Como fazer muda de jabuticaba: acerte com essas dicas essenciais

Por -

Cá entre nós: tem coisa melhor do que comer uma fruta fresquinha que acabou de ser colhida do pé? E a melhor parte dessa história é que hoje em dia é perfeitamente possível cultivar árvores frutíferas em casa, até mesmo em varandas de apartamento.

E uma dessas espécies amigas da vida moderna é a jabuticabeira. Brasileirinha, nativa da mata atlântica, a jabuticabeira fornece pequenos frutos doces, de polpa branca e suculenta e com uma casca arroxeada super brilhante. Por fora, parece uma joia, por dentro é um néctar divino produzido pela mãe natureza.

Além dos frutos saborosos, a jabuticabeira também se destaca no paisagismo, uma vez que a árvore é muito ornamental e possui uma floração anual de encher os olhos.

Quer saber mais sobre a jabuticabeira? Então continue acompanhando o post com a gente, vamos te contar como fazer muda de jabuticaba, além de como plantar e cuidar da sua pequena árvore corretamente.

Myrciaria Cauliflora

O nome científico da jabuticabeira é Myrciaria Cauliflora, mas ao contrário do que muitos podem pensar, a jabuticabeira não é uma espécie única, ela se subdivide em diferentes variedades.

A mais popular é a jabuticabeira Sabará, sendo, inclusive, muito indicada para plantio em locais pequenos, como vasos.

Os outros tipos de jabuticabeira são a Paulista, a Branca, a Rajada e a Ponhema.

A principal característica da jabuticabeira é o modo como os frutos nascem: agarradinhos no tronco da árvore e, justamente por isso, que a jabuticabeira é considerada uma espécie cauliflora.

O tronco claro e bem lisinho também é outra característica marcante da jabuticabeira.

Quando plantada livremente no solo, a jabuticabeira pode atingir até 15 metros de altura. No vaso, ela se limita aos três metros de altura.

Como fazer muda de jabuticaba

Você pode fazer mudas de jabuticaba de duas formas: por sementes e por estaquia.

Por sementes, o processo é simples e depende mais da natureza do que você. Para isso, pegue sementes do fruto da jabuticaba e coloque em um solo fértil. Não precisa cobrir com a terra, ok? Deixe-a como se estivesse repousando.

É importante que o local onde a semente está receba sol e sombra de modo equilibrado. Lembre-se de regar com frequência para que a semente possa germinar.

A outra forma de fazer mudas de jabuticaba é pelo processo de estaquia, ou seja, a partir de um galho da árvore.

O vídeo a seguir traz o passo a passo completinho para você ver como se faz: 

Depois de realizar o processo completo para o enraizamento da jabuticabeira, aguarde o momento certo para fazer o transplante, geralmente quando a muda já estiver “pega” o suficiente e tenha atingindo uma altura mínima de dois palmos, para o caso das mudas feitas a partir de sementes. 

Como plantar jabuticaba

As mudinhas da jabuticabeira já estão lindas e prontas para serem plantadas no lugar definitivo. Mas como fazer o plantio da jabuticaba de modo correto?

A jabuticabeira é uma espécie muito versátil que pode ser plantada em jardins, pomares e vasos. No entanto, para que ela se desenvolva adequadamente é importante tratar o solo primeiro.

A jabuticabeira precisa de solo bem adubado para crescer saudavelmente, por isso recomenda-se utilizar duas partes de adubo (esterco bovino com húmus de minhoca) para cada três partes de terra.

Outro detalhe importante na hora de plantar a jabuticabeira é molhar o solo. Sim, a jabuticabeira precisa de muita água e o solo úmido é a melhor maneira de plantá-la.

Para o plantio da jabuticabeira em vaso é importante escolher um recipiente com, no mínimo, 50 cm de altura e 50 cm de diâmetro.

O vaso também precisa ter um bom sistema de drenagem. Você pode fazer isso usando argila expandida ou pedra britada no fundo, só tome cuidado para não tampar os furinhos do vaso.

Na sequência, cubra as pedrinhas com manta acrílica ou um pedaço de TNT.

Cubra a manta com uma camada de areia de aproximadamente 5 cm de altura.

Depois coloque a terra preparada com adubo, formando uma cova no centro para inserir a muda.

Após concluir o plantio coloque o vaso em um local que receba sol pleno. Nos locais mais quentes, aconselha-se plantar a jabuticaba a meia sombra, ou seja, um local onde ela possa receber a luz do sol nas horas mais amenas do dia e nos períodos mais quentes ela possa ficar protegida do calor excessivo.

No caso de jardins, pomares e canteiros, faça a avaliação de luz e clima antes do plantio. 

Como cuidar da jabuticabeira

Agora vem a parte mais importante para garantir que a sua jabuticabeira cresça e dê frutos.

Veja a seguir tudo o que você precisa fazer:

Rega

A jabuticabeira precisa ser regada quase que diariamente, mas sem excessos. Isso quer dizer que o solo não precisa ficar encharcado, mas também não deve estar seco. Um solo ligeiramente úmido é o ideal para essa espécie.

No caso de jabuticabeiras em vasos sempre repare se a drenagem está funcionando adequadamente. Se o vaso começar a reter muita água as raízes da jabuticabeira podem acabar apodrecendo.

Em canteiros e locais abertos, a água da chuva é a melhor rega. Mas se acontecer do clima ficar seco por um período prolongado faça a rega manual. 

Adubação

A adubação é super importante para que a jabuticabeira se desenvolva, especialmente quando plantada em vasos.

O aconselhável é adubar a planta nos meses de inverno com adubo orgânico animal e o composto NPK.

Nos demais meses do ano faça adubação conforme notar a necessidade da planta.

Folhas novas que já nascem amarelas indicam ausência de ferro, já as folhas velhas que vão ficando amareladas a partir das pontas até a base demonstram necessidade de nitrogênio.

A falta de fósforo pode ser percebida pela presença de folhas amareladas nas pontas e partes mortas e secas. A deficiência de potássio acarreta em folhas com pequenos buraquinhos.

Poda

Anualmente faça uma poda na copa da jabuticabeira com o objetivo de “limpar” o excesso de galhos e promover uma maior ventilação e penetração da luz.

Pragas comuns em jabuticabeiras

A jabuticabeira, assim como toda planta, está sujeita ao ataque de pragas, especialmente se ela estiver com deficiência de algum nutriente.

As pragas mais comuns que costumam atacar esse tipo de frutífera são pulgões, cochonilhas e besouros. Eventualmente, a árvore pode sofrer com fungos em suas flores e frutos.

Para combater esses insetos intrusos use uma mistura simples a base de água e detergente, anote a receita:

  • 1 litro de água;
  • 20 ml de detergente neutro;
  • 20 ml de óleo vegetal;
  • 20 gr de sal de cozinha.

Dilua todos esses ingredientes, coloque a mistura em um pulverizador e regue toda a planta. Prefira a hora mais amena do dia para fazer esse procedimento, evitando o calor do sol.

Outro problema comum que costuma afetar as jabuticabeiras é a ferrugem. Caso note pontos alaranjados na sua árvore faça a poda de limpeza para permitir que a planta “respire” melhor e receba mais luz.

Tomando todos esses cuidados, sua jabuticabeira deve começar a dar os primeiros frutos entre oito e dez anos. No caso de mudas enxertadas, esse tempo cai para quatro anos.

Daí é só se beneficiar dos lindos e saborosos frutos, comendo-os in natura ou utilizando-os na preparação de doces, geleias, conservas e licores.