Regras de boa convivência: dicas para lidar com aqueles que moram ao seu redor

Por - Atualizado em:

Nem sempre é fácil conviver com o vizinho ao lado. E é justamente nessas horas que algumas regras de boa convivência caem bem.

O barulho, o lixo e a segurança dos moradores são um dos principais pontos a serem cuidados para garantir uma convivência pacífica e harmoniosa com aqueles que estão ao redor.

Veja a seguir mais algumas dicas e regrinhas que ajudam a manter a boa convivência, seja no bairro, seja dentro do condomínio.

Regras gerais de boa convivência

Seja educado e cordial

Dizer bom dia, boa tarde e boa noite é o mínimo que você e sua família podem fazer para garantir uma convivência educada e respeitosa com aqueles que moram ao seu redor.

Dessa forma, o outro também terá o impulso de ser educado e gentil. E assim tudo começa a funcionar melhor.

Aos poucos, comece a puxar assunto e criar um vinculo amistoso e natural com a vizinhança.

Uma boa forma de fazer isso é perguntando como você e sua família podem colaborar com a rua ou o bairro.

Em muitos lugares é comum que os moradores se juntem para realizar atividades coletivas, como limpeza de praças e parques, por exemplo.

Se oferecer para participar de atividades desse tipo reforça sua presença na vizinhança e ajudam a exercitar a boa convivência.

Fuja de fofocas

Jamais, em tempo algum, banque a dona fifi do bairro ou do condomínio. O envolvimento em fofocas é uma enorme perda de tempo, sem contar o estresse e as possíveis brigas com outros moradores.

Pior ainda se você não tiver nada a ver com a história. A melhor coisa a fazer nesses casos é ignorar e não levar o assunto adiante.

Caso a história afete pessoalmente sua vida ou da sua família, busque orientação com o sindico do condomínio ou chame os envolvidos para uma conversa sincera.

Zele pela segurança de todos

A segurança dos moradores de uma rua ou condomínio é algo essencial. Por isso, tenha cuidado e atenção com tudo o que possa afetar a segurança e integridade do local em que você mora.

Evite postar imagens e textos nas redes sociais que exponham de alguma maneira a rotina e os costumes do condomínio.

Tenha cuidado também com os prestadores de serviço que você recebe em casa. Procure apenas por empresas de alta confiança.

Cuide do seu pet

Se tem uma coisa que tira qualquer pessoa do sério é se deparar com sujeira do animal de estimação do outro morador.

Por isso, sempre que for passear com seu cãozinho leve com você uma sacolinha para recolher as necessidades que, por ventura, ele fizer na rua ou dentro do condomínio.

O uso de focinheiras é sempre indicado para animais de grande porte e instinto agressivo.

Já a coleira e a guia nem precisa falar, né?  Sempre que for passear com o seu pet coloque-o na coleira. Isso é importante para a segurança dele e dos outros moradores.

Oriente as crianças

Tem crianças em casa? Então oriente-as em relação ao barulho e as brincadeiras.

Também é muito importante que você as ensine a ser educadas e gentis. E, lembre-se, as crianças tendem a repetir o comportamento dos pais e responsáveis.

Se você for gentil e educado com os vizinhos, elas também serão.

Lixo no lixo

Não importa onde você mora, sempre vai ter um caminhão de lixo passando em dias pré determinados da semana.

Ou seja, nada de colocar lixo na rua fora desses dias. Caso tenha acabado de se mudar, pergunte aos vizinhos qual o dia da coleta.

Outra dica importante: você não é obrigado a limpar a rua, mas precisa manter a sua calçada em ordem.

Isso é muito importante para os pedestres e outros moradores do bairro. Portanto, recolha o lixo que parar na frente da sua casa, tire as ervas daninhas e tudo mais for necessário para manter o local habitável.

Imagina como o mundo seria perfeito se cada pessoa cuidasse da frente da própria casa?

Obras e reformas

Sua casa ou apartamento vai passar por reforma? Então é de bom tom comunicar os vizinhos.

Especialmente hoje em dia onde grande parte das pessoas trabalha em home office.

Também é muito importante que você estabeleça um horário para o inicio e término do barulho da obra durante o dia. De modo geral, entre 8h e 17h é um bom caminho.

Mas sempre vale a conversa com o vizinho e seja gentil em propor uma solução caso ele necessite de silêncio em determinado horário do dia.

Não faça ao outro o que não deseja que façam para você

Existem algumas regras de boa convivência que não precisam estar escritas em lugar nenhum.

Elas fazem parte do consciente coletivo e todo mundo conhece.

A maior delas é a ideia de que você não deve fazer ao outro o que não gostaria que fosse feito com você.

Sempre tome isso como base antes de qualquer atitude que possa afetar a vizinhança.

Por exemplo, você gostaria que alguém estacionasse na frente da sua garagem? Ou que fizesse barulho até altas horas da noite em pleno dia de semana?

Um pouco de reflexão e bom senso não fazem mal para ninguém. E, se por acaso, alguém reclamar da sua atitude não se frustre ou fique zangado.

Aceite a critica e procure melhorar daqui para frente.

Regras de boa convivência em condomínios

Quem mora em condomínio precisa, além das regras de boa convivência citadas acima, se atentar para mais alguns detalhes que ajudam a tornar a relação com o próximo muito melhor. Confira mais algumas dicas:

Trate bem os funcionários

Porteiro, zelador, jardineiros e demais funcionários do condomínio precisam ser tratados com respeito e educação. Sempre, sem exceção.

Isso inclui dar bom dia, boa tarde e boa noite, dizer obrigado e pedir licença. Caso tenha algum problema com um dos funcionários, procure resolver na base de uma conversa educada e adulta.

Se não der resultados, procure o sindico. Mas não entre em discussões.

Participe das reuniões

Pode ser que seja chato, cansativo ou que você simplesmente não tenha tempo para participar das reuniões de condomínio, mas é importante fazer um esforço.

Nessas reuniões são discutidos e resolvidos assuntos importantes que tratam do bem estar de todos os moradores.

Se você não participa, como vai querer cobrar alguma coisa depois?

Chama o sindico

Teve algum problema com outro morador ou funcionário do condomínio? Então a melhor coisa a fazer é reportar a situação ao sindico.

Ele conhece todas as regras e diretrizes que regem o condomínio e saberá como conduzir as situações, aplicando até mesmo multas se for necessário.

O importante, nesses casos, é não entrar em discussões quando já tentou resolver amigavelmente e não teve resultados.

Respeite as regras

Pode parecer redundante dizer isso, mas respeitar as regras de boa convivência em condomínio são o ponto de partida para viver bem.

Tenha atenção aos horários permitidos para fazer barulho, passear com o cachorro ou levar o lixo.

Respeite as regras também dos espaços de uso coletivo, como academia, piscina, playground e salão de jogos.

Em caso de obras e reformas, verifique os horários permitidos para execução do serviço e também converse com os moradores vizinhos.

Oriente as crianças e adolescentes sobre a importância de seguir as regras.

Evite o barulho

Quando estiver dentro do seu apartamento, as regras de boa convivência em condomínio ainda precisam ser mantidas, principalmente no que diz respeito ao barulho.

Quem usa salto alto, por exemplo, deve forrar tapetes no chão ou evitar o uso desse tipo de sapato dentro de casa.

Para que as crianças brinquem sem atrapalhar os vizinhos também é recomendado colocar tapetes no chão.

Além de ser mais confortável para elas, o tapete ajuda a reduzir o som causado pelos impactos.

Já quem tem animais de estimação deve cuidar para que ele faça o mínimo de barulho possível.

Se você trabalha fora, por exemplo, tenha certeza que o seu bichano tem água e comida suficiente para passar o dia.

Ofereça para ele também alguns brinquedinhos para que possa se distrair.

Leve-o para passear e gastar energias, assim ele fica menos agitado e estressado.

E quando chegar em casa brinque com o pet, mas tenha atenção ao horário. Reserve as brincadeiras para antes das 22h.

Garagem

Todo mundo que mora em condomínio tem, pelo menos, uma vaga de garagem definida.

Portanto, em momento algum, utilize uma vaga que não é sua. Outra dica de boa convivência relacionada ao seu veiculo é evita buzinar e andar com os faróis altos dentro do condomínio.

Seguindo a voz da sua consciência e esse pequeno manual de regras de boa convivência com toda certeza ficará muito mais fácil se dar bem com os vizinhos. Comece hoje mesmo!