Como cuidar de girassol: dicas essenciais para o cultivo da flor

Conheça as principais características do girassol, assim como o seu cultivo e dicas essenciais

Por -

O girassol é uma flor muito bonita que pode ser cultivada tanto dentro de casa (em vaso) quanto fora (no jardim).

No entanto, assim como o cultivo de outras plantas, o girassol também exige cuidados específicos para se manter sempre saudável.

Na maioria dos casos, não é necessário podar os girassóis com frequência, a não ser que você esteja cultivando vários no mesmo espaço e a pode serve então para evitar que as flores roubem o espaço umas das outras.

Pensando em plantar girassóis e tem dúvidas de como pode cuidar dessas flores? Descubra nesse artigo o que fazer para cuidar de um girassol:

Principais características dos girassóis

Flor de girassol

Dentre as características mais comuns dos girassóis estão:

  • Plantas que atingem de 1m a 4m de altura;
  • Representam a fama, o sucesso, a felicidade e até mesmo a sorte;
  • O óleo de girassol é feito a partir de suas sementes;
  • É uma flor que gosta de temperaturas mais altas;
  • Precisa receber luz direta do sol ao menos por algumas horas do dia;
  • Gosta de solo mais úmido;
  • Pode ser plantado em vasos, mas é recomendado apostar em espécies menores;
  • São utilizados para a produção de biodiesel;
  • Suas flores são grandes e chamativas;
  • Atraem insetos que contribuem para a polinização do jardim, como as abelhas;

Qual o melhor local para plantar um girassol?

Plantar girassol

Você tem duas opções na hora de plantar girassóis, os vasos e o próprio jardim, no entanto cada uma delas exige cuidados diferenciados:

1. No vaso

Se a ideia é cultivar o girassol dentro de casa ou apartamento, o vaso é a melhor opção. Nesse caso é preciso escolher um vaso grande e investir nas plantas anãs ou de menor tamanho.

Girassóis não lidam bem com a mudança de local, então plante diretamente no vaso em que deseja que as flores fiquem.

É importante também que você deixe o vaso em um local que receba luz direta do sol, pois as flores precisam disso para se desenvolver.

2 No jardim

No jardim já possível investir em espécies de girassol que atingem alturas maiores. Além de que você pode plantar mais de um. Sempre cuidando para que não estejam muito próximos uns aos outros.

Prepare a terra (essa flor gosta de pH neutro, apesar de ser bastante tolerante a variações) e cave um buraco de dois a quatro centímetros de profundidade. Plante as sementes e regue.

Quando os girassóis nascerem será necessário podá-los, caso estejam muito próximos uns aos outros. Você também deve manter a terra sempre úmida, mas nunca encharcada.

Época de plantio e floração

Plantio de girassol

Girassóis podem ser plantados durante todo o ano, não há restrições quanto a época de plantio. No entanto, se você optar pelos períodos mais quentes, como a primavera e o verão verá o período de floração chegar mais rapidamente.

As flores costumam surgir entre a primavera e o verão, ainda assim, dependendo da época em que foram plantadas e da temperatura, podem aparecer em outras épocas do ano. O principal é que a temperatura varie entre os dezoito e trinta graus, considerado ideal para a floração.

Exposição ao sol e temperatura ideal

Como você já deve ter ouvido falar, os girassóis acompanham o movimento do sol. O que significa dizer que gostam de ficar expostos a luz solar.

Se estão sendo cultivados no jardim certamente estarão expostos ao sol, agora se você está cuidando das flores dentro de casa ou apartamento, certifique-se que recebam luz solar direta ao menos seis horas por dia.

Já quanto a temperatura, essas flores preferem os climas mais quentes, tanto que são capazes de suportar calor muito próximo dos 40 graus. Então o ideal é cuidar para que não fiquem expostas ao frio, principalmente se você vive em regiões mais geladas.

Os girassóis não sobrevivem a temperaturas inferiores aos cinco graus e o recomendado é que sejam expostos ao mínimo de dez graus e não menos que isso para garantir que cresçam saudáveis.

Como funcionam as regas

Regas de girassol

Essas flores não gostam de solo muito seco ou extremamente encharcado. Sendo assim, é interessante observar como está a terra e fazer a rega para mantê-la úmida.

Plantas adultas conseguem lidar com períodos de seca, mas o excesso de regas irá matar os girassóis. Se a flor fica no jardim e tem chovido com frequência, talvez não seja necessário regar.

Agora se fica dentro de casa, em um vaso, verifique diariamente como está a terra. Se estiver úmida, evite a rega, se estiver começando a ficar seca é necessário molhar a planta.

Solo ideal

Solo com terra

Girassóis não tem muito preconceito quanto ao solo. Inclusive podem sobreviver bem a variações de pH (mais ácido ou mais básico). Ainda assim, o ideal é plantá-los em solo de pH neutro e com vários nutrientes.

A fertilização do solo inclusive não é recomendada, a não ser que a ideia seja obter flores bem altas. E nesse caso, os fertilizantes recomendados são aqueles à base de nitrogênio.

Outro aspecto importante em relação ao solo é a umidade. Deve ser um espaço que absorva água sem acumular e que também não resseque tão facilmente.

O solo também deve ser macio, solto e leve, para facilitar o plantio.

Poda dos girassóis

Poda dos girassóis

Na grande maioria das vezes não é preciso podar os girassóis, a não ser que seu objetivo seja colhê-los. Isso porque são plantas que florescem apenas uma vez ao ano.

A poda é recomendada apenas para quem tem muitas flores plantadas juntas e que estão crescendo em grupos. Nesse caso, a poda é ideal para evitar que um girassol derrube o outro.

Se precisar podar é recomendado fazer isso apenas duas vezes por ano, geralmente no final da primavera ou no começo do verão.

Outra dica interessante em relação a poda, também recomendada a quem está cultivando várias flores é retirar aqueles que ficaram menores e mais fracos. Isso deve ser feito quando a planta atingir aproximadamente 8 cm de altura.

Assim você aumenta o espaço entre os girassóis e garante que apenas aqueles que ficarão fortes e bonitos permaneçam plantados. Esse espaço criado pela remoção das plantas mais fracas também ajuda a evitar que um girassol derrube o outro.

Proteção contra pragas

Girassol e abelha

Para proteger seus girassóis do ataque de pragas é interessante que:

1. Remova pragas

Girassóis plantados no jardim estão mais expostos a essa situação. A planta é bastante resistente em relação as pragas, mas costuma ser vítima de uma mariposa, que deposita seus ovos no meio da flor.

Se isso acontecer será necessário remover os ovos um a um.

2. Aplique fungicida

Outra situação comum é o aparecimento de mofo e ferrugem, causados por fungos. Para prevenir basta aplicar um pouco de fungicida.

3. Coloque telas sobre os girassóis

Os pássaros também gostam muito dessas plantas, inclusive se alimentam delas. Se quiser evitar que isso aconteça você pode proteger as flores colocando telas sobre elas.

Ainda assim, isso só é recomendado caso você observe o aparecimento de muitos pássaros atacando as flores. Caso contrário, não é preciso utilizar a tela.

Agora você já sabe como cultivar e cuidar de girassóis. Como você pode ver, são plantas que não exigem grandes cuidados e sobrevivem bem em diversos ambientes.

O principal é garantir que sejam expostas ao sol e cuidar com as regas, já que a planta não gosta de solo muito molhado.