Automação residencial: o que é, vantagens e dicas para aplicar em casa

Por -

Se você sonhava com uma casa igual a dos Jetsons, toda futurista e tecnológica, então saiba que isso já é possível. Tudo graças a automação residencial.

Quer entender mais sobre esse assunto? Então vem ver esse post com a gente.

O que é automação residencial

O que é automação residencial

A automação residencial é a possibilidade de automatizar, ou seja tornar automático, sistemas e aparelhos domésticos com o objetivo de facilitar a rotina dos moradores, trazendo ainda mais segurança e conforto.

Na automação residencial os aparelhos e sistemas são conectados a uma central inteligente, sendo gerenciados e monitorados diretamente pelo smartphone, tablete ou computador.

Dependendo do tipo de automação, não é necessário uma central, apenas a conexão direta por wi-fi ou bluetooth.

O sistema de automação residencial pode ainda ser controlado por voz.

Contudo é importante diferenciar automação de integração.

Trocando em miúdos: imagine que você deseja climatizar a sua casa antes de chegar em casa. Para isso é necessário apenas acionar o sistema do ar condicionado de onde você estiver por meio de um clique no celular. Isso é integração.

Agora imagine que você deseja que o ar condicionado ligue todos os dias no mesmo horário a uma temperatura pré-estabelecida, sem a necessidade de fazer o acionamento. Isso é automação, ou seja, a capacidade de programar e agendar ações para os diferentes equipamentos e sistemas da sua casa.

É importante compreender essa diferença para não se confundir no momento de contratar um serviço ou comprar um produto.

Vantagens da automação residencial

Vantagens da automação residencial

Conforto e praticidade

Uma das maiores vantagens da automação residencial é, sem dúvida nenhuma, o conforto e a praticidade para executar tarefas.

Com a automação você pode controlar toda a iluminação da sua casa em um clique, abrir e fechar portas e janelas sem a necessidade de se deslocar até elas, ligar a cafeteira e preparar o café antes mesmo de chegar em casa, regar o jardim, entre outras inúmeras tarefas.

Controle remoto

A automação residencial permite que você controle toda sua casa em qualquer lugar do mundo.

Por meio do celular, tablete ou computador você pode monitorar as câmeras de segurança, abrir e fechar as cortinas e até mesmo aspirar o chão.

Segurança

Hoje em dia uma das principais preocupações de quem vive nas grandes metrópoles é a segurança, ou melhor, a falta dela. Por isso é cada vez mais importante poder contar com equipamentos e sistemas que agreguem segurança dentro de casa.

Com a automação residencial é possível instalar e monitorar à distância câmeras de segurança e alarmes.

Também é possível instalar sistemas de abertura de portas por meio de reconhecimento facial ou da íris dos olhos.

O portão da garagem também pode ser automatizado, abrindo e fechando sem a necessidade de sair do carro.

A automação residencial permite ainda que o alarme da casa seja integrado a central da empresa de segurança e, se você desejar, também pode optar pela instalação de um botão de pânico que pode ser acionado em casos de assalto, sequestro e invasão.

Quem tem crianças pequenas em casa também se beneficia muito da automação residencial. Isso porque é possível monitorar o que elas estão fazendo e como estão sendo cuidadas por terceiros (o mesmo vale para pessoas com deficiência e idosos que ficam aos cuidados de outras pessoas).

A automação permite ainda controlar o acesso das crianças a certos locais da casa que ofereçam riscos à segurança, como a cozinha e a área da piscina. Nesses locais a abertura das portas fica limitada apenas as pessoas autorizadas.

Também é possível controlar o uso de equipamentos elétricos.

Valorização do imóvel

Até pouco tempo atrás, a automação residencial era coisa de gente milionária. Hoje em dia, porém, esse cenário mudou bastante.

Com a popularização das tecnologias e a facilidade de acesso, grande parte da população já pode contar com sistemas automatizados dentro de casa.

Um bom exemplo disso são os portões automáticos de garagem.

A popularidade da automatização fez com que os imóveis com esse tipo de sistema incluso fossem mais valorizados e disputados em transações comerciais, tanto para venda, quanto para locação.

E a tendência no futuro é que a automação residencial aumente ainda mais, tornando-se algo indispensável em qualquer casa.

Economia e sustentabilidade

Acredite: a automação residencial pode te fazer economizar dinheiro e ainda contribuir com a sustentabilidade do planeta.

Isso porque os aparelhos e equipamentos são programados para funcionar apenas em determinados momentos do dia, evitando o desperdício.

Um exemplo é o ar condicionado. Com a automação, esse aparelho não precisa ficar ligado o tempo todo, basta você programar o desligamento quando a temperatura desejada for atingida.

O mesmo vale para a iluminação da casa. Existem sistemas com sensor de presença que detectam a necessidade de apagar ou acender as luzes.

O que pode ser automatizado em uma casa

O que pode ser automatizado em uma casa

Basicamente tudo o que é elétrico pode ser automatizado, mesmo os aparelhos mais antigos. Isso porque eles são adaptados com dispositivos inteligentes que permitem a integração e automação controlada por wi-fi ou bluetooth.

Veja a seguir os principais aparelhos e sistemas automatizados utilizados hoje em dia:

Iluminação

O sistema de iluminação é um dos mais populares atualmente. Com a automação é possível controlar e acionar os interruptores, tanto para acender, quanto para desligar as lâmpadas antes mesmo de você chegar em casa.

Além desse funcionamento básico, a automação da iluminação também permite criar cenários especiais para cada ocasião.

Por exemplo, é possível criar uma iluminação para cinema, para um jantar ou uma festa com apenas um clique pelo celular ou por um painel instalado na parede.

A automação do sistema de iluminação também faz com que você valorize a decoração da casa, direcionando a luz para pontos específicos.

Portas e janelas

A automação residencial também é famosa também pelo controle de portas e janelas, bem como cortinas e persianas.

Esse tipo de automação permite o controle de luminosidade e ventilação, além de proporcionar maior segurança, conforto e privacidade.

O controle e o acionamento de portas e janelas pode ser feito tanto à distância, quanto na própria residência sem que você precise estar no mesmo ambiente da porta ou da janela que deseja acionar. 

Sistema de água

O abastecimento de água da sua casa pode ser monitorado e controlado por meio da automação. Isso permite, por exemplo, o acionamento automático de irrigadores de jardim, torneiras, banheiras e chuveiros.

Além de trazer conforto, essa automação ainda garante economia e evita o desperdício. 

Sistema de energia

Sabia que você pode monitorar o consumo de energia elétrica da sua casa? Com a automação residencial é possível ter todo o controle do gasto energético e do quanto cada aparelho está consumindo.

Dessa forma você economiza com a conta de energia e ainda torna sua casa mais sustentável.

Climatização ambiente

Climatização ambiente

Eletrodomésticos e eletrônicos em geral

Praticamente todos os aparelhos eletrônicos de uma casa podem receber automação.  Isso significa controle, programação e acionamento automático de TVs, Home Theater, ar condicionado, aspirador de pó, cafeterias, máquina de lavar roupa e louça, entre outros eletroeletrônicos que você acredita ser importante automatizar.

Câmeras e equipamentos de segurança

Quando o assunto é segurança, a automação residencial é uma grande aliada. Com ela é possível integrar e automatizar os sistemas de segurança, fazendo com que eles trabalhem em conjunto.

Como é o caso das câmeras de segurança que ao detectarem movimentação suspeita acionam o sistema de alarme e o trancamento de portas e janelas.

Aplicativos e tecnologias de automação residencial

Hoje em dia a automação residencial está disponível em diversos aplicativos oferecidos pelas próprias empresas de automação. Esses aplicativos funcionam em sistemas Android, iOS, Mac e Windows, abrangendo um publico cada vez maior.

Além dos aplicativos oferecidos pelas empresas de automação, existem ainda aqueles fornecidos pelas empresas de tecnologia, como é o caso da Apple com o aplicativo Home que permite o controle de diferentes equipamentos inteligentes em um único app.

A Amazon também lançou no mercado recentemente uma central inteligente acionada por voz conhecida como Alexa. O aparelho permite a integração e automação de diferentes sistemas residenciais, desde o controle de luz até a possibilidade de ouvir sua playlist favorita em um único comando.

Quanto custa a automação residencial

Agora vem a pergunta que não quer calar: quanto custa a automação residencial?

É difícil mencionar com precisão o valor exato de uma automação, isso porque tudo vai depender do tamanho da sua casa, do número de ambientes que você irá automatizar e, claro, o tipo de automação escolhida.

Outro fator que influencia muito no preço da automação residencial é o momento em que está sendo feita a instalação do serviço, ou seja, se é durante a construção, a reforma ou com a casa já pronta.

O momento ideal para o projeto de automação é durante a construção, uma vez que nesse caso é possível optar por uma variedade maior de sistemas de automação. Com a casa pronta ou em reforma fica mais difícil realizar certas intervenções e, com isso, o custo pode aumentar um pouco.

Mas só para você ter uma ideia é possível automatizar o aparelho de ar condicionado por um preço médio de R$1 mil.

Já para a automatização do sistema de iluminação de quatro ambientes, o valor inicial é de cerca de R$ 3 mil.

A automação do sistema de som custa a partir de R$ 2 mil. Já o preço da automação de cortinas e persianas começa em R$ 1500, em média.

Para automatizar o sistema de segurança prepare-se para desembolsar em torno de R$ 1 mil (apenas as câmeras). Outros equipamentos como sensores, alarmes e detectores de presença podem aumentar o custo em R$ 3,5 mil, no mínimo.

De modo geral, a automação completa de uma casa pode custar entre R$ 3,5 e R$ 11 mil, considerando apenas a mão de obra. O custo com os aparelhos e equipamentos necessários para automatização não estão sendo considerados.