Como plantar orégano: veja como cuidar, benefícios e dicas essenciais

Por -

Pensou em pizza, pensou em orégano. Mas você sabia que o orégano pode (e deve) integrar outros pratos? Especialmente o orégano na versão fresca.

Sim, apesar do orégano desidratado ser a versão mais popular da erva, o orégano fresco não deve em nada quando o assunto é aroma e sabor.

E para ter orégano fresco sempre a mão nada melhor do que cultivá-lo na sua própria casa. Por isso mesmo trouxemos no post de hoje dicas de como plantar e cultivar orégano, acompanhe.

Benefícios do orégano

Benefícios do orégano

Que o orégano vai muito além da pizza você já sabe, mas você saberia dizer quais os benefícios nutricionais dessa planta? Pois então a gente te conta.

O orégano é riquíssimo em antioxidantes do tipo carvacrol e timol. Esses dois antioxidantes são grandes aliados na prevenção de danos causados pelos radicais livres, ajudando a prevenir câncer e doenças cardíacas.

O orégano também é considerado antiviral e bactericida. Estudos realizados com a planta demonstraram que as substâncias presentes no orégano ajudam no combate a certos tipos de vírus e bactérias, como a herpes simplex e Escherichia coli.

Os compostos antioxidantes do orégano ainda ajudam no combate a inflamações, especialmente aquelas de origem crônica.

O orégano também é fonte de vitamina K, A, C e do complexo B, além de minerais importantes como zinco, magnésio, cálcio, ferro, cobre, manganês e potássio.

Contudo, vale lembrar que para se obter certos benefícios do orégano é necessário consumir uma dose alta da planta, o que geralmente não acontece na utilização culinária.

Por essa razão que muitas pessoas acabam consumindo o orégano em forma de chá ou na versão em óleo essencial (apenas uso tópico, nesse caso).

Mas independente dos benefícios, uma coisa é certa: o orégano deixa qualquer prato mais saboroso e só por isso já vale a pena ter um pezinho da planta em casa.

Como plantar orégano

Uma boa noticia para quem não tem muita experiência com plantas: o orégano é super fácil de plantar e de cuidar.

Lembrando que o orégano pode ser plantado em vasos, jardineiras, canteiros, jardins e até em garrafas pet. Ou seja, não vai ser por falta de espaço que você vai deixar de ter essa ervinha em casa.

De modo geral, o orégano vai bem em todo tipo de solo, até mesmo naqueles mais pobres em nutrientes. Mas se você deseja ver sua planta crescer feliz da vida, então a dica é oferecer uma mistura de solo preparado com meia porção de terra comum e meia porção de substrato.

Se puder colocar um pouco de areia, melhor ainda. O orégano adora solos mais calcários.

Veja abaixo algumas opções de como plantar orégano.

Sementes

Um jeito simples, só que mais demorado, de plantar orégano em casa é por meio de sementes. Você precisa apenas comprar um daqueles pacotinhos de sementes vendidos em lojas de jardinagem.

O próximo passo é preparar a terra e criar um bom sistema de drenagem, caso esteja plantando as sementes em vaso.

Em seguida, faça pequenas covinhas, com cerca de 0,5 centímetro de profundidade. Coloque as sementes dentro das covas e peneire uma camada fina de terra por cima.

Regue e proteja as sementes do sol forte. Se fizer tudo direitinho em duas semanas as sementes do orégano começarão a germinar.

Touceira

A segunda forma de plantar orégano é a partir de touceiras retiradas de uma planta já adulta. Nesse caso, a planta precisa estar saudável e medir mais de 15 centímetros.

Remova uma touceira da planta mãe e com cuidado replante em outro vaso. Abrigue essa nova planta em um local iluminado, mas protegido do sol direto. Regue e aguarde cerca de duas semanas até que ela “pegue”.

Mudas

Você pode optar também por comprar mudas prontas de orégano. Hoje em dia até os supermercados vendem mudas de ervas aromáticas. Basta você escolher uma, levar para casa e replantar em um vaso maior tomando os mesmos cuidados citados anteriormente.

Estaquia

Por fim, você pode plantar orégano por meio de um método conhecido como estaquia. Para isso é necessário cortar um galho de orégano com aproximadamente 10 a 15 centímetros de uma planta adulta.

Remova o excesso de folhas, mantendo apenas algumas na extremidade do ramo. Mergulhe o galho em um recipiente com água e o proteja da luz solar direta.

Quando notar o surgimento das raízes faça o plantio no vaso ou canteiro.

Como cuidar do orégano

Como plantar e cuidar de orégano

Agora que o seu orégano já está plantado é hora de saber como cuidar dele direitinho. Veja só:

Luz e temperatura

O orégano é uma erva que precisa de alta luminosidade para crescer e se desenvolver bem. Isso significa que a planta precisa de, no mínimo, quatro horas de luz solar direto todos os dias.

Para que o orégano se desenvolva ainda melhor é importante cultivá-lo em locais de climas amenos, mais quentes do que frios. A faixa de temperatura ideal para o orégano é entre 21º a 25ºC.

Regas

O orégano gosta de solo levemente umedecido, ou seja, nem seco, nem úmido demais. Quando a planta já está adulta, ela é capaz de tolerar melhor períodos de escassez, mas enquanto ainda está em desenvolvimento procure sempre oferecer água em intervalos regulares.

Na dúvida, sempre observe o solo antes de fazer a rega. 

Adubação

Faça a adubação do orégano a cada dois ou três meses preferencialmente com adubo orgânico, como húmus de minhoca, esterco de animais ou compostos orgânicos (aqueles tirados diretamente da composteira doméstica).

Colheita

A colheita do orégano deve ser feita quando os ramos da planta atingirem mais de 20 centímetros de comprimento.

Prefira fazer a colheita apenas dos ramos que irá utilizar, assim a planta não enfraquece. No entanto, se deseja desidratar as folhas do orégano para armazenar, faça isso quando a planta atingir o ciclo anual, momento em que as folhas que não foram colhidas costumam secar naturalmente.

Para a secagem das folhas do orégano, pendure os ramos em um local sombreado e depois coloque-os para secar mais um pouco sob o sol.

Cuidados e mais algumas dicas para cuidar do orégano

  • Evite plantar o orégano em locais de alta concentração de poluição do ar, como na beira de ruas, calçadas e estradas. Afinal, as folhas do orégano serão consumidas e você não quer ingerir poluição, não é mesmo?
  • Algumas pragas costumam atacar o orégano, como é o caso dos pulgões, lagartas, ácaros e formigas. Fique sempre atento para a presença dessas pragas e caso note alguma no seu pé de orégano não demore para se livrar delas, senão elas simplesmente podem acabar com a sua planta.
  • Remova sempre ervas daninhas presentes no canteiro ou vaso de orégano. Essas plantas invasoras competem por nutrientes e espaço podendo enfraquecer o seu pé de orégano.
  • As folhas do orégano estão no auge do sabor e aroma quando começam a surgir as primeiras flores que, por sinal, também são comestíveis.
  • As folhas secas de orégano são mais aromáticas e saborosas do que as frescas, por isso é mais comum o uso do orégano desidratado
  • Quando bem cuidado o orégano pode viver por até cinco anos, produzindo folhas e flores durante todo o tempo.
  • Além da pizza, experimente usar orégano para aromatizar azeites, queijos e conservas. A erva também vai bem em legumes assados, carnes vermelhas e para temperar saladas.

E, então, pronto para plantar o seu próprio orégano?