Peperômia: como cuidar, como plantar, dicas e fotos de decoração

Por - Atualizado em:

Quem quer uma plantinha fácil de cuidar e linda de viver? Então já anota aí: peperômia!

O post de hoje é todinho dedicado a essa verdinha e você vai se encantar com todas as possibilidades decorativas que ela pode trazer para sua casa. Vem ver!

Peperômia: características e curiosidades

Vamos começar esclarecendo uma coisa: a peperômia não é uma única planta. Na verdade o nome peperômia faz referência a um gênero de plantas que reúne características em comum.

Mas como saber se é ou não uma peperômia? A principal característica dessa espécie são as folhas gordinhas, pequenas e arredondadas.

Algumas espécies do gênero peperômia possuem folhas com uma coloração verde bem escura, outras, no entanto, possuem tonalidades mais claras, chegando até mesmo a apresentar folhas rajadas e mescladas.

O tipo mais popular de peperômia é a peperômia variegata. Essa plantinha, muito usada pelo seu efeito pendente, possui folhas pequenas e de formato arredondado semelhante a um coração. O toque final fica por conta das bordas esbranquiçadas em torno de todas as folhas.

E onde encontrar essas belezinhas? A peperômia é uma espécie nativa das Américas e por isso mesmo sua presença é forte por aqui. Uma simples visita ao supermercado e muito provavelmente você saiará de lá com uma peperômia no colo.

Os gardens centers são outro ótimo lugar para achar peperômias de todos os tipos.

Tipos de peperômia

Você já sabe que existem diversos tipos de peperômia, mas o que acha de conhecer melhor alguns dos mais conhecidos?

Peperômia melancia

A peperômia melancia ou peperômia argyreia, como também é conhecida, é uma das preferidas por quem deseja decorar a casa com plantas.

Isso porque ela possui uma folhagem muito ornamental com folhas listradas que realmente se assemelham a uma melancia, além, é claro de se dar muito bem em ambientes de luz difusa.

Peperômia Scadens

Nós já falamos dela, mas não custa nada repetir. A peperômia scadens, conhecida também como serpens, nada mais é do que a peperômia variegata, sim, aquela mesma de folhas arredondadas em formato de coração e bordas brancas.

Esse tipo de peperômia é muito popular entre as pessoas que buscam plantas com efeito pendente. Essa charmosa verdinha pode alcançar até 1,5 metros de comprimento, formando uma verdadeira cascata natural nos ambientes.

Peperômia Obtusifolia

A peperômia obtusifolia é a campeã no quesito facilidade de cultivo. Essa espécie não exige muito e ainda te recompensa com folhas verdes, carnudas e brilhantes o ano todo. Basta deixá-la em um ambiente de luz difusa e regá-la cerca de duas vezes por semana.

Para reconhecer a peperômia obtusifolia observe as folhas. Elas são sempre de uma tonalidade verde intenso. O formato também é característico: arredondado e levemente alongado nas pontas.

Esse tipo de peperômia não cresce muito, chegando a atingir cerca de 25 centímetros de altura no vaso.

Peperômia Caperata

Se você ama uma folhagem exótica e diferente, então a peperômia caperata é uma grande opção.

Essa peperômia traz folhas que podem ir do verde escuro a um tom levemente cinza ou arroxeado. Outro destaque dessa espécie são as flores. De tempos em tempos, a caperata desponta ramos esguios parecidos com antenas, mas que são, na verdade, suas flores autênticas e originais.

Como plantar peperômia

È muito fácil reproduzir espécies de peperômia. Ela “pega” muito facilmente a partir de brotos retirados da planta mãe, independente do tipo de peperômia.

Para fazer as mudas de peperômia, retire a planta do vaso, remova o excesso de terra e verifique se ela possui touceiras que possam ser destacadas.

Daí é só preparar o solo com um bom substrato enriquecido com material orgânico e plantar essa nova mudinha.

Para o caso das peperômias variegata o processo é um pouquinho diferente, uma vez que essa espécie se reproduz por estaca. Ou seja, basta você tirar um ramo saudável da planta e replantá-lo em vaso.

Como cuidar de peperômia

A peperômia é uma planta muito fácil de cuidar, perfeita para jardineiros iniciantes.

Anote as dicas e veja como manter a sua verdinha sempre bonita e saudável.

Iluminação

As peperômias, de modo geral, não toleram luminosidade excessiva ou exposição solar direta. Isso porque as folhas da peperômia são sensíveis a radiação e podem acabar sofrendo queimaduras.

Portanto, a primeira coisa a se fazer é buscar um cantinho da sua casa que seja iluminado, fresco e ventilado, mas que não receba raios solares direto.

Essa característica torna a peperômia é uma planta de meia-sombra ou luz difusa. A única exceção a essa regra é a peperômia do tipo variegata, já que as folhas esbranquiçadas exigem um pouco mais de luz para ficarem saudáveis.

Rega

Não exagere nas regas com a peperômia. Essa espécie, apesar de apreciar umidade, não tolera solos encharcados.

O excesso de água pode acabar comprometendo as raízes, fazendo com que a planta apodreça. Caso note que as folhas estão caindo ou ficando melequentas é sinal de que o vaso está muito molhado.

Nesse caso, remova a planta, substitua o substrato por outro mais seco e replante-a. Lembre-se de também oferecer uma boa drenagem para garantir que a água escoe adequadamente.

E sempre que ficar na dúvida se deve ou não fazer a rega toque o solo. Essa é a melhor forma de saber se já está na hora de oferecer água novamente. Se notar que ainda está úmido, aguarde mais um dia. Caso já esteja completamente seco pode regar.

Mais uma dica: os ramos da peperômia são individuais e não compartilham a rega. Por isso, a rega deve ser feita de modo uniforme e não apenas no centro do vaso. Dessa forma, você garante que toda a peperômia receberá água na medida certa.

Adubação

A peperômia não é exigente quanto a adubação, mas ela também não recusa um solo fértil.

Portanto, o indicado é manter um cronograma de adubação a cada dois meses para a peperômia. Você pode usar matéria orgânica, como húmus de minhoca, ou um adubo químico como o NPK 10-10-10.

Poda

Não é necessário podar a peperômia, a não ser que você note folhas murchas, secas e amareladas. Nesse caso, remova apenas as folhas mortas e doentes.

Pragas e problemas comuns

A peperômia, felizmente, não atrai pragas como pulgões e cochonilhas, o que torna tudo muito mais fácil.

O que pode acontecer de ruim com a sua peperômia é o aparecimento de fungos nas folhas ou folhas amareladas e sem cor. Mas isso só acontece quando você erra a mão na hora de regar, exagerando na quantidade de água.

Para resolver esse problema, basta diminuir as regas e fazer a troca do substrato.

Que tal agora conferir como usar a peperômia na decoração? Dá só uma olhada:

Imagem 1 – O melhor lugar para sua peperômia: o parapeito da janela.

O melhor lugar para sua peperômia: o parapeito da janela

Imagem 2 – Que tal levar o verde brilhante da peperômia para o home office?

Que tal levar o verde brilhante da peperômia para o home office?

Imagem 3 – Peperômia no vasinho de barro: um toque de rusticidade no ambiente.

Peperômia no vasinho de barro: um toque de rusticidade no ambiente

Imagem 4 – Um vasinho pequeno já é suficiente para a peperômia ficar linda.

Um vasinho pequeno já é suficiente para a peperômia ficar linda

Imagem 5 – Coloca uma peperômia naquele aparador que precisa de up no visual.

Imagem 6 – Peperômia pendente: perfeita para ambientes externos.

Imagem 7 – Uma mesinha de centro para a peperômia repousar.

Uma mesinha de centro para a peperômia repousar

Imagem 8 – Uma coleção de peperômias na janela.

Uma coleção de peperômias na janela

Imagem 9 – Abuse do efeito lindo das peperômias pendentes.

Abuse do efeito lindo das peperômias pendentes

Imagem 10 – Peperômia Caperata e suas lindas folhas arroxeadas.

Peperômia Caperata e suas lindas folhas arroxeadas

Imagem 11 – Diversos tipos de peperômia para você escolher!

Diversos tipos de peperômia para você escolher!

Imagem 12 – Essa mini peperômia é um charme só.

Essa mini peperômia é um charme só

Imagem 13 – Com o vasinho certo ela fica ainda mais graciosa.

Com o vasinho certo ela fica ainda mais graciosa

Imagem 14 – Sala de jantar com peperômia e samambaia.

Sala de jantar com peperômia e samambaia

Imagem 15 – Prateleira verde.

Prateleira verde

Imagem 16 – Tem luz no seu banheiro? A peperômia vai amar!

Tem luz no seu banheiro? A peperômia vai amar!

Imagem 17 – O vaso branco destaca o verde intenso da peperômia.

O vaso branco destaca o verde intenso da peperômia

Imagem 18 – Peperômia pendente e jiboia: uma dupla imbatível!

Peperômia pendente e jiboia: uma dupla imbatível!

Imagem 19 – Nada como uma boa dose de luz para a peperômia crescer, crescer e crescer.

Nada como uma boa dose de luz para a peperômia crescer, crescer e crescer

Imagem 20 – Sala rústica e aconchegante combina com peperômias.

Sala rústica e aconchegante combina com peperômias

Imagem 21 – Arrume um tripé para exibir sua peperômia pendente.

Arrume um tripé para exibir sua peperômia pendente

Imagem 22 – Com espaço, ela vai que vai!

Com espaço, ela vai que vai!

Imagem 23 – Peperômia para a urban jungle.

Peperômia para a urban jungle

Imagem 24 – As folhas rajadas da peperômia são um charme a parte.

As folhas rajadas da peperômia são um charme a parte

Imagem 25 – O banheiro branco ressalta a beleza da peperômia.

O banheiro branco ressalta a beleza da peperômia

Imagem 26 – Peperômia melancia: superstar na decoração.

Peperômia melancia: superstar na decoração

Imagem 27 – Brinque com a mistura entre a peperômia e outras espécies de plantas.

Brinque com a mistura entre a peperômia e outras espécies de plantas

Imagem 28 – Na cozinha!

Na cozinha!

Imagem 29 – Folhinhas em formato de coração: é muito amor!

Folhinhas em formato de coração: é muito amor!

Imagem 30 – Para qualquer cantinho da casa.

Para qualquer cantinho da casa

Imagem 31 – Valorize as peperômias com vasos de cerâmica.

Valorize as peperômias com vasos de cerâmica

Imagem 32 – Jardim interno de peperômias.

Jardim interno de peperômias

Imagem 33 – Viva o contraste!

Viva o contraste!

Imagem 34 – E se não tiver a planta, aposte em um quadro.

E se não tiver a planta, aposte em um quadro

Imagem 35 – Até na lavanderia tem espaço para a peperômia pendente.

Até na lavanderia tem espaço para a peperômia pendente

Imagem 36 – Escolha um cantinho especial para sua peperômia e companheiras.

Escolha um cantinho especial para sua peperômia e companheiras

Imagem 37 – Kit peperômias na cozinha.

Kit peperômias na cozinha

Imagem 38 – O verde, seja das peperômias, seja dos objetos, garante um toque de frescor na decoração.

O verde, seja das peperômias, seja dos objetos, garante um toque de frescor na decoração

Imagem 39 – Três tipos de peperômia e uma só decoração!

Imagem 40 – Peperômia no quadro e no vaso.