Rosa trepadeira: como cuidar, dicas e fotos para você se inspirar

Por - Atualizado em:

Impossível não se encantar com a beleza da rosa trepadeira. Essa espécie, como o nome sugere, cresce e se agarra nas estruturas verticais que estiverem por perto. Pode ser um muro, uma cerca, uma parede ou um portão.

E o resultado não poderia ser outro: um espetáculo de cores, texturas e perfume!

Quer levar essa preciosidade da natureza para sua casa também? Então veja as dicas de cultivo e as inspirações lindas que separamos para você. 

Características da rosa trepadeira

A rosa trepadeira é uma espécie hibrida da família das Rosaceae desenvolvida pelos criadores especialmente para a função de cobrir estruturas verticais. Isso porque os galhos possuem maior flexibilidade permitindo que sejam moldados em torno de diversas estruturas.

De flores volumosas dispostas em cachos, a rosa trepadeira pode alcançar até seis metros de altura.

Outra característica dessa planta é o perfume suave exalado pelas suas flores. Inclusive, vale citar, que as flores da rosa trepadeira podem se apresentar em diversas cores, indo do branco ao amarelo, passando pelo rosa e pelo vermelho.

A rosa trepadeira pode ser usada de diferentes maneiras no paisagismo. O modo mais comum é plantá-la junto a cercas e muros, fazendo com que os galhos subam e se espalhem.

Mas essa não é a única maneira de usar a rosa trepadeira. A planta ainda se destaca em pergolados e na forma de arcos cobrindo portões e entradas de jardim. No entanto, é importante manter a planta sempre com o crescimento controlado para que os espinhos não machuquem quem passa pelo local.

Como cuidar da rosa trepadeira

A rosa trepadeira é uma planta rústica, de cuidado fácil. Mas ela possui algumas peculiaridades que devem ser observadas na hora do plantio. Confira:

Solo

A rosa trepadeira deve ser plantada em solo fértil com boa oferta de compostos orgânicos. O local também deve ter uma boa drenagem. Recomenda-se ainda manter a muda de molho em água limpa por duas horas antes do plantio.

A melhor época do ano para o plantio da rosa trepadeira é a primavera ou o verão.

Clima e iluminação

Para crescer linda e saudável, a rosa trepadeira precisa de, pelo menos, sete horas de sol direto por dia.

Ou seja, a rosa trepadeira não deve ser plantada em ambientes sombreados ou com baixa luminosidade.

Escolha um local ensolarado para plantar a sua rosa trepadeira. Apesar de se adaptar bem ao clima tropical, a rosa trepadeira prefere o clima temperado.

Isso significa que ela aprecia locais com temperaturas regulares ao longo do ano, com verão ameno e chuvas constantes, mas sem grandes precipitações.

Quanto mais perto do clima e das condições ideais, melhor a rosa trepadeira se desenvolve e menor a incidência de pragas e doenças na planta.

Regas

As roseiras gostam de umidade, mas não de solos encharcados. A recomendação é regar a planta três vezes na semana, em média, durante o verão. Já no inverno, o espaçamento entre as regas deve ser maior, chegando a apenas uma vez por semana.

As roseiras bebês, ou seja, aquelas que acabaram de ser plantadas devem ser regadas todos os dias, mas em pouca quantidade. Faça isso até a primeira floração. Depois as regas podem seguir o esquema citado acima.

Uma dica: evite regar as flores e folhas da roseira. O excesso de umidade pode provocar fungos na planta.

Adubação

A rosa trepadeira precisa de adubações regulares para favorecer a floração. O ideal é fazer a adubação três vezes ao ano, no mínimo.

A primeira deve acontecer logo após a poda anual, durante o inverno. Essa é a adubação mais intensiva e a dica é usar esterco bovino para garantir uma boa quantidade de nutrientes.

A segunda adubação deve ser feita na primavera com adubos orgânicos e / ou químicos do tipo NPK 06-12-06.

E, por fim, faça uma adubação no final do verão. Você pode repetir o mesmo adubo utilizado na primavera.

O adubo deve ser colocado em torno do caule da roseira, mas sem encostar para não “queimar” a planta. Faça uma pequena cova ao redor da rosa e adicione cuidadosamente o adubo.

Poda

A rosa trepadeira é uma planta que exige podas de manutenção e podas estéticas.

As duas são importantes para manter a planta saudável e bonita ao mesmo tempo.

O recomendado é realizar uma poda anual para fortalecer o crescimento da roseira, geralmente no inverno quando a planta entra em estado de dormência.

Já as podas de limpeza são importantes para remover folhas e flores mortas, murchas ou doentes. Corte esses ramos sempre na diagonal e três nós abaixo da parte que deseja remover.

As podas estéticas devem ser realizadas para direcionar o crescimento da planta e para controlar o seu crescimento.

A cada três anos, em média, você pode fazer uma poda radical na sua roseira. Isso quer dizer cortar todos os ramos na base da planta. Mas não se preocupe, a roseira não vai morrer.

Esse procedimento é importante para fortalecer a planta e renovar a brotação. Corte os ramos cerca de 25 centímetros acima do enxerto.

Como fazer muda de rosa trepadeira

É muito fácil fazer mudas de rosa trepadeira. Você precisa apenas de um exemplar adulto e saudável da planta para retirar um galho. Escolha um ramo lenhoso e faça o corte na diagonal.

Em seguida, coloque esse ramo (remova as folhas) em um vaso com terra e deixe-o em local iluminado, mas sem luz solar direta. Quando começar a brotação, você já pode plantá-lo em local definitivo.

O mas indicado é fazer mudas de rosa trepadeira no verão.

Rosa trepadeira em vaso: como plantar e cuidar

A rosa trepadeira também pode ser cultivada em vasos, sabia? Uma ótima opção para quem não tem jardim ou grandes áreas abertas em casa.

Para plantar a rosa trepadeira em vaso é importante, no entanto, escolher um recipiente com profundidade e largura suficientes para abrigar a planta.

O mais indicado são vasos medindo entre 35 e 40 centímetros de diâmetro.

Comece preparando a camada de drenagem do vaso. Você pode utilizar cascalho, argila expandida, brita e até mesmo carvão vegetal. O importante é que a água encontre saída e assim não fique acumulada.

Em seguida, afofe as raízes da roseira para que elas se expandam e fixem mais facilmente no solo.

O próximo passo é preencher o vaso até a metade com terra adubada. Na sequência, acomode a muda da rosa trepadeira no centro e, então, complete o vaso com terra até a borda.

Cubra a terra do vaso com casca de pinus ou outra cobertura vegetal para proteger a raiz da planta.

Depois é só regar todos os dias e colocar o vaso em um local que receba ao menos seis horas de luz solar direta.

A adubação e as podas devem ser feitas de modo semelhante às roseiras plantadas diretamente no solo.

30 lindas imagens de rosa trepadeira para ter a plantinha no seu jardim

Confira a seguir 30 lindas imagens de rosa trepadeira para você se inspirar e ter essa plantinha em casa também.

Imagem 1 – Imagina um portal de rosa trepadeira na entrada de casa? Um espetáculo!

Imagina um portal de rosa trepadeira na entrada de casa? Um espetáculo!

Imagem 2 – Use uma treliça de madeira para dar sustentação a rosa trepadeira.

Use uma treliça de madeira para dar sustentação a rosa trepadeira

Imagem 3 – E se ela cobrir toda a fachada da casa? Maravilha!

E se ela cobrir toda a fachada da casa? Maravilha!

Imagem 4 – Rosa trepadeira no vaso: não tem desculpa para não ter essa plantinha em casa!

Rosa trepadeira no vaso: não tem desculpa para não ter essa plantinha em casa!

Imagem 5 – Rosa trepadeira branca para adornar a fachada da casa.

Rosa trepadeira branca para adornar a fachada da casa

Imagem 6 – Rosas vermelhas subindo pela janela.

Rosas vermelhas subindo pela janela

Imagem 7 – A parede de tijolinhos ficou um charme só em contraste com a delicadeza da rosa trepadeira.

A parede de tijolinhos ficou um charme só em contraste com a delicadeza da rosa trepadeira

Imagem 8 – Rosa trepadeira branca para o pergolado.

Rosa trepadeira branca para o pergolado

Imagem 9 – Rosas e lavandas: quem resiste essa combinação?

Rosas e lavandas: quem resiste essa combinação?

Imagem 10 – Rosa trepadeira amarela para trazer alegria.

Imagem 11 – Só contemplar e admirar, mais nada!

Só contemplar e admirar, mais nada!

Imagem 12 – Rosa trepadeira branca garantindo a beleza da fachada rústica.

Rosa trepadeira branca garantindo a beleza da fachada rústica

Imagem 13 – Rosas rosas!

Rosas rosas!

Imagem 14 – Um caminho de flores perfumadas para você passar

Um caminho de flores perfumadas para você passar

Imagem 15 – As colunas da casa também podem receber as rosas trepadeiras.

As colunas da casa também podem receber as rosas trepadeiras

Imagem 16 – Combine flores diferentes para criar um visual ainda mais lindo.

Combine flores diferentes para criar um visual ainda mais lindo

Imagem 17 – Um arco de rosas trepadeiras para recepcionar quem chega

Um arco de rosas trepadeiras para recepcionar quem chega

Imagem 18 – O caminho já está feito!

O caminho já está feito!

Imagem 19 – Aqui, dois tipos de trepadeiras se encontram.

Aqui, dois tipos de trepadeiras se encontram

Imagem 20 – Ambientes rústicos são a cara da rosa trepadeira.

Ambientes rústicos são a cara da rosa trepadeira

Imagem 21 – Um lindo contraste entre a rosa trepadeira vermelha e a fachada cinza.

Um lindo contraste entre a rosa trepadeira vermelha e a fachada cinza

Imagem 22 – Parece de mentira de tão perfeita que é!

Parece de mentira de tão perfeita que é!

Imagem 23 – Rosa trepadeira para cobrir o muro da casa

Rosa trepadeira para cobrir o muro da casa

Imagem 24 – Em crescimento, mas já revelando toda sua beleza!

Imagem 25 – Encante-se por esse pergolado com rosa trepadeira.

Encante-se por esse pergolado com rosa trepadeira

Imagem 26 – Rosas amarelas da cor do sol

Rosas amarelas da cor do sol

Imagem 27 – Use a criatividade para formar lindas estruturas com a rosa trepadeira

Use a criatividade para formar lindas estruturas com a rosa trepadeira

Imagem 28 – Deixe-a crescer!

Deixe-a crescer!

Imagem 29 – Um jardim de contos de fadas

Um jardim de contos de fadas

Imagem 30 – Última oportunidade para você se render a beleza da rosa trepadeira

Última oportunidade para você se render a beleza da rosa trepadeira