Cobogós: 60 ideias para inserir elementos vazados na decoração

Saiba como usar e inserir cobogós na decoração da sua casa com dicas práticas e exemplos

Por -

Mais do que um tipo de divisória de ambientes, os cobogós são elementos juntam funcionalidade, novas formas de olhar para um ambiente e estilo de uma forma única na construção e decoração de uma casa.
Mas você sabia que eles são 100% brasileiros e têm influência árabe? Esses bloquinhos que se tornaram icônicos nas casa antigas dão um tom super diferente para qualquer tipo de ambiente. É por isso que hoje o protagonista do nosso post é ele: esse bloco tão versátil e cheio de estilo!

Aqui você vai saber de onde veio, quais as funções e os diferenciais do cobogó, além de dicas para utilizar na sua decoração e uma galeria repleta de projetos que com certeza vão te inspirar! Vamos lá!

CO-BO-GÓ

O cobogó é um elemento construtivo tipicamente brasileiro, inspirado nas tramas de madeira vazada comuns da arquitetura árabe, que foi desenvolvido no nordeste na década de 1920, mas ganhou mais destaque nos outros cantos do país a partir de 1950, com o seu grande uso nos projetos dos arquitetos modernistas. O seu nome foi constituído pelas primeiras sílabas do sobrenome dos seus inventores: Amadeu Oliveira Coimbra, Ernest August Boeckmann e Antônio de Góis.

Os cobogós são encontrados em diversos materiais, sendo os mais comuns de cimento (material em que foram criados), vidro e cerâmica. A paleta de cores deles está ficando cada vez mais diversa e os acabamentos podem ser fosco ou esmaltado. Há opções para todos os estilos!

Como e porque utilizar elementos vazados na decoração?

Projeto com cobogós

Mas porque esses bloquinhos foram tão amados pelos arquitetos? É porque o cobogó é uma boa forma de criar uma divisória que “vaze” luz e ventilação pelos ambientes que ele corta, sendo utilizados principalmente como um recurso simples para resolver questões de cômodos que não possuem janelas.

Apesar deste ser o principal diferencial do cobogó, ele também é muito querido por seu estilo que, ao mesmo tempo, promove a separação e a integração dos espaços, uma vez que podemos ver através da parede. Então, se você tem um ambiente muito amplo, por exemplo, como um apartamento com cozinha, sala de jantar e sala de estar conjugado, os cobogós e outros elementos vazados são boas formas de dividir esse ambiente sem causar uma ruptura tão grande na forma como enxergamos o espaço. Nesse mesmo sentido, o cobogó e as divisórias vazadas estão sendo bastante utilizadas para a delimitação de espaços e salas em ambientes de trabalho, como escritórios e restaurantes.

Outra forma criativa de usar uma parede vazada é na divisão entre ambiente interno e externo: para áreas como o jardim e piscina com sala de estar e cozinha (as áreas comuns da casa, em geral), a parede vazada aproxima os ambientes promovendo uma integração entre o interno e externo, com uma vista privilegiada e uma iluminação especial do sol.

A fachada da casa também um espaço ótimo para receber uma parede de cobogó, especialmente para as casas que recebem muito sol, a estrutura pode interceptar um pouco a recepção dos raios solares, criando um espaço mais fresco, especialmente para a construção de jardins com plantas mais sensíveis ao sol.

Nos muros das casas os cobogós são bastante utilizados, especialmente os mais altos. Eles costumam aparecer em faixas horizontais na parte superior para possibilitar a passagem de luz, suavizando a visualização do muro, uma vez que a estrutura monolítica dos muros podem dar uma aparência mais pesada e fria para a fachada da casa.

Apesar de todas as vantagens, a única ressalva do cobogó é que a parte vazada da estrutura pode juntar poeira e facilitar a entrada de mosquitos para o ambiente, precisando de um cuidado a mais na hora da limpeza.

Outras formas vazadas para a sua decoração

Além dos cobogós, existem outros elementos de divisão de ambientes vazados que podem ser utilizados na sua decoração de acordo com as suas preferências de tamanho, material, cor e, claro, preço.

Os painéis de parede geralmente são fixos e feitos com madeira e MDF estão super em alta para quem quer algo mais fino e delicado do que o cobogó, além dos inúmeros cortes que podem ser escolhidos de acordo com o estilo do cliente e as possibilidades das máquinas. As opções de tamanho variam de projeto para projeto, mas podem ir desde uma meia parede até a parede inteira.

Além das divisórias fixas, as móveis são bastante procuradas para quem está sempre mudando e transformando a decoração da casa. Simples e super versáteis, os biombos são bastante populares e vão para diversos estilos de decoração, desde os mais simples até os ornamentados. Eles são opções também viáveis, visto que os cobogós e os painéis de madeira costumam ser mais caros e trabalhosos de instalar.

Galeria: 60 Imagens de cobogós na decoração

Agora que você já sabe tudo sobre cobogós e elementos vazados na decoração, dá uma olhada na nossa galeria de imagens para ver as aplicações desses itens! Separamos 60 exemplos de projetos para te inspirar!

Imagem 1 – Cobogó com desenho tipo folha como um espaço de comunicação no meio da parede entre os cômodos.

Cobogó com desenho tipo folha

Imagem 2 – Cobogó em cerâmica preta esmaltada na cozinha combinando com a paleta de cores da decoração.

Cobogó em cerâmica preta

Imagem 3 – Cobogó como uma boa alternativa para abrir espaços que não tem janela para a entrada de luz natural que vem de outro ambiente.

Cobogó como uma alternativa para abrir espaços

Imagem 4 – Elemento vazado em madeira para a área externa: efeito rústico e texturizado.

Elemento vazado em madeira para área externa

Imagem 5 – Ideal para studios e lofts: divisão de espaços sem levantar paredes fechadas e com um visual super moderno.

Divisão moderna com cobogós

Imagem 6 – Cobogós como uma alternativa para separar o ambiente da cozinha sem isolá-la.

Cobogós como alternativa para separar a cozinha

Imagem 7 – Divisão vazada com um estilo mais contemporâneo e materiais diversos.

Divisão vazada com estilo contemporâneo

Imagem 8 – O clássico: cobogó de cerâmica pintado de branco para integrar ambientes com muita iluminação.

Cobogó de cerâmica pintado de branco

Imagem 9 – Uma cor a mais na decoração: escolha acabamentos e cores que chamem a sua atenção e funcionem bem na hora de escolher o modelo de cobogó.

Acabamentos e cores que chamam a sua atenção

Imagem 10 – Usar cobogós é uma ótima forma de integrar ambientes e criar uma textura diferente na sua parede.

Cobogós para separar ambientes da casa

Imagem 11 – Cobogó com vazado simples quadrado e na mesma cor da parede para seguir a unidade de sala.

Cobogó com vazado simples quadrado

Imagem 12 – Aproveite para colocar o cobogó em uma parede alinhada com a janela, para iluminar outros ambientes com a luz do sol.

Cobogó alinhado a jenal

Imagem 13 – Cobogós decorativos: placas de madeira com padrões vazados para dar um toque a mais na decoração do ambiente.

Cobogós decorativos

Imagem 14 – Cobogó em concreto para uma lavanderia ou área de serviço bem iluminada e aberta.

Cobogó em concreto para área de serviço

Imagem 15 – Miscelânea de cobogós: padrões diferentes no mesmo material e dimensões dão ao ambiente um ar mais descontraído.

Miscelânea de cobogós com padrões diferentes

Imagem 16 – Também para varandas e fachadas! Além do uso em ambientes internos, os cobogós ficam super estilosos quando utilizados na área externa.

Imagem 17 – Parede de cobogós como integração com outros ambientes para a sala da jantar.

Imagem 18 – Divisões de áreas e corredores: os cobogós fazem uma separação de ambientes mais suave, sem o peso de uma parede inteira de concreto.

Imagem 19 – Vista privilegiada para a sua árvore favorita: cobogós na parede externa para o jardim da casa.

Imagem 20 – Ambiente muito aberto? O jogo meio aberto-meio fechado do cobogó ajuda também a manter um ambiente mais privado.

Imagem 21 – Um elemento de design e arquitetura brasileira como divisória do escritório.

Imagem 22 – Ovais como passagens de ventilação para outros cômodos da casa.

Imagem 23 – Balcão cheio de design no projeto: meia parede de cobogós fechada com um tampo de madeira para você fazer suas refeições mais rápidas.

Imagem 24 – Cobogós no banheiro para ajudar a isolar o ambiente do vaso sanitário.

Imagem 25 – Mais iluminação natural, por favor! Os cobogós são os grandes aliados dos ambientes num estilo clean, por proporcionar iluminação natural e ventilação de uma forma mais fluida entre os cômodos.

Imagem 26 – Se inspire nos clássicos: cobogó de cerâmica com padrão estilo raios de sol para quem quer continuar na tradição

Imagem 27 – Outra miscelânea de cobogós para quem é mais ousado no design de interiores.

Imagem 28 – Parede de cobogós com diversos padrões em outra divisão de ambientes contemporânea.

Imagem 29 – Cobogó como uma textura diferente: mesmo para quem não está interessado na iluminação e ventilação entre os cômodos, o cobogó é um ótimo elemento para preencher a parede de forma diferente.

Imagem 30 – Cobogó e porta de vidro: uma combinação ótima para isolar cômodos mantendo o visual.

Imagem 31 – Arco entre cômodos muito grande? Estreite a passagem sem interferir na iluminação e no estilo com cobogós.

Imagem 32 – Cobogós também para dar uma cara nova para os nichos de parede.

Imagem 33 – Você não precisa fazer uma parede inteira se não quiser: aposte na versatilidade desses blocos para criar uma divisão que se adeque ao seu gosto e estrutura da sua casa.

Imagem 34 – Inspiração direta em outros materiais: painel vazado de MDF que imita um padrão clássico cos cobogós.

Imagem 35 – Acabamento diferente e no estilo que você quiser: rodapé e rodateto de madeira para enquadrar a sua divisória de bloco cobogós.

Imagem 36 – Meia parede de cobogós para separar a cozinha da sala de jantar e tornar as refeições mais íntimas.

Imagem 37 – Uma opção para os muros: cobogó de concreto que separa a casa da rua sem cortar a luz para as plantas.

Imagem 38 – Torne mais fluida a separação entre os ambiente com esses blocos vazados e cheios de estilo.

Imagem 39 – Um ambiente não tão separado assim: estrutura vazada em metal entre a área do quarto e do closet.

Imagem 40 – Especialmente para ambientes coletivos, os cobogós promove integração sem tirar a privacidade dos ambientes.

Imagem 41 – O mais legal de decorar com elementos vazados, como o cobogó é escolher os padrões e os seus efeitos na parede.

Imagem 42 – Cobogós podem ser utilizados também como uma forma de bloquear passagens.

Imagem 43 – Outra forma de usar na passagem para a área externa: vista de dentro da casa para a piscina ou jardim numa grande parede vazada.

Imagem 44 – Para dar ainda mais destaque para sua parede de cobogós, vale escolher cores vibrantes e chamativas.

Imagem 45 – Ou até mesmo cores mais claras, de acordo com a sua paleta de decoração do ambiente.

Imagem 46 – Para casas e apartamentos de ambientes conjugados, os cobogós são uma ótima ajuda para criar uma separação mais sutil e sem tirar a ideia de integração das áreas comuns.

Cobogós para separação de ambientes

Imagem 47 – Duas separações diferentes para usar em casa: parede de cobogós e estrutura em metal com nichos e vasos.

Imagem 48 – Para criar um ambiente a mais: um cantinho de leitura separado do quarto por parede de cobogós

Cantinho da leitura separado por cobogós

Imagem 49 – Uma parede de escritório mais interessante: use o cobogó para uma parede com desenho e efeito diferente do usual.

Cobogó para parede com desenho

Imagem 50 – Outra parede de cobogós criada para estreitar passagens.

Parede de cobogós para estreitar passagens

Imagem 51 – Faixa de cobogós na divisória de MDF entre as salas para integrar a iluminação artificial do espaço.

Faixa de cobogó na parede

Imagem 52 – Escritório de um lado e sala de reuniões do outro: divisória fixa de cobogós que ditam a decoração da sala.

Divisória fixa de cobogós para escritório corporativo

Imagem 53 – Perfeito para corredores escuros: distribua a iluminação de ambientes mais abertos para locais com menos foco de luz através de uma parede vazada.

Decoração com elementos vazados

Imagem 54 – Para criar um ambiente um pouco mais intimista num apartamento conjugado.

Apartamento conjugado com ambiente intimista separado por cobogós

Imagem 55 – Quebre a monotonia das paredes inteiras na decoração com faixas de cobogós, que podem se instalar de maneira uniforme pelo ambiente.

Cobogó branco na parede

Imagem 56 – Explore as cores disponíveis de cobogós para adequá-los à sua decoração.

Cobogós na sala

Imagem 57 – Painel romântico: corações vazados numa estrutura de MDF.

Corações vazados em estrutura de MDF

Imagem 58 – Outra forma de isolar a área do vaso sanitário em banheiros.

Cobogó amarelo no banheiro

Imagem 59 – Decoração simples? Chame a atenção de todo mundo com seus cobogós coloridos!

Cobogós coloridos para uma decoração simples

Imagem 60 – Além dos coloridos e esmaltados, os cobogós estão disponíveis em acabamentos foscos para quem quer um ar mais sério e menos chamativo para o ambiente.

Cobogó com acabamento fosco separando a cozinha e a sala