Casas com estilo americano: 65 projetos por dentro e por fora

Conheça as principais características de projetos de casas com o estilo americano.

Por -

O conceito de casa americana segue um modelo diferente das construções brasileiras, mas alguns aspectos podem ser aplicados no Brasil, seja na questão estética ou funcional. Podemos observar que as casas brasileiras possuem a área cada vez menor de construção, dessa forma, otimizar o espaço interno e optar por uma arquitetura mais sustentável é um dos pontos fortes que podemos adotar na construção.

A maioria das residências americanas são feitas com estrutura de madeira e as divisórias em drywall. Dessa forma, as alvenarias podem ser substituídas por divisórias de gesso. Além de oferecer uma velocidade maior de obra, elas economizam mais espaço e tem um custo menor em relação a alvenaria tradicional.

Em relação ao desenho urbano, ela é inspirada em pontos cardeais como norte-sul, leste-oeste. As ruas são ortogonais e as construções seguem nesses eixos paralelos com lotes divididos com tamanhos semelhantes. Devido a segurança nas cidades ser maior, os projetos não precisam de muros ou portões. Este tipo de arquitetura também leva em consideração a integração com as outras residências do entorno.

As casas apresentam algumas características tradicionais na aparência, como os telhados inclinados em diferentes níveis, cobertos por telhas shingle. Outra característica forte na fachada são as linhas horizontais marcadas com espaçamento de 30cm entre elas, que tem como função imitar as tábuas em madeira. As molduras em torno das portas e janelas complementam o ar robusto de uma casa americana, assim como as colunas na entrada denotam a sua elegância.

O estilo americano não possui uma linha claramente definida, afinal, isso pode mudar também conforme a região do país.

65 projetos de casas com o estilo americano por dentro e por fora

Para facilitar a sua visualização, separamos alguns projetos de arquitetura e decoração para entender melhor esse tipo de construção e saber como você pode aplicar esse estilo na sua casa:

Fachadas

Imagem 1 – A sustentabilidade é um ponto forte utilizado nas construções com este estilo.


Os revestimentos utilizados nessa fachada são modernos e sustentáveis, como a madeira certificada, painéis de estuque e cimento de fibra de carbono. As janelas de vidro proporcionam a entrada de iluminação natural, sem comprometer o propósito da fachada que é integrar as áreas internas com o exterior arborizado.

Imagem 2 – A arquitetura clássica americana tem personalidade.


Podemos observar três características marcantes no projeto acima: o revestimento em tábuas corridas, a varanda na parte frontal e a escada para o acesso a porta principal.

Imagem 3 – Quando o assunto é arquitetura moderna, eles ousam na forma, nos materiais e nos acabamentos.

Imagem 4 – Casa moderna com estilo americano.


Aqui o projeto mantém as linhas retas tradicionais, mas alguns métodos mais atuais, como a mistura de acabamentos e tons mais intensos.

Imagem 5 – Casa americana na montanha.


Como existem muitas cidades afastadas do clima urbano, essa proposta de residência é bem comum nos Estados Unidos. A forma retangular da residência é inserida na paisagem montanhosa, resultando em um complemento do entorno com as árvores e o restante da natureza.

Imagem 6 – Na maioria das vezes a casa possui um grande recuo frontal.


Devido a esse espaço enorme, muitos americanos são adeptos do paisagismo com gramado e o desenho dos acessos feito em concreto. Deixar a casa sem muro ou cerca é uma característica popular deste estilo, somente as garagens tem portões.

Imagem 7 – Casa americana com toque rústico.


Esse sobrado segue a linha da arquitetura provençal onde o uso de pedras na fachada e as janelas em arcos são características desse estilo.

Imagem 8 – Una a arquitetura moderna com o estilo clássico na construção.


Para quem busca uma fachada moderna sem deixar de lado o estilo americano — inspire-se nessa ideia com a garagem aberta e colunas que dão sustentação e elegância na entrada da residência.

Imagem 9 – Casa de luxo americana.

Imagem 10 – Casa em madeira pintada em tons claros.


Pintar as tábuas em cinza e os acabamentos na cor branca são escolhas populares. Além disso, inserir um muro baixo dá uma margem de segurança e separa a calçada do terreno, sem esconder a arquitetura da casa.

Imagem 11 – Arquitetura de casa em Miami.

Imagem 12 – As pedras são ótimos revestimentos.

Imagem 13 – Casa com piscina e pilotis.

Imagem 14 – Casa americana de esquina.


A garagem lateral, os níveis do telhado e o gramado na frente são características marcantes de um projeto de casa com o estilo americano.

Imagem 15 – Casa americana com piscina.

Imagem 16 – A versão com piscina em Los Angeles.

Imagem 17 – A casa americana sempre proporciona essa visão para o lado externo.


Essas janelas são bem tradicionais na construção, elas podem ainda estar associadas a varandas como mostra o projeto. O telhado com telhas shingle e os frontões que tentam imitar o estilo neoclássico também são uma das essências da arquitetura americana.

Projetos

Imagem 18 – Planta de casa americana com escada.


Podemos perceber que a distribuição dos ambientes principais de uma casa americana é igual a brasileira. A área social fica no piso inferior e os dormitórios logo acima, levando mais privacidade aos moradores que desejam mais intimidade.

Imagem 19 – O drywall é a quase um pré-requisito para dividir os ambientes.


Quase toda a estrutura das casas é em madeira e drywall. Neste modelo de casa, as paredes no projeto são mais finas e ocupam menos espaço na planta.

Imagem 20 – O closet é um dos cômodos presentes no quarto principal.


É bem comum ter um closet nas casas americanas, ainda mais quando se trata da suíte máster.

Imagem 21 – Casa americana ampla.


A garagem de uma casa americana é construída na lateral ou na frente.

Imagem 22 – Projeto com diferenciação de piso nos ambientes.


Os pisos das áreas sociais e dos dormitórios geralmente são diferentes. Em cozinhas e salas integradas, a tendência é manter o mesmo material. Alguns projetos optam por um material diferente apenas na cozinha.

Imagem 23 – Layout do pavimento inferior de uma casa americana.

Imagem 24 – As paredes irregulares são bem comuns na construção.


Podemos notar os planos chanfrados que se formam com o encontro das paredes ortogonais. Ao invés de isso ser um problema, eles veem como uma forma de integrar e otimizar melhor os espaços da casa.

Imagem 25 – Os porões são um cômodo extra no programa de necessidades da casa americana.


Os porões geralmente ficam no piso inferior, onde se encontram toda a parte de instalação do aquecedor e muitas vezes, a lavanderia. Alguns projetos optam por criar um espaço de convivência ou home office neste local.

Imagem 26 – Conceito aberto na área social.


A maioria das casas americanas possuem uma cozinha ampla, onde se reunem os amigos e a família.

Imagem 27 – Casa americana com primeiro e segundo pavimento.


Observe na planta como é comum ter um roupeiro na entrada para pendurar casacos durante o inverno, isso facilita quando os moradores e convidados saem ou chegam em casa. Uma forma de deixar casa organizada sem casacos espalhados.

Salas

Imagem 28 – A lareira é um dos itens mais utilizados nos projetos residenciais.


Devido as baixas temperaturas em algumas regiões, o uso da lareira é inevitável. Por isso ela forma o cenário perfeito na decoração para reunir os moradores em torno dela.

Imagem 29 – Os acabamentos em gesso são uma característica presente na decoração.


A essência mais clássica de uma sala americana é o teto de gesso, molduras nas janelas, rodapés brancos e lareira.

Imagem 30 – Eles costumam utilizar o método simétrico na sala de estar.


Não existe melhor montagem de uma sala de estar do que a forma simétrica, já que ela ajuda a não cometer erros no momento de distribuir os mobiliários. O resultado é um ambiente equilibrado e sofisticado com a aparência espelhada, onde as distâncias seguem o mesmo padrão.

Imagem 31 – Os ambientes integrados são uma distribuição de layout clássica.

Imagem 32 – O cinza e o azul claro ressaltam a neutralidade em um projeto clean.


Na decoração dos americanos, a cor cinza costuma ser a base dos projetos, mas também vale misturar tons claros como azul. Essa mistura forma quase um tom sobre tom, deixando a sala com visual clean sem precisar do branco.

Imagem 33 – Poucas paredes para ter um amplo espaço social.


Utilizar o conceito integrado é um ponto forte no projeto das salas.

Imagem 34 – Os toques de cor ficam por conta dos acessórios.


Veja que no projeto acima o uso de tonalidades do verde foram utilizadas para incrementar a base neutra da sala. As estampas aparecem nas almofadas e o espelho redondo é marcante.

Imagem 35 – Uso de mix and match nas estampas dos acessórios decorativos.

Imagem 36 – Uso de madeira intensa.


A madeira costuma ser aconchegante para lugares com temperatura baixa. Por isso, combinar o rústico com elementos modernos e coloridos garantem estilo e personalidade.

Imagem 37 – Sala de estar em tons escuros.

Imagem 38 – As cores e estampas formam uma composição alegre e vibrante na sala.


A decoração americana é generosa nesse quesito, seja na composição com poltronas, sofás, tapetes, bancos e outros. O importante é aproveitar cada espaço para deixar o ambiente aconchegante.

Cozinhas

Imagem 39 – O fogão fica localizado na área central da bancada.


Por ser o item principal da cozinha, o fogão centralizado deixa o uso da bancada mais prática para apoiar os utensílios no momento da cocção. Também é muito comum utilizar os famosos azulejos de metrô, revestimento que é tendência no Brasil também.

Imagem 40 – O conceito da ilha central tem origem lá.


A bancada central funciona como um complemento da cozinha com fogão, pia ou um espaço para pequenas refeições.

Imagem 41 – Os armários se destacam na decoração da cozinha.


Eles costumam ser o ponto forte no cômodo, muitos possuem acabamentos e puxadores que se destacam no visual.

Imagem 42 – Cozinha moderna com estilo americano.

Imagem 43 – Cozinha com piso de madeira.


Os pisos das cozinhas normalmente são de madeira ou de vinílico. A única desvantagem é a dificuldade maior para limpar a cozinha.

Imagem 44 – Detalhes dourados demonstram elegância e sofisticação na decoração.

Imagem 45 – Um espaço reservado para pequenas refeições.

Imagem 46 – Cadeiras altas para a bancada central


Já que as bancadas centrais são importantes para eles, os bancos devem acompanhar a mesma necessidade na decoração. Eles podem ser o ponto de cor que a cozinha precisa.

Imagem 47 – Cozinha com sala de jantar integrado.


Como falamos anteriormente, as cozinhas e as salas são totalmente integradas. Aqui, a mesa de jantar é longa e tem cadeiras estofadas. Um detalhe importante é a presença do espelho na parede, bem comum na decoração.

Quartos

Imagem 48 – A lareira também pode estar presente no quarto.

Imagem 49 – Mais uma vez a simetria aparece.


O quarto de casal é o lugar mais difícil de fugir da simetria. Porém ele possui um toque pessoal de cada morador levando mais personalidade ao quarto.

Imagem 50 – A mistura do rústico com o moderno.

Imagem 51 – O cômodo superior pode se transformar em um dormitório.


É muito comum ter quartos com a estrutura do telhado aparente. Apesar de sua inclinação, o conforto é o mesmo que um pé direito uniforme.

Imagem 52 – O estilo neoclássico é o mais visto na decoração dos quartos.


Os acabamentos dos mobiliários com as cores claras equilibram o visual do quarto. A cama em capitonê, os detalhes dourados e o lustre rebuscado se contrapõem com as tonalidades mais suaves, formando um equilíbrio perfeito.

Imagem 53 – Quarto de bebê com a delicadeza dos balões e do papel de parede.


As estampas podem ser inseridas na roupa de cama, tapetes e cortinas. O revestimento de papel de parede é um item comum nessa proposta de decoração.

Imagem 54 – O recamier é um item que complementa a cama.


Ele é posicionado na extremidade da cama e é utilizado para calçar os sapatos, apoiar roupas, além de servir de poltrona. Geralmente seu design deve acompanhar o estilo do quarto. Caso a proposta seja um quarto masculino, o interessante é utilizar as malas com estilo vintage.

Imagem 55 – Os acabamentos em gesso decoram as paredes.


Geralmente o trabalho do gesso contorna as bordas do quarto formando uma moldura no teto e as paredes recebem os famosos boiseries, levando todo o charme para a cabeceira.

Imagem 56 – A cama com dossel leva todo o aconchego para o casal


Observe também os famosos espelhos redondos fixados na parede.

Imagem 57 – Esta cama tem sua estrutura estampada

Banheiros

Imagem 58 – A maioria dos banheiros tradicionais possuem piso em madeira.


Apenas o box é revestido pelo piso frio para evitar infiltração.

Imagem 59 – As cores neutras são as preferidas para decorar os banheiros.

Imagem 60 – A banheira é uma peça fundamental!


Algumas casas maiores e novas possuem box de vidro no banheiro separado da banheira.

Imagem 61 – Mobiliários com um design mais rústico são comuns nos banheiros.

Imagem 62 – Banheiro amplo e arejado.

Imagem 63 – A marcenaria é marcante com proposta semelhante a da cozinha.

Imagem 64 – Muitos banheiros tem pias individuais.

Imagem 65 – Banheira com chuveiro.


Como não pode faltar uma banheira, esse banheiro utilizou o mesmo espaço para inserir o chuveiro. Você pode colocar cortinas ou portas de vidro para dividir esse espaço de banho.