Tipos de plantas: espécies ornamentais, cuidados e cultivos essenciais

Por -

Estima-se que existam hoje no mundo mais de 298 mil espécies de plantas diferentes, sendo que dessas apenas 215 mil já foram descritas e catalogadas pela ciência. Pois é, a mãe natureza foi muito generosa!

E com tantas espécies e tipos de plantas diferentes, você está aí sem uma verdinha sequer pra te fazer companhia? Não dá né? Que tal reverter essa realidade hoje mesmo?

No post de hoje vamos mostrar para você que é possível ter plantas em casas para os mais diferentes usos: medicinal, decorativo, alimentício, terapêutico e por aí vai.

Aliás, uma única plantinha pode englobar todas essas características. Não se convenceu disso ainda? Tudo bem, então vem acompanhar o post com a gente:

Tipos de plantas: cuidados e cultivo

Antes de embarcar nas diferentes possibilidades de plantas para decoração, a gente precisa te dar algumas dicas sobre cuidado e cultivo. Afinal, você não vai querer suas plantinhas sofrendo, não é mesmo?

Portanto, conheça e pesquise sobre cada espécie de planta antes de comprar ou adquirir uma muda. Cada planta possui necessidades diferentes que devem ser respeitadas, caso contrário, ela simplesmente não vai sobreviver.

Se você deseja, por exemplo, uma planta para sala, analise primeiro as condições de luz, sombra e ventilação do local. Algumas espécies gostam de sol, enquanto outras preferem um local sombreado e de clima ameno. Ter essas informações em mãos já é meio caminho andado em rumo de uma casa mais verde.

Observe também como anda sua agenda. Isso mesmo! Você tem tempo para cuidar das verdinhas? Faça esse exercício de reflexão antes de optar por espécies que demandam maiores cuidados. Se perceber que tempo (ou melhor, a falta dele) é um problema para você, prefira plantas de cuidados simples. Acredite, existem várias!

Adubação e poda são cuidados menos frequentes, mas que ainda assim precisam estar na lista dos cuidados com as verdinhas. Tenha um calendário de adubação e poda para cada espécie da casa, assim você facilita a rotina de cuidados e garante que as suas plantinhas estejam sempre viçosas e bonitas.

Cuidado também com a combinação “plantas e crianças” e “plantas e pets”. Muitas espécies possuem toxicidade e até um certo grau de veneno em suas folhas, flores e frutos e para quem tem crianças e animais em casa isso pode ser um impedimento para o cultivo de certas plantas.

Veja a seguir algumas ideias e sugestões de tipos de plantas que você pode usar para decorar sua casa e trazer aquela super energia positiva que todo mundo gosta, olha só:

Plantas carnívoras

As plantas carnívoras são um gênero exótico e peculiar de plantas, perfeitas para quem curte uma decoração mais autêntica e original. E, ao contrário do que muita gente pode pensar, essas plantas não apresentam nenhum risco aos seres humanos, apenas para insetos e pequenos animais que, por ventura, cruzarem seu caminho.

As plantas carnívoras possuem esse nome pela sua capacidade de atrair, capturar e digerir pequenos animais. As presas preferidas desse tipo de planta são moscas e mosquitos, sendo que algumas espécies – mais raras – conseguem digerir até pequenos pássaros.

Para cultivar plantas carnívoras é importante oferecer um solo bem parecido com aquele que elas encontram naturalmente. Isso quer dizer: terra pobre em nutrientes, geralmente com uma boa porção arenosa, e nada de adubação.

A planta carnívora deve ser colocada em um local que facilite sua “caçada”, ou seja, próxima de janelas e parapeitos. Também é importante garantir sol para a pequena comedora de insetos.

Ah, e um detalhe muito importante: nunca, jamais, alimente sua plantinha. Isso pode ser fatal para ela.

Veja a seguir algumas das espécies carnívoras mais conhecidas e fáceis de serem cultivadas em casa:

Imagem 1 – Trio de Darlingotnia Californica suspensas pelos cestos aramados. Aqui, elas contemplam a luz, o sol e podem “caçar” à vontade.

Trio de Darlingotnia Californica suspensas pelos cestos aramados. Aqui, elas contemplam a luz, o sol e podem “caçar” à vontade

Imagem 2 – A exótica Dioneia com suas boquinhas dentadas. O tipo mais comum de planta carnívora.

A exótica Dioneia com suas boquinhas dentadas. O tipo mais comum de planta carnívora

Imagem 3 – Já a Droseria possui “pelinhos” para capturar as presas.

Já a Droseria possui “pelinhos” para capturar as presas

Imagem 4 – E o que acha de cultivar uma Nepenthes em casa? A espécie possui “jarros” que capturam e prendem as presas.

E o que acha de cultivar uma Nepenthes em casa? A espécie possui “jarros” que capturam e prendem as presas

Imagem 5 – Já a Pinguicula é tão delicada que nem parece uma espécie de planta carnívora.

Já a Pinguicula é tão delicada que nem parece uma espécie de planta carnívora

Imagem 6 – Serracenia: um tipo ainda mais exótico e bonito de planta carnívora. Adicione a espécie na sua coleção.

Plantas para jardim

Quando pensamos em plantas para jardim geralmente associamos com flores e outras espécies com alto valor ornamental, mas saiba que nem sempre precisa ser assim.

Saber conciliar a arquitetura da casa com o paisagismo é uma arte, mas super possível de ser feito, mesmo que você não seja um profissional.

Para isso, examine primeiro o estilo da sua casa. Mais moderna? Clássica? Rústica? Minimalista? Depois reflita sobre como fará uso desse espaço. Se deseja um jardim funcional com mesa, cadeiras e até uma churrasqueira, por exemplo, ou um jardim contemplativo, como os de estilo zen.

A partir daí já dá para começar a pensar nas espécies que irão compor esse espaço. Mas sempre se lembrando de analisar a incidência de luz, sombra e ventilação no local, ok?

Confira agora algumas sugestões de tipos de plantas para jardim e inspire-se:

Imagem 7 – A Clúsia é um tipo de planta arbustiva ideal para compor cercas e delimitar espaços. Ideal para projetos modernos e de design clean.

A Clúsia é um tipo de planta arbustiva ideal para compor cercas e delimitar espaços. Ideal para projetos modernos e de design clean

Imagem 8 – A Yucca traz sombra e um clima tropical incrível para áreas externas funcionais.

A Yucca traz sombra e um clima tropical incrível para áreas externas funcionais

Imagem 9 – Já quem prefere optar por um jardim rústico, pode apostar sem medo na Hera. A planta é perfeita para fazer forrações verticais em muros e paredes.

Já quem prefere optar por um jardim rústico, pode apostar sem medo na Hera. A planta é perfeita para fazer forrações verticais em muros e paredes

Imagem 10 – A Dasilírio, por sua vez, é exótica, moderna e confere um toque diferenciado ao jardim. Mas garanta espaço para que as folhas pontiagudas não machuquem ninguém.

A Dasilírio, por sua vez, é exótica, moderna e confere um toque diferenciado ao jardim. Mas garanta espaço para que as folhas pontiagudas não machuquem ninguém

Imagem 11 – Rústica e despretensiosa, a Bulbine traz alegria e pontos de cor para o jardim da casa.

Rústica e despretensiosa, a Bulbine traz alegria e pontos de cor para o jardim da casa

Imagem 12 – E para quem busca um jardim de folhagens, a Pacová não pode ficar de fora.

E para quem busca um jardim de folhagens, a Pacová não pode ficar de fora

Imagem 13 – Que tal contar com a exuberância da pata de elefante no quintal de casa?

Que tal contar com a exuberância da pata de elefante no quintal de casa?

Imagem 14 – Já a Zamioculca é a planta ideal para jardins sombreados e de pouca luz. Só não repare no crescimento lento da espécie.

Já a Zamioculca é a planta ideal para jardins sombreados e de pouca luz. Só não repare no crescimento lento da espécie

Imagem 15 – Quer um jardim tropical ou com ares desérticos? Então aposte na Agave!

Quer um jardim tropical ou com ares desérticos? Então aposte na Agave!

Imagem 16 – Mas se a intenção é recorrer a um jardim com visual zen ou oriental, os bambus não podem faltar.

Mas se a intenção é recorrer a um jardim com visual zen ou oriental, os bambus não podem faltar

Imagem 17 – O Capim de Texas é outra planta ótima para jardins, especialmente se a intenção é criar demarcações e contornos.

O Capim de Texas é outra planta ótima para jardins, especialmente se a intenção é criar demarcações e contornos

Imagem 18 – A Dracena é uma planta fácil de ser cultivada e que fica linda em propostas de paisagismo moderno.

A Dracena é uma planta fácil de ser cultivada e que fica linda em propostas de paisagismo moderno

Imagem 19 – Tem piscina no meio do jardim? Faça um muro verde coberto por Ficus.

Tem piscina no meio do jardim? Faça um muro verde coberto por Ficus

Imagem 20 – As Helicónias são a cara de um jardim tropical e festivo.

As Helicónias são a cara de um jardim tropical e festivo

Imagem 21 – A planta mais popular entre quem não tempo para jardinagem: a Espada de São Jorge. A espécie vai bem tanto em jardins externos, quanto dentro de casa.

A planta mais popular entre quem não tempo para jardinagem: a Espada de São Jorge. A espécie vai bem tanto em jardins externos, quanto dentro de casa

Imagem 22 – Composição rústica e tropical de Xanadus para o jardim com piscina.

Composição rústica e tropical de Xanadus para o jardim com piscina

Plantas medicinais

As plantas medicinais possuem propriedades que auxiliam no tratamento e combate de doenças, sendo que muitas delas já possuem aval da ciência nesse sentido.

As plantas medicinais mais conhecidas são aquelas utilizadas para fazer chás. Existem espécies que tratam desde uma simples dor de barriga até outras que, segundo a medicina popular, tem capacidade de tratar até mesmo certos tipos de câncer.

Contudo, uma coisa é certa por aqui: antes de realizar qualquer tratamento com planta medicinais busque informações e saiba exatamente qual a parte da planta que deve ser manipulada. Algumas espécies, por exemplo, possuem as folhas como um riquíssimo chá, enquanto as flores ou o caule podem ser venenos em potencial.

Outro alerta: atenção a dose e ao tempo de tratamento. Não é porque as plantas são elementos naturais que podem ser usadas sem critério.

E, por fim, sempre consulte seu médico antes de iniciar um tratamento fitoterápico.

Veja a seguir alguns dos tipos de plantas medicinais mais populares:

Imagem 23 – Além de decorativa, a babosa possui inúmeros efeitos benéficos, especialmente em tratamentos estéticos de pele e cabelos.

Além de decorativa, a babosa possui inúmeros efeitos benéficos, especialmente em tratamentos estéticos de pele e cabelos

Imagem 24 – Para quem ainda não conhece, o boldo é o elixir do fígado. A planta faz um verdadeiro detox nesse órgão do corpo

Para quem ainda não conhece, o boldo é o elixir do fígado. A planta faz um verdadeiro detox nesse órgão do corpo

Imagem 25 – A camomila é a erva das mulheres. Perfeita para tratar distúrbios hormonais, TPM, cólicas e dar aquele abraço apertado que toda mulher precisa de vez em quando. Também é ótima para acalmar bebês e crianças.

A camomila é a erva das mulheres. Perfeita para tratar distúrbios hormonais, TPM, cólicas e dar aquele abraço apertado que toda mulher precisa de vez em quando. Também é ótima para acalmar bebês e crianças

Imagem 26 – Aromático e super bem vindo na culinária, o manjericão também possui propriedades terapêuticas interessantes, podendo ser usado em chás.

Aromático e super bem vindo na culinária, o manjericão também possui propriedades terapêuticas interessantes, podendo ser usado em chás

Imagem 27 – Quer deixar seus dias mais calmos? Então não deixe de ter um vasinho de melissa em casa! A planta é ótima para relaxar e recuperar as energias.

Quer deixar seus dias mais calmos? Então não deixe de ter um vasinho de melissa em casa! A planta é ótima para relaxar e recuperar as energias

Imagem 28 – Quem nunca ouviu falar no chá de Quebra Pedras? Pois é, essa plantinha é uma verdadeira mestra na medicina popular, muito usada no tratamento renal.

Quem nunca ouviu falar no chá de Quebra Pedras? Pois é, essa plantinha é uma verdadeira mestra na medicina popular, muito usada no tratamento renal

Imagem 29 – Já o hortelã serve para um pouco de tudo: desde um chá para dor de estômago até para complementar um prato especial. Vai bem em sucos e ainda pode ser usado no preparo de enxaguantes bucais caseiros.

Já o hortelã serve para um pouco de tudo: desde um chá para dor de estômago até para complementar um prato especial. Vai bem em sucos e ainda pode ser usado no preparo de enxaguantes bucais caseiros

Plantas Ornamentais

Toda casa merece ter plantas ornamentais. Elas embelezam, decoram, trazem vida e ainda ajudam a manter o ar mais fresco e limpo.

Para dentro de casa, as plantas mais indicadas são aquelas do tipo folhagem que vivem melhor em ambientes fechados e com menos iluminação. Mas nada impede que você cultive tipos de plantas com flores, desde que ofereça as condições necessárias para cada espécie.

Veja algumas opções de plantas ornamentais para decorar a casa:

Imagem 30 – A Aglaonema é um ótimo exemplo de planta que vai super bem dentro de casa e ainda surpreende com suas folhas verdes grandes e lustrosas.

A Aglaonema é um ótimo exemplo de planta que vai super bem dentro de casa e ainda surpreende com suas folhas verdes grandes e lustrosas

Imagem 31 – Já a Bambu Areca é a campeã das plantas para dentro de casa. Fácil de cuidar e se adapta muito bem a ambientes fechados e com baixa luminosidade.

Já a Bambu Areca é a campeã das plantas para dentro de casa. Fácil de cuidar e se adapta muito bem a ambientes fechados e com baixa luminosidade

Imagem 32 – Quer uma plantinha da moda e fácil de cuidar? Então invista em um cacto!

Quer uma plantinha da moda e fácil de cuidar? Então invista em um cacto!

Imagem 33 – A Costela de Adão é outra plantinha tendência e que possui um grande potencial ornamental.

A Costela de Adão é outra plantinha tendência e que possui um grande potencial ornamental

Imagem 34 – A Espada de São Jorge é a preferida dos jardineiros inexperientes. A planta ainda se destaca pelas variedades de espécies, indo desde as minis até as de folhas em formato de lança.

A Espada de São Jorge é a preferida dos jardineiros inexperientes. A planta ainda se destaca pelas variedades de espécies, indo desde as minis até as de folhas em formato de lança

Imagem 35 – A Figueira Lira é a planta com a cara do Pinterest. Só que aqui no Brasil não é tão fácil de ser encontrada e quando se acha, o preço é um pouco salgado.

A Figueira Lira é a planta com a cara do Pinterest. Só que aqui no Brasil não é tão fácil de ser encontrada e quando se acha, o preço é um pouco salgado

Imagem 36 – Já quem prefere uma planta ornamental bem brasileirinha, nossa dica é a jiboia. Muito fácil de cuidar!.

Já quem prefere uma planta ornamental bem brasileirinha, nossa dica é a jiboia. Muito fácil de cuidar!

Imagem 37 – A Pacová é outra planta ornamental simples de cuidar. Valorize a espécie escolhendo um vaso super bonito para ela!

A Pacová é outra planta ornamental simples de cuidar. Valorize a espécie escolhendo um vaso super bonito para ela!

Imagem 38 – A Palmeira Leque é uma exibicionista! Suas folhas são super decorativas e enchem, literalmente, qualquer ambiente.

A Palmeira Leque é uma exibicionista! Suas folhas são super decorativas e enchem, literalmente, qualquer ambiente

Imagem 39 – A samambaia, por sua vez, é aquele sucesso do passado que voltou com tudo para as casas atuais. Não deixe de ter uma dessas em casa.

A samambaia, por sua vez, é aquele sucesso do passado que voltou com tudo para as casas atuais. Não deixe de ter uma dessas em casa

Imagem 40 – Dentre todas as plantas ornamentais, a Zamioculca é uma das mais simples de ser cultivada, podendo sobreviver até mesmo em locais com ar condicionado.

Dentre todas as plantas ornamentais, a Zamioculca é uma das mais simples de ser cultivada, podendo sobreviver até mesmo em locais com ar condicionado

Plantas Suculentas

Um vaso de suculentas do tipo Aeonium Leucoblepharum: coloridas e exóticas.
As plantas suculentas nunca estiveram tão em alta como agora. Até em supermercados elas podem ser encontradas para vender. E grande parte de toda essa popularidade se deve ao fato dessas plantas serem fáceis de cultivar.

As suculentas (e os cactos) são plantas capazes de armazenar uma grande quantidade de água em seu interior, daí o motivo daquelas folhas sempre gordinhas.

Mas nem tudo é simples quando o assunto são suculentas. Esse tipo de planta possui origem desértica, ou seja, apreciam sol, calor e solo pobre. Ou seja, não se admire se a sua suculenta não estiver indo bem dentro do seu banheiro úmido e sem luz.

Confira abaixo algumas espécies de suculentas e como você pode incorporá-la à decoração:

Imagem 41 – Um vaso de suculentas do tipo Aeonium Leucoblepharum: coloridas e exóticas.

Um vaso de suculentas do tipo Aeonium Leucoblepharum: coloridas e exóticas

Imagem 42 – Que tal uma coleção de Cactus na varanda ou na sala?

Que tal uma coleção de Cactus na varanda ou na sala?

Imagem 43 – As suculentas também são ótimas opções de presente. A sugestão aqui são as fofas Orelhas de Shrek (Crassula Ovata Gollum).

As suculentas também são ótimas opções de presente. A sugestão aqui são as fofas Orelhas de Shrek (Crassula Ovata Gollum)

Imagem 44 – Já quem prefere uma suculenta com ainda mais poder ornamental pode se jogar na Jade (Crassula Ovata).

Já quem prefere uma suculenta com ainda mais poder ornamental pode se jogar na Jade (Crassula Ovata)

Imagem 45 – Terrários são um ótimo jeito de inserir as suculentas na decoração, como é o caso dessa Echeveria Carnicolor.

Terrários são um ótimo jeito de inserir as suculentas na decoração, como é o caso dessa Echeveria Carnicolor

Imagem 46 – Olha só como são gordinhas e macias as folhas da Echeveria Elegans, também conhecida como Bola de Neve Mexicana.

Olha só como são gordinhas e macias as folhas da Echeveria Elegans, também conhecida como Bola de Neve Mexicana

Imagem 47 – A Echeveria Rosa ou Rosa de Pedra é uma linda opção de suculenta para ornamentação.

A Echeveria Rosa ou Rosa de Pedra é uma linda opção de suculenta para ornamentação

Imagem 48 – Toda espetadinha, a Haworthia Fasciata encanta pelas bolinhas brancas delicadas em suas folhas.

Toda espetadinha, a Haworthia Fasciata encanta pelas bolinhas brancas delicadas em suas folhas

Imagem 49 – Monte uma coleção de suculentas em um único vaso. A dica aqui é usar Sedum Adolphii

Imagem 50 – Já a Sedum burrito (Rabo de burro ou dedo de moça) é uma linda opção de suculenta pendente. Só que atenção: ela é muito delicada e suas folhas caem com facilidade.

Já a Sedum burrito (Rabo de burro ou dedo de moça) é uma linda opção de suculenta pendente. Só que atenção: ela é muito delicada e suas folhas caem com facilidade

Imagem 51 – Nem só de tons de verdes são feitas as suculentas, a do tipo Sedum Carnicolor surpreende pelos tons de laranja e vermelho.

Nem só de tons de verdes são feitas as suculentas, a do tipo Sedum Carnicolor surpreende pelos tons de laranja e vermelho

Imagem 52 – Para cultivar suculentas você não precisa de muito espaço, qualquer vasinho já é o suficiente, como é o caso dessa Sedum Clavatum.

Para cultivar suculentas você não precisa de muito espaço, qualquer vasinho já é o suficiente, como é o caso dessa Sedum Clavatum

Imagem 53 – Aqui, a delicada suculenta Brilhantina enchendo de graciosidade a área externa da casa.

Aqui, a delicada suculenta Brilhantina enchendo de graciosidade a área externa da casa

Imagem 54 – Pedras, conchas e a suculenta Sedum Pachyphyllum.

Pedras, conchas e a suculenta Sedum Pachyphyllum

Imagem 55 – Que tal cultivar um Colar de Pérolas? Pois é esse mesmo o nome dessa suculenta suspensa

Que tal cultivar um Colar de Pérolas? Pois é esse mesmo o nome dessa suculenta suspensa