Como rebocar parede: materiais necessários, dicas e como fazer passo a passo

Por - Atualizado em:

Um novo ano começa, e com ele você decide colocar em prática novos planos, realizar aquelas tarefas que você havia adiado e fazer uma reforma naquela parede velha da sua casa ou concertar irregularidades naquela parede do lado de fora da usa casa. E agora? Por onde começar e como rebocar parede?

Antes de mais nada, você deve se atentar a alguns fatores e se informar sobre alguns métodos, para que a reforma fique exatamente do jeito que você queria. Então, se está com dúvida e quer aprender a maneira correta e quais materiais utilizar para o reboco de uma parede, continue lendo esse artigo.

O que significa rebocar uma parede?

Muitas pessoas já ouviram falar desse termo, que já virou parte do cotidiano de quem trabalha com obras, mas será que você sabe o que é um reboco de parede?  O reboco de parede é uma camada fina de argamassa que tem a finalidade de preparar a parede para receber a pintura ou outro revestimento, deixando-a lisa e plana.

É necessário muito cuidado com a qualidade do material e a quantidade utilizada, visto que um manuseio inadequado dos mesmos pode resultar em rachaduras nas paredes, infiltrações e imperfeições estéticas. Sabendo disso, também há outras duas etapas para que se chegue ao reboco e que ainda são pouco conhecidas para os que nunca realizaram tal tarefa. São elas: o chapisco e o emboço.

Chapisco

O chapisco é a primeira etapa de como rebocar parede. Consiste na primeira camada de argamassa aplicada diretamente na alvenaria, com o objetivo de proporcionar aderência entre ela e o revestimento. Tem superfície áspera para a facilitar a penetração da próxima camada e geralmente tem espessura de 5 a 7 mm. É feita com cimento, areia grossa e água, para a aplicação é usada uma colher de pedreiro ou um equipamento específico para isso.

Emboço

O emboço é a segunda camada do reboco e vem após a aplicação do chapisco, podendo ser colocada 24 horas depois da mesma. Ele regula a estrutura da superfície e a prepara para que em seguida ela receba o reboco ou o assentamento de peças de cerâmica (para isso não é necessário o reboco). Após sua aplicação a parede deve ser alisada.

Como rebocar parede: materiais necessários

Entendido o processo inicial de como rebocar parede, é hora de começar a preparar os materiais para realizar a reforma. Você sabe qual material deve utilizar, se é melhor argamassa ou gesso?

Por mais que a argamassa seja o material mais comum para fazer o reboco e o mais utilizado pelos técnicos em obras, há também a opção de rebocar a parede com gesso, tendo os dois os seus prós e contras, então para não ficar em dúvida, vamos analisá-los logo abaixo.

Argamassa

Se você optou por utilizar esse tipo de reboco, é necessário passar pelas duas primeiras etapas mencionadas anteriormente: o chapisco e o emboço. Os principais pontos positivos se dão por ser bastante resistente e ter maior durabilidade, suportando a ação da água e protegendo contra infiltrações, ideais para paredes externas que entram em contato frequente com chuvas e lugares úmidos da casa e que podem vir a dar mofos, como na cozinha ou banheiro.

O reboco com esse material cria uma acústica melhor que o com gesso, ameniza temperatura de ambientes internos e é facilmente furado para instalações de móveis ou decorações, permitindo também um tipo mais variado de acabamentos.

Porém, como tudo no mundo, ela apresenta pontos negativos, como o custo final acabar por ser muito caro, por precisar da aplicação de três camadas, o que demanda mais tempo e envolve mais materiais. Além disso, se não realizado corretamente, pode-se haver o aparecimento de rachaduras na parede.

Gesso

Rebocar a parede com gesso, diferentemente da argamassa, não necessita da aplicação de duas camadas anteriores (chapisco e emboço), podendo ser colocado diretamente na alvenaria. Seus pontos positivos são o seu baixo custo, justamente por não ter tanto consumo de material e levar menos tempo para ser feita, sendo a mais fácil e prática.

Além disso, o gesso confere um bom acabamento na parede, fato que muitos acreditam não ocorrer no reboco com a argamassa, cobrindo-a completamente e a deixando sem irregularidades. Já seus pontos negativos são sua menor resistência a água e outros fatores externos, visto que é feita apenas de gesso e água, correndo o risco de futuras fissuras na parede.

Há necessidade de manutenção regular e certa limitação sobre onde deve ser aplicada, não podendo ser em lugares úmidos ou com goteiras frequentes. Também há a sua espessura, que é muito fina (5mm), o que pode prejudicar na acústica do local. Por isso, para que não haja esse problema, é necessário fazer camadas mais grossas e um ótimo planejamento.

Outra precaução ao usar esse material é quanto a objetos metálicos próximos ao gesso, pois podem ficar enferrujados e até prejudicar a pintura.

Como rebocar parede na prática?

Decidido o material que utilizar, você agora terá de decidir: irá comprá-lo ou fazer você mesmo? No caso da primeira opção passe para o próximo tópico, mas se quer aprender a como preparar o reboco, leia os tutoriais abaixo.

Como fazer argamassa

Como fazer argamassa

Para fazer o reboco em uma parede localizada no interior da construção, você deverá seguir a medida 3+3+1, como no exemplo abaixo:

  • 3 baldes de areia;
  • 2 baldes de cal;
  • 1 balde de cimento e aditivo;
  • Água.

Já para o reboco de uma parede externa, na parte de fora da casa, deve-se utilizar a medida 2+2+1, como no exemplo abaixo:

  • 2 baldes de areia;
  • 2 baldes de cal;
  • 1 balde de cimento e aditivo;
  • Água.

O modo de fazer é simples, basta misturar os ingredientes e mexer com uma pá para movimentar a massa até ficar com uma consistência de farofa. Após misturar bem, é só adicionar água aos poucos até formar uma massa homogênea e está pronta para fazer o reboco.

Como fazer gesso

Como fazer gesso

O gesso é bem simples de ser feito, bastando apenas misturar o gesso a água, mais ou menos na mesma quantidade cada um. Como os sacos de gesso geralmente são vendidos com 40 kg, serão cerca de 36 litros de água a serem adicionados.

Sempre coloque a água primeiro no recipiente, depois adicione o gesso aos poucos, até cobrir toda a água e deixar uma coloração bem compacta. Deixe descansar de 5 a 10 minutos e depois comece a mexer a massa, começando dos cantos da bacia e apenas a parte que for utilizar, pois o gesso seca rápido e ao mexer tudo de uma vez, sua qualidade pode ser prejudicada.

Como rebocar parede com argamassa

Agora chegou a hora de realmente botar a mão na massa e fazer o reboco da parede. O primeiro passo é determinar quais paredes você deseja reformar e calcular a quantidade de argamassa ou gesso que irá utilizar. Feito isso, para o reboco com a argamassa, você deve aplicar as duas camadas de revestimento anteriores ao reboco.

Após isso, é hora de verificar o estado da superfície, se está lisa ou irregular para então colocar a massa na parede na quantidade aproximada que precisará para cobri-la. Quando a parede não está com o nível regular, é necessário “taliscar”, ou seja, colocar taliscas na alvenaria para delimitar a espessura que deverá ser o reboco da parede. Se a parede estiver muito torta e com buracos muito fundos, você precisará passar duas mãos da massa, com o intervalo de mais ou menos 24 horas entre elas.

Feita a primeira parte, com a ajuda de uma régua de construção, retire as sobras da massa, buscando deixar a parede lisa e regular, com o mesmo nível em todos os pontos. Concluída essa etapa, pegue uma desempenadeira e passe sobre a massa já sem o excesso e para dar o acabamento, use uma espuma própria para isso e passe na extensão da parede.

Como rebocar parede com gesso

Rebocar a parede com gesso é um processo ainda mais simples. Após fazer o preparo do gesso e efetuar a aplicação nas paredes desejadas, passe-o na desempenadeira sobre a superfície da parede, alisando-a no processo. Como o gesso é um material que seca muito rápido, você não poderá demorar muito para fazer os ajustes na parede, ou ele secará de uma forma irregular e disforme.

Cuidados finais após aprender como rebocar parede

Como dito anteriormente, as paredes externas da casa, que estão expostas ao ar livre, têm maior contato com chuvas e a umidade vinda do telhado da casa. Logo, neste caso, a melhor opção é revestir a parede com argamassa, que é mais resistente. Contudo, para um cuidado ainda maior é possível impermeabilizar após cumprir o passo a passo de como rebocar parede.

Antes de aplicar o impermeabilizante, vendido em qualquer loja de construção, você deve lixar toda a superfície da parede para que ela esteja lisa para receber o produto. Com a ajuda de uma espátula de aço, retire as partes soltas e rachadas da parede, lixe-a e retire o pó resultante dessa ação, agora é só aplicar o impermeabilizante conforme instruído na embalagem.

E pronto! Agora você sabe como rebocar parede que precisava de uma reforma. Gostou do conteúdo Deixe um comentário com suas dúvidas e sugestões abaixo.