Tipos de chuveiro: veja os principais para escolher para a sua casa

Por - Atualizado em:

Quer começar bem o dia? Tome um banho! Quer terminar bem o dia? Tome um banho! O chuveiro está sempre presente nesses momentos do cotidiano. É pra ele que todo mundo corre quando deseja relaxar, ganhar ânimo e disposição.

Mas para isso é fundamental saber como escolher o tipo de chuveiro ideal para sua casa e suas necessidades. Bora então conferir as dicas!

Tipos de chuveiro

Basicamente, existem seis tipos de chuveiro que você pode escolher a partir daquilo que deseja, seja conforto, economia ou custo beneficio, dá só uma olhada:

Chuveiro elétrico comum

Chuveiro elétrico comum

O chuveiro elétrico comum é aquele encontrado em grande parte dos lares brasileiros. Ele é fácil de achar para vender, tem instalação rápida e mão de obra simples, além de ser um dos modelos mais baratos.

A maioria dos chuveiros elétricos comum funcionam na voltagem 220V, apesar de também existirem modelos em 110V.

O chuveiro elétrico comum ainda oferece a possibilidade de alternar as temperaturas em até três posições: frio, morno e quente. Mas para isso, é importante estar com o chuveiro desligado para não queimar a resistência.

Apesar do ótimo custo beneficio, esse tipo de chuveiro pode deixar a desejar no quesito design, já que os modelos são simples e sem grandes atrativos. Outra característica considerada uma desvantagem é a baixa pressão de água.

Se o seu banheiro estiver próximo a caixa d’água, o banho pode se tornar desconfortável, uma vez que o jato não será forte o suficiente.

O preço de um chuveiro elétrico simples e popular custa entre R$ 40 e R$ 70.

Chuveiro eletrônico

Chuveiro eletrônico

O chuveiro eletrônico é uma versão melhorada do clássico chuveiro elétrico convencional. A principal diferença entre eles está no controle de temperatura.

No chuveiro eletrônico é possível regular a temperatura da água sem a necessidade de desligar o aparelho e sem medo de tomar choque. Isso torna o banho mais agradável e seguro já que o controle de temperatura é muito mais eficiente.

A instalação do chuveiro eletrônico acontece da mesma forma do chuveiro elétrico, portanto, ela continua sendo simples e prática.

Os chuveiros eletrônicos ainda podem vir acompanhados de luzes para cromoterapia e até música. Mas prepare o bolso porque esses mimos acabam encarecendo o produto.

Mas, de modo geral, um chuveiro eletrônico simples custa entre R$ 90, para os modelos em cor branca, até R$ 400 para as versões cromadas.

Chuveiro pressurizado

Chuveiro pressurizado

O chuveiro pressurizado é o melhor tipo de chuveiro para quem tem baixa pressão de água em casa. Isso geralmente acontece quando a caixa de água está próxima do banheiro ou no mesmo nível.

Esse tipo de chuveiro possui uma bomba interna integrada (o pressurizador) que aumenta a pressão deixando o jato de água mais forte.

O chuveiro pressurizado pode ser encontrado na versão elétrica e eletrônica, sendo que nesse último caso, você ainda conta com uma comodidade e segurança a mais.

A maior desvantagem, no entanto, desse tipo de chuveiro é o alto consumo de água.

O preço médio de um chuveiro eletrônico pressurizado é de R$ 115.

Chuveiro híbrido

O chuveiro híbrido, como o nome sugere, pode funcionar tanto na rede elétrica, quanto a gás ou com energia solar.

Ou seja, ele é ideal para quem pretende utilizar formas alternativas de energia, sem perder o conforto.

Outra vantagem do chuveiro híbrido é que ele pode ser utilizado mesmo quando falta energia elétrica.

E mesmo ao utilizar a rede de energia, esse tipo de chuveiro consegue economizar até 40% de eletricidade.

O consumo de água também é reduzido. Outro destaque para esse tipo de chuveiro é o design, geralmente muito moderno.

Contudo, o chuveiro híbrido necessita da instalação de sistema de gás encanado ou de placas de energia solar, o que pode acabar elevando o custo do aparelho indiretamente.

O preço médio de um chuveiro híbrido varia de R$ 470 a R$ 800.

Chuveiro a gás

Chuveiro a gás

Outro chuveiro bem conhecido, mas pouco popular é o modelo a gás. Esse tipo de chuveiro é muito econômico, já que não depende da energia elétrica.

Por outro lado, ele necessita de um sistema de aquecimento a gás na residência, o que pode acabar encarecendo o custo total da instalação. Isso sem contar que é necessário contar com mão de obra especializada nesse tipo de sistema.

O chuveiro a gás também é mais seguro, eliminando risco de choques e acidentes com a rede elétrica.

O modelo ainda oferece maior conforto térmico, especialmente para quem vive em regiões mais frias, como no Sul do Brasil. Isso porque esse tipo de chuveiro consegue atingir temperaturas maiores, sem perder pressão ou força no jato.

No entanto, um chuveiro a gás consome mais água do que um chuveiro elétrico comum, chegando a 8,7 litros de água por minuto.

O preço de um chuveiro a gás varia bastante, indo desde os modelos mais simples como as duchas, com valores a partir de R$ 300 até modelos mais sofisticados, com acabamento em pintura cromada, onde os preços podem chegar a R$ 1800.

Ducha

Ducha

As duchas são a escolha perfeita para quem deseja alta pressão e jatos intensos. Esse tipo de chuveiro pode ser tanto elétrico, quanto frio, sem necessidade de instalação na rede.

As duchas frias, inclusive, podem ser ligadas a algum outro tipo de sistema de aquecimento, como o solar e a gás.

Esse tipo de chuveiro é muito prático e ainda permite o direcionamento dos jatos, tornando o banho ainda mais confortável. Existem modelos hoje em dia que permitem até mesmo o deslocamento da ducha para cima ou para baixo, realizando uma espécie de hidromassagem vertical.

Na maioria das vezes, esse modelo de ducha é acompanhado de uma barra por onde a ducha desliza. Essa barra ainda pode vir equipada com outras duchas de tamanho menor, oferecendo um sistema de hidromassagem completo.

Para quem deseja um modelo de ducha simples, no entanto, os preços ficam na casa dos R$ 44 a R$ 90. 

Como escolher melhor chuveiro

Como escolher melhor chuveiro

Confira mais algumas dicas para acertar na escolha do chuveiro ideal.

Pressão da água

Antes de escolher o melhor tipo de chuveiro para sua casa, observe a intensidade da pressão de água no banheiro. Se ela for fraca, o ideal é sempre contar com um chuveiro pressurizador, que pode ser tanto elétrico, quanto eletrônico.

Mas se a pressão da água for boa, sinta-se a vontade para escolher o chuveiro que mais te agrada.

Rede elétrica

Se você optar por um chuveiro elétrico ou eletrônico, verifique sempre com um eletricista como anda a rede elétrica da sua casa e qual a voltagem de chuveiro ideal para ela.

Um chuveiro de alta potência pode causar estragos em uma rede que não está preparada. Nesse caso, o melhor a fazer é trocar a fiação e os disjuntores, de modo que a rede suporte a carga elétrica exigida pelo chuveiro.

Clima e região

A escolha do tipo de chuveiro também precisa atender o clima e região onde você vive. Em locais quentes, como o Norte e Nordeste do Brasil, um chuveiro eletrônico pode ser uma ótima opção, já que o controle da temperatura é mais eficaz.

Já quem mora em regiões onde o inverno tende a ser mais rigoroso, como no Sul do Brasil, um chuveiro a gás pode ser um bom investimento, uma vez que a água aquece melhor do que no chuveiro elétrico ou eletrônico.

Design

É claro que a escolha do tipo de chuveiro também passa design e o estilo que você pretende dar ao seu banheiro.

Hoje em dia, existem opções de modelos de chuveiros modernos com design diferenciado, incluindo cores que fogem do clássico chuveiro branco.

Entre os mais populares estão o chuveiro preto e o chuveiro cromado, com opções de tons que vão do rosé gold ao dourado.

No entanto, tenha cautela ao optar por chuveiros com cores muito marcantes e que são tendência. Isso porque o chuveiro é um bem de consumo que vai durar muito tempo no seu banheiro e provavelmente você não vai querer trocá-lo todo ano.

Custo-benefício

Por fim, um dos critérios mais importantes que você pode adotar na escolha do tipo de chuveiro é o custo beneficio.

Ou seja, optar por um modelo que seja eficiente, econômico e bonito ao mesmo tempo.

Não existe uma regra que possa determinar o melhor modelo de chuveiro em custo beneficio.

Pode ser, por exemplo, que você já tenha na sua casa ou apartamento um sistema de aquecimento a gás e, nesse caso, optar apenas pela compra do chuveiro pode ser um ótimo negócio.

Tudo vai depender das condições pré-existentes, por isso, analise muito bem todas as possibilidades.

Mais uma dica: se puder, invista em um modelo de melhor qualidade e que seja capaz de oferecer o máximo de conforto. Afinal, o chuveiro é um item que não será trocado com frequência e o investimento vale a pena no final.

Qual o chuveiro mais econômico?

O chuveiro mais econômico é o hibrido. O modelo economiza energia e água, ao mesmo tempo em que oferece conforto. Por isso, ele acaba sendo também a opção mais sustentável de chuveiro.

Mas para ser vantajoso do ponto de vista financeiro você precisa contar com um sistema já instalado de aquecimento a gás ou solar.

Caso não tenha e não pretenda fazer esse tipo de investimento em energias alternativas, escolha um modelo de chuveiro elétrico ou eletrônico com selo de aprovação do Inmetro que comprove o baixo consumo de energia elétrica.

E, lembre-se, nenhum chuveiro é econômico por si só. A diferença no final do mês está nos hábitos dos moradores. Portanto, se deseja economizar com os banhos reduza o tempo debaixo do chuveiro.