Limpeza pós-obra: como fazer e dicas essenciais para começar

Por -

A obra acabou, a casa ficou linda, só tem um problema: a sujeira! Pois é, término de obra é sempre assim, um verdadeiro caos.

Mas já que não tem outra coisa a fazer, o jeito é arregaçar as mangas e partir para a limpeza pós-obra.

Antes disso, porém, dá uma olhada nas dicas que selecionamos a seguir e veja como tornar esse processo mais rápido e fácil.

Como fazer limpeza pós-obra

Vamos começar partindo do principio que você cuidou de proteger todos os seus móveis e objetos pessoais antes do inicio da obra.

Com essas superfícies cobertas e protegidas a limpeza pós-obra fica muito mais fácil.

Dito isso, vamos continuar com o post.

Você sabe qual o primeiro passo para ver a casa limpa novamente?

É segurar a ansiedade.

Isso mesmo! Pode acontecer de bater aquela vontade maluca de começar a limpar tudo antes mesmo da obra acabar, mas resista a esse desejo.

Aguarde o pedreiro e os demais profissionais acabarem todo o serviço antes de começar a faxina.

Sabe porquê? Por que você pode correr o risco de danificar um material que acabou de ser instalado, por exemplo.

Por isso, aguente firme e aguarde o término da obra, ok?

Agora anote as próximas dicas:

Tire o grosso

A parte mais importante da limpeza pós-obra é remover o excesso de resíduos, a chamada sujeira grossa.

Ela é fundamental antes de dar inicio a limpeza propriamente dita. Isso porque você não vai conseguir se livrar do pó se não der fim no entulho primeiro.

Então separe os sacos de lixo e retire restos de concreto, cimento, pedaços de embalagem, restos de piso e tudo mais que ver pela frente.

Embale tudo e leve até a central de recolhimento de resíduos sólidos da sua cidade, conhecidos também como ecopontos, mas nunca, em hipótese alguma, despeje essas sobras em beira de rios, córregos ou terrenos baldios.

Caso sua cidade não forneça esse tipo de serviço será necessária a contratação de uma caçamba, já que esse tipo de resíduo não pode ser descartado no lixo comum.  

Limpeza seca primeiro

Agora que você já consegue visualizar os cômodos da sua casa livres de entulho então comece a limpeza seca, ou seja, faça a remoção da poeira.

Nem pense em jogar água sobre o pó, a não ser que você queira sentar e chorar em cima da meleca gerada por essa combinação.

Se não for esse o seu caso, então comece recrutando o aspirador de pó. Esse aparelho será um grande aliado da limpeza pós-obra.

Com ele, aspire todo o pó acumulado em todos os cantinhos da casa, incluindo vãos de portas, janelas e até o teto se for preciso.

Depois, com a ajuda de um pano seco, remova o excesso de pó das superfícies, como móveis (caso tenha se esquecido de protegê-los) e vidros, por exemplo.

Quando concluir essa etapa você verá que a limpeza pós-obra já estará bem adiantada.

Cuidado com a água

A gente já citou no tópico anterior, mas é importante ressaltar novamente. Evite usar água para fazer a limpeza grossa do pós-obra.

No inicio, use apenas materiais secos, como vassoura, pano e aspirador de pó. E mesmo depois de ter removido o excesso de poeira, ainda é recomendado usar água com moderação. Isso porque a umidade é uma grande inimiga de móveis e diversos tipos de acabamento, como papel de parede, gesso, pisos laminados, entre outros.

E você não vai querer danificar, por exemplo, o piso que acabou de colocar na casa, não é mesmo? Portanto, resiste a tentação de lavar tudo com mangueira e use água com moderação. 

De trás para frente

Essa dica é muito importante: sempre comece a limpeza do pós-obra de trás para frente, ou seja, do último cômodo da casa para o primeiro.

A ideia é ir carregando a sujeira de modo que os cômodos mais afastados fiquem limpos e sem correr o risco de sujarem novamente.

Lembrete: assim que finalizar a limpeza de um ambiente, feche a porta para evitar que o pó dos outros cômodos entrem novamente naquele que já está limpo. 

De cima para baixo

A ideia aqui é semelhante a anterior. Isso quer dizer evitar sujar novamente aquilo que já está limpo.

Por isso, inicie a limpeza sempre pelas partes mais altas do cômodo, como teto, luminárias, lustres, paredes, janelas, até chegar no piso.

Proteja móveis e instalações

No momento em que estiver fazendo a limpeza pós-obra tenha cuidado para não danificar os móveis e as instalações da casa com produtos químicos e água.

O recomendado é proteger esses objetos usando lonas plásticas (no caso dos móveis) e fitas adesivas para tomadas, interruptores e outros itens menores.

Só retire a proteção desses objetos quando finalizar a limpeza.

Vidros

Os vidros costumam ser a parte mais chata da limpeza pós-obra. Eles precisam ser limpos com cuidado e com um certo grau de dedicação para ficarem limpinhos, sem manchas ou sujeiras impregnadas.

Caso os vidros tenham sido instalados durante a obra muito provavelmente eles estarão com restos de cola e massa de vidraceiro.

A limpeza deve ser feita com vinagre e álcool diluídos em água e esfregados levemente sobre os vidros, tomando cuidado para não riscá-los.

Não use esponjas de aço, nem materiais pontiagudos para remover os resíduos. Prefira, ao contrário, deixar a sujeira de molho por um tempo antes de fazer a limpeza.

Depois de retirar todo o pó e os resíduos, faça a limpeza fina com um pano levemente umedecido e finalize com pano seco, mas lembre-se de usar um que não solte fiapos.

Libere os cômodos mais importantes

Essa dica também é super importante na limpeza pós-obra. Os cômodos mais utilizados e essenciais da casa devem ser limpos primeiros, como é o caso de banheiros, cozinha e quartos.

Dessa forma a casa não perde a funcionalidade e você pode continuar se dedicando a faxina com tranquilidade.

Use os produtos certos

Sempre use os produtos de limpeza certos no pós-obra. Isso significa que você deve usar removedores de tinta para quando notar respingos de tinta no piso e em outras superfícies, por exemplo.

Em home centers e lojas de material de construção é possível encontrar produtos específicos para limpeza pós-obra para diversas situações, como produtos próprios para limpeza de porcelanatos, rejunte, vidros, madeira, entre outros.

Sempre consulte as recomendações do fabricante antes de utilizar o produto e respeite as orientações de uso.

Veja a seguir uma lista de materiais e produtos indispensáveis para a limpeza pós-obra:

  • Aspirador de pó (com bico fino e bico para limpeza de estofados)
  • Vassoura de pelos com cerdas macias
  • Vassoura de cerdas grossas, tipo escovão
  • Rodo
  • Panos de chão
  • Espátulas
  • Baldes
  • Escova de limpeza
  • Esponja de lavar louça
  • Detergente neutro
  • Vinagre branco
  • Alcool gel
  • Produtos específicos de limpeza (limpa rejunte, limpa vidros, removedor de tinta, etc)
  • Escada

Cuide da sua saúde

De modo geral, os produtos utilizados para limpeza pesada costumam ser tóxicos e podem causar alergias, problemas respiratórios, entre outros sintomas. Por isso, ao fazer a limpeza pós-obra procure usar luvas e até mesmo máscaras se for possível.

Mantenha a casa arejada no momento da limpeza para que o cheiro forte se dissipe no ar e mantenha crianças e animais domésticos o mais distante possível do local da limpeza.

Chame um profissional de limpeza

E se faltar tempo para fazer a limpeza pós-obra? Nesse caso você pode optar por contratar um profissional especializado nesse tipo de serviço.

Existem diaristas que se dedicam apenas a limpeza de casas após reformas. Vale a pena consultar perto de você quanto esse serviço pode custar.

Mas, em média, já dá para adiantar que uma diarista pós-obra cobra entre R$ 170 a R$ 250. Dependendo do tamanho da sua casa e da quantidade de cômodos a serem limpos talvez seja necessária a contratação de mais de profissionais.

E uma coisa importante: a diaristas pós-obra lida apenas com a sujeira pesada, diferentemente de uma diarista que faz faxina doméstica habitual.

Esse tipo de profissional conhece as necessidades de limpeza de uma casa pós-obra e sabe como executar o trabalho do modo mais rápido e eficiente, além de conhecer os melhores produtos para remoção dos resíduos.

Independente de como a limpeza pós-obra será realizada (por você ou um profissional) uma coisa é certa: depois de tudo limpinho você vai poder curtir sua casa como nunca. Por isso, anime-se e se jogue na faxina!