Dividir apartamento: vantagens, desvantagens, dicas e regras para seguir

Por - Atualizado em:

A primeira vista, dividir apartamento parece sinônimo de amigos, festas e muita liberdade pra fazer o quiser, certo? Nem tanto!

Dividir um apartamento exige muito mais do que a boa vontade de fazer novos amigos.

Responsabilidade, divisão de tarefas e compartilhamento de despesas são alguns dos detalhes significativos que impactam na decisão de dividir ou não um apartamento.

Quer descobrir se essa é a melhor opção para você? Então continue acompanhando o post com a gente.

Dividir apartamento: quais as vantagens e desvantagens?

Amigos e convivência social

Uma das maiores vantagens de dividir apartamento com amiga ou amigo é a possibilidade de um maior convívio social.

Você nunca está sozinho e pode sempre contar com a amizade da outra pessoa para os momentos bons e ruins do dia a dia.

Divisão de despesas

A divisão de despesas é outra grande vantagem, especialmente se você levar em consideração a alta no preço do aluguel dos imóveis nas grandes cidades.

Por isso, se você deseja morar em um local privilegiado, perto do trabalho e da faculdade, por exemplo, optar por dividir o apartamento e, consequentemente, as despesas, é um ótimo negocio.

Além do valor do aluguel, as tarifas de água, luz, gás, IPTU e condomínio também são compartilhadas.

Privacidade

Entretanto, existe um grande problema na divisão do apartamento: a privacidade (ou melhor, a falta dela).

Ao dividir o apartamento com amiga ou amigo, tanto você, quanto a outra pessoa perdem a possibilidade de usufruir do espaço como um todo, além de ficar limitado quando desejar receber visitas.

Estilo de vida

A diferença entre estilos de vida também deve ser considerado. Isso pode ser tanto uma vantagem, quanto desvantagem, dependendo da afinidade entre você e seu companheiro ou companheira de apê.

Imagina se você faz o tipo organizado e certinho e passa a conviver com uma pessoa que é completamente desorganizada? As possibilidades de brigas e desentendimentos são grandes.

Agora, se você divide o apartamento com uma pessoa que tem o mesmo estilo de vida que o seu, então as coisas ficam muito mais fácil.

Dicas para dividir o apartamento com amiga ou amigo

Dividir apartamento 1

Feitos um para o outro

A dica aqui é bem parecida com a do tópico anterior. Ou seja, você precisa ter clareza sobre a personalidade, os hábitos e o estilo de vida da pessoa que vai dividir o apê com você.

O ideal é que essa pessoa possua um estilo de vida semelhante ao seu. Isso significa que se você estuda e trabalha, seria interessante que o seu companheiro de apê faça o mesmo. Assim, os seus objetivos e interesses estarão alinhados e a convivência se torna mais fácil.

Analise também se a pessoa é do tipo boêmia ou “caseira”. Um companheiro ou companheira que fica acordado até tarde, gosta de receber amigos e fazer festas pode não ser a sua melhor opção, caso você seja do tipo que dorme cedo e curte uma vida mais tranquila.

Inclusive, essa dica vale para quem deseja dividir apartamento com amiga ou amigo de longa data. Pode até ser que vocês façam o tipo “best friend forever”, mas no dia a dia, com a divisão de responsabilidades e despesas, a amizade pode começar a dar sinais de que não anda bem, principalmente se vocês possuem ritmos de vida diferentes.

Escolha sites confiáveis

Hoje em dia existem sites que fazem a conexão entre quem tem um apartamento para dividir com quem deseja alugar um espaço compartilhado.

Mas faça isso apenas em sites apropriados, não faça anúncios em redes sociais ou classificados comuns. Você corre o risco de atrair pessoas completamente fora da sua realidade.

Trouxemos uma listinha a seguir com alguns desses sites, continue acompanhando.

Faça uma entrevista

Antes de fechar o acordo com a pessoa, chame-a para uma conversa, de preferência, pessoalmente.

Aproveite esse momento não só para fazer perguntas, mas para analisar o comportamento da pessoa. São nesses momentos que pequenos detalhes revelam muitas coisas.

Busque informações extras

Além da análise de perfil e da entrevista, busque ainda por informações extras sobre a pessoa. E qual o melhor lugar do mundo para fazer isso? Nas redes sociais!

São nessas plataformas que você vai conseguir descobrir a pessoa em detalhes. Veja os locais onde ela costuma frequentar, o que pensa sobre assuntos corriqueiros, entre outras coisas. 

Regras para dividir apartamento

Regras para dividir apartamento

Para garantir o convívio harmonioso, não tem outro jeito a não ser estabelecer algumas regrinhas para o dia a dia.

Veja abaixo as principais regras para o seu apê.

1. Divisão de tarefas

A primeira coisa que você precisa fazer é dividir as tarefas da casa com o seu novo companheiro ou companheira.

De modo geral, as tarefas simples do dia a dia devem ser compartilhadas por igual, como lavar louça, preparar as refeições, tirar o lixo, varrer a casa e dar comida para os pets (quando for o caso).

Você pode estipular um calendário separando as tarefas para cada um e fixá-lo em um local visível como a porta da geladeira.

Os ambientes em comum, como cozinha, sala e banheiro devem entrar na lista. Os quartos são de responsabilidade de cada morador.

Porém, vale sempre cultivar o bom senso e adotar a ideia do sujou, limpou, pegou, guardou. Assim, o apê fique sempre arrumadinho e ninguém fica estressado.

2. Compartilhamento de espaços comuns

Alguns ambientes da casa são utilizados de modo compartilhado, como banheiros, área de serviço e cozinha.

Nesses locais é interessante manter algumas regras para garantir que todos tenham o mesmo direito de uso.

Caso os moradores tenham horários parecidos, então o horário de uso do banheiro, por exemplo, precisa ser estabelecido para ninguém ser prejudicado.

A área de serviço também precisa ser dividida. Estabeleça dia e horário para cada morador lavar e passar a própria roupa.

Na cozinha, vale a regra do bom senso e uma boa conversa. Assim, todo mundo aproveita o espaço quando precisar.

3. Horários

Defina horários para a rotina dentro do apartamento, principalmente, durante a noite.

Isso é especialmente interessante para quem possui horários de trabalho diferentes. Você pode estabelecer, por exemplo, que entre as 22h e às 6h da manhã os moradores devem cultivar o silêncio.

O mesmo pode acontecer para horários de banho para não haver tumulto na hora de usar o banheiro.

4. Pertences pessoais

Existem objetos de uso comum e objetos de uso pessoal, especialmente no banheiro.

Vocês podem combinar uma parte do armário para cada um ou, então, estipular que os pertences ficarão nos quartos, por exemplo.

O importante é cuidar das próprias coisas e não deixá-las jogadas, assim evita-se que produtos e roupas se estraguem ou se percam.

5. Visitas, reuniões e festas

Muita atenção nesse tópico. Pode ser que você e seu companheiro ou companheira de apê tenha os mesmos amigos, mas pode ser que a galera seja totalmente diferente.

E nesse caso pode acontecer problemas de convivência por causa do barulho e até mesmo uso de bebidas.

Estabeleça dias e horários que essas reuniões sociais poderão acontecer e, sempre, a conversa é o melhor caminho. Lembre-se também de avisar com antecedência.

6. Limpeza em dia

Além das tarefas do dia a dia, também é importante garantir a faxina completa do apartamento, incluindo, lavagem dos banheiros e da cozinha, limpeza dos vidros, entre outras tarefas mais “pesadas”.

Vocês podem optar por contratar uma faxineira e dividir esse gasto ou, então, optar por realizarem a faxina juntos.

7. Geladeira em comum

A geladeira é outro espaço em comum que os moradores precisarão aprender a dividir.

E, aqui, é importante estabelecer algumas regrinhas. Primeiro, não esconda comida. Essa é uma atitude egoísta e deselegante. Prefira, ao invés disso, determinar espaços na geladeira para cada morador.

Assim, a pessoa fica sabendo o que é de cada um. Outra ideia é etiquetar potes, marmitas e embalagens com o nome da pessoa.

Caso vocês compartilhem refeições, estabeleça o que é de uso coletivo e o que é de uso pessoal.

8. Inventário do apê

Por via das dúvidas, não custa nada fazer um inventário do apê antes de receber o novo morador.

Isso significa fotografar e anotar tudo o que já existe no apartamento, incluindo móveis, eletrodomésticos e outros utensílios. Registre também o estado de conservação de cada um desses equipamentos.

Dessa forma, quando o apartamento for entregue fica mais fácil saber os custos que precisarão ser divididos.

Sites para dividir apartamento

Sites para dividir apartamento

Confira a seguir alguns sites que você pode utilizar de maneira segura para dividir o apartamento com amiga ou amigo.

Easyquarto

A Easyquarto permite que você alugue ou encontre apartamentos para dividir. São diversas opções em todo o Brasil, mas com foco maior no compartilhamento de apartamentos em repúblicas estudantis.

Moovein

O Moovein é outra opção segura e confiável para dividir apartamentos. O site possui funções gratuitas e pagas, com destaque para o perfil elaborado que ele realiza dos usuários.

Roongo

No Roongo é possível alugar e oferecer quartos em todo o Brasil. O perfil dos usuários é bem variável, indo desde jovens estudantes até pessoas na terceira idade.

Webquarto

O Webquarto possui inúmeras opções de quartos em todo o Brasil, com descrição e fotos detalhadas. Você pode tanto alugar, quanto anunciar moradias.

E, então, pronto para dividir o seu apartamento?