Cabideiro: 60 ideias e modelos para inserir na decoração

Inspirações e exemplos criativos do uso de cabideiros na decoração. Confira!

Por -

Você é uma daquelas pessoas que chega em casa e sai espalhando bolsa para um lado, chaves pro outro e, depois não lembra onde deixou e vira aquela bagunça? Então pare, respire e leia esse texto com atenção. Ele foi feito para você.

Com certeza você já deve ter se esbarrado com um cabideiro em algum momento da vida e sabe muito bem para que ele serve. Então porque ainda não tem um em casa? Além de ser uma peça fundamental para deixar a bagunça longe, o cabideiro tem se tornado um queridinho dos designers de interiores.

Hoje em dia, a peça virou item de decoração e pode transformar aquele cantinho sem graça em um ambiente estiloso e moderno. Leve, compacto e nos mais diferentes estilos e cores, os cabideiros vão muito além da sua funcionalidade. Eles podem decorar e organizar qualquer cômodo da casa, desde o hall de entrada até o banheiro, passando pela sala e pelos quartos.

E não se engane achando que cabideiros são peças restritas a ambientes pequenos. Eles podem marcar presença em espaços enormes como em lugares minúsculos, deixando sempre a mão aquela bolsa, casaco ou chave que você ou a sua visita precisa.

Por que não apostar na peça, então? Você vai conseguir unir praticidade, organização e estilo ao mesmo tempo.

Como usar cabideiros na decoração

Se você já se convenceu de como sua casa pode ficar charmosa e organizada com cabideiros, então agora é a hora de saber como aproveitá-los da melhor maneira possível. Confira as dicas:

Escolha o modelo ideal para suas necessidades
Uma busca rápida por cabideiros no Google e você verá um enxame deles aparecer. São diferentes tipos, modelos, cores, formatos e materiais. Mas antes de fazer a compra, você precisa ter em mente para que seu cabideiro será utilizado. Para as roupas que ficam espalhadas por todo canto? Para as correspondências que nunca encontram lugar certo para ficar? Para as chaves que somem a todo momento? Qual a sua necessidade?

Existem cabideiros para contentar todas elas, muitas vezes uma peça pode suprir até mais de uma necessidade. Portanto, pense nisso.

Defina onde colocará o cabideiro

A partir do momento que você definiu a funcionalidade do seu cabideiro, você precisará saber onde colocá-lo para que ele cumpra seu papel. Afinal, não adianta nada pensar em algo que organize as roupas que ficam no chão do quarto se o cabideiro estiver no hall de entrada, não é mesmo?

Resolvida a questão da necessidade e do lugar, pense também na configuração do espaço onde você irá colocar a nova peça. Existem disponíveis no mercado, cabideiros na horizontal, na vertical, fixos na parede ou colocados no chão. Tudo vai depender do espaço que você possui.

Pense no que será pendurado no cabideiro

Outra coisa importante para ser analisada antes de comprar seu cabideiro é o que ele irá segurar. Peças de madeira e de metal são mais resistentes e suportam melhor o peso daquilo que será pendurado. Cabideiros de plástico ou outros materiais mais leves podem sofrer danos com o peso.

As opções com ventosa ou adesivos são indicados para objetos leves e, devem preferencialmente, ocupar espaço na cozinha e banheiro por se adaptarem melhor aos objetos desses cômodos, como toalhas, panos de prato, toucas, entre outros.

Araras e cabideiros de chão são mais indicados para roupas e acessórios, já que permitem uma melhor acomodação das peças. Bijouterias, chaves, lenços e chapéus ficam bem arranjados em cabideiros presos à parede.

60 inspirações de cabideiros para você acertar na decoração

Como já foi dito, os cabideiros cumprem muito mais do que sua verdadeira função. Eles são peças decorativas e devem ser vistos como tal. Então, na hora de escolher o seu, leve em consideração a decoração da sua casa. Um ambiente mais rústico combina perfeitamente com cabideiros de madeira, em espaços mais modernos um cabideiro de metal é a melhor opção.

Não se preocupe achando que essa será uma tarefa difícil. Com a tendência de cabideiros na decoração, as lojas possuem inúmeros modelos para agradar os mais variados públicos.

Imagem 1 – Cabideiro com espelho.

Cabideiro com espelho
Com um pequeno espelho no meio, uma prateleira em cima e os cabides na parte inferior, essa peça é uma boa pedida para halls de entrada, banheiros e quartos. Você pode deixar sempre a mão objetos pequenos usados com frequência como chaves, lenços e acessórios e, ainda, dar aquela conferida no visual antes de sair de casa.

Imagem 2 – Cabideiro dupla função.

Cabideiro dupla função
Esse cabideiro tem dupla função. Ele pode ser utilizado para roupas e peças maiores e o cesto em baixo pode servir para acomodar sacolas pesadas ou peças que não podem ser penduradas. Mas também pode virar o cantinho do seu pet. Pensou nisso? O cesto acomoda confortavelmente seu animalzinho. Gostou da ideia?

Imagem 3 – Cabideiro moderno e funcional.

Cabideiro moderno e funcional
Um cabideiro que remete às instalações de uma fábrica. Podendo ser colocado logo na entrada da casa, a peça confere um ar de modernidade e estilo ao ambiente além de acomodar diferentes tipos de objetos, como bolsas e mochilas. Atenção para o detalhe da lâmpada no topo, que confere ainda mais funcionalidade e beleza ao cabideiro.

Imagem 4 – Cabideiro simples, mas impactante.

Cabideiro simples mas impactante
Não poderia ser mais simples. Abrir uma escada, escolher o local e pronto. Uau! Você já tem um cabideiro. Nos degraus, é possível dispor calçados, bolsas e sacolas e a lateral da escada ainda pode servir para pendurar outros objetos. Contudo, apesar da simplicidade da ideia, repare que não é qualquer escada que compõe a cena. A cor das paredes e o estilo da escada conversam muito bem entre si e imprimem um visual moderno ao ambiente.

Portanto, não é somente pegar uma escada qualquer. Ela precisa fazer parte do ambiente. Em um local mais rústico, uma escada de madeira teria a mesma proposta. Basta se atentar para esses pequenos e importantes detalhes.

Imagem 5 – Um cabideiro para todas as horas.

Cabideiro para todas as horas
Um painel de madeira com diversos tipos de ganchos, suportes e prateleiras compõe esse cabideiro que se destina a marcar e organizar a rotina da casa e de seus habitantes. Um cantinho assim nos anima a começar o dia bem, especialmente ao olhar para as fotos cuidadosamente selecionadas e para a frase acolhedora logo abaixo.

Imagem 6 – Cabideiro peça de arte.

Cabideiro no estilo peça de arte
Olhar para esse cabideiro nos remete a um objeto pensado artisticamente. Não é somente um lugar para se pendurar coisas, ele expressa um conceito artístico e, provavelmente, dialoga com o estilo dos moradores da casa. Ideal para hall de entrada, impactando quem chega.

Imagem 7 – Cabideiro leve e delicado.

Cabideiro leve e delicado
Com suas formas e estrutura leve e delicada, esse cabideiro pode organizar peças de roupa, bolsas e demais objetos. Os diferentes tipos de suporte podem acomodar as peças de diferentes maneiras, como a parte redonda no meio que não amassa a roupa, por exemplo, tornando-o ainda mais útil na casa.

Imagem 8 – Escada de objetos.

Escada de objetos como cabideiro
Muito parecida com a proposta anterior, essa escada também se transformou em um cabideiro charmoso, arrojado e moderno. A escada acomoda muito bem bolsas, sapatos, guarda-chuvas e outros acessórios possíveis de serem pendurados.

Revistas e jornais podem ser organizados nos degraus desse cabideiro criativo. A madeira da escada combinou bem com o restante da decoração, que tem um quê de rusticidade graças às arandelas.

Imagem 9 – Só dá ele.

Cabideiro em destaque na cor azul
Como passar despercebido por esse cabideiro azul? Ele é um charme e, sem dúvida, a principal peça decorativa desse cômodo. Aqui podemos reafirmar como um simples cabideiro pode se transformar em um elemento decorativo de muito bom gosto.

Imagem 10 – Criatividade e originalidade.

Cabideiro criativo e original
A criatividade na hora de usar um cabideiro não tem (nem precisa) ter limites. Aqui a ideia foi usar chaves de fenda para assumir o lugar dos suportes. O resultado foi esse: uma peça original, alegre e funcional.

Imagem 11 – Menos é mais.

Menos é mais na decoração
A proposta minimalista deste cabideiro em formato de arara se une a simplicidade ao redor. Mais simples e funcional impossível.

Imagem 12 – Muito além de um cabideiro

Muito além de um cabideiro
Neste exemplo temos bem mais do que apenas um cabideiro. A ideia foi aprimorada e se transformou em “quase” guarda-roupa. Ele é capaz de armazenar e organizar roupas, sapatos e outros objetos sem deixar nada a desejar para um armário convencional.

Imagem 13 – Cabideiro cheio de personalidade.

Cabideiro cheio de personalidade
Um conjunto de peças, que quando unidas, formam um cabideiro de parede original e cheio de personalidade. Repare no detalhe de combinar as peças com a cadeira ao lado.

Imagem 14 – Não é o que parece.

Não é o que parece
Num primeiro olhar, esse cabideiro bem que parece um rodo de limpar a casa. Mas quando olhado mais de perto, percebe-se que se trata de uma peça elaborada e pensada para o cômodo em questão: a cozinha. Não ocupa espaço e está ali pronto para servir a quem precisar.

Imagem 15 – Cabideiro de atitude.

Cabideiro de atitude
Imitando o perfil de uma pessoa, esse cabideiro de acrílico comporta os mais diversos objetos da persona que o utiliza. Sem contar que seu visual transborda de personalidade e atitude.

Imagem 16 – Ilusão de ótica.

Ilusão de ótica
Esse cabideiro provoca uma ilusão de ótica interessante. A sensação é que a cadeira está dentro da parede, mas na verdade ela foi cortada e posicionada dessa forma para abrigar os objetos de seus moradores.

Imagem 17 – Sempre organizado.

Cabideiro sempre organizado
Essa é uma boa ideia para o quarto dos pequenos. É possível transformar qualquer desenho em um cabideiro de parede, basta ter o molde adequado para isso. Inclua as crianças na escolha, assim você as incentiva a organizar o próprio quarto.

Imagem 18 – Cabideiro carinhoso.

Cabideiro carinhoso
Esse é outro daqueles cabideiros que transmitem leveza. As formas delicadas seguram e abrigam carinhosamente as peças de sua dona.

Imagem 19 – Cabideiro nada tradicional.

Cabideiro nada tradicional
Bem diferente dos cabideiros tradicionais, esse conjunto de ganchos que desce pelo teto segura e guarda muito bem os elementos que lhe foram confiados. É preciso apenas se atentar para o local que um cabideiro assim ficará, pois pode atrapalhar a passagem.

Imagem 20 – Arara para roupas de crianças.

Cabideiro com arara para roupas de crianças
Bem diferente dos cabideiros tradicionais, esse conjunto de ganchos que desce pelo teto segura e guarda muito bem os elementos que lhe foram confiados. É preciso apenas se atentar para o local que um cabideiro assim ficará, pois pode atrapalhar a passagem.

Imagem 21 – Cabideiro de colorir.

Cabideiro de colorir
Pode parecer coisa só de criança, mas esse cabideiro combina muito bem com ambientes descontraídos e com pessoas de personalidade alegre e vibrante.

Imagem 22 – Organização no banheiro.

Organização do banheiro com cabideiro
Essa ideia pode ser muito bem aproveitada nos banheiros. Os suportes coloridos seguram perfeitamente toalhas de banho e rosto e trazem um charme extra para esse cômodo que costuma não ser muito privilegiado quando o assunto é decoração.

Imagem 23 – Cabideiro divertido.

Modelo de cabideiro divertido
Sem dúvida, os cabideiros podem ser peças muito criativas e desafiar a imaginação. Esse conjunto de peças causa uma leve ilusão de ótica e coloca um pouco de diversão na decoração da casa. Bom para pendurar objetos pequenos, dado o pouco espaço entre cada suporte.

Imagem 24 – Bagunça pra que te quero.

Bagunça para que te quero
Esse é um cabideiro para quem tem muito o quê organizar. Grande e espaçoso, esse cabideiro comporta peças maiores. A escadinha logo abaixo completa o visual e a função do cabide.

Imagem 25 – Chique e elegante.

Cabideiro chique e elegante
Muito bem estruturado e elaborado. Esse cabideiro tem ares de elegância e deixa o ambiente bonito e agradável aos olhos. É uma boa pedida para moradias mais rústicas, casas de campo ou de praia.

Imagem 26 – Porta joias.

Porta joias
Para quem tem (e vive perdendo) anéis, brincos, pulseiras e colares esse cabideiro pode ser a solução. Nele, você organiza tudo e deixa ao alcance dos olhos a peça que precisar, na hora que precisar.

Imagem 27 – Roupa sem amassar.

Roupa sem amassar
Ficar com a roupa abarrotada não é legal. Com esse cabideiro, você pendura a roupa diretamente pelo cabide e quando for usar novamente ela continua impecável, sem nenhuma dobra ou amassado.

Imagem 28 – Cabideiro simpático.

Cabideiro simpático
Bonitinho, divertido e super simpático. As crianças vão adorar essa ideia de cabideiro. Com certeza não vai ficar nenhuma peça jogada no chão.

Imagem 29 – Cabideiro minimalista.

Cabideiro minimalista
Mais um para os minimalistas de plantão. Uma única estrutura e pronto. Lá está o cabideiro, a postos, para ser usado. O design desse cabideiro o transforma em outro item da decoração, apostando no conceito minimalista de que “menos é mais”.

Imagem 30 – Metal e madeira.

Metal e madeira
A união de dois elementos que costumam ser bem diferentes entre si deu muito certo nesse modelo de cabideiro. A peça, muito mais elaborada do que um cabideiro comum, traz charme e funcionalidade a qualquer ambiente da casa.

Imagem 31 – Na teia.

Cabideiro na teia
Um cabideiro que parece uma teia pode ser uma ideia interessante para quem deseja fugir da mesmice na hora de decorar. Os ganchos e os cabides coloridos quebram o visual simétrico da tela de metal e, ainda, combinam com os demais itens da decoração como a cadeira azul e os galhos coloridos.

Imagem 32 – Cabideiro independente.

Cabideiro independente
O cabideiro aqui é a parede toda. O cabideiro ganha vida com ganchos, suportes e um banco cuidadosamente colocados no local. A graça dessa ideia é poder mudá-la frequentemente já que as peças são independentes entre si.

Imagem 33 – Cabideiro para todos.

Cabideiro para todos
Esse corredor ganhou vida com as peças coloridas que assumem a vez de cabideiros. Uma boa ideia para ambientes com grande movimento de pessoas.

Imagem 34 – Na medida.

Cabideiro na medida
Essa é uma daquelas ideias que você olha e diz: Uau! A combinação de cores, a disposição das peças e a simetria do desenho final conferem ao cabideiro (e ao ambiente) charme e beleza.

Imagem 35 – Cabideiro perfeito.

Cabideiro perfeito
Reúna uma estrutura simples, com alguns pedaços de madeira e uma ideia diferenciada. Pronto, você já tem um cabideiro pra chamar de seu. Basta encontrar o lugarzinho perfeito para ele. A opção mais simples e funcional que você pode encontrar.

Imagem 36 – Experimentações.

Experimentações com cabideiro
O que alguns cabides coloridos podem fazer por você? Experimente colocá-los na parede de forma criativa e você verá um modelo único e original de cabideiro.

Imagem 37 – Primeira impressão é a que fica.

A primeira impressão é a que fica
O hall de entrada provoca a primeira impressão dos visitantes à casa do morador. Portanto, é um espaço que merece uma atenção na hora de decorar. Esse cabideiro valorizou um local sem graça que poderia facilmente ser esquecido.

Imagem 38 – Mão na parede.

Cabideiro mão na parede
Para ter um cabideiro assim você precisar colocar a mão na massa, ou melhor, na parede. A ideia aqui é fazer pequenos furos em uma placa de madeira que irá revestir toda a parede. Depois, é só acomodar pedaços de cabos de vassoura nesses furos, são eles que irão servir de suporte para os objetos.

Imagem 39 – Preso no teto.

Cabideiro preso no teto
Mais um modelo de arara para você se inspirar. Essa está fixada no teto e presa por fios de aço, combinando com a estrutura do cabideiro. Os demais objetos do quarto conversam entre si na decoração.

Imagem 40 – Cuidado para não atrapalhar.

Cuidado para não atrapalhar
Outra ideia de cabideiro que desce do teto. Tome cuidado apenas com o local que ficará exposto este tipo de modelo, pois pode ser um incômodo para quem passa.

Imagem 41 – Cabideiro peso pesado.

Cabideiro peso pesado
A aparência pesada e rústica desse tipo de cabideiro foi amenizada pela decoração clean e leve da casa. Uma alternativa para reciclar uma peça sem uso ou mesmo uma ideia inovadora para deixar seus convidados impressionados.

Imagem 42 – Cabideiro retrô.

Cabideiro retrô
Outra opção colorida e divertida para brincar com a ideia de cabideiros. Nessa proposta, a ideia foi utilizar ganchos e suportes vintages que criam um ar retrô ao ambiente.

Imagem 43 – Cabideiro imitação.

Cabideiro imitação
Imitando uma peça de chão, essa proposta é fixar na parede um dos modelos mais tradicionais de cabideiro. E ele continua desempenhando seu papel. Deu certo.

Imagem 44 – Dando uma repaginada.

Cabideiro repaginado
Sabe aquele banquinho sem graça que você tem aí? Ele pode virar um cabideiro super original e criativo. Jogue uma cor nova nele e acrescente um encosto maior e desigual. O que acha?

Imagem 45 – Pescando a bagunça.

Cabideiro pescando a bagunça
Esse cabideiro, que se assemelha a varas de pescar, vai do chão até o teto e proporciona espaço suficiente para organizar objetos e acessórios de muita gente. Por isso, é ideal para espaços com grande fluxo de pessoas.

Imagem 46 – Garfos cabides.

Garfos cabides
Mais uma ideia criativa para fazer seu cabideiro. A inspiração desse são os utensílios de cozinha que, após serem levemente entortados, viram ganchos para pendurar panos de prato (e o que mais a imaginação mandar).

Imagem 47 – Reaproveitamento.

Reaproveitamento do cabideiro
Mais uma proposta para reaproveitar coisas. Nesse exemplo, é um carrinho que se transforma em cabideiro.

Imagem 48 – Simplicidade com personalidade.

Simplicidade com personalidade
É isso mesmo que você está vendo. Simples pedaços de madeira dispostos um ao lado do outro. O que importa é que o cabideiro, ao final, represente a personalidade da casa e de seus moradores.

Imagem 49 – Mil e uma utilidades.

Mil e uma utilidades no cabideiro
Em quantas coisas um simples cabo de vassoura pode se transformar? Depende da criatividade de cada um. Nesse modelo, os cabos serviram de base para o cabideiro.

Imagem 50 – Modernidade e estilo.

Modernidade e estilo no cabideiro
Uma peça única com uma cor forte já são suficientes para transformar um cabideiro em um elemento decorativo. Neste exemplo, ele ainda ajuda a deixar o ambiente com uma cara mais moderna.

Imagem 51 – Um cabideiro novo a cada dia.

Um cabideiro novo a cada dia
O cabideiro aqui é a própria parede. Feita de ripas de madeira, ao movimentá-las o morador cria um suporte e está feito o cabideiro. O diferencial nessa ideia é que você pode criar um visual novo a cada dia, basta abrir as ripas de um jeito diferente.

Imagem 52 – Quase imperceptível.

Cabideiro quase imperceptível
Discreto em cima da cama, esse cabideiro passaria despercebido se não fosse seus suportes que lembram lâmpadas.

Imagem 53 – Três em um.

Cabideiro 3 em 1
Outro cabideiro que pode entrar para a lista dos “Uau!”. Uma ideia incrível, que combina simplicidade, bom gosto e funcionalidade.

Imagem 54 – Bicicleta também se pendura.

Bicicleta para pendurar
Esse cabideiro é bem original, afinal de contas não é todo mundo que pendura uma bicicleta na parede da sala. Mas se você não tiver uma bicicleta pode aproveitar a ideia para pendurar outros objetos.

Imagem 55 – Elegância nos detalhes.

Elegância nos detalhes
Uma peça de couro, algumas dobras e uns parafusos para fixar. E já está pronto outro cabideiro. Apesar da simplicidade, a peça pode produzir ares de sofisticação e elegância.

Imagem 56 – Tudo tem um lugar.

Tudo no seu devido lugar
Se você não sabe onde guardar as suas bicicletas, está pode ser a solução. Já parou para imaginar um cabideiro só para elas? Além de funcional, você garante a estética do ambiente e o decora com aquilo que você gosta de verdade.

Imagem 57 – Cabideiro esportista.

Cabideiro esportista
Um local para sua bicicleta e suas medalhas. Quer algo que reproduza mais o seu estilo de vida do que esse cabideiro? Você pode aproveitar a ideia para outros esportes, como o surf, skate, futebol.

Imagem 58 – Cabideiro que anda.

Cabideiro que anda
Nesse tipo de cabideiro você pode escolher a posição do suporte dependendo da peça que irá colocar. Peças maiores ficam mais acima, as menores mais para baixo e, assim, sucessivamente.

Imagem 59 – Cabideiro simples e funcional.

Cabideiro simples e funcional
Um cabideiro para as coisas simples e importantes. Chaves e guarda-chuva são indispensáveis e, de quebra, você ainda tem um espelho para dar aquela última conferida no visual antes de sair de casa.

Imagem 60 – Excentricidade no caminho.

Excentricidade no caminho
Seria só mais um cabideiro se não fosse o caminho que nossos olhos percorrem para vê-lo. Na imagem, os objetos pendurados também são interessantes, como o vaso de planta, algo não muito convencional em cabideiros.

Como fazer cabideiros você mesmo (DIY)

Bateu aquela vontade de arriscar e fazer seu próprio cabideiro, não é mesmo? Por isso selecionamos alguns tutoriais para te auxiliarem nessa tarefa. Escolha o que mais combina com a sua decoração e as suas necessidades e deixe a criatividade falar mais alto. Confira:

A dupla Alexandre e Luana ensina a fazer um cabideiro de roupas (que eles chamam do “cabideiro mais fácil do mundo”) feito com cabos de vassoura e pedaços de madeira. Vale a pena conferir.

Paulo Biacchi, do canal Tente Isso em Casa, mostra como fazer um cabideiro tripé de chão. Para esse cabideiro você vai precisar de pedaços de cabo de vassoura e cano de pvc. O resultado é bem bacana.

https://www.youtube.com/watch?v=32W43Wpf1dE

O Canal Ideias no Varal, da artesã Luiza Paiva, ensina a fazer um cabideiro de parede. Ele exige mais materiais e um pouco mais de tempo para a confecção, mas no final vale a pena.