Tipos de churrasqueira: saiba as principais vantagens e desvantagens

Por - Atualizado em:

Não existe churrasco sem churrasqueira, concorda? Mas antes de comprar ou construir a sua vale muito a pena conhecer melhor os tipos de churrasqueiras que existem por aí.

Talvez você descubra que aquele modelo que sempre sonhou, não seja assim tão bom quanto imaginava.

Por isso, trouxemos nesse post um manual completo para te ajudar a escolher o tipo de churrasqueira ideal e, aí sim, fazer aquele churras de respeito. Vem ver!

Tipos de acendimento

Uma das principais diferenças que existem entre as churrasqueiras é a forma de acendimento. Veja a seguir os principais tipos e suas respectivas vantagens e desvantagens.

A carvão

A churrasqueira a carvão ou brasa é a preferida dos brasileiros. Ela é quem garante o sabor defumado das carnes e aquele sabor característico do churrasco.

Existem diversos tipos de churrasqueiras a carvão, entre elas a de alvenaria, pré-moldada e os modelos portáteis.

A grande vantagem desse tipo de acendimento é o sabor defumado. Em contra partida, se você optar por esse modelo já fique sabendo que será necessário lidar com a fumaça.

Outro ponto a ser considerado na churrasqueira a carvão é a segurança. Essa versão de churrasqueira não possui controle de temperatura, nem das chamas, o que pode ser um problema para churrasqueiros iniciantes.

A gás

A churrasqueira a gás é muito popular nos EUA e países europeus. Por aqui, esse tipo de churrasqueira tem se popularizado mais recentemente com a necessidade de opções mais compactas, especialmente para quem mora em apartamento.

A churrasqueira a gás é segura, uma vez que possui controle e regulagem da chama e temperatura, além de não gerar fumaça.

Entretanto, esse tipo de churrasqueira deixa a desejar no quesito sabor, uma vez que as carnes não ganham o tradicional aroma e sabor defumado de uma churrasqueira tradicional a carvão.

Elétrica

A churrasqueira com acendimento elétrico também é uma opção para quem mora em espaços pequenos e que não permitem churrasqueiras que gerem fumaça.

Isso porque, assim como a churrasqueira a gás, a churrasqueira elétrica não produz fumaça e também tem a vantagem de contar com modelos compactos.

Mas ela sofre do mesmo problema: não defuma as carnes.

Tamanho da churrasqueira x espaço disponível

Além do tipo de acendimento da churrasqueira, você deve analisar também o tamanho do espaço disponível para o equipamento.

Não adianta querer uma churrasqueira que vai ocupar uma área muito grande e acabar deixando o ambiente desconfortável.

É importante que ela se adapte ao local e não o contrário. Mas, só para você ter uma ideia, uma churrasqueira pequena portátil consegue atender até 8 pessoas.

Tipos de churrasqueira para apartamento

Quem mora em apartamento sempre fica na dúvida sobre o melhor tipo de churrasqueira para comprar. Isso porque a churrasqueira precisa, além de ser proporcional ao espaço, atender as regras do condomínio.

A grande maioria dos condomínios não permite churrasqueiras a carvão. Primeiro por causa da fumaça que facilmente se espalha pelo restante do prédio.

O segundo motivo se deve a segurança, já que a churrasqueira a carvão pode causar acidentes.

A exceção está para os apartamentos que já contam com varanda gourmet no projeto e quase sempre já vem com projeto de churrasqueira embutido.

Por isso, se você mora em apartamento, antes de comprar a churrasqueira verifique as regras do seu condomínio e veja o que pode e o que não pode.

9 tipos de churrasqueiras: vantagens e desvantagens

1. Churrasqueira de alvenaria

 

A churrasqueira de alvenaria é aquela mais tradicional e popular no Brasil. Feita geralmente de tijolinhos a vista, esse tipo de churrasqueira possui acendimento a carvão, trazendo aquele gostinho defumado que todo brasileiro amante de churrasco adora.

Hoje em dia também é comum ver churrasqueiras de alvenaria construídas em concreto refratário, o que a torna mais moderna e com maior possibilidades de acabamento, como o porcelanato, por exemplo.

Vantagens da churrasqueira de alvenaria: sabor defumado, conserva e espalha bem o calor, alta durabilidade, fumaça direcionada pela coifa.

Desvantagens da churrasqueira de alvenaria: alto custo e necessidade de mão de obra especializada para construção.

2. Churrasqueira pré-moldada

A churrasqueira pré-moldada possui acendimento a carvão e surgiu como uma alternativa mais econômica a versão de alvenaria.

Esse tipo de churrasqueira já vem pronta e basta colocá-la no local desejado ao chegar em casa.

Construída em concreto refratário, a churrasqueira pré-moldada pode ser revestida com outros materiais para se ajustar ao projeto do ambiente.

Vantagens da churrasqueira pré-moldada: prática de instalar, mais barata do que a de alvenaria e confere sabor defumado as carnes.

Desvantagens da churrasqueira pré-moldada: o controle da fumaça não é tão eficiente e pode deixar a desejar no quesito estética.

3. Churrasqueira portátil

A churrasqueira portátil é a melhor opção em termos de versatilidade. Existem modelos a gás, a carvão e elétrica, em tamanhos variados.

Ela também é muito útil para quem viaja com frequência, já que esse tipo de churrasqueira pode tranquilamente ir no porta malas do carro.

Vantagens da churrasqueira portátil: fácil de transportar e de montar, barata e opções variadas de acendimento.

Desvantagens da churrasqueira portátil: capacidade reduzida para assar carnes, atendendo poucas pessoas.

4. Churrasqueira embutida

A churrasqueira embutida é outra grande amiga dos pequenos espaços. Ela pode ser embutida tanto na parede, quanto na bancada e o modo de acendimento também pode variar, com opções a gás, elétrica e a carvão.

Vantagens da churrasqueira embutida: bom custo beneficio quando comparada aos modelos em alvenaria, aceita diferentes tipos de acabamento, boa para ambientes pequenos, opções de acendimento e montagem rápida.

Desvantagens da churrasqueira embutida: precisa de mão de obra especializada para execução do serviço.

5. Churrasqueira de ferro

A churrasqueira de ferro é outra estrela no mundo das churrasqueiras brasileiras. Com acendimento a carvão, essa é aquela versão pop de churrasqueira que todo mundo já teve um dia.

Vantagens da churrasqueira de ferro: fácil de montar, barata, carnes com sabor defumado, pode ser levada a qualquer lugar e é ótima para ambientes pequenos.

Desvantagens da churrasqueira de ferro: emite muita fumaça, já que seu acendimento é a carvão, pode enferrujar se não for bem cuidada e esteticamente não é muito atraente.

6. Churrasqueira elétrica

Hoje em dia, a churrasqueira elétrica é a que mais tem se destacado nas casas e apartamentos pequenos. Disponível em diversas opções de tamanhos, marcas e modelos, a churrasqueira elétrica é uma ótima alternativa para quem mora em apartamento.

Vantagens da churrasqueira elétrica: leve (alguns modelos pesam menos de 2 kg), disponível em versões embutida ou portátil, segura, assa as carnes por igual, não gera fumaça, ideal para apartamentos ou casas pequenas sem quintal.

Desvantagens da churrasqueira elétrica: custo energético aumenta e não confere sabor defumado as carnes.

7. Churrasqueira a gás

A churrasqueira a gás tem ganhado popularidade no Brasil e promete ser uma opção mais eficiente do ponto de vista do consumo energético quando comparada a churrasqueira elétrica.

Disponível em vários modelos, tamanhos e formatos, a churrasqueira a gás também conta com a possibilidade de ser embutida, de bancada ou portátil.

Vantagens da churrasqueira a gás: Segura, ecológica, acendimento rápido, não gera fumaça, ideal para apartamentos e variedade de modelos.

Desvantagens da churrasqueira a gás: Necessita de um ponto de abastecimento ou um botijão, não defuma as carnes e tem preço mais alto do que as versões elétricas.

8. Churrasqueira a bafo

A churrasqueira a bafo é a preferida de quem aprecia carnes de preparo lento, como cupins e costelas. O funcionamento desse tipo de churrasqueira é diferenciado, uma vez que as carnes assam graças ao abafamento causado pelo calor interno da brasa.

Vantagens da churrasqueira a bafo: usa pouco carvão, acende rápido, assa carnes diferenciadas, traz sabor defumado as carnes, leve e portátil.

Desvantagens da churrasqueira a bafo: não permite usar espetos e, mesmo gerando pouca fumaça, já que fica a maior parte do tempo com a tampa fechada, a churrasqueira a bafo também não é indicada para apartamentos ou ambientes internos.

9. Churrasqueira Gengiskan

A churrasqueira Gengiskan já foi muito popular no passado, caiu em desuso, mas ressurgiu recentemente, graças a necessidade de churrasqueiras leves, pequenas e portáteis.

O lado interessante da churrasqueira Gengiskan é o valor histórico que ela carrega.

Dizem que os soldados mongóis, lá no século XIII, utilizam os próprios capacetes para assar as carnes durante o tempo que estavam em campanha militar.

Baseada no formato desses capacetes é que a churrasqueira Gengiskan surgiu. Inclusive, o nome é uma homenagem ao imperador mongol Gengis Khan.

Histórias a parte, o fato é que essa churrasqueira funciona a partir de um recipiente parecido com uma panela, onde é colocado o carvão. Por cima, é utilizado uma grelha arredonda para as carnes.

Vantagens da churrasqueira Gengiskan: super leve, pequena, fácil de transportar e ainda confere sabor defumado as carnes.

Desvantagens da churrasqueira Gengiskan: Gera fumaça, não permite uso de espetos, assa uma quantia pequena de carnes e, por isso, não é muito indicada para uma reunião com grande número de pessoas.

E, então, qual desses tipos de churrasqueiras é a ideal para sua casa e o seu estilo de vida?