Maresia: o que é e como proteger a sua casa ou apartamento

Por -

Morar na praia é como viver de férias o ano todo! Mas para que tudo seja perfeito como um por de sol de verão é importante estar atento a um detalhe fundamental: a maresia.

Se você está pensando em se mudar para o litoral ou apenas adquirir um imóvel de veraneio já fique sabendo que essa palavrinha vai te acompanhar para todos os lados.

Por isso, nada melhor do que aprender um pouco mais sobre ela e descobrir como conviver com essa particularidade das áreas marítimas.

O que é maresia?

O que é maresia

De modo simples e resumido, a maresia é um tipo de névoa de umidade carregada de salinidade vinda diretamente do mar.

Essa névoa cheia de vapor de água salgada se deposita na superfície dos objetos e com o passar do tempo provoca a oxidação dos materiais, sobretudo aqueles mais predispostos a sofrer com essa característica, como é o caso do ferro, por exemplo.

O calor e as altas temperaturas do litoral contribuem ainda mais com o efeito da maresia.

Por isso que quem mora na praia não tem outra coisa a fazer senão se acostumar e se adaptar aos efeitos da maresia.

E é justamente por isso que trouxemos as dicas abaixo.

Proteção contra maresia: materiais para usar e materiais para evitar

Conforme mencionado anteriormente, alguns materiais são mais atacados pela maresia do que outros e conhecer melhor cada um deles é fundamental antes de dar inicio a sua casa de praia.

Só assim para você não ter dor de cabeça e não precisar trocar toda sua mobília e até mesmo portas, janelas e outras estruturas da casa, incluindo piso e telhado que acabaram sendo danificados pela maresia.

Portanto, dá só uma olhada na lista abaixo:

Materiais para evitar

Ferro

O ferro é um dos materiais que mais sofrem com a oxidação e a maresia do litoral contribui ainda mais com o processo corrosivo do ferro.

Por isso a recomendação é evitar a todo custo o uso de objetos feitos com o material. Isso vai desde o uso de móveis com pés e estruturas em ferro até o prego usado na parede.

Inclusive, vale lembrar, que dobradiças e fechaduras de porta também são suscetíveis a ação da maresia e caso sejam fabricadas em ferro podem colocar a segurança da sua casa de praia em risco.

A recomendação nesse caso é substituir por dobradiças e fechaduras em aço inox ou aço cromado.

Tecidos permeáveis

Evite o uso de tecidos que absorvam facilmente a umidade, especialmente no caso de estofados.

Esse tipo de tecido permite que a maresia penetre e acabe danificando a parte interna do sofá.

A mesma recomendação vale para tapetes, cortinas e almofadas. Quanto mais impermeável o tecido for, melhor.

Cerâmica com brilho

De modo geral, as cerâmicas são bem vindas em casas de praia e resistem muito bem a maresia.

O problema, nesse caso, não está no material, mas no tipo de acabamento.

Os pisos com efeito brilhante, do tipo esmaltado ou polido, perdem rapidamente o acabamento e, com isso, a resistência e durabilidade.

Portanto, evite-os.

Materiais mais indicados

Madeira

A madeira pode e deve ser usada em casas de praia, uma vez que o material é resistente a maresia.

Mas não se anime muito (ainda). Isso porque a madeira, caso deseje usá-la, vai exigir uma boa dose de dedicação da sua parte.

O recomendado é aplicação de verniz do tipo marítimo a cada dois ou três anos. Antes da pintura é necessário ainda lixar bem a madeira para remover a camada de tinta anterior.

Em ambientes fechados, no entanto, como banheiros, a madeira pode se danificar muito rapidamente, já que a maresia se alia ao vapor natural presente nesse tipo de ambiente. Os cuidados, nesse caso, precisam ser redobrados.

Bambu e vime

Se você curte uma estética rústica e natural, então aposte no uso do bambu e do vime para sua casa de praia. Esses materiais são considerados bem resistentes a maresia e ainda garantem aquele clima praiano que todo mundo adora.

Vidro

O vidro é uma ótima opção de material para casas de praia. Além da clássica aplicação em portas e janelas, o vidro ainda pode ser usado como guarda-corpo em escadas e varandas, tampos de mesa e em móveis inteiros, como aparadores e racks, por exemplo.

Cerâmica fosca

A cerâmica fosca, ao contrário da cerâmica com brilho, é uma boa opção de revestimento para casas de praia, já que é resistente a maresia.

Ao comprar a cerâmica prefira as do tipo acetinado ou fosco, melhor ainda se o modelo escolhido possuir textura ou uma coloração que lembre “manchas”. Isso porque essa aparência ajuda a disfarçar as manchas de umidade que a maresia costuma deixar sobre os revestimentos.

Inox

O inox é um tipo de aço que pode ser usado em regiões litorâneas, mas ainda assim exige alguns cuidados.

O primeiro deles é proteger o inox com algum produto anticorrosão e anti umidade.

O segundo cuidado é manter a limpeza em dia, bem como utilizar sempre os produtos certos para limpar o inox.

Seguindo esses cuidados você pode apostar no uso do inox em uma série de objetos da casa de praia, indo desde móveis até a bancada da pia e os eletrodomésticos.

Alumínio

O alumínio, assim como o inox, é outro material indicado para uso em áreas litorâneas.

Muito utilizado como esquadria de portas e janelas, o alumínio ainda pode servir como matéria prima de alguns móveis e para o portão de entrada, por exemplo.

Concreto

O concreto pode sofrer com a ação da maresia, mas isso apenas quando não é tratado adequadamente. Do contrário, o concreto é uma boa opção para casas de praia.

Que tal então investir em um piso de cimento queimado, por exemplo? Está super em alta e você não precisa se preocupar com os efeitos da maresia.

Tecidos impermeáveis

A gente te falou sobre quais tecidos não usar na casa de praia, mas quais você pode usar? Bom, nesse caso prefira os tecidos impermeáveis, do tipo aquablock.

Esses tecidos não absorvem umidade e protegem o estofado por mais tempo. A vantagem desse tipo de tecido é que hoje em dia existem dezenas de modelos disponíveis para escolher, sem contar o fato de que eles são confortáveis e aconchegantes, mesmo no calor.

Tinta acrílica

Na hora de pintar as paredes da sua casa de praia opte pela tinta acrílica, preferencialmente a versão antimofo.

Essa tinta protege melhor as paredes contra os efeitos da umidade, da salinidade e, é claro, do mofo.

Cuidados extras para proteger a casa contra maresia

Priorize a ventilação e a iluminação

Uma casa bem ventilada e com iluminação natural é ideal para combater os efeitos da maresia no imóvel.

Por isso, sempre priorize janelas, portas e grandes vãos para que a umidade não se acumule no interior da casa.

A ventilação cruzada também ajuda bastante, além, é claro, da iluminação natural.

Invista também em ambientes integrados e caso precise de algum tipo de divisória opte por aquelas que não bloqueiem completamente a entrada de luz e ventilação.

Os cobogos são a melhor opção nesse caso.

Nos banheiros e na cozinha a ventilação deve ser ainda mais privilegiada. Portanto, não economize entradas de luz nesses espaços.

Proteja os móveis

Se a sua casa de praia for de veraneio, a dica é proteger os móveis e eletrodomésticos com capas de proteção na hora em que estiver vindo embora das suas férias.

Isso evita o contato direto dos objetos com a ação da maresia, conservando-os por mais tempo.

Agora se você mora (ou pretende morar) na praia, então é importante cuidar da manutenção dos móveis e demais aparelhos domésticos. Um bom jeito de fazer isso é com a aplicação de produtos anti corrosão e anti umidade.

Renovar a pintura também ajuda.

Manutenções periódicas

Casa na praia é sinônimo também de manutenções periódicas, não somente nos móveis, mas na parte estrutural do imóvel, incluindo portas, janelas, pisos, encanamento, rede elétrica e telhado.

É sempre importante verificar se os materiais estão sofrendo ou não com a oxidação causada pela maresia e caso note pontos de ferrugem providencie os reparos necessários.

Tomando todos esses cuidados você e sua família vão curtir a casa na praia sem precisar se preocupar com a maresia.