Jardim zen: como fazer, elementos usados e fotos de decoração

Por -

Se um jardim comum já é sinônimo de relaxamento e tranquilidade, o que dizer então de um jardim zen? Só pelo nome já dá para sentir a calmaria e a paz, não é mesmo? Esse tipo especifico de jardim também é conhecido como jardim japonês, uma vez que sua origem está diretamente ligada aos monges budistas do país.

O jardim zen é uma tradição antiga datada por volta do século I d.C. Esse espaço verde foi idealizado com o propósito de garantir o bem estar, a reconexão interior, inspirar vitalidade e serenidade, além, é claro de ser o local ideal para práticas meditativas.

Mas para que o jardim zen, de fato, alcance esses objetivos alguns detalhes são imprescindíveis. Quer saber quais são eles? Então não deixe de acompanhar os próximos tópicos deste post:

Como fazer um jardim zen?

Em primeiro lugar você precisa saber que um jardim zen carrega a característica da simplicidade, portanto, a ideia aqui é a do clássico “menos é mais”. O jardim zen também preconiza a fluidez e a liberdade de movimento. Outra forte característica desse tipo de jardim é a sua versatilidade, ele cabe em qualquer lugar, literalmente. Você pode montar um jardim zen no quintal, aproveitando todo o espaço disponível ou, ainda, construir um jardim zen miniatura para sua mesa de trabalho.

Depois de definir o local e o tamanho que terá o seu jardim zen é hora de pensar nos elementos que devem estar presentes nesse espaço para que ele cumpra com seu papel, anota aí:

Elementos que não podem faltar em um jardim zen

Areia / Terra

A areia ou a terra são itens fundamentais de um jardim zen. Esses são os elementos que representam a solidez e a base sobre a qual tudo existe. A areia ou terra, dentro do conceito do jardim zen, simbolizam ainda a transmutação das energias e a neutralização de todos os pensamentos e emoções negativas.

Pedras

As pedras servem para nos lembrar dos obstáculos e contratempos do caminho, não importando o tamanho que elas possam ter, sempre estarão lá ensinando algo. As pedras – que podem ser rochas ou cristais – representam também as experiências acumuladas durante a vida e atuam como geradoras de energia ajudando a equilibrar o ambiente e as pessoas. Dizem que para se ter sorte, o ideal é usar pedras em número impar.

Plantas

Jardim sem planta não é jardim, não é mesmo? Só que em um jardim zen, o ideal são poucas plantas dispostas de modo prático no ambiente e que permitam a fluidez e o movimento. As plantas mais utilizadas em um jardim zen são as buchinhas, os pinheiros, os bambus, as azaleias, as orquídeas, além de gramas e musgos. Outra boa pedida é usar bonsais na composição do jardim zen, especialmente naqueles modelos menores construídos em caixas.

Água

A água é o elemento gerador da vida e precisa estar presente em um jardim zen. Você pode inserir esse elemento com um pequeno lago ou uma fonte. No jardim zen pequeno, por sua vez, a representação da água é feita pela areia usada dentro da caixa, uma vez que esse elemento passa a simbolizar o mar.

Ancinho

O ancinho, aquele tipo de rastelo de madeira, é o instrumento de interação com o jardim zen. A função dele é ajudar a relaxar a mente, na medida em que se cria os desenhos na areia. As linhas retas representam tranquilidade e as linhas curvas, agitação, de modo semelhante ao movimento das ondas do mar. Tanto os jardins zens pequenos, quanto os jardins zens grandes podem e devem fazer uso do ancinho.

Incensos

O incenso é a representação do elemento ar e representa a fluidez dos pensamentos. Além de aromáticos, os incensos ajudam a mente relaxar, conduzindo a meditação com mais facilidade.

Iluminação

A iluminação tem uma importância muito grande no jardim zen, tanto na questão estética, quanto funcional. Você pode optar por utilizar lanternas, lâmpadas, velas e até uma área de fogueira para trazer a luz para dentro do seu jardim.

Acessórios

Outros acessórios que podem ser usados no jardim zen são estátuas de buda, Ganesha e outras entidades sagradas das religiões orientais. Também é comum o uso de pontes, caso o jardim zen seja grande. Algumas almofadas e futtons ajudam a deixar o espaço mais acolhedor e confortável.

Confira abaixo um tutorial em vídeo de como fazer um mini jardim zen para decorar pequenos espaços e te ajudar a relaxar depois de um longo dia.

Jardim Zen – DIY

Anotou tudo o que precisa para criar o seu jardim zen, seja ele grande ou pequeno? Então agora se inspire com 60 lindas imagens de jardim zen:

Imagem 1 – Jardim zen em miniatura com uma pequena estátua de buda, suculentas e o espaço reservado para a areia e o ancinho; repare que o recipiente de pedra onde foi construído o jardim forma o símbolo sagrado do Tao.

Jardim zen em miniatura com uma pequena estátua de buda, suculentas e o espaço reservado para a areia e o ancinho; repare que o recipiente de pedra onde foi construído o jardim forma o símbolo sagrado do Tao

Imagem 2 – Nessa casa, o jardim zen com bambus assume as mesmas características de um jardim de inverno.

Nessa casa, o jardim zen com bambus assume as mesmas características de um jardim de inverno

Imagem 3 – A iluminação com velas faz um trabalho espetacular nesse mini jardim zen.

A iluminação com velas faz um trabalho espetacular nesse mini jardim zen

Imagem 4 – Banheira dentro de um jardim zen: relaxamento total.

Banheira dentro de um jardim zen: relaxamento total

Imagem 5 – Jardim zen grande com caminho de pedras, estátuas e mini ponte.

Jardim zen grande com caminho de pedras, estátuas e mini ponte

Imagem 6 – Jardim zen nos fundos da casa e com acesso direto pelo home office; puro sossego trabalhar próximo de um cantinho assim.

Jardim zen nos fundos da casa e com acesso direto pelo home office; puro sossego trabalhar próximo de um cantinho assim

Imagem 7 – A simplicidade e o minimalismo são premissas básicas de um jardim zen.

A simplicidade e o minimalismo são premissas básicas de um jardim zen

Imagem 8 – Jardim zen na área externa da casa; a proposta aqui conta com um mini lago e até um pequeno espaço gourmet.

Jardim zen na área externa da casa; a proposta aqui conta com um mini lago e até um pequeno espaço gourmet

Imagem 9 – Mini lago e pedrinhas brancas caracterizam esse jardim dentro do conceito zen.

Mini lago e pedrinhas brancas caracterizam esse jardim dentro do conceito zen

Imagem 10 – O acesso para o espaço gourmet passa, obrigatoriamente, pelo jardim zen.

O acesso para o espaço gourmet passa, obrigatoriamente, pelo jardim zen

Imagem 11 – Uma das grandes vantagens do jardim zen é que ele não impõe tamanhos ou limites; aqui, por exemplo, o pequeno tanque de alvenaria se tornou.

Uma das grandes vantagens do jardim zen é que ele não impõe tamanhos ou limites; aqui, por exemplo, o pequeno tanque de alvenaria se tornou

Imagem 12 – Em um jardim zen, quanto menos distração visual melhor; isso facilita a prática da meditação, uma vez que a mente não se distrai com o externo.

Em um jardim zen, quanto menos distração visual melhor; isso facilita a prática da meditação, uma vez que a mente não se distrai com o externo

Imagem 13 – Você pode tranquilamente adaptar o jardim de inverno da sua casa ao conceito de jardim zen.

Você pode tranquilamente adaptar o jardim de inverno da sua casa ao conceito de jardim zen

Imagem 14 – Quedas d’água são extremamente relaxantes; se puder investir em uma, faça isso!

Quedas d’água são extremamente relaxantes; se puder investir em uma, faça isso!

Imagem 15 – Mini jardim zen para mesa ou bancada.

Mini jardim zen para mesa ou bancada

Imagem 16 – Nesse jardim zen, o acolhimento se tornou o ponto de destaque; a interessante árvore aos fundos também é outro grande ponto de atenção.

Nesse jardim zen, o acolhimento se tornou o ponto de destaque; a interessante árvore aos fundos também é outro grande ponto de atenção

Imagem 17 – Jardim zen externo com pequena estátua de buda.

Jardim zen externo com pequena estátua de buda

Imagem 18 – Um cantinho reconfortante! Aqui, o pequeno casebre repousa sobre o jardim zen.

Um cantinho reconfortante! Aqui, o pequeno casebre repousa sobre o jardim zen

Imagem 19 – Reprodução em escala maior do pequeno jardim zen da caixa de madeira; repare que o espaço conta até com o ancinho.

Reprodução em escala maior do pequeno jardim zen da caixa de madeira; repare que o espaço conta até com o ancinho

Imagem 20 – Outra possibilidade é montar o jardim zen em vasos, como nessa imagem.

Outra possibilidade é montar o jardim zen em vasos, como nessa imagem

Imagem 21 – A proposta minimalista do jardim zen acaba se encaixando perfeitamente também com o estilo moderno de paisagismo.

A proposta minimalista do jardim zen acaba se encaixando perfeitamente também com o estilo moderno de paisagismo

Imagem 22 – Lago com carpas: um ícone dos jardins japoneses.

Lago com carpas: um ícone dos jardins japoneses

Imagem 23 – Olha que proposta diferente e interessante! Esse jardim zen conta com uma cobertura bem original, permitindo que o espaço seja contemplado em qualquer condição de clima.

Olha que proposta diferente e interessante! Esse jardim zen conta com uma cobertura bem original, permitindo que o espaço seja contemplado em qualquer condição de clima

Imagem 24 – Para montar um jardim zen você não precisa de muito, basta escolher com atenção os elementos que farão parte do projeto.

Para montar um jardim zen você não precisa de muito, basta escolher com atenção os elementos que farão parte do projetov

Imagem 25 – Jardim zen ideal para contemplação, descanso e meditação.

Jardim zen ideal para contemplação, descanso e meditação

Imagem 26 – Jardim zen com pergolado de madeira.

Jardim zen com pergolado de madeira

Imagem 27 – Bambus, pedras e uma réplica de templo budista: está formado o jardim zen.

Bambus, pedras e uma réplica de templo budista: está formado o jardim zen

Imagem 28 – A madeira também é um ótimo elemento para inserir no jardim zen; repare como ela remete aos spas orientais.

A madeira também é um ótimo elemento para inserir no jardim zen; repare como ela remete aos spas orientais

Imagem 29 – Um trio de budas guarda esse pequeno jardim zen.

Um trio de budas guarda esse pequeno jardim zen

Imagem 30 – Jardim zen em miniatura: perfeito para relaxar depois de um dia de trabalho; deixe a mente fluir enquanto movimenta a areia.

Jardim zen em miniatura: perfeito para relaxar depois de um dia de trabalho; deixe a mente fluir enquanto movimenta a areia

Imagem 31 – A proposta aqui não poderia ser mais encantadora: um terrário com cara de jardim zen.

A proposta aqui não poderia ser mais encantadora: um terrário com cara de jardim zen

Imagem 32 – A estátua de buda gigante não esconde o intuito do espaço ao ar livre.

A estátua de buda gigante não esconde o intuito do espaço ao ar livre

Imagem 33 – Que tal um banho com vista para o jardim zen?

Que tal um banho com vista para o jardim zen?

Imagem 34 – Tire proveito das pedras do jardim zen para criar experiências sensoriais, ou seja, caminhe descalço sobre elas.

Tire proveito das pedras do jardim zen para criar experiências sensoriais, ou seja, caminhe descalço sobre elas

Imagem 35 – Aqui, o corredor lateral da casa foi transformado em jardim zen.

Aqui, o corredor lateral da casa foi transformado em jardim zen

Imagem 36 – Um gazebo de madeira para abrigar um acolhedor jardim zen.

Um gazebo de madeira para abrigar um acolhedor jardim zen

Imagem 37 – O jardim zen é um retorno a si mesmo e a natureza.

O jardim zen é um retorno a si mesmo e a natureza

Imagem 38 – Tem coisa mais relaxante que ouvir o barulho de água corrente?

Tem coisa mais relaxante que ouvir o barulho de água corrente?

Imagem 39 – O jardim zen também é conhecido como jardim seco ou jardim de pedras; a imagem abaixo faz entender o porquê.

O jardim zen também é conhecido como jardim seco ou jardim de pedras; a imagem abaixo faz entender o porquê

Imagem 40 – Use a energia dos cristais a seu favor e insira-os no projeto do mini jardim zen.

Use a energia dos cristais a seu favor e insira-os no projeto do mini jardim zen

Imagem 41 – Ao invés de mini lago, você pode investir em uma estrutura mais simples para o elemento água.

Ao invés de mini lago, você pode investir em uma estrutura mais simples para o elemento água

Imagem 42 – Jardim zen na beira da piscina.

Jardim zen na beira da piscina

Imagem 43 – Um espaço aconchegante e confortável inspirado no conceito de jardim zen.

Um espaço aconchegante e confortável inspirado no conceito de jardim zen

Imagem 44 – Os quatro elementos da natureza reunidos nesse belo exemplar de jardim zen.

Os quatro elementos da natureza reunidos nesse belo exemplar de jardim zen

Imagem 45 – Inspirador esse jardim zen com pedras gigantes usadas como se fossem seixos.

Inspirador esse jardim zen com pedras gigantes usadas como se fossem seixos

Imagem 46 – Que cantinho zen mais reconfortante! Perfeito para momentos de paz e tranquilidade.

Que cantinho zen mais reconfortante! Perfeito para momentos de paz e tranquilidade

Imagem 47 – Já aqui, a ideia de jardim de pedras foi levada ao pé da letra.

Já aqui, a ideia de jardim de pedras foi levada ao pé da letra

Imagem 48 – Piscina, gazebo e jardim zen: uma área externa para se apaixonar.

Piscina, gazebo e jardim zen: uma área externa para se apaixonar

Imagem 49 – Belíssima composição de pedras nesse jardim zen; destaque também para o bonsai.

Belíssima composição de pedras nesse jardim zen; destaque também para o bonsai

Imagem 50 – Mini jardim zen: simples, bonito e cumprindo perfeitamente seu papel.

Mini jardim zen: simples, bonito e cumprindo perfeitamente seu papel

Imagem 51 – Os acessórios fazem a diferença no jardim zen; aqui, por exemplo, é o sino dos ventos em estilo oriental que chama atenção.

Os acessórios fazem a diferença no jardim zen; aqui, por exemplo, é o sino dos ventos em estilo oriental que chama atenção

Imagem 52 – Terrário zen pequeno para transmutar as energias da casa.

Terrário zen pequeno para transmutar as energias da casa

Imagem 53 – Ou quem sabe você pode se inspirar nesse modelo de jardim zen com cara de terrário gigante.

Ou quem sabe você pode se inspirar nesse modelo de jardim zen com cara de terrário gigante

Imagem 54 – Um pouco de conforto não faz a mal ninguém, né?

Um pouco de conforto não faz a mal ninguém, né?

Imagem 55 – O jardim zen precisa ser montado de uma forma que só de olhar já transmita paz e serenidade.

O jardim zen precisa ser montado de uma forma que só de olhar já transmita paz e serenidade

Imagem 56 – Aproveite a versatilidade do jardim zen para valorizar os espaços da sua casa, até mesmo aqueles que passam despercebidos, como corredores e fundos.

Aproveite a versatilidade do jardim zen para valorizar os espaços da sua casa, até mesmo aqueles que passam despercebidos, como corredores e fundos

Imagem 57 – Jardim zen de pedras e suculentas.

Jardim zen de pedras e suculentas

Imagem 58 – Relaxe com os feixes de luz que atravessam essa cascata verde.

Relaxe com os feixes de luz que atravessam essa cascata verde

Imagem 59 – Feche a proposta do seu jardim zen com uma fogueira.

Feche a proposta do seu jardim zen com uma fogueira

Imagem 60 – O puff redondo torna os momentos no jardim zen ainda melhores.