Roupas cheirosas: veja dicas para você ter elas sempre assim

Por -

Nada como vestir uma roupa cheirosa e macia! É como um abraço acolhedor e reconfortante! E você sabia que ter roupas cheirosas no armário vai muito além da escolha certa do amaciante?

Pois é, existem diversos fatores que interferem no cheiro (bom ou ruim) da sua roupa. Quer descobrir quais são eles? Então é só ficar aqui e acompanhar esse post com a gente.

Como ter roupas sempre cheirosas

1. Limpe a máquina de lavar

Limpe a máquina de lavar

A máquina de lavar é a sua principal aliada na hora de lavar as roupas, mas também na hora de mantê-las cheirosas.

Uma máquina de lavar suja vai impregnar suas roupas com cheiro ruim e, é claro, com manchas de sujeira.

Por isso, periodicamente cuide para que o cesto, o filtro e o dispenser da máquina de lavar estejam sempre limpinhos. 

Uma boa maneira de fazer isso é encher a máquina (mas sem roupas) e realizar todo o ciclo de lavagem. Adicione água sanitária ou vinagre para ajudar na limpeza.

Na dúvida, consulte o manual de instruções do fabricante e veja o procedimento para realizar a limpeza. Se achar necessário, chame um profissional da assistência autorizada.

2. Escolha o sabão e amaciante certo

Amaciantes na roupa

Muita gente acha que basta usar um amaciante cheiroso para garantir roupas cheirosas. Faz sentido e é importante sim, mas não é suficiente. 

O sabão em pó também é importante. Por isso, escolha um sabão de boa qualidade que além de cuidar das suas roupas vai ajudar na fixação do aroma do amaciante.

E mais uma dica: não exagere na quantidade de sabão. Se na hora do enxague o sabão não for removido completamente a sua roupa pode acabar ficando com marcas, uma textura endurecida e com mau cheiro.

3. Cuidado com o uso do amaciante 

Não é porque o amaciante é cheiroso e promete deixar suas roupas macias que você vai exagerar na quantidade. 

O excesso de amaciante pode provocar o efeito contrário ao que você deseja: deixar suas roupas com mau cheiro, especialmente se ele acumular nas fibras do tecido e não for removido adequadamente na hora do enxague.

Portanto, siga sempre as instruções da embalagem, principalmente para o caso de amaciantes concentrados.

4. Atenção com o cesto de roupa suja

Pode parecer que não, mas o cesto de roupa suja possui um papel importante na manutenção das suas roupas como um todo, não apenas no cheirinho delas.

Isso porque ao misturar as roupas sujas sem critério algum você pode acabar passando o odor de uma para outra. 

Por isso, a dica aqui é separar as roupas do dia a dia, aquelas que você usa para o trabalho (que geralmente não estão tão sujas), daquelas usadas na academia ou que você usou para fazer faxina. 

Cuidado também com roupas sujas de pelos de animais, pois além do mau cheiro, elas podem acabar passando pelo para as outras roupas.

5. Umidade é inimiga das roupas cheirosas

Umidade nas roupas

E não poderíamos deixar de falar sobre a umidade nas roupas. Essa é a grande inimiga que precisa ser eliminada a todo custo por quem deseja ter roupas sempre cheirosas.

Por isso, tenha o cuidado de não colocar roupas úmidas, molhadas ou com suor no cesto de roupas sujas. 

A dica, nesses casos, é lavar as peças molhadas o mais rápido que puder. Mas se isso não for possível, estenda-as para que sequem e só depois coloque essas roupas no cesto.

Lembre-se que além de causar mau cheiro, a umidade ainda pode provocar manchas de mofo e bolor nas suas roupas, o que é realmente um grande problema, já que essas manchas são bem difíceis de serem removidas.

6. Roupa limpa e seca

Depois de cuidar da limpeza da máquina, escolher e usar o sabão e amaciante corretos e manter o cesto de roupa suja em dia, você está prestes a ter as roupas mais cheirosas do mundo. 

Mas antes de chegar nesse nível master, você ainda precisa descobrir mais alguns truques, como o da roupa seca.

Isso significa que suas roupas devem estar sempre sequinhas antes de serem guardadas no armário. Nada de colocar roupas úmidas dobradas nas gavetas! O cheiro de cachorro molhado será inevitável.

Por isso, sempre se certifique de que todas as partes da sua roupa estão secas antes de guardar. Confira os locais mais difíceis de secar como os bolsos, a parte da cintura de calças, saias e bermudas, além de punhos e dobras de golas.

Outra dica de ouro: procure estender as roupas assim que elas saírem do processo de centrifugação da máquina. Quanto mais tempo elas ficarem molhadas e acumuladas no cesto, maior a chance das suas roupas ficarem com cheiro ruim.

E na hora de pendurá-las no varal, mantenha as roupas sempre bem esticadinhas para que sequem por igual. Evite amontar as peças umas sobre as outras. 

Nos dias mais frios e chuvosos, quando as roupas demoram mais tempo para secar, procure lavar as peças com mais frequência. Assim você não lota o varal e consegue arejar melhor as peças.

Mas se tiver uma secadora, esse inconveniente passa longe. Contudo, lembre-se de manter as roupas lá dentro apenas o tempo necessário, assim o calor não elimina o cheirinho do amaciante.  

7. Passe sua roupa

Passar roupas

Essa talvez não seja a dica mais legal desse post, especialmente para quem não curte muito a ideia de passar roupa. Mas saiba que o vapor e o calor do ferro elétrico ajudam a fixar o cheiro do amaciante. 

Por isso, se você deseja roupas cheirosas vale a pena passá-las no ferro. Para deixa-las ainda mais cheirosas, borrife uma misturinha de água e amaciante enquanto passa.

Aguarde a roupa esfriar antes de guardá-la no armário.

8. Limpe os armários

Limpe armarios

Crie o hábito de limpar os armários com frequência, afinal, não adianta passar por todas essas etapas para encontrar um guarda-roupa sujo no final.

Limpe portas, prateleiras e gavetas com um paninho umedecido com água e vinagre, deixe-o aberto por algumas horas para arejar e use algum tipo de antimofo para evitar … o mofo! 

Você pode ainda espalhar sachês perfumados para manter o cheirinho gostoso das suas roupas.