Como plantar salsinha: veja o passo a passo fácil e dicas de cultivo

Por -

O que acha de ter uma horta em casa com temperos fresquinhos sempre a sua disposição? Pois então comece plantando salsinha!

Essa pequena erva aromática é capaz de garantir aquele toque final de sabor aos mais diferentes pratos. 

Muito fácil de ser cultivada, a salsinha não exige muitos cuidados, nem mesmo grandes espaços. Ou seja, ela é perfeita para ser cultivada até mesmo em varandas de apartamento ou naquele cantinho iluminado sobre a pia da cozinha. 

E adivinha só? Hoje vamos te ensinar tudo sobre salsinha, desde como plantar até como usar. Vem ver:

Salsinha: benefícios e usos

Pode não parecer, mas a salsinha é um alimento rico em diversos nutrientes, como ferro e potássio.

A salsinha também é fonte de vitaminas A, B1, B2, C e D, além de ácido fólico e antioxidantes.

Toda essa gama de nutrientes torna a salsinha uma aliada no tratamento de infecções urinárias, pedras nos rins, hipertensão, prisão de ventre e retenção de líquidos.  A planta ainda pode ser usada como meio de prevenir gripes, resfriados, anemia e problemas cardíacos.

O modo mais comum de consumir a salsinha é incorporando-a nas receitas do dia a dia, desde o básico arroz com feijão até preparações mais elaboradas como um risoto, por exemplo.

Para quem está em busca dos efeitos terapêuticos da salsinha, o mais recomendado é consumi-la em forma de chá. No entanto, grávidas devem evitar o consumo da planta pelo risco de abortos.

Como plantar salsinha: dicas e passo a passo

A salsinha pode ser cultivada em canteiros, vasos e jardineiras, tornando-a uma opção muito versátil para quem tem pouco espaço em casa. 

Veja as dicas de como plantar salsinha corretamente:

Prepare o solo

A salsinha é uma planta rústica que se adapta bem a diferentes tipos de solo, mas quanto mais drenado e rico em matéria orgânica, melhor será o desenvolvimento da planta.

A dica é fazer uma mistura entre terra comum e substrato orgânico antes do plantio. 

No caso de vasos, lembre-se sempre de garantir um bom sistema de drenagem no fundo.

Semeie

A salsinha deve ser plantada por meio de sementes de uma planta já adulta ou através daquelas vendidas em lojas de jardinagem.

Com as sementes em mãos, coloque-as de molho na água por 24 horas. Esse tempo de imersão faz com que as sementes germinem mais rápido.

No dia seguinte, faça covinhas de meio centímetro no solo já preparado e distribua as sementes.

Lembre-se de manter as covinhas afastadas cerca de 10 a 15 centímetros uma das outras. 

Cubra as sementes com uma leve camada de terra. A germinação deve acontecer cerca de 14 dias após o plantio. 

Durante esse período regue as sementes todos os dias, evitando os horários mais quentes e de sol intenso.

Dica: prefira fazer o plantio da salsinha já no local definitivo, uma vez que a planta não é muito tolerante ao transplante.

Qual a melhor época para plantar salsinha?

A salsinha pode ser plantada em qualquer época do ano, mas é recomendado evitar os meses de temperaturas extremas, como o verão e o inverno. Isso porque a salsinha se desenvolve melhor em temperaturas entre 10º a 24º C.

Sendo assim, um bom momento para o plantio da salsinha é entre os meses de abril e junho.

Luz na medida

Para que sua salsinha cresça e se desenvolva bem é necessário oferecer, no mínimo, 4 horas por dia de exposição ao sol.

A salsinha até consegue se desenvolver em locais sombreados, mas não ficará tão bonita e viçosa.

O melhor horário para a salsinha tomar sol é entre a manhã e o fim da tarde. O sol intenso do meio dia pode prejudicar a planta.

Regue

A salsinha gosta de água, mas sem exageros. Isso quer dizer que você deve cuidar para manter o solo levemente úmido, não encharcado.

Prefira fazer as regas pela manhã ou pelo final da tarde, momento em que o sol está mais ameno.

Nos dias mais quentes e secos, talvez seja necessário aumentar o número de regas. Para ter certeza, confira o nível de umidade do solo tocando-o com a ponta dos dedos.

Faça adubação

A salsinha não é exigente quando o assunto é adubação, mas é sempre bom fazer um agrado na sua plantinha, não é mesmo?

A dica é adubar a planta a cada dois meses com adubo orgânico natural (afinal, você não vai querer se alimentar de produtos químicos, né?).

A adubação também é importante para fortalecer a salsinha e evitar o ataque de pragas.

Hora de colher

A colheita da salsinha inicia-se após 90 dias do plantio. Como a planta ficará aí sempre com você não é necessário colher tudo de uma vez. Você pode cortar apenas as folhas que irá utilizar.

Dessa forma você também garante novos brotos e a durabilidade da planta por mais tempo. 

Alias, na hora de fazer a colheita, é sempre bom manter pelo menos 1/3 da planta, assim ela não perde força, nem vitalidade.

Cuidados e informações importantes sobre o cultivo da salsinha

  • O vaso para plantio da salsinha precisa ter no mínimo 15 centímetros de profundidade e 30 centímetros de diâmetro. Em vasos maiores ou jardineiras, é possível plantar a salsinha junto de outras plantas, como coentro e cebolinha, por exemplo. 
  • A salsinha dura, em média, dois anos. Ao final do ciclo, a salsinha começa a produzir flores que, em seguida, se transformarão em sementes. Você pode secar essas sementes e plantar, garantindo novas plantas em sua horta.
  • Faça o desbaste durante o crescimento das mudas, mantendo apenas aquelas que estão mais fortes e saudáveis. 
  • Também é importante remover ervas daninhas do vaso ou do canteiro. Essas plantas competem por espaço e nutrientes, dificultando o crescimento da sua salsinha.
  • Para evitar o ataque de pragas na sua salsinha, verifique sempre se as regas estão sendo adequadas (nem demais, nem de menos) e se a luminosidade está ok. Caso note a presença de fungos, pulgões ou cochonilhas, tente adaptar sua planta a uma nova rotina de regas e luminosidade. Faça também o combate das pragas usando misturas caseiras (água e detergente).
  • Outra boa dica para evitar as pragas na sua horta, seja na salsinha ou em outras ervas, é optar pela variedade de espécies. Plante alecrim, manjericão, arruda, coentro, cebolinha e o que mais puder. Quanto mais variedade no ambiente, menor a chance de pragas no local. Isso porque cada uma dessas plantas age como um repelente natural afastando determinados tipos de pragas e insetos.

Viu só como é fácil plantar salsinha? Agora é só começar sua horta caseira e ter sempre os melhores temperos para suas receitas.