O que faz um arquiteto: as principais atribuições dessa profissão

Saiba como é a carreira, quais as habilidades e como é o mercado de trabalho para um arquiteto

Por -

O momento de decidir uma carreira pode ser algo bem complicado quando você ainda não tem ideia sobre qual profissão seguir. Neste artigo separamos algumas informações importantes para você entender o que faz um arquiteto e pensar na possibilidade de escolher essa profissão.

Apesar da profissão ser confundida com o trabalho de engenheiros e design de interiores, o arquiteto se difere em algumas atribuições. No entanto, o profissional trabalha em conjunto com muitos desses profissionais.

O curso de arquitetura é bastante procurado nas principais instituições de ensino no país. Por isso, é importante estar preparado para concorrência no mercado. Mas se o profissional se dedicar, tem espaço para todos.

Confira agora mesmo o que faz um arquiteto, quais as suas atribuições e habilidades, entenda como está o mercado de trabalho, quais as áreas que os arquitetos podem atuar e quais os passos para seguir carreira na área.

O que faz um arquiteto?

O arquiteto é o responsável pela criação de projetos para edifícios, casas, estabelecimentos comerciais, entre outros. O objetivo do seu trabalho é planejar e organizar áreas internas e externas dos mais variados ambientes.

O projeto desenvolvido pelo arquiteto deve obedecer a uma arquitetura funcional que proporcione conforto, seja esteticamente bonito, mas sem precisar agredir o meio ambiente. O maior trunfo de um arquiteto é proporcionar harmonia entre iluminação, móveis e ventilação.

Em uma construção, o arquiteto precisa se comunicar com as partes responsáveis para definirem um projeto que atenda às necessidades do cliente. Dessa forma, o profissional consegue escolher e especificar os melhores materiais que serão utilizados na construção.

Quais são as atribuições de um arquiteto?

Atribuições de um arquiteto

Segundo o Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil ― CAU o arquiteto possui um perfil generalista, mas algumas atribuições são determinantes para a função. Confira quais são.

  • O arquiteto deve supervisionar, coordenar, fazer a gestão e orientação técnica de uma obra;
  • Deve fazer a coleta de dados, estudo, planejamento, projeto e especificação;
  • O estudo de viabilidade técnica e ambiental também deve ser executado pelo arquiteto;
  • O arquiteto deve prestar assistência técnica, assessoria e consultoria;
  • Deve ser o responsável pela direção de obras e de serviço técnico;
  • Precisa fazer vistoria, perícia, avaliação, monitoramento, laudo, parecer técnico, auditoria e arbitragem;
  • O arquiteto pode desempenhar o cargo e função técnica;
  • Deve fazer treinamento, ensino, pesquisa e extensão universitária;
  • O profissional é o responsável pelo desenvolvimento, análise, experimentação, ensaio, padronização, mensuração e controle de qualidade;
  • Precisa elaborar orçamento;
  • Precisa fazer a produção e divulgação técnica especializada;
  • O arquiteto deve ser o responsável pela execução, fiscalização e condução de obra, instalação e serviço técnico.

Quais as habilidades que o arquiteto deve ter?

Habilidades de um arquitetoo

Antes de pensar em decidir pela carreira de arquiteto é bom entender algumas competências essenciais para esse profissional. Essas habilidades são essenciais para construir uma boa carreira na área.

Saber desenhar

O profissional não precisa ser um exímio ilustrador, mas precisa entender algumas técnicas da área. A competência é necessária para você colocar no papel as suas ideias, planos e sugestões para que o cliente consiga entender a sua proposta.

Ter facilidade com matemática

Para desenvolver projetos o arquiteto precisa conhecer equações, fórmulas e cálculos. Por isso, é fundamental ter familiaridade com a matemática. Mas se você não domina, fique tranquilo que com a prática você não terá dificuldades.

Precisa ser criativo

A criatividade é um dos itens obrigatórios para quem almeja construir uma carreira na área da arquitetura. Os projetos precisam ser inovadores, que surpreendem os clientes e atendam às necessidades e vontades deles.

Conhecer as tendências

O arquiteto precisa conhecer as tendências do mercado para elaborar projetos sofisticados, modernos e que sejam atuais. Para isso, o profissional precisa ter uma bagagem cultural e se interessar por diversos estilos e conceitos de arte.

Se atualizar

Se a intenção é construir uma carreira de sucesso como arquiteto, o profissional precisa se manter atualizado no mercado. Sendo assim, é fundamental investir na sua participação em palestras e workshops, além de construir um excelente networking.

Como está o mercado de trabalho para o arquiteto?

Mercado de trabalho de arquitetura

A maior parte dos profissionais de arquitetura trabalha de forma autônoma em seus escritórios. Muitos optaram em fazer parceria com colegas de faculdade de arquitetura para alcançar o maior número de clientes.

Dessa forma, o arquiteto pode prestar serviço desenvolvendo projetos para empresas e pessoas físicas. Logo, o mercado é amplo, já que o profissional pode ser contratado para realizar um projeto completo ou apenas parte dele.

No entanto, a concorrência é grande, pois em algumas regiões o mercado está saturado, principalmente nos grandes centros urbanos. Além disso, como a maioria trabalha por conta própria, não pode contar com um salário fixo mensal.

A situação atual da economia do país tem colaborado para a diminuição de construções civis que contratavam muitos arquitetos. Portanto, se você quer atuar como arquiteto precisa expandir seus horizontes para outras áreas.

Design de interiores é a área que está mais aquecida no mercado, já que muitas empresas estão se preocupando em oferecer um bom ambiente de trabalho para os seus colaboradores. Além disso, as pessoas estão procurando harmonizar o ambiente de sua residência combinando iluminação, ventilação, ergonomia e cores.

Quais as áreas em que o arquiteto pode atuar?

O arquiteto tem a possibilidade de atuar em diversas áreas dentro da profissão porque é um profissional generalista. Selecionamos algumas áreas de atuação para você entender como a carreira de arquiteto é bastante ampla.

Urbanismo

O arquiteto que trabalha na área de urbanismo deve projetar regiões, bairros, cidades, áreas livres, além de layout de diversos conjuntos habitacionais. A sua responsabilidade é organizar de forma espacial estes lugares. Geralmente, o profissional é contratado por órgãos públicos.

Paisagismo e Ambientes

Ao atuar na área de paisagismo e ambientes, o arquiteto faz todo o planejamento e criação de espaços abertos como jardins e praças. Entretanto, o profissional também pode ser contratado para projetar fachadas e jardins residenciais.

Restauro de Edifícios

Se a intenção é recuperar construções muito antigas ou que estejam deterioradas, o arquiteto deve atuar no restauro de edifícios. Mas para trabalhar com isso é necessário entender algumas técnicas e possuir conhecimento em restauro para manter a integridade e as características originais dos monumentos.

Comunicação Visual

Na comunicação visual o arquiteto pode trabalhar criando a identidade de uma empresa, passando por cinema, cenografia e desenho industrial. Contudo, o ramo que mais contrata é a criação de projetos de comunicação para áreas urbanas como placas de sinalização, de alerta e identificação.

Acompanhamento e administração de obras

O arquiteto é um dos grandes responsáveis em fazer um projeto acontecer quando acompanha e administra uma obra. Isso porque o profissional deve manter a segurança e qualidade durante todo o processo e execução da obra.

Desenho de mobiliário

Não é todo arquiteto que gosta de trabalhar com design, mas o mercado de desenho de mobiliário está bem aquecido. O profissional é o responsável pela criação de mobiliários e objetos que vão compor um ambiente.

Visualização arquitetônica em 3D

Para atuar na área de visualização arquitetônica em 3D precisa ter amplo conhecimento em softwares específicos para poder desenvolver técnicas em modelagem 3D, pós-produção, iluminação ou renderização.

Pesquisa

O arquiteto pode trabalhar desenvolvendo pesquisas para encontrar novas ferramentas para melhorar o trabalho de todos. Estas melhorias são importantes porque tudo está mudando constantemente.

Iluminação

Alguns arquitetos estão procurando se especializar apenas em projetos de iluminação. Isso porque a técnica ajuda a melhorar a qualidade dos ambientes e contribui para o bem estar das pessoas.

Especialista em BIM

A área de Building Information Modeling ― BIM é bem ampla, já que o profissional pode trabalhar em conjunto com setores de modelagem, consultoria, desenvolvimento de software, cargos de gestão e pesquisa.

Como construir carreira na área da arquitetura?

Carreira de arquitetura

Para construir uma carreira de sucesso na área da arquitetura é preciso seguir alguns passos. Confira!

Procure ouvir profissionais mais experientes

Deixe a vergonha de lado e procure profissionais experientes na área para conhecer mais a fundo sobre a profissão. Geralmente, são pessoas dispostas a compartilhar informações e ensinar outras pessoas.

Fique atento ao mundo da sustentabilidade

O profissional da arquitetura que não tiver o cuidado adequado com o meio ambiente terá muita dificuldade em desenvolver os seus projetos. Por isso, procure estudar bastante sobre leis e entenda como criar projetos sustentáveis.

Faça networking

Como em qualquer área, fazer networking para o arquiteto é fundamental para construir uma boa carreira. Desse modo, mantenha um bom relacionamento com empresas e profissionais que você admira e conserve seus amigos de faculdade para formar grandes parcerias.

Seja dedicado

O arquiteto precisa estudar muito e se dedicar aos seus projetos. Quando perceber que algo não está de acordo, precisa refazer e ser incansável. Pode ter certeza que o seu cliente notará a dedicação no resultado do projeto.

Tenha um bom currículo e portfólio

O portfólio é o marketing pessoal do arquiteto. Em função disso, prepare algo único que representa muito bem a sua personalidade e mostre seus melhores projetos. Não esqueça de elaborar um currículo com as suas experiências profissionais.

Entender o que faz um arquiteto é fundamental para decidir se a profissão é realmente aquilo que você quer para sua vida profissional. Agora é hora de analisar as vantagens e desvantagens para bater o martelo.