Tipos de sofá: 60 fotos para conhecer todos os modelos

Conheça os principais tipos de sofá e modelos encontrados no mercado para fazer a escolha certa.

Por -

Marcado pela sua funcionalidade, o sofá é um item indispensável em uma residência. Principalmente quando aliado à decoração que determina o estilo e trabalha a proporção no ambiente. Saiba mais sobre todos os tipos de sofá:

No momento da escolha, determine em qual ambiente ele vai ficar, até porque um sofá para sala de TV é diferente para uma varanda, por exemplo. Observar nessa hora, questões de espuma, tamanho e tecidos é essencial para um uso duradouro da peça.

Outro aspecto importante é o espaço disponível para o sofá, pois a escolha de dois ou mais assentos podem alterar todo o layout do ambiente. Lembre-se de deixar 60 cm de circulação no entorno, levando em conta a profundidade do sofá que também acarreta bastante nesse quesito.

Apesar da tendência de cores neutras, como o bege e o cinza, os coloridos oferecem uma presença marcante no ambiente. Quanto ao tecido, a atenção deve ser especial pois eles garantem conforto e praticidade no dia a dia.

A beleza e o conforto são as duas características mais importantes em um sofá. Por isso é ideal ir além da visualização das imagens da peça, principalmente em sites de venda online, procure ir pessoalmente à loja, testar e ler as especificações para certificar da escolha correta.

60 fotos com os principais tipos de sofá para você conferir

Todos esses detalhes devem ser levados em conta, desde os modelos até mesmo o preço. As variações são inúmeras, por isso as características particulares de cada um devem ser analisadas observando os benefícios e a funcionalidade. Para ajudar você nessa tarefa, separamos algumas dicas para escolher o sofá ideal para sua casa:

Tipos

Imagem 1 – O detalhe dos pés fazem toda a diferença para o design do sofá.


O modelo com os pés deixam o sofá suspenso e mais alto, criando um afastamento do piso.

Imagem 2 – O estofado fixo no encosto deixa o sofá com aspecto mais minimalista.


Ideal para garantir um ambiente arrumado, já que o estofado no encosto não fica saindo do lugar.

Imagem 3 – Já com as almofadas soltas, podem dar a sensação maior de conforto.


Para os que prezam pela limpeza, essa é a melhor opção, pois podem ser retiradas para fazer a faxina diária entre os vãos.

Imagem 4 – O sofá cama é ideal para residências pequenas, onde a prioridade é otimizar o espaço.


Com uma dupla finalidade, esse modelo é ideal para quem possui pouco espaço e para quem gosta de receber visitas em casa.

Imagem 5 – O modelo retrátil é ideal para dar mais flexibilidade em sua funcionalidade.


O assento retrátil garante conforto até em um ambiente pequeno, assim o assento se estende para quem gosta de assistir TV.

Imagem 6 – O modelo reclinável, apesar de ocupar mais espaço, prioriza o conforto na sala de estar.


O encosto reclinável não deixa a posição ereta, já que o sofá se expande. Existem os modelos com extensão do assento que garantem uma posição mais confortável.

Formatos

Imagem 7 – O sofá com dois lugares pode ser complementado com poltronas ou pufes na sala de estar.


O tamanho deve ser proporcional ao ambiente, por isso se essa for a sua opção misture a composição com poltronas com design arrojado.

Imagem 8 – O sofá de três lugares é a escolha certeira para uma sala de estar.


O sofá com mais lugares costuma ter de 0,90 à 1m de profundidade, pode ser feito sob medida variando seu tamanho de acordo com o espaço disponível.

Imagem 9 – O sofá de canto cria obstáculos e delimita o espaço.


O sofá de canto otimiza a circulação do espaço e cria a divisão dos ambientes. Modelo ideal para quem gosta de reunir amigos e família, já que seu tamanho avantajado acomoda confortavelmente várias pessoas ao mesmo tempo.

Imagem 10 – O sofá redondo é para aqueles que desejam inovar no layout e na decoração.


Para fugir do tradicional procure uma composição interessante com os sofás arredondados.

Imagem 11 – Opte pelo sofá com chaise em áreas de parede ou próximos à janelas.


São os que contam com uma extensão fixa em um dos assentos, que serve para manter as pernas esticadas. Este sofá possui um assento com maior profundidade que restante do sofá.

Imagem 12 – O sofá em L é ideal para salas amplas, que delimitam a circulação.


Este modelo é basicamente dois sofás emendados por um assento ou apoio. São ótimos para substituir os conjuntos de sofá, que saíram um pouco de linha.

Imagem 13 – O modelo capitonê na versão longa marca presença na sala de estar.

Imagem 14 – O sofá pequeno oferece muito charme para apartamentos studios.

Estilos

Imagem 15 – A presença da madeira de demolição reforça o estilo do sofá.


O sofá de madeira pode variar bastante com a escolha do estofado. Em uma decoração rústica as cores neutras destacam a base rudimentar do material.

Imagem 16 – O estilo moderno pede um design arrojado e funcional.


Com infinitas variações, o estilo moderno é marcado por linhas retas e ainda segue a tendência de um encosto maior.

Imagem 17 – Não tem como lembrar do vintage sem o clássico rosa em capitonê.


O veludo é um tecido que lembra o estilo vintage. O modelo rosa segue a tendência antiguinha que leva mais charme para a peça tornando o ponto de destaque na decoração.

Imagem 18 – Os traços mais robustos e arredondados são características fortes do design retrô.


Os detalhes entalhados, tecidos em veludo e uma superfície acolchoada marcam o design retrô da época.

Acabamentos

Imagem 19 – O modelo Chesterfield é um clássico no design e na decoração.


Conhecido pelo seu acabamento capitonê, que remete ao estilo Vitoriano, esse sofá possui o design característico que voltou com tudo na decoração.

Imagem 20 – O futon remete a tradição oriental!


O futon podem ser posicionado no chão para criar um clima mais informal e jovem na sala.

Imagem 21 – Esse modelo na versão futon ganha um design mais moderno.


Esse modelo foi formado com mais espuma na base para deixar o sofá mais alto.

Imagem 22 – O sofá em madeira pode ser feito em marcenaria e com algumas almofadas.

Imagem 23 – O sofá em pallet é uma versão econômica e versátil.


É importante que o sofá tenha a cara dos donos da casa e que ele reflita o estilo de vida deles.

Imagem 24 – O sofá em alvenaria pode ser executado na própria construção e sob medida.


Uma opção barata e bonita, que só precisa de almofadas macias para deixar o espaço confortável.

Imagem 25 – O sofá em Rattan é ideal para áreas externas.

Tecidos

Imagem 26 – O couro é a opção mais prática no dia a dia.


O uso de couro ou sintéticos facilita a manutenção, sobretudo em casas com crianças e animais domésticos. Como são impermeáveis, garantem limpeza fácil e ainda é uma ótima opção para pessoas alérgicas.

Imagem 27 – Sofá em Chenille.


Tecido extremamente confortável, com aparência grossa e canelada. Possui um ótimo custo beneficio, por exige cuidado para os alergias de plantão.

Imagem 28 – Sofá em Suede.


É o material mais utilizado na confecção de sofás hoje em dia, já que oferecem uma gama de cores que se adaptam a qualquer decoração. O ideal é realizar a impermeabilização do sofá para garantir e prolongar a vida útil do suede.

Imagem 29 – Sofá em sarja.


Tecido que já foi muito utilizado para a fabricação de sofás e possui uma trama parecida com jeans.

Ambientes

Imagem 30 – Sofá para sacada.


Ele deve ser um sofá compacto e convidativo! Por isso as almofadas potencializam ainda mais o conforto do móvel.

Imagem 31 – Sofá para sala de tv.


Nas salas de televisão, o sofá geralmente é maior e ainda conta com mecanismo retrátil e reclinável.

Imagem 32 – Sofá para quarto/dormitório.


Comum em projetos de dormitórios de solteiro, ao longo do dia a cama pode se tornar um sofá com ajuda de almofadas.

Cores

A cor do sofá é uma característica particular que identifica o gosto dos moradores. Desde os mais neutros aos mais vibrantes, a tonalidade escolhida pode levar personalidade com um modelo simples ou com uma cor que chame a atenção no ambiente. Se for apostar em um sofá colorido, o ideal é trabalhar o equilíbrio e harmonia com o restante do ambiente.

Imagem 33 – O rosa pink é ideal para uma decoração jovem e descolada!

Imagem 34 – Já o rosa bebê demonstra a personalidade delicada da moradora.

Imagem 35 – O sofá amarelo leva vivacidade para a sala de estar.

Imagem 36 – O tom azul jeans consegue deixar a sala neutra, sem tirar o toque de personalidade.

Imagem 37 – O azul marinho é uma opção para fugir do clássico branco e bege.

Imagem 38 – O azul Tiffany quebra a seriedade da sala sem precisar de muito.

Imagem 39 – O verde bandeira combina muito bem com toques amadeirados na decoração.

Imagem 40 – O verde menta é um tom tendência na decoração!

Imagem 41 – O branco ganha mais charme com uma composição de almofadas.

Imagem 42 – O preto é ideal para uma sala jovem e masculina.

Imagem 43 – O bege é tradicional e nunca sai de moda!

Imagem 44 – O clássico marrom ganha uma versão com textura e tonalidade diferente.

Imagem 45 – O sofá vermelho quebra a sobriedade do ambiente.

Imagem 46 – O laranja combina com uma decoração neutra com tons de bege.

Imagem 47 – Para os amantes de sofá roxo, pode se inspirar nesse modelo!

Imagem 48 – A combinação do azul com roxo deixa a sala alegre e com personalidade.

Imagem 49 – O filas transmite jovialidade e delicadeza ao mesmo tempo.

Imagem 50 – O couro caramelo é outro clássico na decoração.

Imagem 51 – O cinza é ideal para compor com objetos decorativos coloridos.

Imagem 52 – O mix and match formam a identidade do sofá.

Imagem 53 – O sofá antigo pode ganhar mais vida com uma estampa nova.

Com e sem braços

Imagem 54 – A opção com braços é ideal para colocar o suporte de copos.

Imagem 55 – Opte pela opção sem braço para ganhar mais espaço.

Outros modelos de sofá

Imagem 56 – O sofá modular leva flexibilidade no espaço.


O bacana desse tipo de sofá é que ele pode ser realocado de acordo com as necessidades dos moradores. Ele é formado por peças soltas que oferecem uma distribuição diferente com o uso e o espaço disponível.

Imagem 57 – A capa de sofá é uma opção econômica para mudar o visual.


No mercado existem infinitos modelos de capas que podem dar um upgrade rápido e econômico em seu sofá antigo.

Imagem 58 – O modelo botonê é marcado pelos botões que podem ser coloridos.


Esse tipo de sofá é ideal para dar um toque de cor de forma discreta e pontual.

Imagem 59 – Você pode misturar os modelos de sofá de acordo com seu gosto!


A base feita em madeira ganhou um apoio na extremidade que substitui o uso da mesinhas laterais.

Imagem 60 – As laterais em couro levam um toque de sofisticação para a peça.


O couro é um material nobre que pode ser aplicado em pequenos detalhes da peça, como foi o caso do modelo acima.