teto de gesso rebaixado com recortes diferenciados: uma bela inspiração.

Teto de gesso rebaixado com recortes diferenciados: uma bela inspiração

Imagem 47 – Vai uma estante de gesso aí?

Vai uma estante de gesso aí?

Imagem 48 – Seja qual for o estilo do seu ambiente, o teto de gesso vai combinar.

Seja qual for o estilo do seu ambiente, o teto de gesso vai combinar

Imagem 49 – Sanca de gesso moderna e minimalista.

Sanca de gesso moderna e minimalista

Imagem 50 – Luminárias marcantes para realçar a beleza do teto de gesso.

Luminárias marcantes para realçar a beleza do teto de gesso

Imagem 51 – Dê um charme a mais para o corredor da sua casa usando sancas de gesso.

Dê um charme a mais para o corredor da sua casa usando sancas de gesso

Imagem 52 – Divisória de gesso para demarcar o espaço entre a sala e a cozinha.

Divisória de gesso para demarcar o espaço entre a sala e a cozinha

Imagem 53 – O quarto ganhou uma parede de gesso para delimitar o acesso ao closet.

O quarto ganhou uma parede de gesso para delimitar o acesso ao closet

Imagem 54 – Ambientes integrados e conectados pelo teto rebaixado de gesso.

Ambientes integrados e conectados pelo teto rebaixado de gesso

Imagem 55 – O cortineiro de gesso deixa o visual da cortina mais elegante e esguio.

O cortineiro de gesso deixa o visual da cortina mais elegante e esguio

Imagem 56 – Faixa de gesso rebaixado, espelho e iluminação: a fórmula para quem deseja ampliar visualmente um ambiente.

Faixa de gesso rebaixado, espelho e iluminação: a fórmula para quem deseja ampliar visualmente um ambiente

Imagem 57 – Aqui, a sanca de gesso divide espaço com as vigas de madeira.

Aqui, a sanca de gesso divide espaço com as vigas de madeira

Imagem 58 – Sala de estar com teto rebaixado e estante embutida de gesso.

Sala de estar com teto rebaixado e estante embutida de gesso

Imagem 59 – Painel de gesso para destacar uma das paredes do quarto e também aplicar a iluminação embutida.

Painel de gesso para destacar uma das paredes do quarto e também aplicar a iluminação embutida

Imagem 60 – Crie ambientes na hora que quiser usando placas de gesso acartonado.

Crie ambientes na hora que quiser usando placas de gesso acartonado