Tendências de Decoração 2020: veja o que estará em alta neste ano

Por -

2020 vai ser assim: sustentável, tecnológico, colorido e pra lá de sensorial. Quem disse? As grandes marcas, as redes sociais e os institutos de pesquisa. E o que isso quer dizer na prática? Que as tendências de decoração para 2020 vão dizer muito mais sobre ser, do que ter. Vão explorar experiências e sensações. Um ano para unir conceitos, ao invés de separá-los. Um ano sem certo, nem errado. Um ano para ser o que quiser e morar como bem entender.

Só isso? Claro que não! Tem muito mais coisas rolando nesse universo decorativo e nós aqui não íamos perder a oportunidade de contar tudinho para você. Portanto se ajeita aí para conferir as principais tendências de decoração para 2020:

Quem dita as tendências de decoração?

Assim como acontece na moda, a decoração e o design de interiores seguem tendências que se modificam ano após ano.

Quem geralmente está por trás dessas novas ideias são os grandes nomes e marcas do design, como a gigante sueca IKEA (líder no segmento de móveis e design de interiores) e a Pantone (referência mundial em cores). As redes sociais, em especial o Pinterest e o Instagram, e institutos de pesquisa, como a WGSN, especializada na elaboração de tendências a partir da análise comportamental dos indivíduos, também são responsáveis pelas configurações de novas tendências.

A marca IKEA, por exemplo, divulgou em seu catálogo cinco pilares para atender as necessidades de um lar em 2020, são eles: conforto, segurança, pertencimento, propriedade e privacidade.

O item conforto diz respeito a capacidade das pessoas sentirem-se a vontade e satisfeitos com o ambiente ao redor. No quesito segurança, a ideia é promover um ambiente acolhedor, um porto seguro, saindo um pouco da ideia de trancas e cadeados.

Já o conceito de pertencimento faz ligação direta com a capacidade de ser aceito como se é de verdade e por se reconhecer no lugar em que habita. Por fim, a ideia de propriedade e privacidade vem falar sobre o poder de controlar o espaço em que se vive, com direito a ambientes que proporcionem reflexão e desconexão.

Mas isso ainda não é tudo! Tem mais, acompanhe:

Reconexão com a natureza

Sustentabilidade, reaproveitamento e o uso de materiais naturais serão palavras de ordem em 2020. Dando sequência a uma tendência (e necessidade) que cresce a cada dia, designers, arquitetos e decoradores terão a missão de inserir cada vez mais em seus projetos conceitos de sustentabilidade, como energia solar, captação de águas de chuva, materiais reaproveitados, como a madeira de demolição, por exemplo.

Bambu, cerâmica, palha, vime e outros materiais naturais também estarão ditando tendência em 2020. Eles estarão por todos os lados, desde o sofá até o revestimento da parede, passando pelos utensílios de cozinha.

Não podemos deixar de citar também as plantas. Elas continuam espalhando amor em tons de verde pelas casas. 

Cores para todos os gostos

Apesar da Pantone ter eleito o Classic Blue como a cor do ano 2020 e a WGSN ter apontado o Neo Mint como a nova sensação, outras cores também estarão em evidência.

Como é o caso dos tons de rosa, demonstrando que o Rosa Millennial não saiu totalmente de moda ainda, dos amarelos, especialmente aqueles mais próximos do mostarda e as mais variadas tonalidades de verde.

Os tons clássicos e neutros como branco, cinza e preto também mostrarão sua força em 2020.

Outra grande aposta para 2020 é a paleta de cores terra, como é o caso da terracota, ocre e nude. Perfeitos para combinar com os materiais naturais e o conceito de natureza que impregnará os ambientes.

Upcycling

E não podemos falar de natureza sem falar de sustentabilidade e do conceito de upcycling. Não sabe o que é? A gente explica. Upcycling é a reutilização criativa de materiais e produtos que normalmente já chegaram no final da vida útil ou deixaram de possuir valor comercial.

No upcycling tudo se reinventa, ganha novas funções, utilidades e design. Um pallet vira sofá, um jeans velho se transforma em capa de almofada, uma porta antiga vira cabeceira de cama, e por aí vai.

Um bom garimpo em feirinhas de antiguidade ou em brechós também vai ser a cara do ano de 2020. Ah, é claro, aquela boa e velha visita na casa dos avós na tentativa de resgatar alguma peça única, cheia de história e saudosismo.

Portanto, reciclar, reutilizar e resignificar estarão na moda em 2020 mostrando que é possível sim aliar design, sofisticação e estilo com sustentabilidade.

Interiorizar-se, literalmente

O ano de 2020 também é um ano de se voltar para dentro, literalmente, seja para dentro de si mesmo, quanto para dentro das casas. Isso quer dizer, em termos de decoração e design, que os lares estarão mais receptivos e aconchegantes do que qualquer outra coisa.

E para atingir esse objetivo não poderão faltar almofadas e mantinhas macias, luminárias para criar uma iluminação especial, boas louças de cozinha para servir a si mesmo e as visitas.

Essa tendência também indica a necessidade de integração ainda maior entre os ambientes, com a derrubada de paredes e a dinamização dos espaços. O que nos leva a outra constatação: 2020 será o ano de lares em estilo loft e studio.

Tecnologia aliada a simplicidade

Se por um lado tudo leva a crer que 2020 será um ano cheio de simplicidade, natureza e reconexão, por outro lado a tecnologia avança e conquista um espaço cada vez maior no interior das residências.

Isso é ótimo para demostrar que o homem moderno pode ser ecológico e sustentável, sem abrir mão de comodidade e de certas facilidades. Sem contar que a tecnologia também é uma grande aliada das ações sustentáveis.

Por isso, não se espante com o uso recorrente de aparelhos domésticos que obedecem comandos de voz e sensores inteligentes capazes de acender e apagar luzes, assim como abrir e fechar torneiras.

Curvas, retas e geometria

2020 não é um ano ditado por regras. Nesses 366 dias tudo pode, incluindo as formas que estarão presentes na composição dos lares.

Prepare-se para um ano em que ora serão as curvas e os movimentos orgânicos que ganharão destaque, ora as linhas retas e as formas geométricas, sejam quadrados, retângulos, hexágonos ou polígonos, que estarão na mira dos designers.

Maximalismo e minimalismo

Se o ano de 2019 foi marcado pelo minimalismo, o ano de 2020 traz um movimento contrário: o do maximalismo. Quer dizer que é o fim do estilo minimal? Claro que não! Ele continua arrebatando corações.

Acontece que em 2020 será comum presenciar também ambientes repletos e plenos em decoração. Muitas cores, muitos quadros na parede, muitos móveis preenchendo cada espacinho da casa.

Peças artesanais

Outra grande tendência para 2020 são as peças artesanais. Pode ser um móvel ou uma caneca, não importa, o que vai valer aqui é aquele toque pessoal e exclusivo nas peças. A aparência mais rústica e menos plastificada das peças fabricadas em escala industrial é tudo o que a sua casa vai precisar para ficar mais confortável, aconchegante e verdadeira.

Tudo à vista

O conceito de armazenamento aberto, já visto nos anos anteriores, continua. Aqui, armários grandes e pesados saem de cena para que nichos e prateleiras possam ser utilizados. Nos quartos, permanece a ideia de closets abertos, montados em araras. Nas cozinhas, prateleiras, nichos e até caixotes. Nas salas de estar e de jantar, carrinhos com compartimentos e racks de design simples, mas elegantes.

Além de garantir um respiro visual maior para os ambientes, o armazenamento aberto permite que objetos do dia a dia, como livros, utensílios de cozinha, colares e chapéus, se transformem em peças decorativas. Lembra da ideia de resignificar coisas? Pois ela se encaixa perfeitamente bem aqui.

Multifuncionalidade

Não dá para negar que as casas em 2020 continuarão pequeninhas. A solução? Móveis multifuncionais. Mais do que uma tendência, apostar em móveis que viram outra coisa se tornou uma necessidade.

Ambientes monocromáticos e tom sobre tom

Não é todo mundo que gosta, mas quem aprecia a ideia de ambientes monocromáticos vai se identificar com essa tendência.

E quando falamos em monocromático não estamos nos referindo a espaços em preto e branco. De jeito nenhum. A monocromia em 2020 tem cor, muita cor. Por isso, não se assuste ao se deparar com ambientes todos em verde, em azul ou cor de rosa. Do chão ao teto, passando pelos móveis, esses ambientes impregnados de cor serão um dos pontos fortes de 2020.

Mas se tudo parecer um pouco exagerado para você, não se preocupe. Uma boa alternativa é apostar em uma composição de tom sobre tom. Escolha uma cor, defina suas nuances preferidas e voilà!

Colagens

Padrões abstratos, coloridos e com estampas diferenciadas irão estampar as paredes das casas em 2020.  A ideia é bem simples: basta recortar pedaços de papel e colá-los na parede, do modo que desejar, formando um mural divertido e despretensioso, mas cheio de estilo. 

Efeito degradê

Assim como o tom sobre tom, o efeito degradê ou gradiente, estará em alta em 2020. A ideia aqui é usar composições que partam de uma nuance mais clara até chegar em uma mais escura, podendo ou não, passar por variações de cores.

Tudo indica que essa tendência vai se popularizar em tecidos, estampando capas de almofada, mantas, lençóis e cobre leitos.

Camas rebaixadas

As camas rebaixadas são outra forte tendência para 2020. Conhecidas também como camas japonesas, esse tipo de cama é colocada rente ao chão, perfeita para ambientes de estilo minimalista.

As camas rebaixadas podem ser colocadas em mezaninos ou sobre uma parte mais elevada do piso.

Para ver e para sentir

Por fim, mais uma forte tendência para 2020 é o design sensorial. O que é isso? Peças pensadas para causar algum tipo de efeito sobre o sistema nervoso humano. Pode ser por meio de cheiros, texturas ou cores. Ou seja, 2020 será um ano para tocar, cheirar e sentir.

E, então, qual dessas tendências de decoração 2020 falou mais alto no seu coração?

Imagem 1 – Soluções práticas e modernas para cozinhas pequenas (micro apartamentos, studios, lofts).

Soluções práticas e modernas para cozinhas pequenas (micro apartamentos, studios, lofts)

Imagem 2 – No lugar da bancada alta entra um outro tipo de integração (mesas baixas, painéis, portas deslizantes).

No lugar da bancada alta entra um outro tipo de integração (mesas baixas, painéis, portas deslizantes)

Imagem 3 – Revestimento em mosaico estilo pedra portuguesa.

Revestimento em mosaico estilo pedra portuguesa

Imagem 4 – No lugar das paredes brancas usar painéis em madeira.

No lugar das paredes brancas usar painéis em madeira.

Imagem 5 – Um nova era de trilhos de iluminação, principalmente para o estilo industrial.

Um nova era de trilhos de iluminação, principalmente para o estilo industrial.

Imagem 6 – Rejuntes coloridos.

Rejuntes coloridos

Imagem 7 – Melhor aproveitamento de espaço, até em janelas.

Melhor aproveitamento de espaço, até em janelas.

Imagem 8 – Poltrona e cadeira Platner vai ser a queridinha desse ano.

Poltrona e cadeira Platner vai ser a queridinha desse ano.

Imagem 9 – Criado-mudo com funções diferentes (por exemplo, uma penteadeira). Não precisa necessariamente ter o mesmo design ao do cônjuge.

Imagem 10 – Ripas de madeira.

Ripas de madeira

Imagem 11 – Móveis em palha natural.

Móveis em palha natural

Imagem 12 – Hall de entrada cada vez mais marcantes e funcionais.

Hall de entrada cada vez mais marcantes e funcionais

Imagem 13 – Mantra é a cor de 2020 da Suvinil (azul mais fechado).

Mantra é a cor de 2020 da Suvinil (azul mais fechado)

Imagem 14 – Paginações criativas para o piso.

Paginações criativas para o piso.

Imagem 15 – Escadas com design mais arrojado.

Escadas com design mais arrojado.

Imagem 16 – Acabamentos metalizados em móveis e mobiliarios.

Imagem 17 – Boiserie.

Boiserie

Imagem 18 – Varandas cada vez mais aproveitadas.

Varandas cada vez mais aproveitadas.

Imagem 19 – Painéis diferentes para dividir ambientes.

Painéis diferentes para dividir ambientes.

Imagem 20 – O novo acessório da decoração: Kaws.

O novo acessório da decoração: Kaws

Imagem 21 – Marcenaria da cozinha com um design mais provençal.

Imagem 22 – Reutilização na decoração.

Reutilização na decoração.

Imagem 23 – Transição de espaços marcantes.

Transição de espaços marcantes.

Imagem 24 – Espelhos ovalados.

Espelhos ovalados.

Imagem 25 – Acessórios sanitários na cor preta.

Acessórios sanitários na cor preta.

Imagem 26 – Adega mais equipada.

Adega mais equipada.

Imagem 27 – Os ladrilhos cada vez mais fortes na decoração.

Os ladrilhos cada vez mais fortes na decoração.

Imagem 28 – Cor Pantone 2020: azul clássico.

Cor Pantone 2020: azul clássico

Imagem 29 – Nichos de box com um tratamento mais diferenciado: ladrilhos, azulejos, mais coloridos.

Nichos de box com um tratamento mais diferenciado: ladrilhos, azulejos, mais coloridos.

Imagem 30 – Paginação Chevron.

Paginação Chevron.

Imagem 31 – Portas invisíveis. Ganham o mesmo acabamento da parede.

Portas invisíveis. Ganham o mesmo acabamento da parede.

Imagem 32 – Beliches mais modernas, desenhada sob medida.

Beliches mais modernas, desenhada sob medida.

Imagem 33 – Móveis que usufruam do sistema gavetões e box.

Móveis que usufruam do sistema gavetões e box.

Imagem 34 – Sistema adesivo de painel de parede em degradê.

Sistema adesivo de painel de parede em degradê.

Imagem 35 – As poltronas vão ser o centro das atenções de uma sala.

As poltronas vão ser o centro das atenções de uma sala.

Imagem 36 – Os aparadores vão dar lugar para o carrinho bar.

Os aparadores vão dar lugar para o carrinho bar.

Imagem 37 – Mobiliários com acabamentos pretos.

Mobiliários com acabamentos pretos.

Imagem 38 – Tons de madeiras diferentes em um mesmo móvel.

Tons de madeiras diferentes em um mesmo móvel.

Imagem 39 – Paredes com efeito granilite.

Paredes com efeito granilite.

Imagem 40 – O uso de sofás modulares, pois integram mais e se adaptam a qualquer tipo de sala.

O uso de sofás modulares, pois integram mais e se adaptam a qualquer tipo de sala.