Como conservar alface: passo a passo e dicas essenciais

Por - Atualizado em:

A alface é a rainha das saladas. De sabor suave e textura crocante, a alface vai bem em diferentes preparações e é capaz de agradar a todo tipo de paladar. 

Entretanto, todavia, contudo, essas folhinhas são sensíveis e delicadas, podendo facilmente estragar se não forem conservadas corretamente. 

Então, para ter sucesso com a sua salada é muito importante descobrir como conservar alface, seja dentro ou fora da geladeira.

E é justamente sobre isso que vamos falar hoje. Vem com a gente?

Como conservar alface na geladeira

A conservação da alface na geladeira vai te dar um pouquinho (bem pouquinho) de trabalho, mas compensa. 

Primeiro, porque você garante folhas limpas, verdinhas e crocantes para semana inteira. 

Segundo, porque você economiza um dinheiro ao evitar que as folhas estraguem e acabem indo parar no lixo

Por isso, confira as dicas a seguir e veja o passo a passo certinho para conservar alface na geladeira:

Higienize

Chegou da feira ou do mercado? Então o primeiro passo é retirar a alface da embalagem ou do saquinho.  Não deixe as folhas muito tempo abafadas em sacos plásticos sob o risco delas murcharem e queimarem.

O próximo passo é lavar as folhas na água corrente. Esse processo ajuda a eliminar a sujeira “grossa”, como vestígios de terra e possíveis bichinhos. Aproveite esse momento também para remover folhas amareladas ou murchas. 

Em seguida, encha uma bacia com água e adicione hipoclorito de sódio, um higienizador próprio para alimentos que ajuda a eliminar diferentes tipos de bactérias. Você encontra esse tipo de produto em supermercados e feiras.

Utilize uma colher do produto para cada litro de água.  Na sequência, adicione as folhas e deixe-as de molho por quinze minutos. É importante que todas as folhas estejam submersas para garantir a higienização completa, além da eliminação residual de certos tipos de agrotóxicos. 

Após esse tempo, enxague muito bem as folhas e passe para a próxima etapa.

“Ah, mas é o vinagre e o bicarbonato?”. Boa pergunta! 

Tanto o vinagre, quanto o bicarbonato podem ser usados para auxiliar na higienização dos alimentos, no entanto, alguns tipos de bactérias só morrem na presença do hipoclorito de sódio. Por precaução, melhor usar um produto só e garantir uma limpeza total.

Seque

Essa etapa é fundamental para garantir a conservação da alface dentro da geladeira. Isso porque as folhas molhadas podem acabar provocando a proliferação de fungos e apodrecer a alface. 

O excesso de água também faz com que a hortaliça fique gosmenta e perca a crocância. 

Portanto, após a higienização você deve secar muito bem todas as folhas. Uma boa opção é usar aqueles secadores de hortaliças vendidos em lojas de utilidades domésticas. 

Mas também dá para fazer a secagem manualmente usando papel toalha. Aperte suavemente a folha contra o papel de modo que a umidade possa ser absorvida. 

Armazene

Com as folhas secas, chegou a hora de armazená-las. Se for um volume muito grande, opte por saquinhos de armazenamento.

Já se for uma quantidade pequena, dá para guardar em potes de vidro limpos e secos. 

O importante é que antes de colocar as folhas dentro do recipiente elas estejam secas. 

E para ter ainda mais certeza disso, você pode intercalar camadas de folhas de alface com camadas de papel toalha. Assim, qualquer resquício de umidade será absorvido pelo papel e as folhas vão durar por muito mais tempo.

O melhor lugar para guardar a alface dentro da geladeira é na parte debaixo, na última prateleira ou na gaveta de legumes. Isso porque essa é a região menos fria da geladeira. 

A parte superior do eletrodoméstico é mais gelada e, portanto, pode acabar queimando com facilidade a alface. 

Sequinhas e bem armazenadas dentro do recipiente, a alface pode ser conservada na geladeira por até duas semanas. 

Como conservar alface fora da geladeira

Mas se por algum motivo você não puder ou não quiser conservar a alface na geladeira, pode optar por conservá-la sob temperatura ambiente. 

Sim, isso é possível! No entanto, já fique sabendo que dessa forma as folhas durem menos. Confira a seguir como conservar alface fora da geladeira:

Higienize

Em primeiro lugar, ao chegar em casa com a alface, retire-a da embalagem para “respirar”. 

Depois, lave-a em água corrente para retirar o excesso de sujeiras. Mas não desfaça o buquê. 

Em seguida, coloque de molho em uma bacia com água e hipoclorito de sódio. Deixe por quinze minutos, retire, enxague e passe para o próximo passo.

Hidrate

A principal diferença da conservação da alface na geladeira e fora da geladeira é o processo de hidratação. 

Enquanto na geladeira, a alface precisa estar seca, fora da geladeira a hortaliça precisa ser hidratada.

Para isso, a dica é colocá-la dentro de um recipiente com água limpa e filtrada. Pode ser um copo, uma garrafa ou mesmo um vaso. 

Faça um pequeno corte no talo, mas não destaque as folhas. Caso a alface seja do tipo hidropônica, conserve as raízes.

Troque a água diariamente. Dessa maneira, a alface fora da geladeira pode ser conservada por até uma semana. 

Mais uma dica: evite deixá-la exposta ao sol e próxima de fontes de calor, como o fogão e o forno.

Atenção na hora de comprar as hortaliças

Mesmo tendo todos os cuidados necessários para conservação da alface, seja dentro ou fora da geladeira, uma coisa é certa: se você não souber como escolher a hortaliça corretamente, ela vai aguentar poucos dias. 

Por isso, tome nota das dicas a seguir e já vá preparado para suas próximas compras na feira ou supermercado:

  • Avalie o aspecto das folhas. Prefira comprar alfaces de folhas verdes brilhantes e inteiras;
  • Folhas murchas, meladas ou amareladas sinalizam que a hortaliça não está boa para consumo;
  • Nem sempre pequenos furos são um mal sinal. De fato, eles indicam a presença de insetos. Mas veja pelo lado positivo, se um inseto passou por ali é sinal de que a hortaliça teve pouco contato com agrotóxicos. 
  • Observe também se as folhas estão firmes. Sacuda levemente para ter certeza. As folhas firmes indicam que a alface está crocante. 

Alface: muito mais do que uma folhinha verde

Tem gente que compara a alface com o chuchu. Acham que tanto um, quanto o outro, não tem gosto, nem cheiro, nem nada. Só água. 

Isso não é bem verdade. Apesar do sabor neutro e suave, a alface ajuda a adicionar textura aos pratos, além de um colorido lindo. 

A alface também ganha pontos na questão nutricional. A hortaliça é rica em fibras, auxiliando o sistema gastro intestinal e a sensação de saciedade. 

Pobre em calorias, a alface também é muito indicada para dietas de quem deseja perder peso.

A alface ainda oferece vitaminas A e C, além de sais minerais importantíssimos como cálcio, ferro, magnésio e fósforo.

Essa combinação de vitaminas e sais minerais é fundamental para equilibrar o sistema imunológico, prevenindo doenças e infecções.

O consumo regular de alface também ajuda a diminuir os níveis de estresse, controlar a ansiedade e combater a insônia. 

A lactucina, substância presente nas folhas da hortaliça, é considerada como um calmante natural.

Não é a toa que o chazinho de alface é um velho conhecido de quem tem dificuldades para dormir. 

E com todas essas dicas não tem mais desculpa para deixar de consumir alface, não é mesmo?