Pingo de ouro: como plantar, cuidar, dicas e fotos para se inspirar

Por - Atualizado em:

As folhas amarelas e brilhantes logo entregam o porquê do nome “pingo de ouro”. Essa planta arbustiva, muito popular em canteiros e cercas vivas, encanta a todos com suas tonalidades iluminadas. E é claro que ela não pode faltar no seu jardim.

Acompanhe o post com a gente e descubra mais sobre essa verdinha ou, melhor, amarelinha.

Pingo de ouro: características e curiosidades

O pingo de ouro é uma legitima espécie latino americana, sendo encontrada em toda América do Sul, além de países como México e na região do Caribe.

A planta é conhecida como um tipo arbustivo, lenhoso e perene. Por isso, mesmo acaba sendo muito utilizado como cercas vivas e canteiros.

Quando não podado, o pingo de ouro pode alcançar até 1,5 metro de altura. Outra característica interessante da planta é que ela possui um crescimento rápido, ou seja, se você precisa de uma espécie capaz de cobrir rapidamente uma área, aposte na pingo de ouro.

A planta pingo de ouro floresce na primavera, mas apenas quando não é podada. As flores são pequenas e delicadas em cores que variam entre o branco, o lilás e o rosa.

No outono, a pingo de ouro produz pequenos frutos não comestíveis, tóxicos e venenosos para humanos e animais domésticos. No entanto, os pássaros consomem sem nenhum prejuízo.

Como plantar pingo de ouro

Para plantar pingo de ouro você vai precisar de uma muda já no ponto de replantio ou, então, fazer sua própria muda. Para isso, basta retirar um galho com cerca de 15 centímetros, de preferência das pontas, de uma planta já adulta e saudável.

Mergulhe esse galho em um copo ou jarro com água limpa e aguarde até o surgimento das raízes e primeiros brotos.

O próximo passo é fazer o plantio dessa muda em um vaso ou saquinho até que a plantinha esteja mais forte e resistente. Esse processo leva cerca de 15 dias.

Após aguardar esse período, faça o transplante para o local definitivo. Pode ser um vaso ou canteiro, o importante é garantir solo fértil e adubado para que a planta cresça. Lembre-se ainda de oferecer um bom sistema de drenagem, caso a planta pingo de ouro seja plantada em vaso.

Para isso, a dica é preencher o fundo do vaso com argila expandida e carvão vegetal. Em seguida, coloque uma camada de manta bidim ou um pedaço de TNT para facilitar o escoamento da água e impedir que a terra e os nutrientes sejam perdidos.

Em canteiros, o ideal é manter um distanciamento mínimo de 30 centímetros entre uma muda e outra.

Como cuidar pingo de ouro

A planta pingo de ouro é rústica e fácil de cuidar. Mas, nem por isso, ela dispensa alguns cuidados importantes. Veja a seguir como cuidar da pingo de ouro direitinho:

Iluminação e temperatura

A pingo de ouro precisa de luz solar direta para permanecer bonita e saudável, inclusive, a tonalidade amarelo dourado da planta é resultado da sua exposição ao sol. As espécies cultivadas na sombra não possuem essa cor, ficando com as folhas esverdeadas.

Regas

Para acertar nas regas da pingo de ouro o ideal é oferecer água apenas quando o solo estiver seco. A planta não tolera solos encharcados, por isso, reduza as regas no inverno. Já no verão, as regas podem ser mais frequentes, mas ainda assim sem exageros. Só não pode deixar o solo seco demais.

Adubação

Toda planta cresce mais bonita e saudável quando tem um bom aporte de nutrientes. Com a pingo de ouro não seria diferente. Apesar de não ser exigente, é importante manter a regularidade da adubação.

Sempre que possível, a melhor opção é o adubo orgânico, proveniente de composteiras, ou do tipo esterco bovino.

Para estimular a floração, adube a planta no inicio das estações.

Podas

Uma das maiores exigências da pingo de ouro é com relação as podas. Ela precisa ser podada com frequência para não perder o formato. Inclusive, vale citar que a pingo de ouro é uma das espécies preferidas para quem aprecie a arte da topiaria. Ou seja, essa é uma planta feita para ser podada. No entanto, caso deseje ver sua pingo de ouro florescer, as podas não podem ser tão frequentes.

Pingo de ouro no paisagismo

Versátil, a pingo de ouro pode ser usada de diferentes formas no paisagismo externo de jardins e áreas públicas, como calçadas, por exemplo.

O jeito mais popular de utilizar a planta é em canteiros e cercas vivas, sendo muito comum também na borda de calçadas e caminhos públicos.

Uma das maiores vantagens da pingo de ouro no paisagismo é a possibilidade de podá-la e formatá-la como você bem entender. Isso garante inúmeras opções para a jardinagem.

A pingo de ouro também se destaca na companhia de outras espécies, já que suas folhas douradas costumam contracenar muito bem com plantas de outras tonalidades, especialmente aquelas de tom verde mais escuro.

Dentro de casa a planta também tem seu lugar de destaque. A planta pingo de ouro no vaso é tão popular, quanto no jardim. Inclusive, ela acaba sendo muito utilizada na arte do bonsai. Pois é! Não é raro ver por aí um bonsai pingo de ouro.

Ficou curioso para ver essa plantinha linda em ação? Então acompanhe a seguir 30 imagens de pingo de ouro adornando os mais diferentes projetos paisagísticos. Inspire-se!

Imagem 1 – Pingo de ouro no vaso: crie destaque na decoração com as folhas douradas da espécie.

Pingo de ouro no vaso: crie destaque na decoração com as folhas douradas da espécie

Imagem 2 – Cerca viva de pingo de ouro para quem procura uma opção de topiaria no jardim.

Cerca viva de pingo de ouro para quem procura uma opção de topiaria no jardim

Imagem 3 – Bonsai pingo de ouro: uma perfeição em miniatura.

Bonsai pingo de ouro: uma perfeição em miniatura

Imagem 4 – Para cultivar a planta pingo de ouro no vaso certifique-se que ela irá receber a quantidade necessária de luz solar.

Para cultivar a planta pingo de ouro no vaso certifique-se que ela irá receber a quantidade necessária de luz solar

Imagem 5 – Modele e desenhe a pingo de ouro como você desejar de acordo com o seu projeto paisagístico.

Modele e desenhe a pingo de ouro como você desejar de acordo com o seu projeto paisagístico

Imagem 6 – Folhas douradas e iluminadas para um jardim alegre e colorido.

Folhas douradas e iluminadas para um jardim alegre e colorido

Imagem 7 – Aqui, o destaque vai para o contraste entre as folhas douradas da pingo de ouro com a parede vermelha.

Aqui, o destaque vai para o contraste entre as folhas douradas da pingo de ouro com a parede vermelha

Imagem 8 – Quanto maior o vaso, mais a planta pingo de ouro cresce.

Quanto maior o vaso, mais a planta pingo de ouro cresce

Imagem 9 – Mini arbustos de pingo de ouro para o pequeno canteiro da casa.

Mini arbustos de pingo de ouro para o pequeno canteiro da casa

Imagem 10 – Uma poda perfeita para garantir o aspecto clássico e “arrumadinho” da pingo de ouro.

Uma poda perfeita para garantir o aspecto clássico e “arrumadinho” da pingo de ouro

Imagem 11 – Muda de pingo de ouro só esperando o momento de ser plantada.

Muda de pingo de ouro só esperando o momento de ser plantada

Imagem 12 – Aqui, a pingo de ouro até parece homenagear as cores da bandeira brasileira.

Aqui, a pingo de ouro até parece homenagear as cores da bandeira brasileira

Imagem 13 – A arte da topiaria em destaque nos pequenos arbustos da pingo de ouro.

A arte da topiaria em destaque nos pequenos arbustos da pingo de ouro

Imagem 14 – Sem as podas, a pingo de ouro é capaz de florescer e dar frutos.

Sem as podas, a pingo de ouro é capaz de florescer e dar frutos

Imagem 15 – Arbusto de pingo de ouro na calçada atingindo todo seu potencial de crescimento.

Arbusto de pingo de ouro na calçada atingindo todo seu potencial de crescimento

Imagem 16 – Aquele contraste entre o verde da grama e o amarelo do pingo de ouro.

Aquele contraste entre o verde da grama e o amarelo do pingo de ouro

Imagem 17 – Flores delicadas aparecem todos os anos na pingo de ouro que cresce naturalmente sem podas.

Flores delicadas aparecem todos os anos na pingo de ouro que cresce naturalmente sem podas

Imagem 18 – Pingo de ouro com flores em uma versão rústica e despojada.

Pingo de ouro com flores em uma versão rústica e despojada

Imagem 19 – Iluminada e radiante!

Iluminada e radiante!

Imagem 20 – Borda de canteiro com pingo de ouro. Uma ótima opção para entrada de chácaras e propriedades rurais.

Imagem 21 – Pingo de ouro na calçada garantindo a proteção das espécies aos fundos.

Pingo de ouro na calçada garantindo a proteção das espécies aos fundos

Imagem 22 – Composição de pingo de ouro com outras espécies. A beleza mora no contraste.

Composição de pingo de ouro com outras espécies. A beleza mora no contraste

Imagem 23 – Pingo de ouro no jardim: um canteiro popular nas casas brasileiras.

Pingo de ouro no jardim: um canteiro popular nas casas brasileiras

Imagem 24 – Rente ao muro, a pingo de ouro também revela sua beleza e capacidade de ganhar formas variadas.

Rente ao muro, a pingo de ouro também revela sua beleza e capacidade de ganhar formas variadas

Imagem 25 – Jardim moderno com canteiro de pingo de ouro.

Jardim moderno com canteiro de pingo de ouro

Imagem 26 – Arbusto de pingo de ouro crescendo livremente na área externa da casa.

Arbusto de pingo de ouro crescendo livremente na área externa da casa

Imagem 27 – Já pensou em fazer topiaria no vaso? Aqui, isso é possível com a pingo de ouro.

Já pensou em fazer topiaria no vaso? Aqui, isso é possível com a pingo de ouro

Imagem 28 – Um vaso de pingo de ouro em destaque no hall de entrada.

Um vaso de pingo de ouro em destaque no hall de entrada

Imagem 29 – O jeito mais clássico de todos de usar a pingo de ouro: em pequenos arbustos no jardim.

O jeito mais clássico de todos de usar a pingo de ouro: em pequenos arbustos no jardim

Imagem 30 – E que tal uma cerca viva de pingo de ouro na beira da piscina?

E que tal uma cerca viva de pingo de ouro na beira da piscina?