Zamioculca: saiba como cuidar, plantar e decorar com 58 ideias

Descubra as principais características da Zamioculca zamiifolia e como inserir na decor da casa

Por -

De folhas verdes brilhantes e galhos alongados, a Zamioculca é uma das espécies de folhagens mais recomendadas para o cultivo dentro de casa. Se você está procurando por uma planta bonita e fácil de cuidar, precisa conhecer mais detalhadamente essa planta de nome, digamos, no mínimo, esquisito. Por isso, continue acompanhando esse post que vamos te contar tudo sobre ela, te ensinar como plantar a zamioculca, como cuidar da zamioculca, como fazer mudas da zamioculca e, ainda, trazer lindas inspirações de como inserir a zamioculca na decoração da casa.

A planta, originária da África, é muito utilizada na ornamentação de salas, corredores, halls de entrada, ambientes corporativos, espaços públicos e, principalmente, ela é a melhor escolha para locais mal iluminados. Sabe qual a razão de toda essa popularidade? Ela se adapta muito bem a todo tipo de lugar e exige pouca iluminação e ventilação. Contudo, apesar da alta resistência da planta, ela não tolera geadas. Nesse caso, proteja a sua zamioculca em épocas de frio, especialmente quando os termômetros estiverem abaixo de 18º.

A zamioculca pertence a família das Aráceas, a mesma dos copos de leite e antúrios, mas a planta se assemelha mais com uma espécie conhecida como zâmia. Tal semelhança deu origem ao nome cientifico zamioculca. Contudo, este não é o único nome da planta, ela também é popularmente conhecida como dólar ou árvore de dinheiro, em relação direta ao seu tom de verde.

Como plantar a Zamioculca

Como plantar zamioculca

É muito simples plantar zamioculca. Geralmente, as mudas de zamioculcas são feitas por divisão das touceiras ou por sementes que caem da haste de floração. Mas também é possível obter mudas da zamioculca a partir dos galhos da planta. Nesse caso, retire um galho rente a base e deixe-o dentro da água até começar a surgir as raízes, depois é só plantar.

Antes de iniciar o plantio tenha em mãos um vaso de tamanho adequado para a muda. Recomenda-se usar um vaso duas a três vezes maior que a muda para garantir as melhores condições de crescimento e desenvolvimento da planta.

No fundo do vaso, adicione argila expandida ou pedriscos para auxiliar a drenagem. A zamioculca não tolera água em excesso e um bom sistema de drenagem no vaso garantirá a beleza das folhas dessa espécie. Após preencher cerca de ¼ do vaso com argila, prepare o solo. A proporção recomendada é de 1 litro de terra comum para ½ litro de areia e ½ litro de húmus de minhoca. Misture bem todos os componentes antes de colocá-los no vaso. Ajeite a plante no centro e complete com o restante da mistura de solo. Vale ressaltar que as proporções podem variar para mais ou para menos dependendo do tamanho do vaso que está sendo utilizado.

Ao plantar, podar ou manusear a zamioculca é muito importante a utilização de luvas, já que a seiva da planta pode irritar a pele e as mucosas.

Graças ao crescimento lento da planta, o replantio só precisa ser feito a cada três anos, em média, ou quando notar a necessidade. Na ocasião, faça o desmembramento da touceira e renove a terra. As novas mudas que saírem da touceira mãe podem ser plantadas novamente, originando novos vasos de zamioculcas.

Como cuidar da Zamioculca

Como cuidar de zamioculca

A zamioculca é a planta mais indicada para os jardineiros iniciantes ou aqueles muito esquecidos. Afinal, a planta requer pouquíssimos cuidados.

A zamioculca é muito resistente e capaz de sobreviver longos períodos sem água. As regas devem ser realizadas entre uma ou duas vezes por semana, mantendo o solo sempre úmido, mas nunca encharcado. Com a zamioculca é melhor pecar pela falta de água do que pelo excesso, já que o solo encharcado provoca o amarelamento das folhas e até mesmo o apodrecimento do rizoma, o que fatalmente levará a planta à morte.

Para se manter bonita e saudável é importante manter o solo do vaso da zamioculca adubado. Use matéria orgânica, como húmus de minhoca, para fazer a adubação ao invés de fertilizantes químicos. A reposição do adubo deve ser feita apenas a cada três ou quatro meses. Lembre-se também de remover as folhas amareladas e mortas para não comprometer a saúde da planta.

A zamioculca não suporta exposição ao sol. Portanto, ela pode e deve ser cultivada a meia sombra ou a sombra plena. Uma dica para garantir o crescimento por igual é girar o vaso de vez em quando para que todas as partes da planta possam receber a mesma quantidade de luz.

Curiosidades sobre a planta

  • A zamioculca possui flores de cor branca. Acontece que dificilmente você irá conseguir vê-las, já que elas ficam praticamente escondidas dentro da touceira de folhas. O período de floração é no verão ou no inicio do outono;
  • O rizoma subterrâneo da zamioculca, semelhante a uma batata, armazena água, o que permite a planta sobreviver por um longo período de estiagem. Caso isso aconteça, todas as suas folhas caem, mas o rizoma permanece vivo, voltando a brotar no período de chuvas;
  • Todas as partes da zamioculca são venenosas se ingeridas. Portanto, todo cuidado é pouco, especialmente com animais de estimação e crianças. O simples contato com a seiva da planta já causa irritação da pele e das mucosas;
  • A zamioculca é muito resistente à baixa luminosidade, podendo viver em locais sombreados onde outras plantas dificilmente sobreviveriam;
  • Sabe aqueles produtos para limpar as folhas das plantas? Pois bem, nem pense em limpar as folhas da sua zamioculca com eles. A planta, simplesmente, não se adapta;
  • A zamioculca é tão indicada para a decoração de interiores que pode ser cultivada até mesmo em ambientes com ar condicionado, sendo, portanto, uma ótima opção para escritórios, lojas e shoppings centers;
  • A zamioculca com folhas amarelas pode indicar dois problemas: ou excesso de água ou excesso de sol. A exposição ao sol pode queimar a planta e enfraquecer o rizoma, já as regas abundantes e frequentes tendem a amarelar as folhas e apodrecer a planta;
  • Dizem que a zamioculca serve para atrair proteção, sorte e prosperidade quando colocada na entrada da casa;

Agora que você já sabe tudo sobre a zamioculca, do plantio ao cuidado, chegou o momento de você conferir como utilizá-la na decoração da casa, aproveitando toda a beleza da planta da melhor maneira possível:

Imagem 1 – Verde intenso das folhas da zamioculca forma um belo contraste com o ambiente branco.

Contraste entre o verde da zamioculca e o branco do ambiente

Imagem 2 – Dentro de casa, os vasos de zamioculca se desenvolvem muito bem, mesmo sem a presença de janelas.

Vaso de zamioculca dentro de casa

Imagem 3 – Ornamentando os degraus da escada, cada zamioculca foi plantada em um vaso de cor diferente.

Cada zamioculca no seu vaso

Imagem 4 – O vaso de barro e a planta competem por água, mas quando o vaso é colocado no banheiro a umidade natural do ambiente é absorvida pelo vaso, equilibrando a disputa.

Zamioculca no banheiro

Imagem 5 – Zamioculcas plantadas em vasinhos de estampa geométrica.

Zamioculcas plantadas em vasinhos de estampa geométrica

Imagem 6 – A mesinha de centro dessa sala foi valorizada pela presença do vaso de zamioculca.

A mesinha de centro dessa sala foi valorizada pela presença do vaso de zamioculca

Imagem 7 – Se tiver espaço suficiente, a zamioculca pode atingir até um metro de altura.

Zamioculca na quarto

Imagem 8 – A presença da zamioculca eleva a energia e a alegria de qualquer ambiente.

Vaso de zamioculca na sala de estar

Imagem 9 – Três maneiras de utilizar a zamioculca no mesmo ambiente: suspensa, apoiada em uma mesinha ou apenas um galhinho dentro do vaso solitário.

Zamioculca apoiada na mesinha

Imagem 10 – Mix de folhagens na janela: zamioculca, samambaia, costela de adão e ciclanto.

zamioculca, samambaia, costela de adão e ciclanto

Imagem 11 – Tem um cantinho sobrando aí no balcão da sua cozinha? Coloque um vaso de zamioculca nele.

Vaso de zamioculca na cozinha

Imagem 12 – A zamioculca decora e enche de vida o quarto.

Zamioculca no quarto

Imagem 13 – Sobre os livros, a zamioculca se exibe.

Vaso de zamioculca sobre livros

Imagem 14 – Mini vaso de zamioculca para ser colocado onde quiser.

Mini vaso de zamioculca para ser colocado onde quiser

Imagem 15 – A decoração clean e moderna desse home office ganhou um toque de vida e natureza com a presença da zamioculca.

A decoração clean e moderna desse home office ganhou um toque de vida e natureza com a presença da zamioculca

Imagem 16 – Escolha o vaso com a cor e o material que mais combinam com a decoração da sua casa.

Um belo vaso de zamioculca

Imagem 17 – Quando plantada em vasos diferentes é importante averiguar a necessidade de rega de cada um, já que o vaso barro exige mais água do que o vaso de plástico.

Dois vasos com zamioculca

Imagem 18 – Uso de plantas na decoração contribui para deixar os ambientes mais aconchegantes e acolhedores.

Quarto com zamioculca

Imagem 19 – Galhos finos e alongados da zamioculca são ótimos para compor uma decoração mais elegante e sofisticada.

Galhos finos e alongados da zamioculca são ótimos para compor uma decoração mais elegante e sofisticada

Imagem 20 – Canteiro de zamioculcas para refrescar e purificar o ar do escritório.

Canteiro de zamioculcas para refrescar e purificar o ar do escritório

Imagem 21 – Vaso de zamioculca compondo a decoração étnica e rústica.

Vaso de zamioculca compondo a decoração étnica e rústica

Imagem 22 – Se você mora em apartamento ou em uma casa sem muita iluminação natural, aposte no uso da zamioculca para decorar os ambientes.

Zamioculca para decorar ambientes

Imagem 23 – Os tons amadeirados e o verde das folhas da zamioculca garantem o contraste harmonioso desse banheiro.

Contraste do ambiente com zamioculca

Imagem 24 – A mesa rústica ganhou um vaso de zamioculca para ajudar na decoração.

Mesa rústica com vaso de zamioculca

Imagem 25 – O grande vaso de zamioculca abraça as demais espécies ao seu redor, garantindo a beleza verde dessa varanda bem iluminada.

Grande vaso de zamioculca

Imagem 26 – Trio de zamioculcas decorando o corredor iluminado apenas por um letreiro de LED.

Trio de zamioculcas decorando o corredor iluminado apenas por um letreiro de LED

Imagem 27 – Vaso alto com zamioculcas marca área entre a cozinha e a sala de jantar.

Vaso alto com zamioculcas marca área entre a cozinha e a sala de jantar

Imagem 28 – Para os ambientes mais modernos e joviais, os vasos metálicos são uma ótima opção.

Vasos metálicos com zamioculcas

Imagem 29 – Vaso volumoso e bem cuidado de zamioculcas ornamenta o pé da escada.

Vaso volumoso de zamioculca no pé da escada

Imagem 30 – Zamioculca e cacto dividindo o mesmo ambiente sem nenhum conflito.

Zamioculca e cacto dividindo o mesmo ambiente sem nenhum conflito

Imagem 31 – Banheiro de estilo rústico e retrô decorado com vaso de zamioculca.

Banheiro de estilo rústico e retrô decorado com vaso de zamioculca

Imagem 32 – Lembre-se sempre de remover folhas amarelas e mortas da zamioculca, garantindo assim um verde brilhante uniforme em toda planta.

Vaso de zamioculca no aparador

Imagem 33 – De crescimento lento, a zamioculca não precisa ser replantada antes de três anos.

Zamioculca no criado-mudo

Imagem 34 – A janela grande concentra as plantas junto de si, criando um ambiente verde apaixonante.

Janela grande com vasos de plantas

Imagem 35 – Discreto, o pequeno exemplar de zamioculca ajuda a quebrar a dualidade preta e branca dessa cozinha.

Zamioculca na cozinha

Imagem 36 – No hall de entrada, a zamioculca ajuda a trazer proteção, sorte e prosperidade aos moradores.

Vaso de zamioculca no hall de entrada

Imagem 37 – Não importa o tamanho dele, mas tenha sempre um cantinho verde em casa, para renovar as energias e trazer a natureza para mais perto.

Cantinho verde com prateleiras

Imagem 38 – Zamioculca e suculenta são as plantas responsáveis pela decoração dessa sala.

Zamioculca e suculenta na decoração da sala

Imagem 39 – As mudas da zamioculca ficam visíveis na lateral do vaso e indicam o momento do replante.

Vaso com replante de zamioculca

Imagem 40 – Se preferir use suportes para acomodar os vasos de plantas, especialmente as pendentes.

Vaso de zamioculca no ambiente

Imagem 41 – Mesmo que a zamioculca se desenvolva bem à sombra, a iluminação natural sempre confere mais vigor e vitalidade à planta.

Mesmo que a zamioculca se desenvolva bem à sombra, a iluminação natural sempre confere mais vigor e vitalidade à planta

Imagem 42 – Vasos altos deixam as zamioculcas imponentes, contribuindo para uma decoração mais sofisticada; destaque para o tom marrom que predomina na maior parte dos objetos, inclusive no vaso.

Vasos altos deixam as zamioculcas imponentes

Imagem 43 – Flutuando: o vaso branco passa quase despercebido nesse ambiente, deixando a zamioculca solta pelo ar.

Vaso branco de zamioculca

Imagem 44 – As folhas mais jovens da zamioculca se caracterizam pelo tom de verde mais claro, já as folhas mais velhas possuem um tom mais escuro de verde.

Folhas mais claras e mais jovens da planta zamioculca em contraste com as mais escuras

Imagem 45 – Cozinha verde: plantas variadas dão o toque fresco e natural ao ambiente.

Cozinha verde com plantas diversas

Imagem 46 – Insira o vaso de zamioculca sem preocupação no ambiente, ele encontrará o seu lugar e vai se destacar com toda certeza

Pequeno vaso de zamioculca e costela de adão

Imagem 47 – A opção nesse projeto foi deixar as plantas no alto, criando uma decoração diferenciada.

Decoração diferenciada com vasos no alto

Imagem 48 – O vaso de cimento pode ser a melhor opção de decor para os mais moderninhos.

Vaso de cimento e zamioculca

Imagem 49 – Não tem vaso que não combine com a zamioculca.

Qualquer vaso combina com a zamioculca

Imagem 50 – A cozinha rústica azul soube aproveitar muito bem o verde brilhante das folhas da zamioculca.

Cozinha rústica com vaso de zamioculca

Imagem 51 – Os tijolinhos aparentes já são um charme por si só, na presença de plantas a parede se realça ainda mais.

Sala com tijolinhos aparentes pintados de branco e zamioculca

Imagem 52 – Vasos maiores são bem vindos em ambientes amplos.

Ambiente amplo com vaso de zamioculca

Imagem 53 – Tons neutros e sóbrios dessa cozinha ganharam um toque de cor com a presença do vaso de zamioculca no balcão.

Vaso de zamioculca no balcão

Imagem 54 – Criativo e original: a zamioculca foi plantada na jarra esmaltada, já o vasinho de cacto pega carona na ideia e se fixa na jarra por um suporte.

Zamioculca plantada na jarra esmaltada

Imagem 55 – O banheiro de influência clássica, rústica e retrô optou pelo vaso de zamioculca para completar a decoração.

Vaso de zamioculca para complementar a decoração do banheiro

Imagem 56 – À noite, as plantinhas ajudam a renovar o ar do ambiente, por isso elas são ideais para quartos.

Quarto com zamioculca

Imagem 57 – Vaso grande e largo acomoda tranquilamente várias mudas de zamioculca.

Vaso grande e largo acomoda tranquilamente várias mudas de zamioculca

Imagem 58 – Bom aproveitamento dos espaços: nessa casa, os vasos de zamioculca foram colocados debaixo da escada.

Bom aproveitamento dos espaços: nessa casa, os vasos de zamioculca foram colocados debaixo da escada