Jardim residencial: tipos, como fazer e decorar com 60 ideias incríveis

Por -

“Não corra atrás das borboletas: plante uma flor em seu jardim e todas as borboletas virão até você.” Só quem tem um jardim residencial sabe a beleza e a veracidade dessa frase atribuída ao soldado norte americano D. Elhers.

Um jardim residencial é um refúgio para a mente, o corpo e o coração. Um lugar para respirar aliviado e sentir a presença colorida e alegre da natureza.

Só para você ter uma ideia de como um jardim pode te fazer bem, o American Journal of Epidemiology publicou recentemente o estudo de um médico epidemiologista chamado Carl Caspersen. Nesse estudo, Caspersen comprovou que 3h30 minutos por semana dedicadas a jardinagem impacta significativamente no tratamento de doenças coronárias, diabetes, obesidade e osteoporose. Acredita?

A jardinagem ainda reduz sintomas associados ao estresse, a ansiedade e a depressão. Pois é, esse simples hábito de revirar a terra e mexer nas plantas pode mudar radicalmente nosso comportamento e estilo de vida.

Diante dessas constatações, nos te perguntamos, está esperando o quê para ter um jardim residencial?

Esse post aqui tem todas as dicas e informações que você precisa para colocar hoje mesmo as mãos na terra, vem com a gente?

Tipos de jardim residencial

Em primeiro lugar é importante que você conheça os diferentes tipos de jardim que você pode levar para sua casa. Por isso, selecionamos abaixo os modelos mais comuns e fáceis de fazer, olha só: 

Jardim residencial pequeno

O jardim residencial pequeno é aquele indicado para quem tem poucos metros quadrados no quintal, mas mesmo assim não abre mão de ter um cantinho verde em casa. Apesar do tamanho reduzido, esse tipo de jardim consegue fazer a diferença no visual da casa, ainda mais quando ele está na fachada. Os jardins pequenos podem ser construídos também na lateral da casa ou de modo vertical.

Jardim residencial simples

Um jardim residencial simples pode ser grande ou pequeno, a noção de simplicidade aqui vem pela ausência de adereços ou objetos decorativos em excesso. Nesse caso, o que mais se destaca são as espécies de plantas utilizadas no projeto.

Jardim residencial moderno

Um jardim residencial moderno se caracteriza, sobretudo, pela funcionalidade acima da estética. Ou seja, nesse tipo de jardim a utilização do espaço é prioridade. Por isso, é muito comum ver em jardins modernos a utilização de amplas áreas gramadas, onde as pessoas podem relaxar e as crianças brincar. O jardim moderno também costuma apresentar áreas de convivência social, com móveis do tipo sofá, espreguiçadeira e mesa. Também é muito comum incorporar ao jardim moderno espaços gourmet com churrasqueira, forno e fogão a lenha. 

Jardim residencial rústico

No jardim residencial rústico os elementos naturais se tornam ainda mais presentes. Nesse modelo de jardim é comum ver móveis em madeira bruta, pedras, fontes de água e peças de cerâmica e fibra natural.

Jardim residencial com flores

Já um jardim residencial com flores é a melhor opção para quem deseja criar um espaço romântico, aconchegante e com toque provençal. Mas atenção: caso decida por um jardim com flores saiba que você corre um risco eminente de ser visitado diariamente por pássaros e borboletas de todos os tipos e cores.

Jardim residencial japonês

O jardim residencial japonês também é conhecido como jardim residencial zen. A principal característica desse tipo de jardim são as fontes de água, estátuas de pedra e espécies como bambu, pinheiro e azaleias. Um modelo de jardim perfeito para quem busca o máximo de relaxamento em meio a natureza.

Jardim residencial tropical

Outro tipo de jardim que faz muito sucesso é o tropical. Nesse modelo de jardim são comuns espécies como bananeiras de jardim, estrelícias, samambaias, palmeiras e até espécies frutíferas. Uma ótima sugestão de jardim para quem tem piscina ou área gourmet anexada ao espaço.

Como fazer um jardim residencial

Planeje

O primeiro passo para começar a criar o seu jardim residencial chama-se planejamento. Defina o uso que será feito do espaço (recreativo, gourmet, contemplação, relaxamento, paisagístico) e a partir daí comece a colocar no papel, literalmente, como será esse espaço. Lembrando de ter em mãos as medidas exatas do local, uma vez que elas vão impactar diretamente no seu planejamento.

Escolha as espécies

Comece agora a definir as espécies de plantas que irão ocupar o seu jardim. Uma dica é já ter em mente o estilo paisagístico desejado (rústico, tropical, com flores, etc). E outro detalhe muito importante: observe a área onde o jardim será feito. Repare se o local recebe sol o dia todo ou é completamente sombreado. Verifique ainda a intensidade do vento e das chuvas recebidas na área. Tudo isso interfere na escolha das espécies para o jardim residencial.

Plante a grama

Independente do tipo de jardim, uma coisa é fato: ele terá grama. Mas aí vem a dúvida: qual tipo de grama usar no jardim residencial? Existem diversas espécies diferentes de gramas e cada uma delas se adapta melhor a um tipo de terreno, tamanho e condições de sol e chuva. A grama batatais, por exemplo, é uma das melhores opções para jardins com alto fluxo de pessoas e animais, já que ela é muito resistente. A grama bermuda, por sua vez, é ideal para quem deseja um jardim com cara de campo de futebol. Ela é muito macia e se regenera rapidamente.

Para um jardim contemplativo, a grama japonesa é uma ótima opção. Existe ainda a grama esmeralda, uma das mais utilizadas no Brasil, mas ela precisa de sol abundante para se desenvolver adequadamente.

Cuide

Depois de escolhida as espécies e o tipo de grama para o jardim residencial você vai precisar parar e pensar na manutenção do jardim. Sim, todo jardim precisa de cuidados para se manter bonito. Por isso, a dica aqui é escolher espécies de acordo com a dedicação que você pode oferecer. Se você não tem muito tempo disponível, opte por plantas que exijam menos atenção.

Outra dica é montar um calendário de cuidados, anotando as datas de podas, adubação e regas. Algumas espécies precisam de mais água do que outras, assim como a quantidade e frequência de adubos. Por isso, manter tudo anotadinho pode ser um grande truque para ajudar a manter o seu jardim sempre bonito e saudável.

Como decorar um jardim residencial

Agora vem o plus do jardim residencial: a decoração. E dessa parte todo mundo gosta. Por isso confira algumas dicas que separamos para você deixar o seu jardim ainda mais bonito: 

Vasos

Algumas espécies de plantas podem ser colocadas em vasos tanto para criar um movimento e um dinamismo maior ao paisagismo, quanto para valorizar a decoração do jardim. Mas lembre-se sempre de escolher um vaso de acordo com o tamanho e o tipo de planta e também com o estilo decorativo do seu jardim.

Iluminação

Um jardim iluminado, sem dúvidas, é muito mais bonito. Para conseguir esse efeito aposte em pequenos postes de luz, varais de lâmpadas, lanternas chinesas e fitas de led pelo chão demarcando o caminho. Você vai ter um jardim para curtir de dia e de noite.

Água

Traga movimento e ritmo ao seu jardim com fontes de água e / ou um mini lago. Ambas as opções podem ser feitas por você mesmo a partir de tutoriais disponíveis na internet. Dependendo do espaço disponível dá até para criar pequenos peixes e plantas aquáticas.

Móveis

Para quem deseja investir em um jardim moderno, os móveis para jardim são fundamentais. Sofás, poltronas, mesinhas, espreguiçadeiras, bancos e balanços são apenas algumas das opções de móveis para esse espaço. Contudo, prefira sempre móveis próprios para áreas externas, capazes de suportar dias de sol e chuva.

Pedras

Outra forma linda de decorar o seu jardim é com pedras. Faça caminhos, canteiros e totens com pedras de diferentes tamanhos e estilos.

Confira 60 incríveis ideias para decorar um jardim residencial

Veja agora 60 lindas ideias de jardins residenciais decorados para você se inspirar:

Imagem 1 – Jardim residencial moderno com área gourmet.

Jardim residencial moderno com área gourmet

Imagem 2 – Jardim residencial grande com piscina. Feito para relaxar.

Jardim residencial grande com piscina. Feito para relaxar

Imagem 3 – Apartamento também pode ter jardim!

Apartamento também pode ter jardim!

Imagem 4 – Jardim em vasos: solução para espaços pequenos.

Jardim em vasos: solução para espaços pequenos

Imagem 5 – Jardim tropical e rústico na entrada da casa.

Jardim tropical e rústico na entrada da casa

Imagem 6 – Escolha um ponto focal para o seu jardim. Aqui, é a árvore que chama toda atenção.

Escolha um ponto focal para o seu jardim. Aqui, é a árvore que chama toda atenção

Imagem 7 – Jardim residencial gourmet para curtir bons momentos em família.

Jardim residencial gourmet para curtir bons momentos em família

Imagem 8 – Jardim residencial com flores para adornar a fachada da casa clássica.

Jardim residencial com flores para adornar a fachada da casa clássica

Imagem 9 – Jardim residencial simples criado na lateral do corredor externo.

Jardim residencial simples criado na lateral do corredor externo

Imagem 10 – Aqui, o jardim é um canteiro!

Aqui, o jardim é um canteiro!

Imagem 11 – Jardim residencial com mini lago: projeto completo.

Jardim residencial com mini lago: projeto completo

Imagem 12 – Ter um jardim em casa purifica e refresca o ar.

Ter um jardim em casa purifica e refresca o ar

Imagem 13 – Um jardim para relaxar no final do dia.

Um jardim para relaxar no final do dia

Imagem 14 – Um jardim na casa ou uma casa no jardim?

Um jardim na casa ou uma casa no jardim?

Imagem 15 – Jardim residencial simples acompanhando a entrada da casa.

Jardim residencial simples acompanhando a entrada da casa

Imagem 16 – Jardim residencial com grama: perfeito para quem tem crianças e pets em casa.

Jardim residencial com grama: perfeito para quem tem crianças e pets em casa

Imagem 17 – Para o jardim ensolarado, a opção foi usar espécies de clima árido.

Para o jardim ensolarado, a opção foi usar espécies de clima árido

Imagem 18 – Antes de fazer o jardim residencial, analise como você pode se dedicar a ele.

Imagem 19 – Jardim residencial interno ou, se preferir, jardim de inverno.

Jardim residencial interno ou, se preferir, jardim de inverno

Imagem 20 – Pouco espaço? Faça o jardim na parede.

Pouco espaço? Faça o jardim na parede

Imagem 21 – Algumas espécies podem ser usadas como cerca viva no jardim.

Algumas espécies podem ser usadas como cerca viva no jardim

Imagem 22 – Um jardim deixa qualquer casa mais aconchegante e acolhedora.

Um jardim deixa qualquer casa mais aconchegante e acolhedora

Imagem 23 – Móveis para o jardim: o ponto alto para quem busca conforto e descanso.

Móveis para o jardim: o ponto alto para quem busca conforto e descanso

Imagem 24 – Jardim residencial com pergolado: sombra e frescor.

Imagem 25 – Jardim residencial funcional e estético ao mesmo tempo.

Jardim residencial funcional e estético ao mesmo tempo

Imagem 26 – Jardim residencial com cactos, suculentas e areia. Destaque para a fonte de água.

Jardim residencial com cactos, suculentas e areia. Destaque para a fonte de água

Imagem 27 – Uma árvore frondosa para abraçar o jardim.

Uma árvore frondosa para abraçar o jardim

Imagem 28 – Jardim residencial pequeno, mas indispensável!

Jardim residencial pequeno, mas indispensável!

Imagem 29 – E que tal um jardim residencial apenas nas laterais da casa cercado por um mini lago?

E que tal um jardim residencial apenas nas laterais da casa cercado por um mini lago?

Imagem 30 – Garagem e jardim convivendo em perfeita harmonia.

Imagem 31 – Jardim residencial moderno com espécies rasteiras.

Jardim residencial moderno com espécies rasteiras

Imagem 32 – Um caminho de pedras para deixar o jardim mais receptivo.

Um caminho de pedras para deixar o jardim mais receptivo

Imagem 33 – Jardim residencial pequeno feito em vasos e pequenos canteiros.

Jardim residencial pequeno feito em vasos e pequenos canteiros

Imagem 34 – Jardim residencial com espaço gourmet e área de contemplação.

Jardim residencial com espaço gourmet e área de contemplação

Imagem 35 – Jardim de águas: piscina e mini lago.

Jardim de águas: piscina e mini lago

Imagem 36 – Jardim na entrada da casa. Crie caminhos entre as plantas.

Jardim na entrada da casa. Crie caminhos entre as plantas

Imagem 37 – Pergolado e pedras brancas se destacam nesse projeto de jardim residencial moderno.

Pergolado e pedras brancas se destacam nesse projeto de jardim residencial moderno

Imagem 38 – Mini jardim residencial na beira da piscina.

Mini jardim residencial na beira da piscina

Imagem 39 – Para áreas pequenas, prefira gramas de baixa manutenção.

Para áreas pequenas, prefira gramas de baixa manutenção

Imagem 40 – Mas e se ao invés de grama você optar por pedras?

Mas e se ao invés de grama você optar por pedras?

Imagem 41 – Buchinha e grama preta formam esse projeto de mini jardim.

Buchinha e grama preta formam esse projeto de mini jardim

Imagem 42 – Para os fãs de jardim vertical!

Para os fãs de jardim vertical!

Imagem 43 – Flores para colorir, perfumar e alegrar o dia!

Flores para colorir, perfumar e alegrar o dia!

Imagem 44 – Jardim de suculentas: fácil manutenção.

Jardim de suculentas: fácil manutenção

Imagem 45 – Móveis confortáveis e uma iluminação suave.

Móveis confortáveis e uma iluminação suave

Imagem 46 – Que tal um jardim tropical naquele corredor externo da casa?

Que tal um jardim tropical naquele corredor externo da casa?

Imagem 47 – Treliças metálicas garantem a sustentação desse jardim vertical externo.

Treliças metálicas garantem a sustentação desse jardim vertical externo

Imagem 48 – Jardim subindo pelas paredes.

Jardim subindo pelas paredes

Imagem 49 – Por que não uma horta?

Por que não uma horta?

Imagem 50 – Pouco espaço ou pouco tempo? Sem problemas! Faça o jardim em um canteiro e escolha espécies de fácil manutenção.

Imagem 51 – Jardim vertical percorrendo a lateral externa da casa.

Jardim vertical percorrendo a lateral externa da casa

Imagem 52 – O tom azul da parede criou o pano de fundo perfeito para esse jardim residencial.

O tom azul da parede criou o pano de fundo perfeito para esse jardim residencial

Imagem 53 – Escolha móveis próprios para jardim, com estofamento impermeável e material de boa qualidade.

Escolha móveis próprios para jardim, com estofamento impermeável e material de boa qualidade

Imagem 54 – Mais que um jardim, um espaço de conexão consigo mesmo.

Mais que um jardim, um espaço de conexão consigo mesmo

Imagem 55 – Jardim de pedras para quem não tem tempo de aparar a grama.

Jardim de pedras para quem não tem tempo de aparar a grama

Imagem 56 – Já por aqui, a grama toma conta de toda a área externa.

Já por aqui, a grama toma conta de toda a área externa

Imagem 57 – Jardim residencial pequeno emoldurado pelo mini lago iluminado.

Jardim residencial pequeno emoldurado pelo mini lago iluminado

Imagem 58 – A combinação mais linda entre flores e espécies tropicais.

A combinação mais linda entre flores e espécies tropicais

Imagem 59 – Pergolado para contemplar o jardim tropical.

Pergolado para contemplar o jardim tropical

Imagem 60 – O lago é o grande destaque desse jardim moderno.

O lago é o grande destaque desse jardim moderno