Kaizuka: como cuidar, como plantar e fotos de paisagismo

Por -

Esculturais e cheias de charme, as Kaizukas são uma bela opção de árvore ornamental para jardins.

De origem oriental, a Kaizuka está mais precisamente relacionada com a China e o Japão, inclusive, o seu nome é japonês e significa “amontoado de conchas”, uma alusão ao formato retorcido da planta que se assemelha aos sítios arqueológicos japoneses.

A Kaizuka é um tipo de árvore conífera, ou seja, pertencente a mesma família dos ciprestes e cedros. A árvore ainda é conhecida como Pinheiro Kaizuka, Caiazuka, Caizuca, Cipreste Kaizuka, Junípero Chinês e Kaiazuca.

Para reconhecer uma Kaizuka é simples, basta se atentar para suas principais características, entre elas:

  • Formato de cone ou colunar, com ramos retorcidos e espiralados, muito escultural e ornamental
  • Os ramos são compactos com folhas pequenas e compridas, o que confere a árvore uma aparência densa
  • Folhas de coloração verde escura brilhante

A Kaizuka integra muito bem projetos paisagísticos de estilo oriental e europeu, podendo ser plantada em grupo ou de maneira isolada no jardim.

Outra opção é usar a Kaizuka como cerca viva, isolando toda uma área. Vale citar, inclusive, que a árvore consegue até isolar ruídos externos.

A Kaizuka é uma espécie muito apreciada também na arte do Bonsai, o que significa que é possível cultivar a árvore tanto em locais livres, quanto em vasos.

Como plantar e cuidar da Kaizuka

Quem está disposto a levar o charme da Kaizuka para o próprio jardim precisa antes saber como plantar e cuidar da planta adequadamente.

Em primeiro lugar é importante saber que a planta se desenvolve melhor em regiões de clima temperado, onde a temperatura varia regularmente ao longo do ano. No entanto, a Kaizuka já demonstrou se desenvolver muito bem também em regiões de clima oceânico, mediterrâneo e subtropical.

Preferencialmente plante a sua Kaizuka em um local de sol pleno ou que tenha, no mínimo, uma incidência diária de luz solar de quatro horas.

Quanto ao solo, o mais recomendado para o cultivo da Kaizuka são os férteis enriquecidos regularmente com matéria orgânica. Lembre-se ainda de promover um bom sistema de irrigação para a sua Kaizuka, uma vez que a planta se adapta melhor a falta de água do que ao excesso.

A Kaizuka pode até tolerar muito bem períodos de seca, após estar devidamente desenvolvida e já na fase adulta.

A manutenção com a Kaizuka é mínimo, uma vez que a planta não exige podas frequentes, nesses casos, a árvore pode chegar a atingir até seis metros de altura. Contudo, há quem prefira realizar podas com o objetivo artístico, mas isso nada influencia em seu desenvolvimento.

Para fazer mudas de Kaizuka também é muito simples. A planta se multiplica pelas estacas criadas nas pontas dos seus ramos, sendo assim, basta retirar uma dessas estacas com folhas e replantá-las no local escolhido, tendo o cuidado de oferecer as condições necessárias de luz e adubação para o seu crescimento.

60 ideias de kaizuka no paisagismo

Confira a seguir uma seleção de projetos paisagísticos que elegeram a Kaizuka como o centro das atenções:

Imagem 1 – Kaizuka como guardiã da porta de entrada da casa.

Kaizuka como guardiã da porta de entrada da casa

Imagem 2 – Trio de jovens Kaizukas adornadas pelo canteiro de flores ao redor.

Trio de jovens Kaizukas adornadas pelo canteiro de flores ao redor

Imagem 3 – Deixe a Kaizuka crescer livre e despreocupadamente, assumindo o seu exótico formato natural.

Deixe a Kaizuka crescer livre e despreocupadamente, assumindo o seu exótico formato natural

Imagem 4 – Ramos de Kaizuka ajudam a adornar esse arranjo natural na entrada da casa.

Ramos de Kaizuka ajudam a adornar esse arranjo natural na entrada da casa

Imagem 5 – As Kaizukas oferecem charme e elegância para a fachada das casas.

As Kaizukas oferecem charme e elegância para a fachada das casas

Imagem 6 – Muito, muito sol para a Kaizuka crescer bela e saudável.

Muito, muito sol para a Kaizuka crescer bela e saudável

Imagem 7 – Sem podas, a Kaizuka pode atingir até seis metros de altura.

Sem podas, a Kaizuka pode atingir até seis metros de altura

Imagem 8 – Kaizuka no vaso. Destaque para a poda ornamental que confere um visual totalmente diferente para a planta.

Kaizuka no vaso. Destaque para a poda ornamental que confere um visual totalmente diferente para a planta

Imagem 9 – Rústica, a Kaizuka se dá muito bem em projetos paisagísticos do mesmo estilo.

Rústica, a Kaizuka se dá muito bem em projetos paisagísticos do mesmo estilo

Imagem 10 – O formato espiralado e retorcido da Kaizuka é o que a destaca em meio aos outros tipos de pinheiros.

O formato espiralado e retorcido da Kaizuka é o que a destaca em meio aos outros tipos de pinheiros

Imagem 11 – Uma linda e frondosa Kaizuka para garantir sombra fresca na piscina.

Uma linda e frondosa Kaizuka para garantir sombra fresca na piscina

Imagem 12 – Kaizukas ornamentando o terreno em declive.

Kaizukas ornamentando o terreno em declive

Imagem 13 – Sozinhas ou em grupo, as Kaizukas são sempre alvo das atenções.

Sozinhas ou em grupo, as Kaizukas são sempre alvo das atenções

Imagem 14 – Dentro de vasos, as Kaizukas se desenvolvem igualmente bem, basta oferecer as condições adequadas de luz e adubação.

Dentro de vasos, as Kaizukas se desenvolvem igualmente bem, basta oferecer as condições adequadas de luz e adubação

Imagem 15 – Que tal um vaso de Kaizuka com orquídeas? Lindo!

Que tal um vaso de Kaizuka com orquídeas? Lindo!

Imagem 16 – Fachada com jardim de Kaizukas, buchinhas e um gramado verde super bem cuidado.

Fachada com jardim de Kaizukas, buchinhas e um gramado verde super bem cuidado

Imagem 17 – A Kaizuka ajuda a reforçar o porte elegante da fachada da casa.

A Kaizuka ajuda a reforçar o porte elegante da fachada da casa

Imagem 18 – Capriche na escolha do vaso onde será plantada a sua Kaizuka, ele será parte do projeto de paisagismo.

Capriche na escolha do vaso onde será plantada a sua Kaizuka, ele será parte do projeto de paisagismo

Imagem 19 – Jardim simples com Kaizuka, literalmente, no centro das atenções.

Jardim simples com Kaizuka, literalmente, no centro das atenções

Imagem 20 – Jardim de estilo europeu com caminho de Kaizukas, um charme e tanto!.

Jardim de estilo europeu com caminho de Kaizukas, um charme e tanto!

Imagem 21 – Com a poda artística, a Kaizuka se transforma visualmente.

Com a poda artística, a Kaizuka se transforma visualmente

Imagem 22 – Em fachadas de prédios, a Kaikuza também se destaca.

Em fachadas de prédios, a Kaikuza também se destaca

Imagem 23 – Mas se você não tiver um jardim em casa pode cultivar a sua Kaizuka em um vaso na varanda.

Mas se você não tiver um jardim em casa pode cultivar a sua Kaizuka em um vaso na varanda

Imagem 24 – A Kaizuka traz porte e elegância para entrada da casa.

A Kaizuka traz porte e elegância para entrada da casa

Imagem 25 – Um jardim mais rústico também vai super bem com a Kaizuka.

Um jardim mais rústico também vai super bem com a Kaizuka

Imagem 26 – Que tal mesclar as samambaias com a Kaizuka? Uma combinação diferente e que provou dar certo!

Que tal mesclar as samambaias com a Kaizuka? Uma combinação diferente e que provou dar certo!

Imagem 27 – Por mais simples que seja o seu jardim, vale a pena apostar em uma Kaizuka para valorizá-lo ainda mais.

Por mais simples que seja o seu jardim, vale a pena apostar em uma Kaizuka para valorizá-lo ainda mais

Imagem 28 – A combinação entre Kaizukas e buchinhas é certeza de sucesso!

A combinação entre Kaizukas e buchinhas é certeza de sucesso!

Imagem 29 – Kaizukas plantadas na entrada da casa clássica e sofisticada.

Kaizukas plantadas na entrada da casa clássica e sofisticada

Imagem 30 – Olha a imponência dessa dupla de Kaizukas! É para deixar qualquer um boquiaberto!

Olha a imponência dessa dupla de Kaizukas! É para deixar qualquer um boquiaberto!

Imagem 31 – Kaizukas na beira da piscina, afinal, a planta também adora um sol!

Kaizukas na beira da piscina, afinal, a planta também adora um sol!

Imagem 32 – Naturalmente, a Kaizuka vai formando seu aspecto espiralado.

Naturalmente, a Kaizuka vai formando seu aspecto espiralado

Imagem 33 – A Kaizuka também é uma ótima opção de árvore para calçada.

A Kaizuka também é uma ótima opção de árvore para calçada

Imagem 34 – Rente ao muro, as Kaizukas formam uma espécie de cerca viva.

Rente ao muro, as Kaizukas formam uma espécie de cerca viva

Imagem 35 – É ou não é uma escultura da natureza?

É ou não é uma escultura da natureza?

Imagem 36 – Sugestão de plantio da Kaizuka: forme um caminho na entrada da casa com duas ou mais árvores.

Sugestão de plantio da Kaizuka: forme um caminho na entrada da casa com duas ou mais árvores

Imagem 37 – Uma mini Kaizuka para recepcionar quem chega em casa!

Uma mini Kaizuka para recepcionar quem chega em casa!

Imagem 38 – A casa simples e rústica trouxe uma dupla de Kaizukas para adornar o portão de entrada.

A casa simples e rústica trouxe uma dupla de Kaizukas para adornar o portão de entrada

Imagem 39 – Uma Kaizuka monumental no jardim de casa para não passar despercebida.

Uma Kaizuka monumental no jardim de casa para não passar despercebida

Imagem 40 – Como negar a importância das Kaizukas em um projeto paisagístico desse tipo?

Como negar a importância das Kaizukas em um projeto paisagístico desse tipo?

Imagem 41 – Kaizuka feliz da vida sendo cultivada em vaso na varanda do apartamento.

Kaizuka feliz da vida sendo cultivada em vaso na varanda do apartamento

Imagem 42 – A poda artística da Kaizuka pode delimitar tanto o tamanho, quanto o diâmetro da árvore.

A poda artística da Kaizuka pode delimitar tanto o tamanho, quanto o diâmetro da árvore

Imagem 43 – Incrivelmente lindas essas Kaizukas livres e soltas na natureza!

Incrivelmente lindas essas Kaizukas livres e soltas na natureza!

Imagem 44 – Um canteirinho especial perto da piscina para receber a Kaizuka e suas demais companheiras.

Um canteirinho especial perto da piscina para receber a Kaizuka e suas demais companheiras

Imagem 45 – Olha aí mais uma vez a dupla perfeita: Kaizukas e buchinhas.

Olha aí mais uma vez a dupla perfeita: Kaizukas e buchinhas

Imagem 46 – Veja só como é possível sim ter uma Kaizuka linda e enorme mesmo dentro do vaso.

Veja só como é possível sim ter uma Kaizuka linda e enorme mesmo dentro do vaso

Imagem 47 – Na calçada é preciso apenas tomar um certo cuidado para a Kaizuka não atingir a rede elétrica.

Na calçada é preciso apenas tomar um certo cuidado para a Kaizuka não atingir a rede elétrica

Imagem 48 – Uma Kaizuka “filhote” recebendo toda a luz do sol que precisa para crescer.

Uma Kaizuka “filhote” recebendo toda a luz do sol que precisa para crescer

Imagem 49 – O efeito da poda na Kaizuka é surpreendente!

O efeito da poda na Kaizuka é surpreendente!

Imagem 50 – Jardim lateral da casa feito com Kaizukas e flores rasteiras.

Jardim lateral da casa feito com Kaizukas e flores rasteiras

Imagem 51 – Uma árvore, como nasceu para ser!

Uma árvore, como nasceu para ser!

Imagem 52 – Aqui, a Kaizuka parece se dobrar a força do vento. Linda inspiração!

Aqui, a Kaizuka parece se dobrar a força do vento. Linda inspiração!

Imagem 53 – Bonsai gigante de Kaizuka? Ao menos é o que o projeto faz acreditar!

Bonsai gigante de Kaizuka? Ao menos é o que o projeto faz acreditar!

Imagem 54 – Se a intenção for criar um jardim com Kaizukas de estilo oriental aposte também em pedras e caminhos.

Se a intenção for criar um jardim com Kaizukas de estilo oriental aposte também em pedras e caminhos

Imagem 55 – Um modo diferente e bem inusitado de cultivar Kaizukas.

Um modo diferente e bem inusitado de cultivar Kaizukas

Imagem 56 – A casa de estilo mediterrâneo adotou um exemplar de Kaizuka para compor a fachada.

A casa de estilo mediterrâneo adotou um exemplar de Kaizuka para compor a fachada

Imagem 57 – Vias públicas também tem muito que ganhar com as Kaizukas.

Vias públicas também tem muito que ganhar com as Kaizukas

Imagem 58 – Kaizuka bebê ainda no vaso, uma graciosidade!

Kaizuka bebê ainda no vaso, uma graciosidade!

Imagem 59 – O branco da fachada se tornou o fundo perfeito para que o verde intenso da Kaizuka se destacasse.

O branco da fachada se tornou o fundo perfeito para que o verde intenso da Kaizuka se destacasse

Imagem 60 – Dupla de Kaizukas muito bem cuidadas na varanda do apartamento.

Dupla de Kaizukas muito bem cuidadas na varanda do apartamento