Descarte de óleo de cozinha: veja como fazer e como reaproveitar

Por - Atualizado em: Tags:

O que você faz com o óleo de cozinha usado? Opção 1: joga no ralo da pia. Opção 2: realiza a coleta e o destina aos pontos de arrecadação. 

Se você escolheu a opção 2, parabéns! É esse mesmo o caminho. Mas se a sua opção ainda é a número 1, então vamos conversar um pouco e entender porque é tão importante fazer o descarte correto do óleo de cozinha.

Porque é importe descartar ou reaproveitar o óleo de cozinha usado?

Protege o meio ambiente

A proteção do meio ambiente é o primeiro e mais importante motivo para você começar a reaproveitar ou descartar corretamente o óleo de cozinha.

E sabe por quê? O óleo de cozinha é extremamente poluente, capaz de contaminar o solo, a água, as plantas e os animais. 

Na água, o óleo cria uma barreira que impede a passagem da luz e do oxigênio, comprometendo toda a vida aquática, incluindo plantas, peixes e microorganismos. Em maior escala, o óleo pode chegar aos lençóis freáticos contaminando as reservas naturais de água potável.

No solo, o óleo de cozinha impede a penetração da água da chuva o que, consequentemente, pode resultar em alagamentos e enchentes. 

Já quando o óleo de cozinha vai parar nos lixões e aterros sanitários, ele dificulta o processo de decomposição do lixo e contribui para o aumento do gás metano, uma substância tóxica e que está diretamente relacionada com os efeitos do aquecimento global.

Reduz os custos com tratamento de água

No Brasil, a resolução de Nº 430 do Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA) prevê que o limite máximo de óleo de cozinha nas águas deve ser de 50 mg/L.  Mais do que isso, o nível de poluição cresce absurdamente, podendo atingir mais de 25 mil litros de água. 

E qual o problema disso? O tratamento da água se torna mais caro e quem paga a conta no final é você. Outro problema é que a presença do óleo na água prejudica a rede de abastecimento e as estações de tratamento, fazendo com que as manutenções sejam mais frequentes, assim como a substituição de peças e equipamentos, tornando o processo ainda mais custoso para toda a sociedade.

Com a destinação correta, os custos com tratamento de água e esgoto diminuem, beneficiando toda a população.

Economia doméstica

Pouco a pouco, todo o óleo que é jogado ralo abaixo acaba entupindo os canos e prejudicando a rede de água e esgoto doméstica. 

Resultado: você vai precisar desembolsar uma grana para fazer todos os reparos necessários, sem contar todo o transtorno que uma obra desse tipo pode trazer para sua vida e a vida da sua família. 

Como reaproveitar o óleo de cozinha

Como reaproveitar o óleo de cozinha

Agora que você já tem motivos de sobra para não jogar o óleo de cozinha na pia, veja as dicas para te ajudar a reaproveitar esse óleo da melhor maneira possível.

Guarde para novas frituras

Você não precisa descartar o óleo de cozinha após a primeira fritura. É seguro e confiável reutilizá-lo por pelo menos mais duas ou três frituras, especialmente no caso daqueles alimentos que não deixam resíduos no óleo, como é o caso das batatas, por exemplo.

Para fazer esse reaproveitamento é bem simples. Lave uma garrafa pet de dois litros e espere ela secar por completo. Em seguida, com a ajuda de um funil, despeje todo o óleo lá dentro. Caso note pequenas partículas no óleo, use uma peneira para filtrar. 

Depois é só ir reutilizando esse óleo conforme a sua necessidade. 

Faça sabão

Outra maneira clássica de reutilizar o óleo de cozinha usado é fazendo sabão em barra. 

Se for preparado da maneira certa, ele não possui odor e o poder de limpeza é muito bom. 

Para fazer sabão com óleo de cozinha usado você pode usar qualquer tipo de óleo, apenas tenha o cuidado de passá-lo por uma peneira para eliminar os resíduos. 

Confira a seguir um vídeo tutorial explicando como fazer sabão com óleo de cozinha usado. O processo é bem simples, veja só:

Faça velas

Você sabia que também é possível reaproveitar o óleo de cozinha usado para fazer velas? Pois é isso mesmo!

O processo também é simples, mas exige cuidados, assim como o sabão, já que é necessário manipular substâncias que podem causar acidentes. 

Veja como fazer velas com óleo usado no vídeo a seguir:

Coleta de óleo de cozinha: como e onde fazer

Descarte de óleo de cozinha 2

Mas se por um motivo ou outro você não puder reaproveitar o óleo de cozinha usado, então o jeito é fazer o descarte correto da substância. 

Para isso, você vai precisar de uma garrafa pet limpa e seca para armazenar o óleo usado. 

Lembre-se de coar para eliminar os resíduos. Quando a garrafa estiver cheia, procure um ponto de coleta perto da sua casa. 

Hoje em dia até igrejas, escolas e postos de saúde recebem doações de óleo que, posteriormente são encaminhadas para instituições ou empresas que fazem a reciclagem. Outra forma de fazer o descarte é levando o óleo a uma ONG de coletores.

Para onde vai todo esse óleo?

O óleo de cozinha usado é aproveitado de inúmeras formas. Ele pode virar sabão ou vela em projetos sociais, onde a renda arrecada é revertida em prol de campanhas solidárias. 

Mas não só isso. O óleo usado vale dinheiro para as indústrias, já que ele é matéria prima para fabricação de diferentes produtos, desde detergentes até ração animal, passando por biodiesel, massa de vidraceiro, resina e glicerina.

Essa reutilização do óleo de cozinha é duplamente valiosa para o meio ambiente. Primeiro, porque elimina a contaminação e poluição da água e do solo. Segundo motivo, porque o reaproveitamento reduz a necessidade da extração e produção de novas matérias primas, contribuindo para a preservação dos recursos naturais.

Bora então reciclar esse óleo usado aí da sua casa?