MDP ou MDF? Descubra as diferenças e saiba qual utilizar

As principais características do MDF e do MDP, vantagens, desvantagens e onde utilizar cada um

Por -

Você está em dúvida se usa o MDP ou MDF nos móveis da sua casa? Saiba que são produtos de qualidade e que deixam seus móveis ainda mais destacados. Não há quem não ache lindo um móvel trabalhado em uma dessas chapas.

Todavia, antes de escolher entre um produto e outro, é preciso avaliar o que tem de especial no MDF e no MDP. Todos os dois possuem vantagens e desvantagens que devem influenciar no tipo de móvel escolhido.

Enquanto o MDP pode ser muito bom para móveis retos e planos, o MDF ganha mais eficiência se usado nos acabamentos.  O importante é saber qual irá valorizar o seu móvel e o ambiente da sua casa.

Para ajudá-lo nesse processo, preparamos esse post com as informações que vão fazê-lo entender o que é MDP e MDF, quais suas vantagens, desvantagens, o que difere um ao outro e onde deve ser usado cada um deles. Acompanhe!

O que é MDP?

O MDP ― Medium Density Particleboard é um tipo de tela formado em camadas de madeira. São duas camadas mais finas nas superfícies, mas a que fica posicionada no meio é mais grossa.

O fato de ter estas três camadas, faz com que o material tenha a estrutura mais resistente. Portanto, é um produto que suporta mais peso. No entanto, essa mesma composição permite que o material seja mais leve.

O que é MDF?

O MDF ― Medium Density Fiberboard é um tipo de tela que possui média densidade. Sua composição é feita da aglomeração de resina sintética com a fibra de madeira, entre outros aditivos.

Para fazer um MDF é necessário usar a resina para fazer a colagem das placas de madeiras que se fixam com a pressão e forma uma única camada. Por conta disso, o material se torna mais resistente.

Quais as diferenças entre MDP e MDF?

Chapa de MDP ou MDF

Muitas pessoas se confundem com o MDP e MDF por serem materiais muito parecidos. Entretanto, existem algumas diferenças entre os dois que ajudam a identificar o que é cada um. Confira!

  • Enquanto que o MDP precisa de 3 camadas de madeira para a sua formação, o MDF usa apenas as fibras de madeira que formam apenas uma camada;
  • O MDP possui aglomerado de densidade média e o MDF tem placa de fibra de densidade média;
  • O MDP usa pedaços de madeiras que foram reflorestadas de forma compacta e o MDF têm em sua composição as fibras compactadas de madeiras como eucalipto e pinus;
  • O MDP possui resistência estrutural que deixa o material mais leve e resistente quando o produto é empenado ou pressionado com parafuso. Já o MDF é um produto mais uniforme, porém mais denso e plano. Portanto, dificilmente você conseguirá empenar um MDF;
  • Enquanto que o MDP é mais indicado no uso de móveis que sejam retos e que recebem mais peso. O MDF é mais bem aproveitado em peças que possuem os cantos arredondados ou no acabamento de produtos;
  • Ao passo que o MDP aguenta mais peso, o MDF não suporta tanto;
  • Entretanto, o MDP não resiste muito ao atrito e o MDF resiste com mais facilidade à abrasão;
  • O MDP demora bem mais tempo para inchar, em contrapartida o MDF tende a se expandir rapidamente.

Quais as vantagens do MDP?

Se você tem interesse em usar o MDP em seus móveis, veja quais sãos as principais vantagens de usar esse tipo de material.

  • O MDP recebe melhor os parafusos porque as partículas que estão em seu interior são bem grossas, fixando o parafuso e resistindo a pressão;
  • O material é bem leve e é sujeito ao empenamento;
  • O MDP é o material mais usado em países desenvolvidos;
  • O produto também é o tipo de placa de madeira industrializada que as pessoas mais consomem no mundo;
  • Muito usado na fabricação de móveis residenciais e comerciais;
  • É um tipo de material econômico;
  • Resistente à umidade;
  • Resistente a atritos;

Quais as desvantagens do MDP?

  • Não é à prova d’água, mas tem muita resistência a umidade;
  • Pode possuir imperfeições;
  • O MDP parece com o antigo aglomerado que é de material inferior. Então, isso pode prejudicar quando as pessoas estiverem pesquisando sobre o material.

Quais as vantagens do MDF?

  • A sua superfície é lisa;
  • Não tem problema em pintar porque recebe muito bem a pintura;
  • A placa pode ser cortada em todos os sentidos por sem bem maleável;
  • Pode usar tranquilamente nos acabamentos, já que o material é perfeito para isso;
  • A placa é bem estável;
  • O material pode ser envernizado;
  • Pode ser usado papel de parede no MDF;
  • Resiste a variação de temperatura.

Quais as desvantagens do MDF?

  • A resina que faz a ligação das fibras possui um material cancerígeno;
  • É uma placa pesada, já que uma espessura de 0,63 cm pode chegar a pesar 45 kg;
  • Devido ao alto teor de cola do MDF, as ferramentas manuais podem enfraquecer;
  • O MDF pode se dividir na hora em que estiver parafusando;
  • A manutenção do MDF é alta;
  • O material é sensível ao calor.

Onde usar o MDP?

O MDP pode ser usado em móveis em geral. No entanto, o produto deve ter o formato em linhas retas para aguentar o peso sobre ele e evitar o empenamento em algumas áreas específicas.

O mais indicado é usá-lo em portas, camas, divisórias, armários, prateleiras, tampos, painéis e gaveteiros. Mas não há nenhum empecilho no uso dos móveis. Entretanto, é preciso respeitar as suas limitações de estrutura.

As chapas de MDP podem ser usadas também em ambientes úmidos como banheiro e cozinha. Contudo, é necessário vedar todas as suas bordas para garantir que o material não irá se desfazer todo.

Nos casos de vazamento, provavelmente o material será danificado, já que nenhum material é imune à ação direta da água em sua totalidade. Para uso em varandas, o material só é recomendado nos casos em que o espaço é totalmente fechado ou coberto.

Na fabricação do MDP a chapa é superaquecida, garantindo que no transporte do material até a sua casa, não esteja contaminada de insetos. Contudo, se na sua casa tiver cupim ou mofo, pode atingir o MDP.

Onde usar o MDF?

Onde usar o MDF

O MDF é muito usado em armários de cozinha, banheiros, quarto, mesas, homes, entre outros. O fato de a chapa ser muito suave e ao mesmo tempo lisa, ajuda na hora de pintar o material.

Você pode usar o MDF para fazer móveis com mais detalhes como cantos arredondados, puxador cavado nas gavetas ou fazer um rasgo em superfícies para deixá-lo com um detalhe diferenciado.

Mesmo não tendo muita resistência à água, o material pode ser usado em cozinhas e banheiros. Somente tome cuidado para o produto não ter muito contato com a umidade, pois pode ser danificado.

O MDF não é indicado para usar em ambientes externos que deixem o produto exposto ao sol, chuva e vento. Se você usá-los nesses ambientes, o material com o tempo ficará desbotado, prejudicando a estrutura do produto e a sua durabilidade.

Em nosso artigo você percebeu que o MDF e MDP são chapas completamente diferentes e devem ser usados em ambientes diferenciados. No entanto, é preciso cuidado ao usá-los em ambientes úmidos.

Agora a escolha entre MDP ou MDF deve ficar ao seu critério. Veja o que estará mais adequado ao ambiente da sua casa e que atenda às suas necessidades. Uma coisa é certa, tanto o MDF quanto o MDP deixa o seu móvel ainda mais bonito.