Cama baixa ou cama no chão: 60 projetos para se inspirar

As melhores referências de camas baixas ou com colchão rente ao piso — acerte na proposta do projeto

Por -

Já pensou em ter uma cama baixa ou uma rente ao piso? Hoje vamos falar sobre esta proposta na decoração que remete ao estilo da cultura oriental. Para quem é fã do estilo minimalista, esta pode ser uma ótima ideia para aplicar nos quartos, seja ele de casal, solteiro ou infantil.

Estes modelos de camas são ideais para ambientes cheios de jovialidade — a base pode ser um opcional, feita de madeira, pallets, concreto e com outros materiais. Se você quer ter um ambiente mais informal, aposte nesta opção!

Na cultura oriental, ter o contato com o piso ajuda a dissipar as energias negativas — se você gosta deste estilo, saiba que ele pode ainda economizar bastante espaço em relação a uma cama tradicional, além de deixar a decoração do quarto mais leve.

Antes de colocar o colchão no chão, é preciso saber mais sobre o piso e o impacto da umidade no material. Outra opção é usar tapetes abaixo do colchão para preservar o item.

60 projetos com camas baixas ou no chão para você se inspirar

Para facilitar a sua visualização, confira 60 projetos de camas baixas ou com colchão no piso para se inspirar:

Imagem 1 – Quarto de casal com cama no chão.


Os casais que escolherem esta proposta devem ter o perfil jovem, pois pela cama estar quase encostada no chão, as pessoas de idade podem sentir um pouco de dificuldade ao longo do tempo. Afinal, o comum é que a cama fique com 50cm de distância do chão.

Imagem 2 – O piso de madeira leva vantagem quando o colchão é colocado diretamente no chão.


Além de todo o aconchego que a madeira leva, ela contribui para repelir a umidade do colchão, ou seja, é um material que evita mofos e mal cheiro. Então se o seu quarto já apresenta piso de madeira você pode aderir essa ideia agora!

Imagem 3 – Se o piso for frio opte por pallets embaixo do colchão.


Se o seu piso for frio, coloque uma estrutura de pallet entre o colchão e o chão. Não esqueça que você deve arejar a área, por isso levante o colchão periodicamente e faça uma boa limpeza.

Imagem 4 – Neste exemplo, a cama rente ao chão em um quarto minimalista.


A cama no chão é versátil e pode criar o estilo que você quiser. Tudo depende da harmonia com o restante da decoração, como as cores, os itens inseridos e o layout. Para um ar minimalista, o quarto precisa transmitir leveza, frescor e aconchego.

Imagem 5 – A origem asiática ganha toques modernos.


A cama no chão vem da cultura oriental — e o resultado pode ser um ambiente característico dessa origem, porém com um ar moderno. Uma placa colocada sobre o chão deixa o ambiente leve e contemporâneo. E a combinação da madeira com as cores claras ressalta ainda mais o estilo desse quarto aconchegante.

Imagem 6 – Outra maneira é embutir a cama no tablado de madeira.


Para quem for aderir a essa ideia é necessário fazer um desnível com o chão. Dessa forma você cria um tablado mais alto onde é possível delimitar sua área de descanso.

Imagem 7 – Faça uma composição da cama com o restante da decoração.


No momento do projeto, pense no quarto como um todo. Como o exemplo do cômodo acima, a marcenaria compôs cada cantinho desse quarto formando um único móvel embutido na parede.

Imagem 8 – Dê acabamento a sua cama, elevando um pouco o piso.


Fazer um tablado de madeira é uma ótima opção para quem deseja um desnível do chão. Eles são fáceis de projetar, práticos para o dia a dia e elegantes para o quarto.

Imagem 9 – Ela também oferece um ar despojado para o quarto.


Reforce o seu estilo de vida despojado apostando em um banquinho como criado-mudo. Almofadas e tapetes ajudam a criar um espaço intimista e aconchegante!

Imagem 10 – Quarto de menino com cama no chão.

Imagem 11 – Com ajuda do tablado, a cama ganhou alguns gaveteiros em sua estrutura.


Essa é uma ótima ideia para otimizar todo o espaço do quarto, afinal, esses gaveteiros são ótimos para guardar roupas de cama e malas. Outro ponto forte deste projeto é a cama posicionada na altura da janela com um cantinho para posicionar vasos de plantas e livros.

Imagem 12 – Devido a inclinação do pé-direito, a solução foi optar por uma cama no chão.


É muito comum algumas casas sofrerem com esse tipo problema, pois a inclinação da cobertura resulta nesses espaços irregulares. A cama no chão pode ser uma solução para ambientes com altura baixa — dessa forma você consegue montar um cômodo e otimizar todo o espaço que ele oferece.

Imagem 13 – Se você optar por um tablado, estenda ele até a extremidade da parede para ganhar um espaço extra.


Com um tablado maior do que o tamanho do colchão, cria-se um ambiente mais reservado que pode ser complementado com alguns objetos, como as plantas, transformando aquele pequeno espaço no altar particular.

Imagem 14 – Se o cômodo não possui altura suficiente, essa pode ser uma ótima opção.


Essa é uma ótima solução para cômodos com pé direito entre 2,50m até 2,80m. Uma cama sobre a outra seria desconfortável e não obedeceria as regras de ergonomia do projeto. Já a escrivaninha é um espaço onde os moradores ficariam sentados, sem prejudicar a função principal desse cantinho.

Imagem 15 – Essa ideia é ideal para quem possui um pé-direito mais alto.

Imagem 16 – O bacana do tablado é que a base pode acompanhar o crescimento do seu filho.


Pense em um dormitório infantil, mas que não seja datado, onde seu filho poderá continuar com o mesmo layout por muitos anos.

Imagem 17 – Quarto feminino com cama no chão.


Na cabeceira, você pode montar uma composição de quadros — além de deixar o ambiente mais bonito, dará personalidade.

Imagem 18 – Uma nova forma de desenhar uma cama beliche.

Imagem 19 – Se inspire no estilo hippie chic para decorar seu quarto!


Colchão no chão, estampas vibrantes, imagens penduradas em cima da cama, sobreposição de tecidos, vasinhos de plantas espalhados e um tapete bem colorido fazem todo o estilo para os boêmios!

Imagem 20 – O clima oriental invade o projeto desse quarto.


O principio básico da cama no chão na cultura oriental é que a terra absorva as energias pesadas, sendo elas renovadas ao longo do sono. Esta ideia vem se adaptando com as tendências da decoração, deixando a proposta mais moderna para os dias de hoje.

Imagem 21 – Existem diversos modelos de estofados para cama de chão.


O mercado oferece vários tipos de camas baixas que se adaptam a diversos gostos e estilos. Nesse projeto, podemos observar um modelo mais elegante que lembra o estofado de um sofá com seus acabamentos quadriculados e marcado por um design assinado.

Imagem 22 – O contraste dos materiais deu personalidade para esse quarto.

Imagem 23 – Para manter o colchão fixo faça um encaixe do tamanho do seu colchão.


Para dar mais segurança ao seu colchão no estrado de madeira, procure desenhar um buraco para que o item seja instalado perfeitamente nesse espaço. Assim o colchão não vai ter problemas de ficar se locomovendo ao longo da noite.

Imagem 24 – Beliche de chão.

Imagem 25 – O estilo escandinavo tem tudo haver com essa proposta.


Com o estilo super em alta outra opção é optar por quadros também no chão, apoiados nas paredes, que acompanham a proporção do posicionamento da cama.

Imagem 26 – Esse projeto optou por uma base maior que o colchão, oferecendo mais segurança sem sair da proposta original.

Imagem 27 – Observe que para colocar o colchão direto no chão, foi necessário piso diferente no quarto.


Como a proposta evita pisos frios (porcelanatos e cerâmicas), a ideia foi acrescentar na área da cama uma placa de madeira. Essa diferenciação de piso e o desenho em ripas de gesso foi uma forma de delimitar a função de cada espaço nesse quarto.

Imagem 28 – Para essa ideia ficar mais divertida coloque lençóis diferentes em cada colchão.


Uma ideia prática é empilhar vários colchões, um em cima do outro e acrescentar lençóis diferentes formando uma composição bacana para o quarto do seu filho.

Imagem 29 – A cama baixa pode ser aconchegante e confortável.


A simplicidade proporcionada pela cama baixa pode criar uma decoração clean e moderna, sem perder a elegância e o aconchego.

Imagem 30 – Mantenha o ar moderno com um bom projeto de marcenaria.

Imagem 31 – Os mobiliários desse quarto são proporcionais a altura da cama.


Veja que a mesinha lateral, os quadros, a poltrona e a luminária seguem um padrão de tamanho para que o visual fique harmônico com a proposta.

Imagem 32 – Quarto de criança com cama no chão.


Durante o dia, com ajuda de almofadas, eles ficam parecendo sofás, onde a criança pode brincar e os pais podem sentar sem ter aquele aspecto de cama.

Imagem 33 – Faça um tablado com um formato diferente.


Não existe regra para o desenho do tablado, ele vai de acordo com o tamanho do quarto e a disposição que deseja para o layout.

Imagem 34 – Para quem possui piso frio no cômodo, coloque um tapete embaixo da cama.


Neste caso o tapete deve ser maior do que as dimensões do colchão e você deve levantá-lo sempre que for limpar o quarto, para dar uma arejada.

Imagem 35 –Fazer a cama no nível do piso requer um projeto e uma mão de obra qualificada.


Essa proposta deve ser feita por um profissional especializado, pois qualquer dimensão ou corte errado influenciam no resultado final.

Imagem 36 – O tablado com altura mínima foi projetado para dar suporte ao colchão e ainda recebeu o mesmo modelo de piso para dar a sensação de continuidade.


Deixar o tablado com o mesmo acabamento da decoração do ambiente é outra boa alternativa para espaços pequenos. O excesso de informações pode ocasionar um cômodo pesado e visualmente menor.

Imagem 37 – A fita de LED contornando o tablado realça a presença da cama no quarto.


Outra forma de deixar a decoração linda e moderna utilizando tablados é iluminando a cama através do espaço formado entre o piso e a madeira. O jeito mais prático para esse tipo de iluminação é utilizar fitas de LED.

Imagem 38 – Trabalhe a flexibilidade em ambientes pequenos.


O bacana desse projeto é que ao longo da noite você pode puxar a cama que fica escondida embaixo do tablado da sala. E durante o dia, guardá-la para formar um grande espaço de circulação para o ambiente.

Imagem 39 – O projeto é ideal para quem divide o quarto com irmão ou irmã.


E se você divide o espaço, também dá para fazer um quarto com colchões no chão, assim como no projeto acima.

Imagem 40 – Invista em uma capa de colchão resistente.


A capa é um item essencial para quem for colocar a cama no chão — prefira os impermeáveis para deixar seu colchão limpo. Com esse pequeno cuidado, você pode curtir à vontade seu ambiente informal por muitos anos.

Imagem 41 – O restante da decoração deve respeitar a altura da cama.


Toda a composição desse quarto foi feita de acordo com a cama. O aparador atrás ganhou uma altura confortável, gaveteiros bem posicionados para função de criado-mudo e prateleiras não muito altas para não destoar na decoração.

Imagem 42 – A cama no chão quando combinada com outros detalhes do quarto podem transformar em um ambiente em um local bem aconchegante.


Podemos observar na referência acima que alguns objetos pequenos continuam na mesma altura da cama, com o objetivo de tornar a decoração prática. Banquinhos podem se transformar em criado-mudo e no próprio piso podemos acomodar cestos ao alcance dos braços.

Imagem 43 – A cama no chão alonga mais seu ambiente, aparentando ter um pé direito maior.


Esse efeito se dá pela cama ser mais baixa, o que resulta em um ganho de altura e um visual mais clean.

Imagem 44 – Até no ar industrial podemos encontrar a cama cheia de estilo.

Imagem 45 – Com a cama mais baixa é possível abusar da restante decoração.


Como o nosso campo visual está sobre a altura dos olhos, é possível usar e abusar de uma decoração mais ousada. No quarto acima, as luminárias se tornam presentes, o revestimento em madeira destaca o quarto e o vaso de plantas ganha uma versão mais imponente no ambiente.

Imagem 46 – A cama no chão deve ser aconchegante e confortável.

Imagem 47 – Quarto masculino com cama no chão.

Imagem 48 – A extensão da base da cama pode ser utilizada como criado-mudo ou apoio de objetos do dia a dia.


Se o seu quarto for amplo, não deixe de optar por essa cama mais extensa. Assim não terá a necessidade de colocar um criado-mudo ou pensar em uma cabeceira de cama.

Imagem 49 – Com a cama no chão não há necessidade de colocar uma cabeceira.


Quando a cama é colocada no piso, a maioria das cabeceiras são dispensadas no projeto para dar lugar aos quadros e luminárias. Você também pode abrir mão de um criado-mudo e apoiar os objetos no chão, o que cria um ambiente mais jovial e despojado.

Imagem 50 – A cama no chão recebeu uma base em mármore levando toda elegância para o quarto.

Imagem 51 – Deixe seu ambiente leve e minimalista.

Imagem 52 – Colchão no chão é um dos métodos para um quarto Montessoriano.


A ideia é permitir que a criança explore o quarto e cresça em um ambiente seguro e cheio de possibilidades.

Imagem 53 – Quarto com cama no chão preta.

Imagem 54 – Quarto de solteiro com cama no chão.


A cama posicionada no canto das paredes pode ganhar um espacinho extra para organizar seus objetos. No projeto acima esse cantinho foi perfeito para organizar os livros e brinquedos.

Imagem 55 – Versatilidade no ambiente.


Outra ideia de como trabalhar a flexibilidade com os mobiliários em apartamentos pequenos.

Imagem 56 – O dossel pode fazer toda a diferença na decoração!


O dossel demarcou o limite da cama e ainda reforçou o estilo do quarto.

Imagem 57 – A cama no chão dá mais leveza no visual do quarto.

Imagem 58 – A base baixa faz toda a diferença na cama.


Promova um desnível no quarto, elevando a cama em relação ao piso.

Imagem 59 – A cama no chão é uma solução econômica para o quarto.


Outra ideia prática e econômica é construir uma base para o colchão com tiras de madeira, como se fosse um grande estrado, só que com um ar mais rústico.

Imagem 60 – O modelo da cama deve seguir a mesma linha do restante do cômodo.


A harmonia é tudo na decoração! A maneira de decorar o ambiente faz toda a diferença quando se trata de uma proposta mais ousada. A cama no chão pode criar diversos estilos dependendo de como for tratada na ambientação. No quarto acima, podemos ver a cama com detalhes em couro P&B, o que nos transmite uma sensação de um ambiente mais jovial, por isso a escolha da cor mais vibrante no painel consegue reforçar a proposta do quarto.