Plantas para apartamento: tipos e espécies mais adequadas

Por -

Ei, você, que acha que só porque mora em apartamento não pode ter plantas! Chega mais pertinho aqui e acompanha esse post com a gente. Vamos te mostrar como ter plantas lindas, mesmo morando em apartamento.

Para começar é importante saber de três coisas: a primeira é que as plantas se alimentam de luz, fazendo aquele processo conhecido como fotossíntese, segundo ponto, toda planta precisa de água e terceiro, garantir um pouquinho de amor e dedicação para que elas se desenvolvam lindamente. Sendo assim não é difícil compreender que tudo o que você precisa é de luz, água e dedicação para ter plantas no seu apartamento.

O resto é detalhe. Mas são aqueles detalhes prazerosos de lidar, como por exemplo, o melhor lugar do ambiente para deixar suas plantinhas, como organizá-las dento do apê, o tipo de vaso mais adequado para cada uma delas e por aí vai. O interessante de quando se começa a cultivar plantas em casa é que o hábito se torna um vicio, só que muito positivo.

Quando você menos esperar, seu apartamento já vai ter se tornado uma floresta urbana, o que não é ruim, afinal esse é um dos estilos que estão mais em alta nos últimos tempos. Mas chega de enrolação, vamos agora para o que você deve estar curioso para saber: quais as melhores plantas para apartamento. Selecionamos abaixo as espécies mais indicadas para ter dentro de casa e como cuidar de cada uma delas, vem ver:

Plantas para apartamento: tipos e espécies mais adequadas

Lança de São Jorge

A Lança de São Jorge é uma das espécies de plantas mais indicadas para cultivo dentro de casa. Além de ser uma planta fácil de cuidar – exige poucas regas e quase nada de adubação – a Lança de São Jorge se desenvolve muito bem em ambientes de baixa luminosidade, sendo ideais para aquele cantinho da sala sem muita luz.

Imagem 1 – Lança de São Jorge na decoração do lavabo garantindo aquele toque verde todo especial e que faz toda a diferença na decoração da casa.

Lança de São Jorge na decoração do lavabo garantindo aquele toque verde todo especial e que faz toda a diferença na decoração da casa

Imagem 2 – Canteiro com Lanças de São Jorge atrás do sofá; uma ótima ideia para inserir a planta no ambiente.

Canteiro com Lanças de São Jorge atrás do sofá; uma ótima ideia para inserir a planta no ambiente

Rosa de Pedra

A Rosa de Pedra é um tipo de suculenta que está fazendo o maior sucesso na decoração de interiores graças ao seu formato que se assemelha muito a uma rosa tradicional. E como toda suculenta, a Rosa de Pedra também não exige muitos cuidados. A dica é regar pouco, apenas quando o solo estiver seco. Sob o sol, a Rosa de Pedra se desenvolve melhor, mas ela também pode ser cultivada a meia sombra.

Imagem 3 – Rosas de Pedra cultivadas na bancada da cozinha recebendo toda a luminosidade que entra pela janela.

Rosas de Pedra cultivadas na bancada da cozinha recebendo toda a luminosidade que entra pela janela

Imagem 4 – Que tal decorar a varanda gourmet do apartamento com vasinhos de Rosa de Pedra? Fica lindo!

Que tal decorar a varanda gourmet do apartamento com vasinhos de Rosa de Pedra? Fica lindo!

Cactus

Tendência na decoração de interiores e até no mundo da moda, os cactos estão com tudo. De beleza exótica e rústica, os cactos, de modo geral, são plantas fáceis de cultivar e ideais para apartamentos. Só que atenção: os cactos precisam de luz direta do sol, ao menos três vezes por semana. Por isso, a dica é cultivá-los na varanda do apartamento ou próximos a janelas. As regas devem ser mínimas, já que essa é uma planta de clima desértico. A recomendação é regá-los uma vez por semana no verão e uma vez por mês nos meses de inverno.

Imagem 5 – Cozinha clean e moderna decorada com um lindo vaso de cacto; repare que a planta foi colocada no beiral da janela para receber toda a luz necessária para seu desenvolvimento.

Cozinha clean e moderna decorada com um lindo vaso de cacto; repare que a planta foi colocada no beiral da janela para receber toda a luz necessária para seu desenvolvimento

Imagem 6 – Esse cacto muito bem cuidado foi colocado junto a cama do casal, ao lado do criado-mudo

Esse cacto muito bem cuidado foi colocado junto a cama do casal, ao lado do criado-mudo

Palmeira Ráfia

Aqui está uma plantinha perfeita para você ter dentro do seu apartamento: a Palmeira Ráfia ou Rápis. Muito bonita e fácil de cuidar, esse tipo de palmeira é ideal para ser cultivada em salas de estar, por conta do seu tamanho mais avantajado. A Palmeira Ráfia deve ser mantida protegida do sol, mas em um ambiente com boa qualidade de luz natural. As regas devem ser feitas apenas quando o solo estiver seco, geralmente uma vez por semana. A adubação é importante também para manter essa espécie de palmeira sempre bonita. Para isso, providencie o adubo de fórmula NPK 10-10-10 uma vez por ano.

Imagem 7 – Palmeira Ráfia complementando a decoração sóbria e elegante dessa sala de estar de apartamento.

Palmeira Ráfia complementando a decoração sóbria e elegante dessa sala de estar de apartamento

Imagem 8 – Junto à janela, a Palmeira Ráfia recebe a luz que precisa sem ser exposta diretamente ao sol.

Junto à janela, a Palmeira Ráfia recebe a luz que precisa sem ser exposta diretamente ao sol

Begônia

Quem disse que não dá para cultivar flores em apartamento? A Begônia prova que isso é possível sim. Essa espécie florida e com diversas opções de cores gosta de luz indireta e clima quente. Por isso, o melhor lugar para cultivar as begônias é perto de janelas ou em varandas. As regas devem ser feitas apenas quando o solo estiver seco, molhando apenas a terra, nunca as folhas e flores. A adubação deve acontecer a cada dois meses com torta de mamona, húmus de minhoca e / ou fórmula NPK 10-10-10.

Imagem 9 – Um lindo exemplar de begônia sendo cultivado perto da janela.

Um lindo exemplar de begônia sendo cultivado perto da janela

Imagem 10 – Ao florescer, a Begônia nos presenteia com flores pequenas e delicadas.

Ao florescer, a Begônia nos presenteia com flores pequenas e delicadas

Pau da água

A planta Pau da água, muito conhecida também como Dracena, é muito versátil e pode ser cultivada de diferentes maneiras: em vasos grandes, vasos pequenos, em canteiros ou jardins. A Pau da água também pode viver bem em ambientes a pleno sol ou sombra. Diante de tantas possibilidades, a Pau da água não poderia ficar de fora dessa seleção de plantas para apartamento. Para cuidar da espécie direitinho recomenda-se regas periódicas, pois a falta de água pode deixar a planta murcha e com folhas caindo. A adubação deve acontecer uma vez por ano, no inicio da primavera, com adubo orgânico ou o composto NPK 10-10-10.

Imagem 11 – Pau da água no cantinho da sala de estar, recebendo a luz difusa da janela.

Pau da água no cantinho da sala de estar, recebendo a luz difusa da janela

Imagem 12 – O cesto de fibra natural acentuou o aspecto rústico da planta Pau da água.

O cesto de fibra natural acentuou o aspecto rústico da planta Pau da água

Zamioculca

Outra querida na decoração de interiores, a zamioculcas precisa estar na lista de quem deseja decorar com plantas. E a melhor parte dessa plantinha de folhas verdes brilhantes é que ela se adapta muito bem a locais de pouca luminosidade, sendo perfeita para cultivar dentro de apartamentos. Contudo, a zamioculcas apresenta crescimento lento e pode demorar um pouquinho para apresentar toda sua exuberância. Cuide da sua zamioculcas com regas regulares e adubação periódica com a fórmula NPK 10-10-10. Outra dica para manter a zamioculcas sempre bonita é borrifar água em suas folhas.

Imagem 13 – Linda inspiração de sala de estar de apartamento decorada com vasos de tamanhos variados de zamioculcas.

Linda inspiração de sala de estar de apartamento decorada com vasos de tamanhos variados de zamioculcas

Imagem 14 – Sobre o buffet, a zamioculcas exibe toda sua graça e beleza.

Sobre o buffet, a zamioculcas exibe toda sua graça e beleza

Camedórea elegante

A Camedórea elegante é outro tipo de palmeira muito indicada para o cultivo em apartamentos. A espécie aprecia viver sob meia sombra ou luz difusa e exige pouca manutenção. As regas na Camedórea elegante devem ser regulares, de modo a manter o solo sempre úmido. Folhas amareladas ou com pontas secas são um indicativo de a planta precisa de mais água. Evite mantê-la em ambientes com muita corrente de ar. A adubação da Camedórea elegante deve acontecer mensalmente nos meses de verão com adubo especifico para palmeiras e a cada dois ou três anos recomenda-se o transplante para um vaso maior.

Imagem 15 – Vaso ainda pequeno de Camedórea elegante decorando a sala de estar do apartamento.

Vaso ainda pequeno de Camedórea elegante decorando a sala de estar do apartamento

Imagem 16 – Luz indireta, irrigação frequente e adubação são os requisitos básicos para manter a Camedórea sempre bonita e saudável.

Luz indireta, irrigação frequente e adubação são os requisitos básicos para manter a Camedórea sempre bonita e saudável

Filodendro

O Filodendro é uma ótima opção de planta pendente para se cultivar em apartamentos. A planta aprecia viver a meia sombra e não demanda muitos cuidados, a não ser pelo fato de precisar ser irrigada frequentemente. A adubação semestral já é suficiente para essa espécie. O Filodendro também pode ser cultivado como trepadeira, para isso ofereça um local onde a planta pode se apoiar e conduza os primeiros ramos, depois ela continua o trabalho sozinha.

Imagem 17 – Vasinho discreto e em crescimento de Filodendro para a sala de estar.

Vasinho discreto e em crescimento de Filodendro para a sala de estar

Imagem 18 – Uma pequena floresta urbana nesse apartamento; aqui, o Filodendro é cultivado de modo suspenso.

Uma pequena floresta urbana nesse apartamento; aqui, o Filodendro é cultivado de modo suspenso

Bromélia

Para quem deseja dar um clima tropical à decoração, uma ótima pedida são as bromélias. Essa planta de aparência rustica se apresenta na natureza em diferentes padrões de coress. A bromélia aprecia viver a meia sombra e para manter-se bonita precisa de água, muita água, especialmente dentro de sua roseta. Aqui, no entanto, abre-se um ponto importante que é o cuidado para evitar a proliferação do mosquito da dengue. Como a bromélia necessita desse acúmulo de agua em seu interior e o mosquito também aprecia a água limpa para se reproduzir, a solução para não ter um criadouro em casa é manter a água da bromélia com resíduos que afastem o inseto, o principal deles é a borra de café, que, alias, acaba se tornando um ótimo adubo para a planta.

Imagem 19 – Home office ricamente decorado com bromélias de tipos variados.

Home office ricamente decorado com bromélias de tipos variados

Imagem 20 – A divisão de ambientes desse apartamento é feito com as lindas e floridas bromélias.

A divisão de ambientes desse apartamento é feito com as lindas e floridas bromélias

Bambu da sorte

O Bambu da Sorte é outra grande opção de planta para apartamento. Ela é simples de cuidar e pode ser cultivada tanto na água, quanto na terra. Para os orientais, essa planta, como o nome sugere, é símbolo de fartura, prosperidade e sorte. Para cuidar do Bambu da Sorte é simples: mantenha-o longe da luz solar e regue conforme sentir a necessidade da planta. Lembre-se ainda de sempre ajeitar os galhos do bambu para que ele não perca seu efeito decorativo.

Imagem 21 – O Bambu da Sorte pode ser cultivado com um, dois, três ou até vinte galhos; segundo os orientais, a quantidade de galhos da planta determina um significado diferente.

O Bambu da Sorte pode ser cultivado com um, dois, três ou até vinte galhos; segundo os orientais, a quantidade de galhos da planta determina um significado diferente

Imagem 22 – Galhos de Bambu da Sorte cultivados dentro da água.

Galhos de Bambu da Sorte cultivados dentro da água

Samambaia

As samambaias são outra forte tendência de decoração e que pelo visto não deve passar tão cedo. Essa planta super tropical garante um toque verde exuberante à decoração. Para cuidar da samambaia regue-a com frequência e sempre borrife água em suas folhas. Outra dica é mantê-la em um ambiente protegido de ventos fortes. As samambaias também apreciam viver a meia sombra, protegidas do sol.

Imagem 23 – Uma decoração verde simples, mas, ao mesmo tempo, impactante para esse apartamento.

Uma decoração verde simples, mas, ao mesmo tempo, impactante para esse apartamento

Imagem 24 – O beiral da escada ganhou um canteiro todo tropical com as samambaias.

O beiral da escada ganhou um canteiro todo tropical com as samambaias

Iuca

A Iuca, também chamada de Iuca Elefante, é uma planta de grande crescimento podendo chegar a oito metros de altura, só que curiosamente ela também se adapta muito bem em vasos. A Iuca deve ser regada apenas quando o solo estiver completamente seco. Mantenha a planta em um local com boa iluminação, se possível com luz solar direta.

Imagem 25 – Dentro do vaso a Iuca tem o crescimento limitado.

Dentro do vaso a Iuca tem o crescimento limitado

Imagem 26 – As folhas verdes e muito vivas da Iuca são o destaque dessa sala de estar clean e neutra.

As folhas verdes e muito vivas da Iuca são o destaque dessa sala de estar clean e neutra

Peperômia

A Peperômia é uma planta ótima para ser cultivada em ambientes internos bem iluminados. A espécie também pode ser cultivada de modo suspenso, garantindo ainda mais beleza à decoração. Regue-a com frequência semanal e lembre-se de plantar a peperômia em um solo fértil e bem drenado.

Imagem 27 – Peperômia na decoração da cozinha junto de outras espécies.

Peperômia na decoração da cozinha junto de outras espécies

Imagem 28 – Um toque verde para a sala de estar clean.

Um toque verde para a sala de estar clean

Palmeira Leque

A Palmeira Leque é uma linda opção de palmeira para ser cultivada em casas e apartamentos. As folhas verdes brilhantes e de aparência plissada garantem uma beleza única a espécie. Cuide da Palmeira mantendo-a em ambientes de luz difusa e regando-a entre duas e três vezes por semana.

Imagem 29 – A Palmeira Leque não cresce muito, portanto, não exige vasos grandes.

A Palmeira Leque não cresce muito, portanto, não exige vasos grandes

Imagem 30 – A luz difusa dessa sala de estar é perfeita para a Palmeira Leque.

A luz difusa dessa sala de estar é perfeita para a Palmeira Leque

Pleomele

A Pleomele é ideal para quem deseja compor uma decoração de aparência rústica. De fácil cultivo, a Pleomele pode ser cultivada dentro de casa sem prejuízo nenhum ao seu desenvolvimento, uma vez que a planta aprecia luz indireta. Cuide da Pleomele regando-a frequentemente e garantindo um solo rico em matéria orgânica.

Imagem 31 – A beleza rústica da Pleomele é o destaque dessa sala de estar.

A beleza rústica da Pleomele é o destaque dessa sala de estar

Imagem 32 – As folhas em duas cores é outro diferencial estético muito interessante da Pleomele.

As folhas em duas cores é outro diferencial estético muito interessante da Pleomele

Lírio da paz

O Lírio da Paz é uma das plantas mais usadas na decoração de interiores, justamente porque a planta adora viver sob meia sombra. Para manter o seu Lírio da Paz sempre bonito, além de sombra, providencie também uma adubação regular e regas constantes, de modo que o solo nunca fique seco. Um ótimo lugar para cultivar o Lírio da Paz é no banheiro, isso porque a umidade natural desse ambiente é perfeito para a planta.

Imagem 33 – Bela dupla de Lírios da Paz na decoração desse apartamento.

Bela dupla de Lírios da Paz na decoração desse apartamento

Imagem 34 – Suporte para plantas é uma ótima pedida para organizar seu cantinho verde.

Suporte para plantas é uma ótima pedida para organizar seu cantinho verde

Palmeira Areca

Mais uma opção de Palmeira para você cultivar dentro do apartamento. A Palmeira Areca é fácil de cuidar e se adapta muito bem a ambientes internos. Regue-a regularmente para garantir a beleza da planta.

Imagem 35 – O visual rústico da parede de tijolinhos casou perfeitamente com o vaso de Palmeira Areca.

O visual rústico da parede de tijolinhos casou perfeitamente com o vaso de Palmeira Areca

Imagem 36 – Controle o crescimento da Palmeira Areca de acordo com o tamanho do vaso em que ela está plantada.

Controle o crescimento da Palmeira Areca de acordo com o tamanho do vaso em que ela está plantada

Antúrio

O Antúrio não poderia ficar de fora dessa lista. A planta, muito simples de cultivar, apresenta algumas folhas, em sua maioria, avermelhadas, que se assemelham a flores. Para cuidar de antúrios em apartamentos a dica é manter o vaso sempre úmido e protegido do sol direto.

Imagem 37 – Vaso de antúrios na beira da cama.

Vaso de antúrios na beira da cama

Imagem 38 – O cesto de fibra deixou os vasos de antúrios ainda mais bonitos.

O cesto de fibra deixou os vasos de antúrios ainda mais bonitos

Jiboia

Quem é que nos últimos tempos não se deparou com um vaso de jiboia? A planta está em todos os lugares quando o assunto é decoração e não para menos. Fácil de cuidar, a Jiboia se adapta muito bem em ambientes internos. Regue-a cerca de três vezes por semana no verão e uma vez por semana no inverno. A cada três meses providencie uma adubação com húmus de minhoca.

Imagem 39 – A jiboia pode ser cultivada de modo suspenso ou como trepadeira

Imagem 40 – O espaço embaixo da escada foi muito bem aproveitado com a jiboia e a espada de São Jorge.

O espaço embaixo da escada foi muito bem aproveitado com a jiboia e a espada de São Jorge

Singônio

O singônio é uma ótima planta para quem aprecia cultivar folhagens. A espécie deve ser mantida sob meia sombra e irrigada regularmente.

Imagem 41 – Um vaso bem estiloso para o simples e belo singônio.

Um vaso bem estiloso para o simples e belo singônio

Imagem 42 – O singônio também pode ser cultivado como trepadeira.

O singônio também pode ser cultivado como trepadeira

Pacová

A Pacová é uma linda opção de planta decorativa para ambientes internos. De folhas largas, a Pacová aprecia ambientes bem iluminados, mas longe do sol direto. O clima tropical – quente e úmido – é o preferido da espécie, por isso mesmo ela não se adapta a locais frios. As regas devem ser feitas a cada dois ou três dias, de modo a garantir o solo sempre úmido, sem estar encharcado.

Imagem 43 – A cozinha clean e bem iluminada conta com a Pacová e outras espécies sobre o balcão.

A cozinha clean e bem iluminada conta com a Pacová e outras espécies sobre o balcão

Imagem 44 – Na sala de estar, a Pacová pode se revelar uma linda opção paisagística.

Na sala de estar, a Pacová pode se revelar uma linda opção paisagística

Jade

A Jade é uma planta do tipo suculenta. Portanto, para cultivá-la corretamente é importante mantê-la em um local com boa incidência de luz solar. As regas devem ser espaçadas para não prejudicar a planta.

Imagem 45 – O melhor lugar para cultivar a Jade em apartamentos é perto da janela.

O melhor lugar para cultivar a Jade em apartamentos é perto da janela

Imagem 46 – As folhas gordinhas da Jade não escondem a família a qual ela pertence: as suculentas.

As folhas gordinhas da Jade não escondem a família a qual ela pertence: as suculentas

Azaleia

Outra ótima flor para cultivar em apartamento é a Azaleia. As características naturais dessa planta permitem que ela se desenvolva muito bem em ambientes internos. A azaleia aprecia o frio, por isso, o melhor para a espécie é o sol ameno do final da tarde ou começo da manhã. As regas devem ser feitas em pouca quantidade todos os dias de preferencia pela manhã.

Imagem 47 – Azaleia em floração para decorar o quarto do casal.

Azaleia em floração para decorar o quarto do casal

Imagem 48 – Um vaso deslumbrante de azaleia para encher a casa de cor e vida.

Um vaso deslumbrante de azaleia para encher a casa de cor e vida

Cróton

O cróton é uma folhagem linda, caracterizada pelo tom colorido de suas folhas que mesclam tons de amarelo, vermelho, laranja, rosa, verde e roxo. Cultive o cróton em um local onde ele possa receber luz solar direta, quanto mais sol, mais bonitas ficam as folhas. Quanto as regas, faça a irrigação de modo a manter a terra sempre úmida, mas nunca encharcada.

Imagem 49 – As folhas do cróton são um espetáculo visual.

As folhas do cróton são um espetáculo visual

Imagem 50 – Mix de plantas nessa sala de estar.

Mix de plantas nessa sala de estar

Suculentas

Pequenas, delicadas e muito charmosas, as suculentas invadiram a decoração de interiores. Muito fáceis de cuidar, as suculentas precisam apenas receber a quantidade correta de luz e água, essa, por sinal, deve ser bem pouca, cerca de uma colher de sopa uma vez por semana para um vaso pequeno.

Imagem 51 – Escolha um vaso bem bonito para expor suas suculentas.

Escolha um vaso bem bonito para expor suas suculentas

Imagem 52 – Centro de mesa alongado cheinho de suculentas, linda proposta!

Centro de mesa alongado cheinho de suculentas, linda proposta!

Árvore da felicidade

Diz a lenda que a Árvore da Felicidade deve ser ganhada e não comprada. Para cuidar dessa plantinha peculiar, reserve um lugar com boa iluminação, mas sem luz solar direta. A umidade do solo deve ser constante, portanto, regue-a periodicamente.

Imagem 53 – Um bom lugar para cultivar a árvore da felicidade é na sala de estar.

Um bom lugar para cultivar a árvore da felicidade é na sala de estar

Imagem 54 – Árvore da felicidade pertinho da janela: um dos melhores lugares da casa para a planta.

Árvore da felicidade pertinho da janela: um dos melhores lugares da casa para a planta

Ciclanto

Olha mais uma linda opção de folhagem para você ter aí no seu apartamento. O ciclanto deve ser cultivado a meia sombra e com solo sempre úmido.

Imagem 55 – Ciclanto na sala de estar em companhia de outras espécies.

Ciclanto na sala de estar em companhia de outras espécies

Imagem 56 – No quarto do casal, o ciclanto garante aquele toque agradável de natureza.

No quarto do casal, o ciclanto garante aquele toque agradável de natureza

Costela de Adão

Outro grande sucesso na decoração de interiores, a Costela de Adão também pode fazer parte da decoração do seu apartamento. Para isso, mantenha a planta em um local bem iluminado, mas sem luz solar direta, já as regas devem acontecer entre duas a três vezes por semana, com um espaço maior nos meses de inverno.

Imagem 57 – Vaso pequeno de Costela de Adão para decorar o móvel da sala.

Vaso pequeno de Costela de Adão para decorar o móvel da sala

Imagem 58 – Nessa sala, a Costela de Adão foi muito bem posicionada junto a janela.

Nessa sala, a Costela de Adão foi muito bem posicionada junto a janela

Bambu Mossô

Por fim, a última dica de planta para apartamento é o Bambu Mossô. Aposte nessa espécie para criar um clima zen oriental na sua casa. Os cuidados com o Bambu Mossô são simples e incluem boa iluminação, regas semanais e adubação a cada três meses com a fórmula NPK 10-10-10.

Imagem 59 – Galhos de Bambu Mossô para decorar o aparador.

Galhos de Bambu Mossô para decorar o aparador

Imagem 60 – Veja que lindo efeito visual o Bambu Mossô provoca no ambiente.

Veja que lindo efeito visual o Bambu Mossô provoca no ambiente